Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Cruzeiro perdeu, mas fez um grande jogo

Diego Renan está aparecendo sempre como o “elemento surpresa”, fazendo lembrar a função que era exercida pelo Ramires, e desse jeito fez o seu terceiro gol no campeonato. Os gols sãopaulinos foram anormais, já que o Fábio raramente falha, e nesses, falhou. Tem crédito, com alguma sobra.

De novo, Gilberto foi fundamental ao Cruzeiro, com seus passes precisos e a cabeça erguida para observar o jogo como se fosse um professor. A forma física está melhorando a cada jogo e com isso todo time vem crescendo.

Essas e outras notas em minha coluna de amanhã, no Super Notícia, nas bancas!


Willy Gonser deixa a Rádio Itatiaia

Depois de 30 anos, fecha-se uma página das mais bonitas da comunicação esportiva de Minas e do Brasil. Willy Gonser deixará a Rádio Itatiaia no último dia deste mês. Uma conversa, em alto nível, entre ele e o comandante da rádio, Emanuel Carneiro, selou o acerto. Emanuel insistiu para que o Willy permanecesse na emissora, como comentarista, mas o narrador preferiu optar por outros caminhos;

Willy Gonser é uma das referências da minha vida profissional.

Um grande amigo, a quem desejo toda a felicidade do mundo!


Encontro indigesto

O Renato Alexandre, do Jornal Sete Dias, enviou para o blog: 

“Vivendo e aprendendo” 

Perguntaram ao General Norman, do Exército dos Estados Unidos, se ele perdoaria os terroristas do 11 de Setembro de 2001 (Como os do PCC, os nossos políticos corruptos, os traficantes, etc…).

A sábia resposta:
“Eu creio que a tarefa de perdoá-los cabe a DEUS.
A nossa é de simplesmente PROMOVER o encontro”.


Kaká, cabeça cozida

Nunca achei o Kaká um cabeça cozida por causa de sua opção religiosa. Cada um acredita e prega o que bem quiser. Porém, ontem ele falou uma grande bobagem, num rompate de arrogância que nunca tinha observado nele. “Sou mais completo que o Maradona”.

E justamente poucas horas de embarcar para Rosário, onde vai enfrentar a Argentina amanhã.


O dia em que o Zezé foi passado para trás

No post anterior falei da qualidade dos sites independentes e citei o http://www.guerreirodosgramados.com.br que discute as coisas do Cruzeiro. Pois leiam o artigo escrito por Josiane Botelho e digam se falo alguma bobagem quando afirmo que acabou a “ditadura midiática”.

Aqui, apenas um resumo do artigo, porém, ele está na íntegra no http://www.guerreirodosgramados.com.br

“Um fato que me chamou a atenção essa semana foi a negociação dos direitos econômicos do volante Zé Eduardo, jogador formado na base celeste, pela mixaria de 500 mil Euros, já que o mesmo vinha sendo aliciado e pressionado por seu empresário a não renovar seu contrato com o Cruzeiro, assim ao fim do seu contrato seria o dono dos próprios direitos e além de não pagar nada ao clube celeste, teria trânsito livre para jogar em algum clube da Europa como o fez, agora é atleta do Ajax da Holanda.

Que o Cruzeiro pode ter perdido um grande atleta e uma grande chance de negociá-lo por altas cifras no futuro é inegável. Mas de repente pensei em quantas situações o Cruzeiro na administração dos “Perrellas” vendeu Gato por Lebre, fez negociações questionáveis como a de Evanílson com o Borússia, atleta recém contratado junto ao América-MG, e se vangloriavam por serem bons negociadores. Quando aparece alguém que dá o cano, o Sr. Zezé chia…e isso vai dar pano para manga, é até engraçado pensar no Zezé sendo passado para trás.

Se ele achava que o atleta daria lucro, poderia ter aumentado o salário dele e cedido aos pedidos do Empresário, no fim receberia bem mais do que os 500 mil Euros que recebeu, afinal o presidente não esteve em momento algum preocupado com o retorno técnico do atleta, e sim o que perderia de dinheiro com sua saída. Não sou a favor de contratos exorbitantes como o de Neymar do Santos, que hoje recebe cerca de 100 mil reais aos 17 anos e tem multa milionária, mas sequer conseguiu se firmar na equipe titular. Outro exemplo foi Lulinha do Corinthians, aquele mesmo dos 400 gols nas categorias de base e que valia 40 milhões de Euros, não trouxe retorno algum ao clube. Cada caso é um caso, mas temos que ver o lado do atleta também, as negociações sempre são uma briga por dinheiro e os clubes querem sempre ganhar mais, quando perdem fingem de coitadinhos e culpam somente os empresários, e se tratando de Perrellas…
É duro, mas o Zezé foi passado para trás!”


O fim da ditadura midiática

Foi-se o tempo em que algum veículo de comunicação impunha uma história e o público engolia como se fosse verdade absoluta. Com a evolução da tecnologia e a entrada em de novas mídias, ninguém detém mais esse poder. Se uma rede de TV, rádio ou jornal, por maior que seja, exagera em uma informação ou a distorce, a reação popular é imediata, através, principalmente da internet, onde há alternativas independentes de jornais, rádios, tvs, blogs, orkut, enfim, todo tipo de comunicação imediata. Com a popularização cada dia maior de computadores, celulares e outras engenhocas, do cidadão mais simples, ao mais rico, todo mundo tem oportunidade de se informar melhor e formar a sua própria opinião.

No na imprensa esportiva, por exemplo, temos portais, sites, blogs, twitter e tantas coisas mais, que a cobertura ficou muito mais fácil, porém, muito mais perigosa e exigente.

