Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Os presidentes dos clubes brasileiros deveriam ser remunerados?

leco

Presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva – Leco, que coordena a reforma estatutária do clube

***

Uma boa discussão, e eu gostaria da opinião das senhoras e senhores do blog. O futebol movimenta tanta grana que exige mais compromisso e transparência por parte de quem o comanda. E também dedicação quase que exclusiva dos principais dirigentes.

Contabilista dos mais competentes, o conterrâneo Renato Paiva levantou este tema dia desses em meio a uns “chás com torradas” em Fazenda Velha (entre Capim Branco e Sete Lagoas), na venda do Marquinho e Edna: “deveriam ser remunerados e cobrados como se cobra dos executivos das grandes empresas”.

Ficou a dúvida se bastariam apenas alterações nos estatutos dos clubes através dos conselhos deliberativos, já que o Código Civil brasileiro impedia esta remuneração.

Agora há pouco recebi e-mail do Renato que acrescenta a esta discussão.

* “Chico,

Pesquisei sobre o assunto e houve mudanças recentes (2013 e 2015) na legislação que passaram a permitir a remuneração de dirigentes.

Veja matéria sobre o tema: http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/giro-sustentavel/as-novas-regras-sobre-remuneracao-de-dirigentes-de-entidades-sociais/

Inclusive, o São Paulo FC está aprovando novo estatuto que já prevê a remuneração de presidente e demais diretores estatutários.

Veja: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/sao-paulo/noticia/2016/10/saiba-10-mudancas-importantes-do-projeto-de-novo-estatuto-do-sao-paulo.html

http://www.saopaulofc.net/noticias/noticias/sao-paulo-fc/2016/11/11/conheca-o-texto-final-do-novo-estatuto-social-do-sao-paulo,-que-segue-para-aprovacao/

Penso que seria um passo fundamental para o Atlético e demais clubes grandes do Brasil, todos eles “associações sem fins lucrativos”, reformar os estatutos, autorizando a remuneração de seus dirigentes, em especial do presidente. Isso permitiria a dedicação integral dos presidentes e uma maior cobrança por parte de sócios, torcedores, imprensa…”

Um abraço,

Renato Paiva


O melhor exemplo desta final de Copa do Brasil entre Atlético e Grêmio

CAMGRE

Esta foto me foi enviada direto de Porto Alegre pelo Cláudio Vaz de Melo, natural de Cachoeira da Prata-MG, gerente do Banco do Brasil em Sete Lagoas. Ele é o de camisa branca, à esquerda, segurando a bandeira do Galo. A torcida do Grêmio recebeu a do Atlético com “honras de Chefe de Estado”, assim como os atleticanos a recebeu em Belo Horizonte no primeiro jogo.

As torcidas dos maiores clubes do país têm sintonias entre elas nos diferentes estados, porém seletivamente, na maioria dos casos. Nessa relação Rio Grande do Sul/Minas Gerais a sintonia dos torcedores do Internacional é com a torcida do Cruzeiro.

Quando se fala em Rio de Janeiro, é Galo/Vasco, Cruzeiro/Flamengo. Em São Paulo, apesar da mesma origem palestrina, a sintonia cruzeirense é com a do São Paulo; do Galo com a do Palmeiras.

O ideal seria este bom entrosamento entre todas, para que não tivéssemos tantos fatos lamentáveis de violência nessas rivalidades. A razão de ser do futebol em sua origem é confraternização, motivo de festa e integração.

Aquele outro belo exemplo que vimos na Arena Condá, das bandeiras da Galoucura e Máfia Azul juntas, prestando homenagem à Chapecoense, poderia se perpetuar e se espalhar país e mundo afora. Que a rivalidade fosse civilizada, normal, e que ficasse dentro das quatro linhas. Fica aqui o meu pedido à Papai Noel para o ano de 2017.


Grêmio campeão: prevaleceu a força coletiva contra um ótimo grupo de jogadores desarranjados, em função de dois treinadores que não deram certo

CAMGRE

Obrigado a todos que me enviaram felicitações e votos de sucesso em minha nova caminhada. Pretendo me manter aqui no blog, obviamente dentro das limitações que as novas atividades vão impor. Essa convivência com todos que comparecem aqui é muito gratificante e vamos continuar trocando idéias e batendo nossos papos.

Sobre a justa conquista do Grêmio, fazer o quê? Prevaleceu a organização tática do time gaúcho contra um ótimo grupo de jogadores desarranjados, como foi o Atlético durante todo o ano, em função de dois treinadores que não deram certo: Aguirre e Marcelo.

