Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Na derrota para o São Paulo, impressionantes a passividade e falta de reação do Atlético

Foto: https://twitter.com/SaoPauloFC

O técnico Mancini pode até não admitir mas o Galo entrou para tentar buscar um ponto no Morumbi. E é raro aguentar ficar só na defesa sem tomar gols. Nestes 2 a 0 para o São Paulo resistiu todo o primeiro tempo graças a ótimas defesas do Cleiton. Logo no início do segundo tempo tomou o primeiro tempo e se bagunçou todo, diferentemente do que se espera de um time de veteranos.

Que o elenco é fraco todos sabemos, mas o que mais incomoda é a passividade neste momento delicado, em posição perigosa na tabela. A falta de reação ou ao menos um esboço contra um adversário que também não é lá essas coisas e nesta tarde encontrou um filet para melhorar a sua posição na classificação.

E atenção ao que escreveu o Henrique André, do Hoje em Dia: @ohenriqueandre “Com este resultado de momento, o Atlético chega à 13ª derrota no Campeonato Brasileiro. O Cruzeiro, primeiro da zona de rebaixamento, tem 11. Alvinegro iguala o CSA, 18º colocado, no quesito.”

Ele escreveu antes da derrota do CSA para o Flamengo.


Mais cedo, Fluminense e Ceará empataram em casa, mas o Cruzeiro resolveu imitar e desperdiçou a chance de sair do Z4


Rogério Ceni foi bem recebido por torcedores do Cruzeiro na chegada ao Mineirão e não foi hostilizado durante o jogo. Luciano Dias, jornalista do Hoje em Dia prestou atenção na receptividade que o ex-goleiro teve dos jogadores no gramado: @jornlucianodias “Só uma observação: A maioria dos jogadores do Cruzeiro cumprimentou Rogério Ceni. Egídio, Thiago Neves, Robinho e Fred nem passaram perto.”A bola rolou e a partida foi boa de se ver. Como o esperado,  Cruzeiro pressionando o tempo todo e o Fortaleza se defendendo com competência. Até os 34 do segundo tempo quando a torcida estava impaciente. Orejuela fez 1 a 0 e muita gente imaginou que era apenas a abertura da porteira, já que o Fortaleza teria que se abrir e poderia tomar mais gols. Mas os cearenses foram ao ataque com brilhatismo e na segunda chance após estar perdendo, Wellington Paulista, bem ao estilo dele, aos trancos e barrancos, quase entrou com bola e tudo, empatando a partida. O Twitter oficial do Fortaleza deu até uma viajada para comemorar o empate: @FortalezaEC “37’ 2T – GOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO MAIOR CAMISA 9 DO MUNDO!!! WP9!!!!”

Depois de grandes vitórias sobre São Paulo e Corinthians a expecativa era que o Cruzeiro atropelasse o Fortaleza no Mineirão, mas isso não ocorreu e o time continua na zona do rebaixamento. O próximo jogo será contra o Botafogo, quinta-feira, no Rio A classificação:

P J V E D GP GC SG
1 FLAMENGO 64 27 20 4 3 57 22 35
2 PALMEIRAS 54 27 15 9 3 42 21 21
3 SANTOS 52 28 15 7 6 38 26 12
4 SÃO PAULO 46 27 12 10 5 27 17 10
5 INTERNACIONAL 45 28 13 6 9 34 26 8
6 CORINTHIANS 45 28 11 12 5 30 20 10
7 GRÊMIO 41 27 11 8 8 44 30 14
8 BAHIA 41 28 11 8 9 32 27 5
9 ATHLETICO 39 27 11 6 10 38 29 9
10 GOIÁS 38 27 11 5 11 29 39 -10
11 VASCO 38 28 10 8 10 26 32 -6
12 ATLÉTICO-MG 35 27 10 5 12 34 37 -3
13 BOTAFOGO 33 27 10 3 14 25 30 -5
14 FORTALEZA 32 28 9 5 14 31 38 -7
15 CEARÁ 30 28 8 6 14 28 30 -2
16 FLUMINENSE 30 28 8 6 14 29 39 -10
17 CRUZEIRO 29 28 6 11 11 23 35 -12
18 CSA 26 27 6 8 13 18 39 -21
19 CHAPECOENSE 18 28 3 9 16 22 43 -21
20 AVAÍ 17 27 3 8 16 13 40 -27

