Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Fred, Dimara, Flávio Carvalho e Estudiantes

Duas notas muito interessantes na coluna do Fernando Rocha, no www.jvaonline.com.br 

* “Enquanto seus companheiros se esfolam sob forte pressão tentando tirar o Fluminense da zona de rebaixamento, o artilheiro Fred – salários de aproximadamente R$ 400 mil mensais pagos pelo patrocinador -, está light só no “chinelinho”, com a sua tchurma em BH, fazendo fisioterapia e se recuperando de uma distensão na virilha. Quando voltar ao clube, se voltar, terá algumas surpresas desagradáveis, pois a pedido do técnico Renato Gaúcho, as mordomias que desfrutava e era motivo de irritação dos “colegas”, serão todas cortadas. 

Por exemplo: Fred tinha direito a um quarto exclusivo na concentração e agora terá de dividir o aposento com um companheiro; não poderá mais treinar de brincos (essa é boa!), cujo adereço reluzente não aceitava tirar da orelha de jeito nenhum, apesar da proibição da comissão técnica; e terá de pagar a caixinha sempre que cometer uma falha, o que também se recusava a fazer sistematicamente. Quem viver, verá? 

* O prêmio da semana para quem participar do programa “Minas Esporte” da Band, comandado pelos amigos Flávio Carvalho e Dimara Oliveira, é uma camisa original do Estudiantes. Não precisa nem dizer que a promoção está bombando de atleticanos, já que nenhuma loja no Brasil ou site de compras tem a camisa disponível para venda e viajar até a Argentina, neste momento, está muito perigoso por causa da gripe suína.”


Contratações e reforços!

O técnico Moacir Júnior é bom de serviço e tem mostrado isso nos times que tem dirigido. A diretoria do Villa Nova confia nisso, e já contratou 14 jogadores indicados por ele. Um plantel inteiro sendo refeito para tentar devolver o Leão do Bonfim ao lugar que ele merece nas tabelas de classificação.

Tomara que dê certo, mas a tradição do Villa é revelar em casa. Essa chuva de contratações costuma não funcionar e o próprio Villa foi vítima disso nos últimos anos.

Sou da teoria que qualquer contratado só pode ser chamado de “reforço” depois que mostra serviço.

Aguardemos o novo Leão!


Villa continua contratando

                          O Villa Nova inicia a semana que antecede a estreia na Taça Minas Gerais treinando forte no Sesi de Betim, local escolhido para sua intertemporada. No domingo, o Leão do Bonfim faz o clássico contra o América no Estádio Independência, em partida que deve ser confirmada pela FMF para às 13h, na preliminar do jogo do Coelho contra o Guaratinguetá, válido pelas Semifinais da Série C.                           

Atacante Allan - ex-Tupi e Democrata-GV. Foto: Wagner Augusto

Atacante Allan - ex-Tupi e Democrata-GV. Foto: Wagner Augusto

Até o momento, o presidente Adão Gomes acertou a contratação de 14 reforços, todos eles indicados pelo técnico Moacir Júnior: Alan Faria e Gessé (goleiros); Carciano, Weldes e Fernando (zagueiros); Leandro Paraná e Renan (volantes); Carlos Magno, Silas e Marlon (meias); Allan, Jessé, Eraldo e Ely Thadeu (atacantes).  Quatro jogos-treinos foram realizados até agora: 3×0 na Seleção do Uni-BH; 4×0 no Vila Nova (Santa Luzia); 3×1 no Athletic (júnior) (São João Del Rei) e 1×1 contra o Contagem. O gerente de futebol Geraldão espera acertar um jogo-treino contra o Cruzeiro na Toca da Raposa II para os próximos dias.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Villa


Blog novo na área: do Flávio Anselmo

O jornalista Flávio Anselmo agora tem um blog, onde além das colunas, abre espaço para discussões.

Dentre outras coisas interessantes, está lá:

“Conta a história que à época do chamado Estado Novo, ditadura de Getúlio Vargas, um de seus ministros, cujo nome me falha agora produziu esta pérola: ou o Brasil acaba com a saúva, ou a saúva acaba com o Brasil”.  

Ninguém acabou com ninguém: as saúvas cabeçudas continuam por aí atormentando a gente, mas foram substituídas pelos ministros e senadores que estão dois pra acabar com o País. Da banda de cá, faço a adaptação: “ou Adilson tira Fabrício, ou Fabrício acaba tirando Adilson”.

O bom volante esqueceu como se joga futebol de qualidade, enquanto as más línguas garantem que o problema de Fabrício se chama klebernite…

Acesse meu blog e dê pitacos à vontade: www.flavioanselmodepeitoaberto.blogspot.com


Cenas impressionantes! Para refletir!

Depois de tantos anos de profissão, não é qualquer fato que impressiona a um jornalista, principalmente no futebol. Estas foram cenas das mais marcantes que vi em toda a minha vida.

E o que mais me impressionou foi a força dos gestos do técnico do Crystal Palace: sem nenhum ataque de fúria, nenhuma ameaça de agressão a ninguém, conseguiu demonstrar toda a sua indignação, pacificamente. Ao fim, concluiu o seu protesto, ao se recusar a apertar a mão de um zagueiro adversário que participou da farsa. Não xingou o sujeito, mas o irritou tanto com sua recusa, que o camarada deu-lhe um empurrão, e nem assim conseguiu um ato de selvageria dele, tão comum no mundo do futebol.

Uma aula, que faz com que todos aqueles que são contra o uso da tecnologia no futebol repensem a sua posição. Já estou repensando.