Alguns comentários e informações interessantes de companheiros da imprensa e comentaristas aqui do blog:

wellington campos ‏@wellingcampos 

Somente hoje o @Gremio faturou + R$ 11 milhões. R$ 5 milhões de renda e R$ 6 milhões de prêmio pelo título da Copa do Brasil. #Itatiaia

 

Héverton Guimarães ‏@hevertonfutebol 

O que será mais comentado no mundo amanhã? Gol do Cazares ou título do Grêmio? Nem precisa responder, né!? Desculpa, @chicogarciaa!

 

Sérgio Xavier Filho ‏@sxavierfilho 

Quem não é do Sul talvez não tem a dimensão do título gremista. É gigante, maior do que parece. @zealbertogaucho matou a charada: Libertador

 

Alberto Rodrigues ‏@maisvibrante 

Parabéns ao Grêmio pela conquista da Copa Brasil, pena q passou o Cruzeiro, ma vamos descontar em breve.

 

UOL Esporte ‏@UOLEsporte 

Prestes a completar 4 anos, Arena do Grêmio tem novo recorde de público

“Nesta quarta-feira (07), o Grêmio quebrou seu recorde de público pela quarta vez no ano. Na véspera da nova Arena completar quatro anos, 55.337 torcedores na final da Copa do Brasil ultrapassaram a marca anterior.

O recorde passado ocorreu no clássico Gre-Nal de outubro. Foram 53.287 aficionados e o empate em 0 a 0 deu números finais ao jogo. A marca tinha sido o terceiro recorde no ano. Agora o quarto. ..”

 

* César Lopes

“Chico, continue sem acreditar nessas coisas de vidente, bruxaria….rsrsrs
Com Junior Urso(fraquíssimo) e Erazo (que tá mais pra Errazo) é impossível ganhar alguma coisa….Perdemos o título no 1º jogo por incompetência própria, mas isso também não nos dá o direito de desmerecer a equipe do Grêmio, que jogou 180 minutos, o Galo infelizmente, jogou só 90…
Vida que segue, ano que vem tem mais….rsrsrs”

 

* Juca da Floresta

“Bom dia Chico, o Vidente Carlinhos também falou que o Aécio seria eleito presidente em 2014 e que o Corinthians seria campeão em 2014…..farsante…”


O vidente disse que vai dar Galo! Eu acredito até a bolar rolar

CARLIN

Entre “Eu acredito” e as previsões do vidente Carlinhos (de quem nunca ouvi falar antes) que disse que o Atlético seria campeão da Copa do Brasil, fica a minha expectativa de que o Roger Machado tenha sido uma boa contratação para comandar o Galo em 2017. Semana passada o ex-deputado Virgilio Guimarães enviou título de um texto em meu blog pessoal no qual dizia que “Nenhum eu acredito fará o Atlético ganhar”. Bravo, o amigo prometia me chamar de Luiz Penido, o locutor da Rádio Globo Rio, que cravou o “Flamengaço, classificadaço”, para a final de 2014.  Atleticano dos mais fervorosos, Virgilio não tinha lido o texto, apenas o título. Minutos depois, após ler, enviou outra mensagem: “Me desculpe, está absolvido”. Leu até o fim o artigo em que escrevi que o Galo não ganharia enquanto estivesse sendo escalado equivocadamente pelo Marcelo Oliveira, além das apostas táticas absurdas, como no jogo contra o Grêmio na partida de ida no Mineirão.

O futebol é assim, mesmo. A paixão de quem lê apenas um título ou frase, ou a contrariedade a erros de treinadores, jogadores ou “titulador” de manchetes da imprensa. Para o vidente Carlinhos fica a torcida que ele tenha acertado. Dizem que ele previu até a queda de um avião com “um time inteiro de futebol”. Sou daquela teoria: “Não acredito em feitiço, mas por favor, não faça contra mim”. Ou, que “não acredito em bruxas, mas que elas existem, existem”. Até a bola rolar em Porto Alegre o Grêmio tinha o melhor conjunto e o Galo o melhor grupo.

Dizem que o vidente Carlinhos previu também que o presidente da República, Michel Temer, renunciará ao cargo.
Sei lá! Mas não precisa ter poderes extras para lembrar que a situação do Brasil não está nada fácil e imaginar que tudo pode acontecer. Com tendência a se complicar em 2017, principalmente se as figuras públicas partidárias não tiverem bom senso em suas ações.

