Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/blog/www/wordpress/wp-includes/pomo/plural-forms.php on line 210
Cruzeiro poderá ter estádio em Betim: prefeitura vai oferecer PPP a Ronaldo para construir arena nos moldes do Athletico-PR | Blog do Chico Maia

Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Cruzeiro poderá ter estádio em Betim: prefeitura vai oferecer PPP a Ronaldo para construir arena nos moldes do Athletico-PR

Mais um estádio à vista. Destaque no jornal O Tempo de hoje:

* “Novo estádio seria construído na Via Expressa, a 8 km da Arena MRV, rendendo R$ 150 milhões para o Cruzeiro”

O Cruzeiro deve receber nos próximos dias uma proposta muito atrativa para ter um estádio que possa chamar de seu e evitar, definitivamente, os gastos que tem para mandar seus jogos, além de faturar, de imediato, cerca de R$ 150 milhões. É, sem dúvida, uma boa notícia para a nação celeste e uma excelente oportunidade para que a atual diretoria consiga acelerar a quitação da dívida do clube e obtenha um retorno à elite do futebol brasileiro ainda mais promissor. Isso porque a Prefeitura de Betim e um investidor internacional, com sede na Europa, anunciam, até o próximo mês de julho, uma parceria público-privada (PPP) para construir mais uma arena multiuso em Minas Gerais.

A arena, conforme adiantou o prefeito Vittorio Medioli (sem partido), já teria local e aprovação prévia da Prefeitura de Betim. Ela seria construída em um terreno de 100 mil metros quadrados ao lado da Via Expressa e a menos de dez quilômetros de onde está sendo construída a Arena MRV, do Atlético. O prefeito explicou que o projeto prevê uma capacidade para 45 mil torcedores e de 52 mil pessoas para shows.

Segundo Medioli, a nova arena mineira ainda irá contar com conceitos modernos da construção civil e mobilidade urbana, com inspiração na Arena da Baixada, do Athletico Paranaense, com teto retrátil e gramado misto, que intercala gramas de tipos naturais e artificiais. No projeto inicial ainda há a previsão de construir um estacionamento para mais de três mil carros, parques ecológicos e um centro de convenções em complexo próximo com capacidade para receber outras 20 mil pessoas.

Parceria 
Vittorio Medioli diz ainda que existe um parceiro internacional com capacidade financeira e sua ideia é apresentar a proposta para o presidente do Cruzeiro SAF, Ronaldo Nazário. Segundo o prefeito de Betim, o custo de construção da arena está estimado em R$ 450 milhões, com previsão de 24 meses de obras e lançamento da proposta nos próximos dias.

Medioli explica que o Cruzeiro tem uma grande oportunidade, pois, além de não ter que desembolsar nenhum valor para fazer parte da parceria, ainda receberia algo próximo de R$ 150 milhões, além de usufruir de mais de 80% dos valores de bilheteria, venda de cadeiras e de 100 camarotes, com tamanhos variados.

“Vamos propor uma reunião com o Ronaldo e apresentar a possibilidade de parceria e conhecer todo o projeto. Temos um parceiro internacional extremamente motivado e a prefeitura, que tem a gestão ambiental própria, pode acelerar a construção. O acesso é ótimo e fica, em linha reta, a poucos quilômetros de onde o Atlético está construindo sua arena. O local é bem servido com transporte público, avenidas largas, infraestrutura completa, shopping e outros espaços para desenvolver essa indústria do lazer e do esporte. Estamos nos inspirando em arenas como a do Palmeiras e a do Athletico Paranaense para elaborar o melhor conceito que associa shows e futebol” explicou.

“De qualquer forma, o estádio já se viabiliza com o uso para diversões e a parceria proposta ao Cruzeiro é de anular qualquer despesa com aluguel do estádio e, ainda, receber 80% da renda líquida de bilheteria. A venda de propriedade pode dar ao Cruzeiro o dinheiro que falta para sair do sufoco e decolar para uma nova vida”, completou Medioli.

https://www.otempo.com.br/superfc/cruzeiro/prefeitura-de-betim-vai-oferecer-ppp-a-ronaldo-para-construir-arena-do-cruzeiro-1.2683936


» Comentar

Comentários:
14
  • Alisson Sol disse:

    Como diz um amigo engenheiro: em trabalhos de terraplanagem e na composição de concreto se lava quase todo o dinheiro no Brasil. Resta saber de quem se está lavando desta vez.

    Depois o pessoal reclama de queimada na Amazonia, exploração mineral e fratulencia de boi: alguém já parou para pensar no absurdo ecológico de se construir mais um estádio em BH?