 


Na briga pelo G4, América está fazendo até engessado esquecer o gesso e comemorar com a muleta

Sensacional o vídeo que está rolando nas redes, de um torcedor do América, ontem, no estádio em Goiânia, pulando na comemoração de um dos dois no empate com o Atlético-GO pela rodada da Série B. O entusiasmo provocado pela raça e bom futebol do time fez com que o rapaz, engessado, se esquecesse do problema físico, possivelmente uma fratura, e pulasse feito um maluco na arquibancada, numa alegria contagiante. (@AmericaMG Levanta-te e anda! Os gols heroicos do #Coelhão operam milagres! #VamosSubirCoelho #PraCimaDelesCoelho #SomosSparta )

Aliás, essa campanha do América vai entrar para a história como um marco na reação dos americanos mundo afora na união pelo sucesso do time. Torcedores do Coelho estão “brotando” em toda Minas Gerais, Brasil e mundo. Um bom exemplo é o Cacá Tomazzi, um fraterno amigo, de Conceição do Mato Dentro, que mora há décadas em Miami, mas não desgruda a atenção do time em momento algum. Ontem ele escreveu durante o 2 a 2 com o Atlético:

__ Eu aqui com os olhos grudados na tela na certeza de que o empate e talvez até a vitória viria. Coisa maravilhosa, no peito e na raça depois de virar o primeiro tempo perdendo de dois a zero. Ah meu !!! E o jogo terminou com uma traulitada do Matheusinho de fora da área que o goleiro adversário se desdobrou pra defender. O fato é que Matheusinho tá assumindo protagonismo nesse time do América.

***

A luta pelo acesso está sensacional. Entendo que nove clubes estão brigando por três vagas: América, Sport, Coritiba, Atlético-GO, CRB, Botafogo, Operário-PR, Paraná e Ponte Preta. Uma vaga é, virtualmente, do Bragantino, que acumulou pontos demais no primeiro turno e dificilmente perderá a oportunidade de reaparecer na prateleira de cima do futebol brasileiro.

Próximo jogo do América será contra a Ponte Preta, sábado que vem, 19 horas, no Independência.

A classificação:

P J V E D GP GC SG
1 BRAGANTINO 62 31 18 8 5 53 20 33
2 SPORT 56 31 14 14 3 44 27 17
3 ATLÉTICO-GO 50 31 12 14 5 33 23 10
4 CORITIBA 48 30 13 9 8 37 29 8
5 AMÉRICA-MG 48 31 13 9 9 35 29 6
6 CRB 46 31 13 7 11 34 30 4
7 BOTAFOGO-SP 44 31 12 8 11 30 28 2
8 OPERÁRIO 44 31 12 8 11 28 34 -6
9 PARANÁ 44 31 11 11 9 25 27 -2
10 PONTE PRETA 41 30 10 11 9 33 29 4
11 CUIABÁ 39 29 10 9 10 30 31 -1
12 BRASIL DE PELOTAS 38 30 10 8 12 24 31 -7
13 OESTE 38 31 8 14 9 34 34 0
14 GUARANI 35 30 10 5 15 22 29 -7
15 LONDRINA 35 31 10 5 16 32 42 -10
16 VITÓRIA 33 30 8 9 13 29 38 -9
17 FIGUEIRENSE 31 30 6 13 11 22 31 -9
18 VILA NOVA 31 31 6 13 12 23 35 -12
19 CRICIÚMA 29 30 6 11 13 21 30 -9
20 SÃO BENTO 27 30 7 6 17 32 44 -12

 


No país do futebol “paternalista”, cheio de enganadores, dentro e fora das quatro linhas, Jorge de Jesus está fazendo história no futebol brasileiro

Torço para que o exemplo deste português seja bem assimilado pelas novas gerações de treinadores do Brasil. Os velhos e rodados donos das pranchetas nacionais não aceitam, mas têm muito a aprender com ele. De cara, chegou dizendo que “jogador que não corre 14 km por partida” não joga com ele. Impôs um estilo de jogo intenso ao Flamengo, em que todos se empenham igualmente. E sem essa de poupar os “coitadinhos”, tratando-os como se fossem crianças ou “bibelôs”.