 

Vai dar certo

Conheço Kalil e tenho certeza de que será um grande prefeito de Belo Horizonte. Quando assumiu o Atlético no pior momento da história do clube, disse na primeira entrevista coletiva: “… em time grande, se o presidente não roubar e não deixar roubar, o dinheiro dá pra fazer tudo que se precisa…”. Nele, acredito piamente.

 

Surpresa

Estou feliz demais em ser lembrado para ser o responsável pela comunicação da prefeitura de Belo Horizonte. Completamente surpreso pelo convite do prefeito eleito Alexandre Kalil, principalmente pelo fato de não ter participado da campanha dele e nem ter nenhuma pretensão a este ou a qualquer outro cargo público. O lado triste é que, breve, terei de me licenciar deste espaço do qual tanto gosto.

* Estas e outras notas estarão em minha coluna de amanhã no Super Notícia e O Tempo de amanhã, nas bancas!


Gauchada otimista: 77% acham que o Grêmio já é campeão

GRECAM

Enquete do twitter do gente boa Sergio Boaz da Rádio Gaúcha mostra que o otimismo é absoluto.

sergioboaz ‏@realsergioboaz

Quem será o campeão da Copa Do Brasil? @RdGaucha @FuteboldaGaucha @Gremio @atletico

77% Grêmio

23% Galo


Péssima notícia para a comunicação mineira: Rádio Globo encerra as atividades em Belo Horizonte e demite equipe de esportes

GUIOTTI

Há 10 dias, depois do programa Meio de Campo, da Rede Minas, o chefe de esportes Marcos Guiotti (direita), manifestava apreensão quanto às mexidas que estavam por vir no Sistema Globo de Rádio e hoje a notícia ruim para o público e o nosso meio. À esquerda Guilherme Guimarães do jornal Hoje em Dia, Fábio Vital da Rádio Inconfidência, Orlando Augusto, Chico Maia e o Guiotti, que acaba de se graduar em Direito.

***

O locutor Osvaldo Reis (de chapéu), o “Pequitito” e seus companheiros de Rádio Globo/CBN, na chegada ao Mineirão para Argentina x Irã na Copa de 2014. À esquerda Guilherme Ibraim, à direita Henrique Fernandes e Rodrigo Pires. A Globo/CBN colocou no mercado excelentes profissionais nos últimos 14 anos.PEQUITITO

Fim de ano terrível no Brasil e em Minas. Agora essa, postada agora há pouco pelo portal do jornal O Tempo. Mas não faltará mercado para os competentes companheiros que estão sendo dispensados:

*“APÓS 14 ANOS”

Rádio Globo fecha as portas em BH

Com o fim da emissora, mais de 20 profissionais da área foram dispensados

 

Após 14 anos, a Rádio Globo, mais conhecida pela sua programação esportiva, encerrou nesta segunda-feira (5) suas atividades em Belo Horizonte. Com o fim da emissora, mais de 20 profissionais foram dispensados, entre jornalistas, operadores de áudio e equipe técnica.

Segundo profissionais que deixaram a casa, a demissão em massa foi justificada a eles pelo custo de operação.

Segundo o coordenador de Comunicação do Sistema Globo de Rádio, Igor Pinheiro Binder, a emissora deixará de ser transmitida em BH a partir do próximo dia 12. A CBN passará a ser transmitida também na frequência AM. “É uma interrupção temporária, como parte de um amplo projeto de relançamento da emissora. Em 2017 uma nova Rádio Globo começará suas operações no Rio de Janeiro e em São Paulo, e em breve voltará mais forte, no FM, para BH”, diz Binder.

“Acabo de ser desligado do SGR! Quem precisar de um narrador estou na área e livre! Deus me ilumine!”, escreveu o locutor esportivo Osvaldo Reis, mais conhecido como Pequetito, em seu perfil no Twitter. Pela Rádio Globo, Pequetito conquistou o título de melhor locução esportiva de 2013. Sua locução do jogo entre Atlético-MG e Tijuana (México) pela Taça Libertadores da América garantiu a vitória.

Além do locutor, que já fez torcedores do Atlético e do Cruzeiro se emocionarem, e da equipe esportiva da rádio, a emissora também contava com programas matinais.

http://www.otempo.com.br/cidades/r%C3%A1dio-globo-fecha-as-portas-em-bh-1.1408225


Ao ser oficializada campeã Chapecoense garantiu vaga na Libertadores 2017 e decidirá Recopa com Nacional de Medellin. Além de boa grana!

