Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Segunda feira de bons eventos

2014

O vice-governador Antônio Augusto Anastasia fará palestra, nesta segunda feira, 21, sobre o Projeto Copa do Mundo 2014, às 19 horasm

no Teatro Topázio, do Minascentro. Logo em seguida será realizada mesa de debates sobre o assunto, onde terei o prazer de participar, ao lado dos companheiros Eduardo Costa (Rádio Itatiaia) e Leopoldo Siqueira (TV Alterosa). A promoção é do Uni-BH.

Lançamento

O Coronel Klinger Sobreira de Almeida lança, também nesta segunda feira, o livro “Um certo delegado de capturas – O romance de um Mito-Herói”, que narra a vida do Cel. Pedro Ferreira dos Santos, uma verdadeira lenda da história de Minas e da nossa Polícia Militar. Na verdade, é um mito falando de outro, já que o Cel. Klinger é outro nome da maior importância na construção do respeito e eficiência da nossa gloriosa PM.


Depois da festa

Uma nova luta! É o América, que depois da conquista da Série C, precisa agora entrar na briga pelo título da Taça MG e garantir vaga na Copa do Brasil 2010. O time misto vem representando o Coelho na competição e está na quinta posição, na chave A, com dois empates e uma derrota. O líder é o Villa, que tem oito pontos e dois jogos a mais que o América. Não é uma competição fácil. O Uberlândia lidera a chave B, com nove pontos, em três jogos. Com as atenções voltadas só para essa disputa, o América deve melhorar muito o seu rendimento.

A conquista de sábado era esperada, porém, há tempos não se via ambiente tão festivo e fraterno no Independência. Os torcedores do ASA foram muito bem recebidos e a torcida do América mostrou como deveria ser o futebol, com muita festa e respeito.

Em Recife o Atlético perdeu outra chance de chegar mais perto da liderança com várias oportunidades de gol desperdiçadas. Valeu a estréia do goleiro Carini, esperança de tranquilidade nessa posição que tanto tem incomodado à torcida.

Quarta feira tem Cruzeiro x Palmeiras, que vai concentrar todas as atenções do país. Vamos ver se esses dias sem jogos foram bons ou ruins para o time do Adilson Batista, que estava em ascensão. Para o Atlético a descontinuidade foi ruim.

Esta e outras notas estarão em minha coluna no jornal O Tempo de amanhã, nas bancas!


Desabafo americano

O leitor Marcus Vinícius Montenegro sempre envia bons comentários pelo e-mail. Americano fervoroso, conta passagens interessantes na final de ontem no Independência e faz um desabafo contra o pouco espaço dedicado pela mídia ao América:

“Prezado Chico Maia,

graças a Deus e um trabalho hercúleo do conselho do América, do técnico Givanildo e sua equipe, nós americanos estamos de alma lavada com o título conquistado.

Queria entender, Chico, como certos veículos conseguem colocar uma estatística tão furada como as que andamos vendo em alguns sites que estão na internet. Temos um tal de futebol do interior, que sistematicamente, colocava o América com possibilidades mínimas de conseguir o título.

Qual critério é adotado por esses pseudo jornalistas????

Dar uma possibilidade de 5% para o América ser campeão, é desconhecer totalmente a campanha invicta que o time fez dentro de casa.

Cara, uma coisa que me deixou impressionado e feliz. Quando o América marcou o gol, todos da torcida do Asa estavam com as bandeiras agitadas e no final, na volta olímpica, os jogadores foram aplaudidos pela torcida adversária.
Recebemos diversas manifestações pela nossa comunidade, de torcedores do Asa que estiveram em ótimo número para acompanhar seu time nessa final e que ficaram impressionados com a recepção que nós americanos demos a eles. O América mais uma vez mostrando para a duplinha fuleira de Belo Horizonte e para a imprensa, o diferencial que nossos torcedores tem. Isso se chama BERÇO. A torcida do América é composta na sua quase totalidade por pessoas que respeitam as pessoas e que querem usar o esporte como um meio de fazer novas amizades.

Que beleza seria se pudéssemos ter esse clima de confraternização nos estádios.

Estamos voltando caro Chico Maia!

Ainda temos um grande caminho pela frente. A situação financeira do time ainda é apertadíssima, mas agora temos uma diretoria calejada que pode trazer muitas alegrias para o nosso amado time.

Será que agora, teremos um pouco mais de respeito por parte da mídia????

Será que conseguiremos pelo menos mais uns 25 s nos programas esportivos?

O que teremos mais que fazer para que nós torcedores, possamos ser informados do que está acontecendo no nosso clube?

Essas e outras perguntas devem ser respondidas pela grande mídia de Minas Gerais.

Nós, continuaremos a dar nossa colaboração, indo a campo e fazendo com que os torcedores de pijama, entendam que um time de futebol precisa deles é no campo e não com o ouvido colado no radinho.

