Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/blog/www/wordpress/wp-includes/pomo/plural-forms.php on line 210
Treinadores: em seus momentos de heróis e vilões! Quem o Galo contrataria? E o Flamengo? E o Felipão, hein!? | Blog do Chico Maia

Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Treinadores: em seus momentos de heróis e vilões! Quem o Galo contrataria? E o Flamengo? E o Felipão, hein!?

Fotos: twitter.com/SofaScoreBR

Neste momento de cabeça quente, por tomar de 5 do Fluminense, e brigando na parte de cima da tabela de classificação, a pergunta é: melhor manter o Turco ou buscar outro treinador? E quem seria o substituto: o argentino Juan Pablo Vojvoda, do Fortaleza? Renato Gaúcho? Um português qualquer, já que eles estão na moda?

Não tenho a menor ideia do que se passa na cabeça do Rodrigo Caetano, diretor de futebol e demais dirigentes da cúpula do Atlético. Se fosse eu o responsável, seguiria a dica de D. João VI, quando estava prestes a fugir das tropas de Napoleão Bonaparte, trazendo toda a Corte portuguesa para o Brasil: “se você não sabe o que fazer, não faça nada”.

Eu gostaria muito de ver o Vojvoda (foto) dirigindo o Galo, um dia. Agora ou no futuro. Aguardemos.

Mas, esta semana tem sido marcada pela demonstração de como é a vida dos treinadores de futebol. Uns chegam como ilustres desconhecidos, sob total desconfiança e conquistam o respeito geral, pelo resultado do trabalho. Caso do Paulo Pezzolano, o uruguaio que o Cruzeiro buscou no México e está conduzido o time de volta à Serie A.

Por outro lado, o Atlético buscou  também no México, um quase nada conhecido, o Turco, cujo barco está fazendo água.

O Flamengo investiu alto num português, tirando-o da seleção polonesa para quebrar a cara no futebol brasileiro. Pra demiti-lo, terá de pagar quase R$ 8 milhões de multa.

O Athletico do Paraná resgatou Luiz Felipe Scolari, tido como aposentado e conseguiu a ressureição de ambos no Brasileiro.

 

Algumas notícias e comentários sobre o assunto na imprensa e redes sociais de ontem para hoje:

“Turco fala em ‘noite para esquecer’, após derrota pesada do Atlético: ‘Responsabilidade é minha’ (Rádio Itatiaia).

‘Sou o responsável’, assume Turco após derrota do Galo – O técnico alvinegro lamentou a derrota e citou as falhas no setor defensivo diante do Fluminense no Maracanã (O Tempo).

E pergunto eu: uai, de novo este mesmo papo? Se não fosse ele, quem seria? Não é o treinador quem treina e escala o time? Além de ser o chefe da Comissão Técnica? Conversa mais fiada!

 

Vinny Cardozo, no twitter:

@vinnycardozo “Turco quebrou a sequência invicta na Libertadores Quebrou a sequência invicta em casa Agora vai quebrando a sequência invicta fora de casa”

 

Fred Ribeiro do Globoesporte.com: “Antonio Mohamed recebeu cartão amarelo por “discutir com atleta adversário”. Está pendurado no Brasileiro. Havia sido amarelado contra o Bragantino por reclamação contra a arbitragem.”

Comentário meu: fica quietinho no banco o tempo todo, assistindo o vexame. Aí, no intervalo, vai bater boca com o jogador adversário que está arrebentando com o time dele, como se isso fosse ajudar em alguma coisa.

 

Brenno Beretta, do SBT, sobre o Flamengo e o técnico português Paulo Souza:

@BrennoBeretta “Fim da linha. Em 15 jogos no comando do Flamengo, Paulo Sousa soma 6 derrotas, 5 empates e apenas 4 vitórias, com um time sem padrão de jogo e perdido em campo. Será demitido! Possibilidade de ser desligado nesta quinta! Multa de R$ 7,7 milhões.

 

Do twitter @SofaScoreBR

“Luiz Felipe Scolari no comando Athletico: 8 jogos, 6 vitórias, 1 empate, 1 derrota, 79.2% aproveitamento,20 gols marcasdo, 7 gols sofridos Assumiu o time na 13ª posição e agora é o 3° colocado do Brasileirão 2022.