CHAPE

Uma força e tanto neste momento de tanta dor. Direto de Luque (da grande Assunção/Paraguai) o site oficial da Confederação Sul-Americana de Futebol informou hoje à tarde: “CONMEBOL.com “CONMEBOL otorga el título de Campeón de la #CopaSudamericana 2016 a Chapecoense”.

Muito bom, e não é pouca coisa. Garante o time catarinense na Libertadores 2017 e decisão da Recopa, justamente contra o Nacional de Medellín, que foi o autor da ideia do título à Chapecoense. Além do mais a premiação em dinheiro é considerável: U$ 1 milhão pela final da Recopa e US 2 milhões pelo título da Sul-Americana. Nada conforta as 71 mortes, mas ajuda na reconstrução do clube, que não pode acabar.


Nosso direito de desconfiar, “tomara que eu esteja errado” ou, “o dia de bonzinho do Tony Soprano”?

GALMAF

Ontem a imprensa nacional deu destaque para as bandeiras da Galoucura e Máfia Azul, lado a lado, harmonicamente, na Arena Condá, estádio onde os corpos do voo da Chapecoense estavam sendo velados em Chapecó. Hoje, li na Gazeta Esportiva: “… Em uma cena que seria difícil de imaginar não fosse o atual contexto pelo qual o futebol está passando, a Independente, do São Paulo, a Gaviões da Fiel, do Corinthians, a Mancha Verde, do Palmeiras, e a Torcida Jovem, do Santos, levantaram todos as sua bandeiras que levam as cores de seus times de coração, no entanto, para entoar o mesmo grito: o de solidariedade pela Chapecoense…”

Cenas como estas estão sendo registradas em todo o país, em que inimigos (sim, entre grupos como estes não há rivalidade, mas ódio e outros interesses) se confraternizam neste momento de comoção mundial. Infelizmente sou obrigado a ficar ressabiado da mesma forma que o experiente e ótimo jornalista Sérgio Xavier Filho, que twittou: ‏@sxavierfilho “Da série “tomara que eu esteja enganado”: o tal ato das organizadas no Pacaembu é o dia de bonzinho do Tony Soprano”. O passado dessa turma nos leva à desconfiança e nos faz pensar em oportunismo.

 

Sem defesa

Diz a Declaração dos Direitos do Homem, que “Todo acusado tem o direito de ser presumido inocente até que a sua culpabilidade tenha sido provada de acordo com a lei, em julgamento público no qual lhe tenham sido asseguradas todas as garantias necessárias à sua defesa”. Mas será que este Miguel Quiroga, o piloto que não obedeceu as normas de voo merece ter estes mesmos direitos?

 

Nada a ver

Muita gente diz que devemos aceitar essa tragédia como “desígnios de Deus”. Não dá! Foi ganância, tragédia anunciada, que pegou a Chapecoense, mas poderia ter sido a seleção da Argentina ou uma das outras quatro delegações que viajaram com essa LaMia, com limite de voo sem direito a nenhum imprevisto. Só que nessa roleta russa do piloto Quiroga, dessa vez houve um contratempo.


Vai ser difícil encontrar clima para comemorar título da Copa do Brasil na quarta-feira

CAMGRE

Seja quem for o campeão da Copa do Brasil na próxima quarta-feira em Porto Alegre não será fácil comemorar, levantar a taça e partir para a festa. Jogadores, dirigentes e imprensa do Brasil inteiro continuam quase em estado de choque pelo ocorrido com a Chapecoense. Se uma pessoa morta, em qualquer circunstância, abala, imagine 71. E todos, colegas de atividade.


E o Nico Rosberg, hein!? Belo exemplo de saber a hora certa de parar

during qualifying ahead of the British Formula One Grand Prix at Silverstone Circuit on July 5, 2014 in Northampton, United Kingdom.

Ao contrário de incontáveis jogadores de futebol e outros profissionais do mundo do esporte, que não sabem o momento certo de parar, o piloto Nico Rosberg surpreendeu sexta-feira ao anunciar que chegou aonde queria: campeão mundial de Fórmula 1, pronto para parar, no auge da carreira, com o objetivo de vida cumprido, aos 31 anos. Demonstração de desapego e controle da própria vaidade.


Página 20 de 980« Primeira...10...1819202122...304050...Última »