  • Juca da Floresta disse:

    Bom dia Chico,
    Nesta semana uma turma de desembargadores do Trabalho do TRT 3 Região, MG, emitiu a primeira decisão de 2ª instância em um processo que pedia a responsabilidade da SAF do Cruzeiro. Processo do James Freitas, que foi auxiliar do Mano Menezes, e queria a responsabilidade da SAF na dívida. Acórdão negou o pedido e reafirmou que a única responsabilidade da SAF é o repasse ao clube instituidor das verbas previstas no art. 10 da Lei Federal nº 14.193/2021. O TRT da 3ª Região começa a formar jurisprudência que vai ser seguida, sem dúvida alguma, pelos juízes de 1ª instância.

  • cesarramos2010@gmail.com disse:

    Chico,
    Eduardo Marinho foi bem naquela live ! Foi com Pastor Henrique !
    Off Topic
    Quiz ideia
    Eduardo Moreira e Frei David

  • Julio Cesar disse:

    Chico, povo tá sem noção !! Justiça do trabalho já vinculou dívidas trabalhistas às Safs.
    A saf ronalducho ?
    Biden nem quis ouvir .
    Líderes da Europa !
    Sabem quem é o cara !!

  • Ivan júnior disse:

    Conversa fiada. Onde já se viu construir estádio e ganhar 150 milhões?

  • Eduardo Silva disse:

    Chico, boa noite,

    Assim como critico a construção da Arena MRV, também acho temerário essa de construir um estádio para o Cruzeiro. Seria muito bacana mesmo se cada um tivesse sua arena se não já tivéssemos dois estádios em BHte, o Mineirão e o Independência.

    Repito que escrevi em outras oportunidades que o certo, o mais correto teria sido quando o Mineirão foi reformado para a Copa do Mundo que fosse entregue a um Consórcio sob a administração do Cruzeiro e Atlético e o Independência seria utilizado para jogos de menor público..

    O que vai acontecer então é que com a inauguração da Arena MRV e esse plano de construir uma Arena para o Cabuloso, o Mineirão vai acabar fechando as portas e o independência também porque o primeiro não vai se sustentar com shows e nem o América tem torcida para manter seu Puxadinho, isso é fato.

    Já viajei para muitos lugares do país, conheci muitos estádios e já estive no estádio do Bayer em Munique, a Allianz Arena e é realmente uma beleza, com metrô na porta praticamente, grande acessibilidade, duas mega lojas, uma da Allianz e outra do Bayer e lotação máxima em todos os jogos, só que estamos falando de um país da Europa e um time de ponta da bundesliga.

    Aqui no Brasil se o time tá bem no campeonato a torcida lota estádio, senão é prejuízo e não acredito nesse lucro todo que os investidores dizem, no final vai dar é prejuízo e mais uma DESPESA nas costas do clube.

    Outra coisa, constrói uma Arena para 45 mil pessoas e o clube tem mais de 60 mil sócios torcedores, essa conta não fecha nunca, em jogos importantes é uma dificuldade comprar ingressos. Mas engraçado são as teorias da conspiração de uns e outros aqui no blog, nem eles acreditam nas lorotas que escrevem.

    Vamos aguardar.

  • Jerônimo disse:

    Como são as coisas em MG…
    O Estado de MG construiu o Mineirão e ao longo de 50 anos fez investimentos enormes para manter ativo esse bem público.
    Porém, em 2010, o governo Aécio Neves / Anastasia fez, com alarde, a cessão do Estádio ao consórcio Minas Arena.
    http://www.2005-2015.agenciaminas.mg.gov.br/multimidia/galerias/em-artigo-no-jornal-o-tempo-aecio-neves-destaca-ppp-do-novo-mineirao/
    O consórcio Minas Arena fez a reforma do Estádio para a Copa de 2014.
    https://www.institutodeengenharia.org.br/site/2012/12/21/obras-de-reforma-do-estadio-mineirao-sao-concluidas/

    Desde então, essa PPP – Parceria Público Privada – tem dado o que falar, pois o custo financeiro dela para o Estado de MG tem sido muito pesado.

    -Remanejamento de recursos públicos de áreas vitais do Estado, para pagar as obrigações pendentes com o consórcio:
    https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias/2016/07/14/estado-de-mg-usou-r-62-mi-de-verba-ambiental-para-bancar-obra-do-mineirao.htm
    -O Estado tem bancado os prejuízos do consórcio.
    https://www.otempo.com.br/mobile/superfc/estado-bancou-minas-arena-1.782998
    -Em 10 anos MG repassou para o consórcio Minas Arena mais de R$ 1 bilhão.
    https://www.em.com.br/app/noticia/superesportes/2022/04/04/interna_superesportes,1357647/repasses-do-governo-a-minas-arena-atingem-r-1-bilhao-confira.shtml

    O governador neófito (que não tem nada de bom para apresentar à população sobre o seu governo) e está desesperado para conseguir votos, tenta surfar no bom momento vivido pelo CSA/MG e resolve chamar o Ronaldo para uma reunião para deixar no ar que poderia repassar para o CSA/MG a administração do Mineirão. Ele tenta com isso atrair os votos dos torcedores azuis.