 

Enquanto isso, só rindo de zoações como essa, no twitter…

né?


» Comentar

Comentários:
14
  • Paulo F disse:

    Turco não aguenta a pressão de treinar o Galo, não é técnico pra time grande. Não tem convicção nas suas decisões, não tem leitura de jogo e por isso mexe mal, não entende de posicionamento, não sabe cobrar seus jogadores. Saudade do Sampaoli.
    Gostaria de ver o Pezzolano no Galo, essa é a verdade. Mas como é improvável, pra mim Marcelo Oliveira ou Vanderlei Luxemburgo.

  • Marco disse:

    Sendo sabichão ou não, a verdade é que esse tal de Turco é fraco demais! Quanto a troca de técnico, compete a diretoria. Afinal de contas, são bem pagos pra isso! E Viva o nosso Galo!

  • Márcio Luiz disse:

    Sobre o Vojvoda eu sugeri aqui mesmo o nome dele lá em Janeiro, após o Cuca deixar o Galo na mão.
    Mas a “ética, a moral e os bons costumes” dos “donos” do Atlético os impedem de fazer proposta a treinador empregado.

  • Márcio Luiz disse:

    Só uma pergunta para aqueles que sustentam essa desculpa esfarrapada “trocar por quem?”:
    Quer dizer que se a “mulher da foice” de repente resolver chamar o Turco (uma dia, óbvio, isso VAI acontecer com cada um de nós) o Galo nunca mais terá mais técnico, já que “não tem ninguém no mercado”????

    E a desculpa de que não ninguém disponível (ou estão todos empregados) NÃO cola, pois é só fazer boa proposta que qualquer um balança. Isso é MERCADO, nada de mais.

    O que falta a esses bundões da nossa diretoria sobra em outros clubes: ATITUDE.

  • Humberto disse:

    Já que para as viúvas do turco a culpa nunca é dele, manda todos os jogadores campeões do ano passado embora e fica com ele, já que ele é tão extraordinário assim qualquer outro jogador que derem a ele vai funcionar. Simples assim.

  • Raws disse:

    Qual a melhor atitude a tomar? Algum sabichão aqui tem a convicção? Troca o técnico. É a mais fácil e recorrente não é mesmo? Blz. Só que, trocar por quem? Se o “quem” vier, existe alguma garantia?
    Lógico que é unânime nossa insatisfação, mas o ano mágico de 2021, deixou efeitos colaterais, inerentes ao comando técnico. É notória a desconcentração de atletas que foram primordiais. É notória a falta de opções no banco, por saídas ou contusões.
    Então a culpa é só do “inventor argentino”?
    Não é mesmo!! Ele pode até não ser um grande técnico, mas a conjunção de fatores é que estão determinando o momento ruim.
    Pra mim o grande erro do Turco é não conhecer a fundo os jogadores que tem e como exemplo, não colocar na geladeira, Jair e Ademir.
    Se eu fosse Allan reivindicaria a metade dos proventos do Jair.
    Ademir, parece que por tanto eu críticar a instabilidade de Savarino, recebeu um encosto, que não o deixa jogar.
    Vamos na toada, “esperem o melhor, mas se preparem para o pior.

  • Carlos Henrique disse:

    o jogode sabado contra o Santos é dificil, o treinador argentino é diferente nao é bobo e está fazndo melhor trabalho doque Carile
    tem umgaroto pela direita bom de bola, outro garoto que faz gols centro avante,
    o Ricardo Goulart, era reserva deste time ou é
    tem que fecharo lado esquerdo, com Arana melhora
    outra coisa , o Rubens jogou bem contra o Palmeiras e nao foi bem contra o Fluminenc*, o Turco, tinha que fazer a cobertura daquele lado
    na hora que o Galo empatou, ex, tirava Sasha, e colocava
    ou Rever, ou Calebe, ai fecharia o meio e a defesa
    nao achava que o Hulk ou nacho decidiriam
    aliás o Nacho nao foi bem
    Ademir , é bom jogador
    o que acontece, é que Ademir joga sozinho na direita
    nao chega ninguem para fazer a tabela um dois
    com Mariano ou Nacho, varia svezes caiam dois em cima dele
    se chegassem mais jogadores fazendo a tabela
    poderia ser melhor
    o Turco se perder para o Santos, ja era
    podem apostar, se ganhar ainda tem sobre vida

  • JESUM LUCIANO DA SILVA disse:

    Já caímos para a quinta posição, vão esperar afundar a canoa para ficarmos livre deste técnico, igual ele o Brasil tem um monte e mais barato, mas o modismo de buscar técnico fora, dá nisto.