O argumento de que o elenco comandado por ele é caríssimo não serve para desqualificar o trabalho, já que o Palmeiras gasta na mesma proporção e está longe de mostrar futebol ao menos semelhante. Para frente, vistoso, corajoso e de muita determinação. O Grêmio, que tem um excelente time, apesar de bem menos caro, custou resistir dentro de casa e neste jogo da volta, no Maracanã, quis encarar de igual para igual e tomou de cinco.

Sou da teoria de que treinador ganha e perde jogo. Ganha pelo trabalho do dia a dia e costuma perder nos 90 minutos, quando escala ou mexe mal, ou não percebe a tempo a estratégia do adversário.

No outro extremo, sem um elenco caro e fortunas para gastar, cito o Felipe Conceição, do América, que com o mesmo elenco dos seus antecessores tirou o time da zona do rebaixamento da Série B e o colocou na briga direta pelo acesso. Conhecer de futebol e saber administrar um grupo de jogadores são fatores essenciais para comandantes vencedores.


Chico Fala #1 – Pelé

 

Hoje, aniversário do Rei Pelé, resolvi contar duas histórias que tenho com ele. Clique no play! Este é o primeiro capítulo da minha prosa semanal por vídeo. O Chico Fala acaba de chegar. Deixe o seu comentário!

 


Vitória do Galo sobre o Santos pode significar um fim menos assustador neste Brasileiro

Um 2 a 0 surpreendente sobre um dos concorrentes ao título, com gols do Leonardo Silva e Luan. Nada de empolgante, mas tranquilizante, sintoma de que a chegada aos 43, 45 pontos poderá ser menos complicada do que se imagina desse time que não inspira confiança à torcida. Não há dívida de que está correndo mais do que corria anteriormente. Pela escalação e mexidas, Wagner Mancini mostra personalidade e que não aceita intervenções em seu trabalho. Destaque para Cleiton e Di Santo no primeiro tempo.

Direto de Londres, Sérgio Utsch, do SBT, curtiu, e retwittou:

P J V E D GP GC SG
1 FLAMENGO 64 27 20 4 3 57 22 35
2 PALMEIRAS 54 27 15 9 3 42 21 21
3 SANTOS 51 27 15 6 6 38 26 12
4 SÃO PAULO 46 27 12 10 5 27 17 10
5 CORINTHIANS 44 27 11 11 5 30 20 10
6 INTERNACIONAL 42 27 12 6 9 31 24 7
7 GRÊMIO 41 27 11 8 8 44 30 14
8 BAHIA 41 26 11 8 7 29 22 7
9 ATHLETICO 39 27 11 6 10 38 29 9
10 GOIÁS 37 27 11 4 12 28 39 -11
11 VASCO 37 27 10 7 10 25 31 -6
12 ATLÉTICO-MG 35 27 10 5 12 34 37 -3
13 FORTALEZA 31 27 9 4 14 30 37 -7
14 BOTAFOGO 30 26 9 3 14 23 29 -6
15 FLUMINENSE 29 27 8 5 14 28 38 -10
16 CRUZEIRO 28 27 6 10 11 22 34 -12
17 CEARÁ 26 26 7 5 14 25 28 -3
18 CSA 26 26 6 8 12 17 37 -20
19 CHAPECOENSE 19 27 4 7 16 21 41 -20
20 AVAÍ 17 27 3 8 16 13 40 -27

Até amanhã para votar na Júlia Coelho no Pocket Show Kids

Essa fofura aí é a Júlia Coelho Evangelista, candidatíssima a campeã da edição deste concurso de talentos musicais mirins, para crianças de seis a 12 anos de idade, promovido pela TV Alterosa e Itaú Power Shopping. O talento dela está no DNA, já que é filha do Duke, um dos melhores chargistas do país.