A diretoria tem que acordar e continuar com o trabalho. Temos uma taça MG pela frente e o time do América tem que ir com fome total de bola para conseguirmos nossa vaga para a copa do Brasil.

Não podemos nos dar ao luxo de continuar deixando os meninos da base disputar esse taça.

Vamos com força total e conseguir nosso lugar ao sol.

tenho muito assunto que poderia tocar, mas estou explodindo de tanta felicidade, que nem estou conseguindo colocar os pensamentos em ordem.

Só posso dizer uma coisa:

TORCER PARA O AMÉRICA, ULTRAPASSA QUALQUER RACIOCÍNIO LÓGICO. É ALGO INEXPLICÁVEL E MARAVILHOSO

“O AMÉRICA NADA TEME”

By Ramon”


Ingressos para Atlético x Santos

Continuam à venda os ingressos para a partida entre Atlético e Santos, às 18h30 do próximo dia 27 (domingo), no Mineirão, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os bilhetes também estão à venda pela internet, no www.ingressofacil.com.br.

IMPORTANTE – Diante da mudança de horário da partida, os torcedores que já tiverem adquirido ingressos e não puderem comparecer ao jogo no novo horário poderão efetuar a devolução dos mesmos na Sede de Lourdes, nos mesmos horários da venda antecipada. Os ingressos em que o horário de 16h está impresso continuam valendo normalmente.

LOCAIS E HORÁRIOS DA PRÉ-VENDA DE INGRESSOS

QUINTA-FEIRA (17/9)
9h às 17h – Sede de Lourdes

SEXTA-FEIRA (18/9)
9h às 17h – Sede de Lourdes

SÁBADO (19/9)
9h às 17h – Sede de Lourdes

PREÇOS

Cadeira Especial (Portões 1 e 14) – R$ 50,00
Cadeira Superior Central (Portão 7A) – R$ 20,00
Cadeira Superior Lateral (Portões 3, 6, 9 e 12) – R$ 20,00
Geral (Portões 4, 5, 10 e 11) – R$ 2,00
Cadeira de Setor (Torcida adversária) (Portão 2) – R$ 20,00
(Meia-entrada para todos os setores)

Meia-entrada – Atendendo recomendação do Ministério Público, é vendido apenas um ingresso por documento para estudantes e tanto a compra como o acesso ao estádio são permitidos apenas mediante apresentação do comprovante de matrícula de 2009 ou de pagamento da mensalidade.

Para crianças de 0 a 12 anos e maiores de 60 anos, que pagam meia-entrada, também é vendido apenas um ingresso por documento e é necessária a apresentação de carteira de identidade ou certidão de nascimento tanto na aquisição do ingresso como no acesso ao Mineirão.

 Fonte: Assessoria de Imprensa do CAM


Educação do Kalil provoca agradecimento do Perrela

Em evento da Rádio Itatiaia ontem, no buffet Catarina, os presidentes do Atlético e do Cruzeiro conversaram durante um bom tempo. Zezé Perrela agradeceu a Alexandre Kalil, a gentileza com a qual ele tratou seu filho, Gustavo, na solenidade de lançamento das obras da Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

Candidato a deputado, Gustavo não imaginava que o presidente do Galo fosse uma pessoa tão gentil, especialmente por causa da rivalidade e constantes rixas entre os dois presidentes dos maiores rivais mineiros.

Por coincidência, fotografei o momento quando Kalil e Gustavo Perrela batiam papo na Arena do Jacaré. Os dois estão nesta foto, entre o prefeito da cidade de Capim Branco, Remaclo Souza Canto (direita), o seu vice, Romar Gonçalves Ribeiro, e Adriana Branco, diretora executiva do Galo, à esquerda.


Gozação do Zezé Perrela pegou na veia

Quando não tem nada para cutucar a torcida do Galo, Zezé Perrela tira algum dado da cabeça para talhar o sangue dos alvinegros. Deu entrevistas ontem dizendo que Sete Lagoas tem mais flamenguistas que atleticanos.

Como setelagoano não sei de onde ele tirou isso, mas o objetivo dele foi atingido: o que tem de atleticano bravo com essa fala dele não é fácil…


Dívida do Grêmio facilitou ida do Gilberto para o Cruzeiro

Esta saiu no www.clicrbs.com.br   maior portal do Rio Grande do Sul:

“Autuori elogia Gilberto, mas evita falar da situação do jogador com o Grêmio

Treinador parabeniza o Cruzeiro por ter acertado contratação do lateral

 Tatiana Lopes
 

O técnico Paulo Autuori foi questionado em entrevista coletiva na manhã desta sexta sobre a situação do lateral Gilberto com o Grêmio. O jogador manifestou vontade em retornar ao clube, mas o acerto não foi concretizado. Com isso, ele acabou indo para o Cruzeiro, clube pelo qual já estreou e marcou gols, se tornando um dos destaques da equipe. O técnico gremista, porém, evitou fazer comentários. Mas não poupou elogios.
 