    Pronto, bastou essa notícia para a direção do consórcio Minas Arena ficar desorientada e soltar um twitter ao estilo “briga de criança de 5° série”.
    https://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/cruzeiro/2022/06/14/noticia_cruzeiro,3971547/cruzeiro-diretor-do-mineirao-questiona-encontro-entre-ronaldo-e-zema.shtml

    Ora…inocente que é o diretor do consórcio ele errou em vários aspectos:
    – não soube fazer a leitura política da reunião entre o governador e o Ronaldo.
    – usou um canal inapropriado para fazer o seu desabafo.
    – não soube capitalizar positivamente sob o assunto.
    – desgastou o relacionamento com o testa de ferro do segundo time de MG.

    Vittorio Medioli, que de bobo só tem o jeito de falar, já tenta, também em ano eleitoral, atrair capital político junto ao CSA/MG.

    E assim seguem, de mãos dadas, o futebol mineiro e a política…cheio de amadores e armadores.

  • Igor Mendes disse:

    Migué purim do crucru para ganhar o Mineirão e ainda de quebra se livrar de uma dívida que também não irá pagar. Nos Donos da Bola o conselheiro azulino e prefeito de Betim jogou uma isca meio fajuta, “gasto público pois o Mineirão é do povo”. E o terreno de Betim, não é público? Treta pura para poder ficar com o Mineirão. Ronaldo está muito “pidão” desde que assumiu o crucru. Conversa com a fifa e o transfer ban some, conversa com a cbf e em seus jogos só tem Daronco que não dá cartão nem apita penal contra o crucru. Fico imaginando o resultado da conversa de Ronaldo com o Mênin.

  • Marcio Borges disse:

    Eu acredito que o destino do Mineirão, infelizmente, seja a demolição e a utilização do espaço de uma outra forma. Não tem como manter um estadio daquele tamanho somente para alguns jogos. Depois da copa do mundo da corrupção no governo do PT, os estádios ficaram inviáveis para os clubes e lucrativos somente para quem administra. Como disse o diretor da Minas Arena, até o fim do contrato tudo sera como está.
    Eu torço para que saia mesmo do papel mas tambem concordo um pouco com o Paulo Cesar. Talvez seja uma jogada para pressionar uma negociação. Vamos aguardar!!!!

  • JESUM LUCIANO DA SILVA disse:

    Tô nem para as maracutaias deles, o que me preocupa é que senão ganhar o jogo de hoje corremos o risco de ir lá para a zona do inferno, ontem por alguns minutos o flamidia teve lá, temos 02 dirigentes aí que tava no clube em 2004, Ricardo Guimarães e Sérgio coelho, ficaram dando moral pro Tite e no final fomos disputar segunda divisão em 2005.

  • Silvio Torres disse:

    É o modus operandi do gordão guloso. Pra forçar o quadrilhão conselheiro do Massa Falida a votar a entrega do clube, disse que tinha grandes anunciantes só esperando a jogada. Cadê?..rs. Pra botar a mão no patrimônio que seria liquidado para diminuir a dívida impagável, o gordão repetiu a lorota, que tinha grandes patrocínios só esperando a jogada. Cadê? Agora, o gulosão quer levar o mineirão na mão grande. O azar dele é que o estádio pertence à UFMG. Patranhas de Zema e aecim não vão adiantar.

  • Paulo César disse:

    Acho que é uma jogada para pressionar a Minas Arena a fazer negócio com eles. Faz parte do mundo do “business”. Até porque, se o projeto for sério, é questão de tempo para o estado se desfazer do Mineirão, já que a RMBH não comporta 4 estádios simultaneamente. O próprio Independência terá dificuldades em sobreviver somente como estádio quando a Arena MRV coexistir com eles e o Mineirão.

  • Ed Diogo disse:

    Chico , não sou contra o Cruzeiro construir estádio , antes que comecem a falar besteira, mas minha pergunta é : BH tem suporte para ter 4 estádios de futebol? Temos público e dinheiro na cidade/estado para comportar ou vamos fazer e como sempre ver o que acontecerá lá frente? O Mineirão já está quase inútil, um estádio maravilhoso deste . Talvez uma parceria, não sei com qual time não seria melhor??

  • Flávio Lopes de Oliveira disse:

    História pra “boi dormir! Meu Cruzerão vai ficar com o Mineirão de grátis. Como sempre!