Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Vergonha

Como pode, um dos políticos sérios do país como o Senador Pedro Simon, ser encarado por dois sujeitos como Fernando Collor e Renan Calheiros? E é inacreditável como essa turma do Sarney ainda consegue tanto espaço na imprensa, que está dando o mesmo tratamento a todos eles, jogando o Simon na vala comum.

Eta Brasil!


Acontecimentos sinistros

João Duarte é um dos cruzeirenses mais bem informados que conheço, com fontes fortes no clube. Mandou hoje um e-mail enigmático. Confira:

“Muito sinistra a sequência de expulsões no Cruzeiro.

E mais sinistros ainda os desfalques constantes a que o time vem se submetendo… O Departamento Médico vive cheio, absurdamente cheio.

Colocar nos ombros do Adilson o desgaste pela saída do Sorin, outra coisa que precisa ser melhor esclarecida. Eu não esqueci o jogo contra o Palmeiras, em que Sorin, liberado pelo DM e fisioterapia, pediu para sair com 15′ de jogo (sinistro, muito sinistro diria sem vacilar o grande Januário de Oliveira).

O Cruzeiro outra vez com 10 jogadores 80% do tempo de jogo. E a expulsão do Jonathan foi MERECIDA e INFANTIL, porque todos conhecem o estilo do juiz…

Ate mais…

Um abraço – João Chiabi Duarte”


Goleiro de futuro

Blogueiro de boa memória, o Renato César escreveu-me o seguinte sobre o goleiro do júnior do Atlético, Renan Ribeiro, antes da final da Taça BH contra o Inter:

“Não é só porque ele defendeu 4 pênaltis nas disputas contra Botafogo e Grêmio (2 em cada partida) e foi fundamental na classificação para a final. Este é um jogador formado nas divisões de base do Galo e com presença constante nas Seleções de Base.

    Será que é muito cedo para já começar a falar de Taffarel?! Bom, com esta idade o maior goleiro que este país já teve, também já defendia muito penalti nas competições por aí (até em Olimpíada). Falta uma carreira inteira ainda pela frente, mas alguma coisa já pode ser dita.

    Lembro muito bem quando, em 2006, a Itatiaia fez uma reportagem com, se não me engano, Levir Culpi, sobre a parceria do Galo em Ribeirão Preto que estava trazendo bons jogadores para cá. E o objetivo era falar do Diego (Alves) que estava em grande fase. Aí o Levir disse que o trabalho lá na formação de goleiros era muito forte. Que, inclusive, eles tinham lá era uma escola de goleiros mesmo.

    Nesta reportagem foi dito que o Atlético já tinha o substituto do Diego. Era um menino de uns 15 anos que já media quase 1,90m e tinha vindo de Ribeirão Preto também. Ele já era observado pela Seleção Brasileira e era tecnicamente muito bom, praticamente pronto. O nome deste menino: Renan Ribeiro.

    Hoje ele já tem títulos com o Atlético e com a Seleção Brasileira na base e acaba de colocar o Galo em mais uma final. “A promessa” vai virando realidade. Como estamos em um momento de transição de goleiros, acredito que no próximo ano ele irá aparecer como grande destaque. É preciso dar todo o apoio para ele porque este investimento para certo. “Feijão sem bicho”, como diriam.

    Parabéns, Renan!

   Abraços!

   Renato César
   Padre Eustáquio – BH – MG
   Acesse: http://rcgalo.blogspot.com/


Orlando Augusto: jornalista e baterista

O jornalista Orlando Augusto é também baterista, e dos bons. Vai tocar em sua terra natal, Conceição do Mato Dentro, com a própria banda, Cadilak, sábado, dia oito de agosto no Eden Clube, no baile promovido pelo Haécio Lages e Vânia Tadeu (Rei e Rainha festeiros) da tradicionalíssima festa de Nossa Senhora do Rosário 2010. Vale a pena prestigiar o baile, a banda e a festa do Rosário.


Campeão da Taça BH na seleção

* Campeão da Taça BH com a equipe júnior do Atlético, o meia João Pedro foi convocado pelo técnico Lucho Nizzo para defender a Seleção Brasileira Sub-17 na 7ª Copa Internacional de Sendai, no Japão. A competição será disputada entre os dias 9 e 13 de setembro.