Mais detalhes do Pocket Show Kids no https://www.itaupowershopping.com.br/power-show-kids-2019/


Cruzeiro saiu da zona de rebaixamento e pelo andar da carruagem não volta mais

Duas vitórias consecutivas contra dois adversários da prateleira de cima, sendo o Corinthians no Itaquerão, onde a torcida exerce pressão sobre os jogadores e sobre a arbitragem. Nenhuma das alternativas funcionou contra a Raposa esta noite. Time mostrou outra vez determinação e bom futebol. Zezé Perrella disse depois do jogo que “rebaixamento já era” e que pensa em Sul-Americana ou coisa até melhor. Pode ser, mas fico com a “mineirice” do Abel Braga, que pediu cautela à torcida e ao dirigente: “Ainda estamos na confusão”

P J V E D GP GC SG
1 FLAMENGO 61 26 19 4 3 55 22 33
2 PALMEIRAS 53 26 15 8 3 41 20 21
3 SANTOS 51 26 15 6 5 38 24 14
4 CORINTHIANS 44 27 11 11 5 30 20 10
5 SÃO PAULO 43 26 11 10 5 26 17 9
6 INTERNACIONAL 42 26 12 6 8 31 23 8
7 GRÊMIO 41 27 11 8 8 44 30 14
8 BAHIA 41 26 11 8 7 29 22 7
9 ATHLETICO 38 26 11 5 10 37 28 9
10 GOIÁS 37 26 11 4 11 27 37 -10
11 VASCO 34 26 9 7 10 24 31 -7
12 ATLÉTICO-MG 32 26 9 5 12 32 37 -5
13 FORTALEZA 31 27 9 4 14 30 37 -7
14 BOTAFOGO 30 26 9 3 14 23 29 -6
15 FLUMINENSE 29 26 8 5 13 28 36 -8
16 CRUZEIRO 28 27 6 10 11 22 34 -12
17 CEARÁ 26 26 7 5 14 25 28 -3
18 CSA 26 26 6 8 12 17 37 -20
19 AVAÍ 17 26 3 8 15 13 39 -26
20 CHAPECOENSE 16 26 3 7 16 19 40 -21

A luta por vaga entre os quatro primeiros da Série B é palmo a palmo. Mesmo vencendo fora de casa o América continua em quinto

O gol americana foi marcado por Flávio na segunda etapa (Foto: Daniel Hott / América)

O Coritiba tem dois gols a mais de saldo e por isso continua ocupando a quarta colocação. Mas o mais importante é que o Coelho continua jogando bem e tendo retorno do ótimo trabalho das suas categorias de base, como bem lembrou o Igor Assunção, da 98FM: @Igortep “Flávio, 19 anos, dando mais uma vitória para o América. Há quem insista em jogadores velhos e modorrentos, ricos e sem ambição e intensidade.”

P J V E D GP GC SG
1 BRAGANTINO 59 30 17 8 5 50 19 31
2 SPORT 52 29 13 13 3 42 26 16
3 ATLÉTICO-GO 49 30 12 13 5 31 21 10
4 CORITIBA 47 29 13 8 8 37 29 8
5 AMÉRICA-MG 47 30 13 8 9 33 27 6
6 BOTAFOGO-SP 44 30 12 8 10 30 27 3
7 PARANÁ 44 30 11 11 8 24 25 -1
8 CRB 43 30 12 7 11 33 30 3
9 OPERÁRIO 43 30 12 7 11 28 34 -6
10 PONTE PRETA 41 30 10 11 9 33 29 4
11 CUIABÁ 39 29 10 9 10 30 31 -1
12 BRASIL DE PELOTAS 37 29 10 7 12 24 31 -7
13 GUARANI 35 30 10 5 15 22 29 -7
14 LONDRINA 35 30 10 5 15 32 40 -8
15 OESTE 35 30 7 14 9 32 34 -2
16 VITÓRIA 33 30 8 9 13 29 38 -9
17 FIGUEIRENSE 31 30 6 13 11 22 31 -9
18 VILA NOVA 31 30 6 13 11 22 32 -10
19 CRICIÚMA 29 30 6 11 13 21 30 -9
20 SÃO BENTO 27 30 7 6 17 32 44 -12

Mais detalhes da partida no site do América:

“. . . Neste sábado, fora de casa, o América conquistou mais uma importante vitória. Contra o Oeste-SP, na Arena Barueri, em Barueri (SP), o Coelhão confirmou mais um triunfo no Campeonato Brasileiro Série B. Pela 30ª rodada da competição, a equipe americana venceu por 1 a 0 com gol de Flávio.

