Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Vitória dá a liderança do grupo ao Atlético. Tecnicamente foi um jogo bem abaixo da expectativa

Em foto do @Atlético, Arana comemora o primeiro gol do jogo.

Pena que um jogo desses, Libertadores, clássico estadual, não tenha tido um público à altura. Ingresso a R$ 300,00, não dá.

Tecnicamente foi um jogo bem abaixo da expectativa. Os dois times correram muito, numa partida truncada, sem belas jogadas, individuais ou coletivas. Mas, tivemos três gols, dois deles graças a falhas. Juninho e Maidana colaboraram para que o Arana fizesse 1 a 0 para o Atlético, aos 13 minutos. O goleiro Everson saiu mal, não conseguir cortar e facilitou para que o zagueiro Conti empatasse para o América, aos 37. Mas, aos 39 minutos, Nacho fez o segundo do Galo. No segundo tempo, Hulk e Zaracho desperdiçaram duas grandes oportunidades para ampliar. O América pressionou muito nos dez minutos finais, sem sucesso.

Com oito pontos, o Atlético assumiu a liderança do grupo. Com apenas um, o América permanece em último. Sábado voltam a se enfrentar, pelo Brasileiro, também no Independência, com mando de campo do Galo.


Deixe uma resposta para Humberto Cancelar resposta

Comentários:
13
  • Pedro Vitor disse:

    O mais importante é vencer, jogar bem e dar espetáculo, tem hora certa pra isso.

    A torcida do Atlético anda muito estranha, o time é campeão brasileiro, da Copa do Brasil, e ficam jogando contra, cheio de pessimismo, três empates, sendo que apenas contra o Coritiba o time realmente jogou muito mal um tempo, e já ninguém serve.

    É preciso refletir, não vejo jogador nenhum do Galo fazer corpo mole e também não vejo desgaste do técnico e nem comissão técnica com os jogadores.

    A diretoria me parece, que pra manter o ambiente bom, vai cortando na raiz, saídas de jogadores que não acrescentavam muito ao time, exceto o Savarino, esse saiu de fato, muito aquém do valor que achávamos que poderia valer.

    Pra sair assim, deve estar feia a coisa.

    Vida que segue, o Atlético precisa voltar a jogar bem, mas tá caminhando bem até aqui, o Palmeiras e Flamengo também não estão sobressaindo, nada além de um grupo fraco na Libertadores, que tiveram a sorte de pegar, assim como o grupo do Atlético ano passado era fraco e o Cuca se beneficiou disso.

    Vamos ver nas oitavas de final, se vai continuar essa vida boa aos nossos rivais.

  • Horacio disse:

    Vitória tranquila, Galo controlou o jogo, dominou alguns momentos e, como tem acontecido ultimamente, perdeu chances inacreditáveis pra fechar o jogo. Jogou exatamente igual aos 3 últimos jogos, dessa vez, apesar do cuei botar velocidade, o sistema defensivo não entregou a paçoca. Bom, mais ou menos.

    As chegadas rápidas de trás arrematando a gol sem marcação, cabeçada do goiás e chute de primeira do del vale, parecem resolvidas. Mas a dobra do lateral com ponta pelos lados ainda precisa de atenção, principalmente pelo lado direito. O problema não é trocar ou demorar a trocar, é de posicionar corretamente e evitar correria.

    O time ocupou melhor o campo, mas continuo achando que o ritmo cai no segundo tempo, Ulk tem terminado os jogos andando. Gostaria de ver os cornetas falarem sobre o rodízio, entendidos como só eles nesses assuntos, se possível sobre os dois jogadores que tiveram problemas musculares logo no início do jogo.

    No fim de semana o Galo enfrenta novamente o cuei, acho que deveria poupar, o time do Galo é muito velho, e semana que vem vai ter jogo pedreira com muita correria. Na libertas, todos ainda podem classificar se ganharem todos os jogos que faltam.

    A torcida do Galo, com esse time rodado e 3 campeonatos simultâneos, tem que se prepar para emoções fortes, tem corneta que vai engolir o instrumento.

    Neste fim de semana, a imprensa atleticana cobrou muito o “baixo desempenho” do Galo, segundo da série A. Afinal “esses pontos vão fazer falta no final… blábláblá”. Mas vibraram alegremente e comemoraram muito a entrada do zero na zona de acesso da série B, 3 lugar. Primeira vez em 3 anos. Parabéns a imprensa atleticana e ao seu time.

  • Julio Cesar disse:

    Ano passado Cuca demorou a chegar. Quando chegou avaliou o elenco e deixou Zaracho no banco de reservas. Hulk também. Até acordar. Até a quarta rodada tinha um ponto ganho a mais que o Turco. Quando a paciência da torcida começou a esgotar pediu 10 dias pra melhorar.
    Ademir, senhor absoluto em incompetência para finalizar.
    Keno ontem erra o gol incrivelmente. Mas dou o “benefício” da inatividade. Ano passado foi decisivo!
    Everson falhou feio. Na primeira entregou a bola no pé do adversário. Na segunda entregou o gol!
    Mequinha é time pequeno! Só seus diretores e parte da imprensa pensam que é “coelhão”. Não soube nem ganhar dinheiro na primeira vez na Libertadores.
    E agora Salum e Alencar “choram” pela contrução da Arena MRV. Descobriram que tem despesa de 10 milhões por ano pra “sustentar” o Independência.
    Associem-se com o falido! Aquele que faz acordos e não cumpre! Por falar nisso Dedé tá cobrando quase 18 “pilas”. E sobre isso e outras “demandas” nem um pio na 98 e Itatiaia.