  • Pedro Vitor disse:

    Eu mudei a minha opinião, pra mim agora é fora Turco Mohamed, uai mexer no time depois 5 na fuça, porque não mexeu quando empatou o jogo, pra mim é tchau, e que a diretoria se vire pra trazer um técnico, infelizmente, deu o tempo que precisava, mas ontem se mostrou perdido!

  • Leo Silva disse:

    Futebol é algo muito aleatório quando se trata de técnico. O cara que é campeão numa temporada é o mesmo que é demitido no ano seguinte por não repetir o resultado. O Turco é um cara que sairá do galo cedo ou tarde. A contratação tem se mostrado um erro, mas não havia fartura de técnicos no momento em que foi contratado. Sou dos que defendem a troca por outro treinador, talvez outro técnico possa dar liga e levar o time a alguma conquista. O certo é que o atual trabalho está fora dos trilhos e não dá esperanças de correção de rumo a curto prazo.

  • Juca da Floresta disse:

    Dorival já assinou com o Flamengo!

  • Jerônimo disse:

    Com Turco Pardal no comando do Galo:
    -Perda da invencibilidade na Libertadores;
    -Perda da invencibilidade em casa;
    -Perda da invencibilidade contra o América;
    -Cinco gols sofridos após 720 jogos (11 anos);
    -Time que precisa de menos finalizações do aniversário para sofrer um gol.
    Esses são os reais números do Turco Pardal.

    Prevendo esse desastre eu escrevi aqui, no dia 26/05:

    Quem será o técnico que substituirá o Turco Pardal ?
    – Juan Pablo Vojvoda
    – Dorival Júnior
    – Lisca Doido
    – Marcelo Oliveira
    – Fábio Carille
    Eu queria que fosse o Fernando Diniz, mas como ele foi contratado recentemente a melhor escolha, nesse momento, seria o Marcelo Oliveira, pois ele conhece de Galo e de Copa do Brasi, o único torneio que ainda temos alguma chance esse ano.

    Brasileirão e Libertadores, em 2022… já eram.

    Que o novo técnico foque, então, na Copa do Brasil (que é o torneio mais fácil de ser vencido) e possa fazer 4 vitórias em casa e 4 empates na casa do adversário para levantarmos pelo menos esse título.

  • Silvio Torres disse:

    Além das pauladas de alguns atleticanos “autênticos”, nada mais ganho oficialmente com meus palpites por aqui. Mas, quando ficou claro que os super, hiper bem remunerados diretores do Atlético não iam conseguir trazer um técnico conhecido e de primeira linha, sugeri neste blog o nome do Dorival Júnior e expliquei os motivos. Recuperado de um problema de saúde, estava disponível no mercado. Não era caro em comparação com os estrangeiros modinhas. Uma vasta folha de ótimos serviços prestados em praticamente TODOS os times em que trabalhou, incluindo o próprio Atlético. Com a arrogância burra gerada pelo desempenho em 2021, nem torcida nem diretoria queriam saber de nomes nacionais. Agora, meus amigos, preparem o bolso. Se Cuca não topar voltar, o jeito vai ser tirar alguém bem colocado em algum grande clube ou partir para outra aposta de altíssimo risco, como o Renato Gaúcho. Na época do Sampaoli, quando os quatro R´s não ficavam só pensando em ganhar milhões com o shopping, cansei de pedir o Gallardo. Hoje, a contratação dele beira o impossível, já que vários clubes da Europa querem levá-lo.

  • Cláudio Brito disse:

    O Turco já era! Técnico paternalista, não tem coragem de substituir quem está mal. Péssima leitura de jogo. Quem contrata não sei, mas do jeito que está não pode ficar, Mohamed não soube administrar o bom elenco que tem!