A apresentação dos jogadores será às 10h do dia 24 de agosto, no Aeroporto Tom Jobim, no Rio de Janeiro. De lá, os atletas seguem para a Granja Comary, em Teresópolis, onde ficarão em período de treinamento até o dia 3 de setembro, data da viagem para o Japão.

Esta é a terceira convocação de João Pedro nesta temporada. O jogador atleticano disputou, em janeiro, a Copa Chivas Internacional, no México, e foi campeão do Sul-Americano Sub-17, realizado no Chile, no mês de maio. 

* Fonte: Assessoria de Imprensa do CAM


De Matozinhos para o PFC

Um dos bons narradores do Sportv/Premiere, é o Jaime Júnior, que no dia a dia é repórter da Intertv, afiliada da TV Globo no Vale do Aço. Nascido na vizinha cidade de Matozinhos, onde iniciou a carreira de radialista e onde está sempre presente.


Venda de ingressos começa nessa terça

* A partir desta terça-feira, os Atleticanos já poderão adquirir ingressos para os três próximos jogos do Galo no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro, contra Palmeiras, Avaí e Sport. Nesta semana, os ingressos para as partidas contra Avaí e Sport serão vendidos somente na Sede de Lourdes e no www.ingressofacil.com.br.

O jogo contra o Palmeiras será às 21h50 do próximo dia 12 (quarta-feira). A partida contra o Avaí será às 21h do dia 20 (quinta-feira). Já o confronto com o Sport será em 30 de agosto (domingo), às 16h.

LOCAIS E HORÁRIOS DA PRÉ-VENDA

Terça-feira (4/8)
9h às 17h – Sede de Lourdes
11h às 17h – Labareda

Quarta-feira (5/8)
9h às 17h – Sede de Lourdes, Labareda, Class Club Sion, Class Club Buritis, Loja do Galo Betim e Loja do Galo Barreiro

Quinta-feira (6/8)
9h às 17h – Sede de Lourdes, Labareda, Class Club Sion, Class Club Buritis, Loja do Galo Betim e Loja do Galo Barreiro

Sexta-feira (7/8)
9h às 17h – Sede de Lourdes, Labareda, Class Club Sion, Class Club Buritis, Loja do Galo Betim e Loja do Galo Barreiro

Sábado (8/8)
9h às 17h – Sede de Lourdes, Labareda

Domingo (9/8)
9h às 17h – Sede de Lourdes, Labareda

PREÇOS
Cadeira Especial (Portões 1 e 14) – R$ 50,00
Cadeira Especial ½ (Portões 1 e 14) – R$ 25,00

Cadeira Superior Central (Portão 7A) – R$ 20,00
Cadeira Superior Central ½ (Portão 7A) – R$ 10,00

Cadeira Superior Lateral (Portões 3, 6, 9 e 12) – R$ 20,00
Cadeira Superior Lateral ½ (Portões 3, 6, 9 e 12) – R$ 10,00

Cadeira Inferior Central (Portões 7 e 8) – R$ 20,00
Cadeira Inferior Central ½ (Portões 7 e 8) – R$ 10,00

Cadeira de Setor (Portão 13) – R$ 20,00
Cadeira de Setor ½ (Portão 13) – R$ 10,00

Geral (Portões 4, 5, 10 e 11) – R$ 2,00
Geral ½ (Portões 4, 5, 10 e 11) – R$ 1,00

* Torcida adversária (Portão 2) – R$ 20,00
* Torcida adversária ½ (Portão 2) – R$ 10,00

Meia-entrada – Atendendo recomendação do Ministério Público, é vendido apenas um ingresso por documento para estudantes e tanto a compra como o acesso ao estádio são permitidos apenas mediante apresentação do comprovante de matrícula de 2009 ou de pagamento da mensalidade.

Para crianças de 0 a 12 anos e maiores de 60 anos, que pagam meia-entrada, também é vendido apenas um ingresso por documento e é necessária a apresentação de carteira de identidade ou certidão de nascimento tanto na aquisição do ingresso como no acesso ao Mineirão.