Foi o Alisson Sol quem enviou. Confira: 

“Olá Chico,

Este lance seria um óbvio gol do Crystal Palace, em jogo da segunda divisão Inglesa contra o Bristol City, neste último final de semana. O árbitro inicialmente achou que a bola havia ido na trave mas, diante dos protestos dos jogadores do Crystal Palace, consultou o assistente. Incrivelmente, o assistente também teve a mesma impressão do árbitro, e com isto a decisão inicial foi mantida.

Como disse o técnico do Crystal Palace, Neil Warnock: “Nós podemos colocar um homen na Lua, medir saques a 100 milhas por hora em Wimbledon, mas não podemos colocar um par de sensores na rede para mostrar quando um gol foi marcado”. Interessante é que o Neil Warnock é um dos poucos treinadores de futebol no mundo qualificados para serem árbitros.

Há uma certa revolta na Inglaterra com os jogadores do Bristol City, que claramente pararam no lance e sabiam que haviam levado um gol (ninguém fica parado depois de uma bola na trave). O técnico adversário ao menos assumiu que a bola teria entrado, mas disse que alguém soprou no ouvido dele que teria havido um empurrão. A Federação de Futebol Inglesa pediu desculpas ao Crystal Palace e sua torcida, porém manteve o resultado da partida, que foi de 1-0 para o Bristol City, que marcou um gol no finalzinho.

A esperança é que, depois de erros absurdos como este, a FIFA repense o uso de tecnologia nos estádios. Será que desta vez serão humildes o suficiente?

Para quem acha que só árbitros brasileiros erram, veja este vídeo:

http://www.youtube.com/watch?v=_zUOYDfV3R0

Alisson Sol”


Flávio Anselmo foi o primeiro a falar

O Flávio Anselmo enviou um e-mail que é importante para mexer com a memória cada vez mais curta do mundo do futebol. Confira: 

“POIS é Chico quando escrevi na minha coluna da divisão no grupo, motim na toca, o perrela deu entrevista, o adilson falou e kleber e fábio desmentiram. Olha aí a confirmação. Cadê o Maluf pra desmentir a verdade? Minha fonte é foda na Toca da Raposa. As vendas vão continuar até os focos de motim sejam desfeitos. O cruzeiro não tem ambiente de time. É uma caixa de vaidade que pretende atolar o time e um grupo se vingar no Kleber por ser o maior salário, por ser ídolo junto à torcida e por ser, junto com fábio, os que merecerem todo crédito. Não creio que Fabricio fique, apesar de ser da panelinha do adilson. É o mais desinteressado e provocador atualmente.

Flávio Anselmo”


Torneio dos 80 anos do Mercado Central

O Mercado Central é um patrimônio de todos os mineiros e está completando 80 anos de excelentes serviços prestados a todos nós. O Superintendente lá é o gente boa Luiz Carlos Braga, que nos enviou a seguinte informação:

“Como em anos anteriores está acontecendo nas quadras do Centro Taffarel, no Estoril, a VI COPA INTEGRAÇÃO DE FUTEBOL SOCIETY DO MERCADO CENTRAL – 80 ANOS.

São 16 equipes disputando o torneio até o próximo dia 30.08.09 divididas em 04 chaves. Como sempre um verdadeiro sucesso, envolvendo os comerciantes, lojistas seus funcionários e da nossa Administração. A grande final será no dia 30.08.09.”


Bomba: Ronaldo volta com Cicarelli

Sacanagem, mas foi enviada por um amigo bem humorado e vale a gozação


No O Tempo, de amanhã

Decepção

Parece que o principal legado que a Copa de 2014 poderia deixar para BH não vai se concretizar. O tão esperado metrô ligando o centro da capital à Pampulha, com extensão até Venda Nova vai continuar sendo sonho. A falta de força política em Brasília impede que Minas Gerais consiga recursos para obras como essa. E a pressão das empresas de ônibus, também.

Plano B

As autoridades falam em “ônibus articulados” que transitariam na faixa central da Avenida Antônio Carlos, do Bairro Lagoinha até a Avenida Abraão Caram, de onde os torcedores seguiriam a pé até o Mineirão. Um “plano B” absolutamente frustrante, que certamente não vai acrescentar muito para resolver o problema crescente e crônico do tráfego em Belo Horizonte.

Essas e outras notas em minha coluna de amanhã no jornal O Tempo, nas bancas!


No Super Notícia, de amanhã

 Enquanto o América fazia festa no Independência, retornando à Série B do brasileiro, deu um apagão no time todo do Atlético no Pacembu, na derrota para o Corinthians. Os desfalques não justificam o péssimo desempenho do Galo, que demonstrou uma preguiça de dar medo. E pagou caro, porque saiu dos quatro primeiros colocados e hoje estaria fora da Libertadores da América.

Alegria verde

Deu tudo certo para o América em sua volta à Série B. Casa cheia, nenhum problema grave, e a demonstração de que o futebol mineiro pode ser mais forte, com os três grandes da capital e o Ipatinga, que faz campanha razoável na B. O gol do Brasil de Pelotas deu um frio na barriga de todo mundo, mas logo o Coelho reagiu e garantiu a vitória.

Inacreditável

Por incrível que pareça teve confusão entre torcedores perto do hall principal do Mineirão, antes e durante Cruzeiro e Santos. A torcida santista começou aprontar e teve reação imediata da Polícia Militar. Vários carros foram depredados no corre-corre e os proprietários ficam com o prejuizo.

Essas e outras notas em minha coluna de amanhã no Super Notícia, nas bancas!