  • Jerônimo disse:

    E o Zé Elias, da ESPN, que anda lendo meus comentários aqui no blog….hein?!? Kkkkk
    Ele repetiu exatamente as falhas que o time apresenta e que eu venho dizendo aqui.
    Agora, somos dois que não sabemos nada de futebol e somos corneteiros….eu e o Zé Elias. Kkkkk

    Mas a pergunta principal para mim é: até quando o Turco Pardal vai manter o Nacho andando em campo? É só chegar os 15 do segundo tempo que o sujeito “morre”…

    De todos os erros do Turco Pardal esse para mim é o pior deles, pois para corrigir essa falha de marcação e de armação, do Nacho, ele mexe nas outras posições e piora o time mais ainda.

    Com o Cuca o Nacho chegou a ser banco e isso ajudou com que o Zaracho apresentasse o seu melhor futebol.

    Nacho é bom jogador, porém está matando o time no segundo tempo. Infelizmente, depois da Covid19, tornou-se jogador de um tempo só.

  • Silvio Torres disse:

    Tem torcedor dizendo que o Turco é o Dudamel 2. Numa coisa tenho que concordar. Defensivamente, o Atlético tá parecendo times chilenos de anos atrás. É uma frouxidão danada, todo mundo com a perninha mole. Time perde noventa por cento das disputas de corpo. E como todos já destacaram, é um festival de passes errados. Mistura de perninha fraca com rebolado. Tá preocupante. E começaram as contusões. Vai ter gente sentindo saudade do Tchê Tchê.

  • Márcio Luiz disse:

    Uma vitória PÁLIDA do Galo. Apenas isso.
    Estou preocupado demais.

  • STEFANO VENUTO BARBOSA disse:

    Vitória importante, tirou a zica do empate. O Mancini sabe jogar contra o Galo, o Galo fez dois mas a falha do Everson colocou lenha na fogueira. Aliás, um grande defeito do Everson, saída em cruzamentos, como sai mal, parece que não tem tempo de bola, isso é um defeito que pode ser corrigido. Poderiam trazer o Tafarel só uns dias pra ensinar ele a sair em cruzamentos.

  • Fred disse:

    Não sei dizer se é questão de posicionamento ou de esquema tático. Mas o treinador argentino fez Jair e Zaracho virarem jogadores medianos. Matou os caras.

  • JESUM LUCIANO DA SILVA disse:

    Ganhou mas não convenceu, técnico sem leitura de jogo, temos que ver o Zé Elias colocando o dedo na ferida, senão temos o Hulk que é fora de série não vamos ganhar jogo algum, time tá numa tiriça danada, errando passes que é uma beleza, até o Everson que não falhava quase nada tá tendo os erros dele, ano passado perdíamos muitos gols mas tomávamos poucos, o tal de Guga nós não vamos ficar livres deste encosto tão cedo, a desumarracao do time é nítida.esta passacao de pano pro técnico vai custar caro.quem contratou o Fábio Gomes tem que explicar, gastar dinheiro com jogador que não irá jogar, daqui a pouco é outra conta igual do Maicon Bolt

  • Raws disse:

    A marcação do Galo mudou. Não seu se pela parte física, não sei se pelo esquema tático e nem sei se pela queda de alguns jogadores, mas que é nítida a piora, isso é.
    Tenho muita expectativa com relação a Ademir, mas por enquanto está devendo. No quesito finalização e perda de gols então…
    A contusão de Mariano foi “providencial”. Ele com sua idade não suportaria a correria do jogo.
    Guga entrou muito bem na marcação.
    Vamos falar de coisa boa, como joga bola Arana, como também joga Alonso, como joga Nacho.

    • Edson Dias disse:

      Pois é, Raws… sua última frase merece um aparte. É simplesmesnte inacreditável a implicância e a cegueira de parte da torcida em relação ao Nacho Fernandez. O sujeito joga bola DEMAIS.

      Sobre essa falta de solidez do time na parte defensiva: cara, é perna, é parte física. O time ainda não está inteiro fisicamente. E é isso que justifica a queda de produtividade no segundo tempo, a desorganização em alguns momentos e os gols que o time perde, mas não costuma perder. A perna pesa, o resultado não vem, e começa a falta de confiança.

      • Raws disse:

        Edson, o caso é que ninguém consegue ter a certeza dos porquês…
        Um pouco de salto auto?
        Rodízio radical, mas necessário?
        O técnico com nova visão?
        Contusões e precauções?
        FATO é, de tudo de negativo que podemos “achar”, nada é mais negativo do que o negativismo de uma parcela de torcedores. Ressalvando ainda minha teoria de que tem muitos inimigos infiltrados nesse front.