Fácil, porque o acesso às informações é instantâneo, de qualquer lugar onde se está; perigosa, porque a chance de se embarcar em informações erradas, plantadas por alguém, é gigante; e exigente, porque temos que checar determinadas notícias com várias fontes, para não cair em descrédito, além de sofrermos uma marcação acirrada do público e dos atores de todo esse circo.

Quase toda empresa tem o seu próprio site. Os clubes, todos têm! Mas os torcedores, cada vez mais conscientes, idem. Há ótimos exemplos, e vou ficar em apenas um, por enquanto, já que recebi há poucos minutos a informação de que ele está com um novo produto disponibilizado. É o Guerreiro dos Gramados, de cruzeirenses que discutem tudo do clube e do futebol como um todo. De altíssimo nível, tanto no design quanto na qualidade das informações e principalmente artigos dos colaboradores, todos, pessoas cuja ocupação profissional não é o jornalismo, e que também não têm nenhuma ligação com a diretoria do clube.

Agora eles criaram um debate, bem ao estilo das mesas redondas dos programas esportivos que temos nas redes de televisão.

“No primeiro programa Guerreiros em Debate os colunistas do site Guerreiro dos Gramados analisam a proibição do tradicional churrasquinho no estacionamento do Mineirão, o corpo mole no último jogo da final da Libertadores 2009 e esquema de jogo.”

Confira no: 

http://www.guerreirodosgramados.com.br/tvgdg/guerreiros-em-debate/1516-tv-gdg-guerreiros-em-debate-1


Hora da onça

Com0 se diz no interior, este fim de semana será a hora da “onça beber água”, para os nossos clubes no brasileiro. O Cruzeiro pega um dos candidatos ao título, São Paulo, no Mineirão. O Atlético, o Santo André, candidato a permanecer na Série A.

Se perder, o Galo dará oportunidade ao Duke, de repetir charge como essa, de hoje, no Super Notícia.


Copo Sujo

Vale a pena conhecer o blog Copo Sujo (   http://www.coposujo.blig.com.br ) , onde há papo sério e brincadeiras como essas aí. Obrigado ao Marcel0 Vargas, quem me enviou a sugestão.

E a polêmica da semana fica por conta da Xuxa, que quer tirar o Twitter do ar.  Já pensou se o Kalil perde o seu principal canal pra se comunicar com a gente?

Enviado por:  Marcelo Vargas – Categoria: Sem categoria


Começa hoje o Projeto Matriz em Conceição

É bom demais da conta. Imperdível!

De hoje até domingo, em Conceição do Mato Dentro.

Tendo por cenário a Igreja Nossa Senhora do Rosário, construção do Século.XVIII, neste ano em que se resgatam os 20 anos do Projeto Matriz, procurou-se fazer uma programação de encontro aos seus objetivos de sempre, ou seja, apresentar artistas da terra – Deco Lima e o Combinado, a música erudita – Quarteto de Trombones do Palácio das Artes, atividades circenses nas ruas e escolas, novos artistas de Minas – Aline Calixto, Regina Souza, artistas de renome como o Zeca Baleiro e Vander Lee, artista que já se apresentou no seu inicio de carreira neste Projeto homenageando toda esta trajetória de sucesso dos 20 anos do Projeto Matriz.

A projeção de vários grupos culturais na cidade, como também o surgimento de outros eventos culturais, como também o crescimento turístico cultural da cidade, influenciando o desenvolvimento da estrutura turística de Conceição, são o testemunho dos resultados alcançados com o Projeto Matriz.

Hoje a cidade dispõe de boas pousadas, restaurantes, opções de turismo cultura, ecológico, religioso e histórico.

Informações do Projeto Matriz:

M.Lima Produções

João Bosco Costa Lima

(31) 9974-1355 / 3484-5177

E-mail: mlproducoes@terra.com.br

Outras informações sobre a cidade:

Sites:

www.portalcmd.com.br

www.conceicaodomatodentro.com.br

Localização:

160 km de BH, passando pela Serra do Cipó

Hotéis:                                                                       

– Pousada Serra Velha

– Pousada Alto do Bau

– Pousada do Lago

– Pousada Vale das Pedras

– Pousada Caramujo

– Pousada D. Mirtila

– Pousada Pires

– Pousada Bia

Restaurantes:

– Solar da Lili

– Parol

– Mercado Municipal

Atrativos naturais:

Cachoeira do Tabuleiro, Cachoeira Rabo de Cavalo, Cachoeira das Três Barras, Poço do Baú, Salão de Pedras, Colina da Paz, Lago Azul e capelas.

Atrativos históricos:

Chafariz da Praça Dom Joaquim, várias Igrejas e capelas, casarios coloniais, Mercado Municipal, Casa da Cultura.

 O que comprar:

Artesanato, queijo, cachaça, doces de frutas.


Brilho mineiro na Série D

Se o América vai decidir a Série C, o Uberaba pode repetir o feito na D, onde realiza ótima campanha. Em nove jogos, perdeu apenas um, e está bem próximo de se classificar entre os oito clubes que irão disputar a próxima fase, e mais uma vaga para o futebol mineiro na Série C do ano que vem.

O técnico do “Zebu” é o Erick Moura, que inicia uma carreira altamente promissora. Dirigiu o time em 14 jogos em 2009 e teve apenas uma derrota, enfrentando adversários de peso como o Botafogo de Ribeirão Preto, Ituano, Mirassol, Uberlândia, Brasília e outros.

É nome para Atlético, Cruzeiro, América e Ipatinga ficarem de olho, antes que algum clube paulista o leve a cruzar a fronteira para lá.

E para a minha satisfação, fiquei sabendo, hoje, que o Erick é filho de um grande amigo, que é o Moura Miranda, nome tradicional e respeitadíssimo do rádio mineiro, excelente locutor da Rádio Sete Colinas, de Uberaba.