Os ingressos de meia-entrada não são comercializados pela Internet porque o sistema impossibilita a conferência da documentação exigida (identidade ou certidão de nascimento para crianças e maiores de 60 anos, e comprovantes de matrícula ou pagamento da mensalidade para estudantes). 

* Fonte: Assessoria de Imprensa do CAM


Nonato ganhou mais que Sorín

O Fernando Rocha, de Ipatinga, levantou uma questão interessante em sua coluna no www.jvaonline.com.br

“A despedida do ídolo Sorín desperta sentimentos e exageros como por exemplo a sugestão de setores da imprensa da capital, para que a diretoria aposente a camisa 6 em homenagem ao jogador.  O cruzeirense Luiz Guilherme Amaral, o Juninho, ex-diretor do Avante de Fabriciano, lembra à propósito que se fizermos uma análise de importância com base em títulos conquistados com a camisa celeste, o ex-capitão Nonato supera o argentino. “Sorín foi um grande jogador , mas só ganhou dois títulos importantes, a Copa do Brasil e a Sul-Minas em 2000”, diz o Juninho. E acrescenta: – O Nonato jogou no Cruzeiro de 1990/97 e ganhou entre outros títulos as Supercopas de 91/92, Copa do Brasil/1996 e Libertadores/97.”


Equívocos e dúvidas quanto à prata da casa

Sou defensor do aproveitamento dos jogadores formados na base dos nossos clubes. Também considero uma grande bobagem esse papo de muitos treinadores, que “não é a hora”, “não podemos correr o risco de queimá-lo”, “ele não está maduro”, e bla, bla, bla… Pura conversa fiada! Quem joga, joga!

Porém, a meninada precisa corresponder. Nesta área, a bola da vez, em discussão, é o Renan Oliveira. Recebi e-mail do Rafael Ferreira, domingo cedo, bem antes do Atlético x Coritiba. Veja como o assunto provoca dúvidas e equívocos: “Hoje parece que mais uma vez o Roth vai dar outra chance ao Evandro.
Me pergunto… Por que é sempre assim? Santo de casa não faz milagres.
O Evandro já teve inúmeras chances. Ele me lembra casos como os de
Tchô (Galo) e Wagner, do Cruzeiro. São jogadores de habilidades inquestionáveis, mas não transpiram. Como diria o Mário Henrique (Caixa), não dão um “sanguinho”.
No jogo de quinta-feira contra o Flamengo, não era a hora ideal para
lançar o Renan Oliveira? Longe da pressão da torcida alvinegra,
que definitivamente, não tem paciência com os jogadores da base.
Jogadores como Renan Oliveira, precisam de ritmo, sequência de
jogo e principalmente confiança (auto-estima), que é imprescindível em qualquer profissão. Que o diga o Dedê, que foi “oportunizado” pelo Leão, que o lançou passando toda confiança e lhe tirando todo o peso…”

Pois é! O Celso Roth pôs o Renan no fim do jogo, debaixo da maior pressão da torcida, já que o jogo estava empatado. Ele mostrou personalidade e marcou o gol da vitória. Ou seja, o Rafael e maioria se engana com essa história de “pressão” em casa. Nada a ver. Quem sabe jogar, o faz em qualquer ambiente, mas tem que ter personalidade e determinação.

O Renan precisa é assumir que tem capacidade para ser o jogador dos sonhos da torcida.


SporTV e os correspondentes internacionais

Notíca publicada no site www.comunique-se.com.br  

“O SporTV abriu o processo de seleção para escolher jovens repórteres para atuarem como correspondentes internacionais. Para participar, é necessário ter se graduado, preferencialmente em Jornalismo, no ano passado ou na metade deste ano. As inscrições estão abertas até o dia 17/08.

O Passaporte SporTV é uma oportunidade para jovens ingressarem no competitivo mercado de trabalho. Os escolhidos serão contratados pelo período de dezembro deste ano até julho de 2010. Eles participarão da cobertura das principais seleções de futebol do mundo, nos seus países de origem.

O processo de seleção será dividido nas seguintes fases: prova on-line, apresentação de vídeo para avaliação da proficiência da língua inglesa, prova presencial e dinâmica de grupo, avaliação prática, teste de vídeo, entrevista final e exame admissional. Todas as etapas são eliminatórias.

Inscrições e outras informações no site do canal “