– Não participei disto. Ele é jogador do Cruzeiro. Conheço ele, é um grande jogador e tem um grande caráter. Mas é do Cruzeiro, parabéns ao Cruzeiro – declarou.
 
Gilberto esteve em Porto Alegre no último final de semana, quando o Cruzeiro enfrentou o Inter, no Beira-Rio. Na vitória mineira por 3 a 2, o lateral foi o destaque, marcando dois gols. Após a partida, desabafou. Disse que conversou com dirigentes do Grêmio, e acredita que o acerto não foi feito porque o clube tem uma dívida com ele desde 2003. Por causa disso, Gilberto acabou entrando na Justiça.
 
A contratação de Gilberto não foi efetivada, mas o Grêmio segue de olho no mercado, de acordo com Autuori.
 
– É obrigação nossa avaliar o mercado. Temos de pensar no futuro, é importante. Nós queremos ter condições de entrar em qualquer campeonato com reais chances de ganhar – ressaltou.”


Ricardinho está quase legal para estrear

O repórter Emerson Romano escreveu no twitter  (http://twitter.com/emersonromano) dele que o Ricardinho já foi legalizado na Federação Mineira de Futebol e agora falta chegar o documento do Qatar chegar à CBF para que ele possa ficar à disposição do Celso Roth. A informação foi passada a ele pelo repórter Samuel Venâncio, um dos bons da nova safra da imprensa mineira.


Uns cabeças cozidas

Os caras falam as asneiras e depois pedem desculpas. No futebol então, é uma festa. Ontem foi o Hélio dos Anjos, do Goiás, que manifestou a sua homofobia, e diante da repercussão negativa, voltou atrás.

Ano passado o Muricy Ramalho foi grosso acima do normal com uma repórter no Morumbi, e também se assustou com a reação geral e pediu desculpas.

Mas lá fora a imprensa se une e dá um gelo no sujeito, além de aumentar a intensidade das pauladas no caboclo. Com isso, os falastrões são obrigados a reconhecer seus exageros e recuar.

Em Minas, é na base do cada um pra si e Deus pra todos. e na falta de solidariedade profissional, os Adilsons Batistas fazem o que fazem e continuam fazendo.

O técnico do Cruzeiro só se assustou no início do ano, quando deu aquela entrevista explosiva ao Cosme Rímoli, de São Paulo, e depois afinou, dizendo que não tinha dito o que disse, queimando o seu filme, também, com a imprensa paulista.

Numa entrevista ao Estado de Minas, ano passado, disse que a torcida toma umas, vai pra arquibancada com seu radinho, ouve uns comentaristas e passa a vaiar o treinador.

O mesmo Adilson, que depois de umas mancadas contra o Ituiutaba se auto-intitulou de “professor Pardal”, na entrevista depois do jogo. Imprensa e torcida passaram a chamá-lo assim e ele apelou.

Há uns dois meses, o Arthur Morais informou pela Itatiaia que o treinador poderia deixar o clube a qualquer momento e o pau cantou pra cima dele. Zezé Perrela, como sempre, tomou as dores, foi para o programa Bastidores, do João Vitor Xavier, na própria rádio, deu nele uma esculhambada, e tudo ficou por isso mesmo. Só o João tentou esboçar uma defesa do colega, mas ninguém mais.

Uma categoria que não se faz respeitar leva paulada atrás da outra e ainda fica calada!


Mobilização americana pelo título

Vejam aí que legal a mobilização da torcida do América:

“Nos últimos jogos do América no Independência, estamos nos reunindo na Praça 7 e indo a pé até o Estádio, na   CAMINHADA VERDE! A polícia sempre nos leva até lá na Contorno! Todo mundo lá da Comunidade do América tá pedindo pra levar o Coelhão conosco (o mascote) e já fizemos o pedido à Diretoria! Existe a possibilidade do Coelhão fazer parte da  CAMINHADA VERDE! nos reuniremos lá na Praça 7, no Café Nice, sábado ao meio dia (12h). é uma chamada boa e reunimos  jovens, idosos, mulheres , crianças e mostramos pra BH que O COELHÃO VOLTOU! é A CAMINHADA VERDE DA PAZ E DO TÍTULO. Estamos convidando a imprensa mineira para fazer a cobertura do acontecimento. 

Sábado teremos mais pessoas na Caminhada Verde e não fiquem de fora desta festa  Americana!

 Em anexo duas fotos da CAMINHADA VERDE!”

 abraços.
 Flávio Braga de Azevedo – BH