O próximo compromisso americano é um confronto direto pelo G-4 contra do Atlético-GO, na sexta-feira. Pela 31ª rodada da competição, a equipe americana enfrentará o 3º colocado da tabela, com 49 pontos, no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO), às 19h15.

O jogo (mais…)


Notícias dos “Hermanos”: o peso lá embaixo, Boca aguardando o River  e La Bombonera por dentro

Direto de Buenos Aires, o jornalista Fernando Rocha fala de futebol e dos encantos da capital argentina, que está boa para visitar, nestes tempos de peso desvalorizado. A coluna dele que vai circular no Diário do Aço, de Ipatinga:

“El Tiemplo”

Esta coluna foi escrita em Buenos Aires, onde estou desde a última segunda-feira, pela primeira vez como turista, uma experiência nova e  muito agradável, ainda mais por ser hóspede e ter como guia minha filha, Ana Luiza, que estuda Cinema e aqui reside há um ano e meio.

É sempre muito agradável visitar a capital portenha, mas a trabalho nunca tive tempo suficiente para apreciar suas belezas e particularidades, usar o sistema de transporte publico que funciona,  como   metrô e ônibus, circular por onde normalmente o turista comum não vai ou é levado.

Já conhecia o Estádio Monumental de Nuñes do River Plate, e o Avellaneda, do Racing, e desta vez pude vivenciar uma experiência  surpreendente e emocionante, de pisar pela primeira vez no lendário La Bombonera, chamado pelos boquenses de “El Tiemplo del fútbol”.

Pagando um preço razoável, – R$ 50 em média por pessoa-, todo turista poderá fazer esta visita, que inclui um tour guiado pelo Museu do Boca Juniors, bem como todas as instalações do lendário estádio, como vestiários, gramado, arquibancadas, locais sagrados para os torcedores boquenses.

Paixão exacerbada

Os argentinos, assim como nós brasileiros, são  apaixonados por futebol, mas admito que são bem mais intensos e  sabem como externar melhor este sentimento, seja pelo clube do coração ou pela seleção de seu país.

No caso específico do Boca, que diz ter 193 mil sócios-torcedores ativos, sua torcida faz mesmo a diferença na Bombonera, cujas instalações são modestas para a fama que possui, mas se torna um grande desafio à nossa imaginação, supor o grau de sua influência pela algazarra dos 55 mil torcedores que se comprimem nas arquibancadas vibrando e cantando o tempo inteiro.

Encontrei um clima de decisão no ar, já que na próxima terça-feira, o Boca Juniores tentará reviver alí mais uma dessas façanhas épicas, que o levaram a conquistar seis Libertadores e dezenas de títulos nacionais e internacionais.

Como perdeu o jogo de ida para o maior rival, River Plate, por 2 x 0, terá que fazer três gols ou mais de diferença, para chegar à mais uma final de Libertadores, contra o Flamengo ou Grêmio, que fazem o outro confronto brasileiro.

  • Por medida de segurança, a polícia só permite torcida única nos clássicos entre Boca x Ríver, que dividem a preferência de 70% dos cidadãos do país. Todos os ingressos foram esgotados pelos sócios-torcedores do Boca Juniores, mas como acontece em todo lugar do mundo,  cambistas agem livremente em torno do Bombonera, que fica no bairro Caminito, com fácil acesso por ônibus ou metrô. Quem estiver disposto a pagar R$ 2 mil, por uma entrada que custa em média R$ 50, conseguirá  ver e sentir as emoções do maior clássico argentino, um dos mais importantes do futebol mundial.
  • Com a economia em péssima situação, o peso argentino está muito desvalorizado em relação ao Real (1 x 14) e Dólar (1 x 60). A inflação de setembro fechou em 5,9%,  índice superior ao previsto para  este ano no Brasil (4,25%). A taxa de desemprego é 10,61%, a maior desde 2006, que significa 1.961.840 pessoas sem ocupação, aumentando consideravelmente a miséria, constatada pela quantidade de argentinos morando nas ruas. No próximo dia 27, simultâneamente com eleições gerais, será realizado o primeiro turno da eleição presidencial, onde o favorito é o candidato da oposição, o peronista Alberto Fernandez.
  • Tem sentido a fama da torcida “xeneize” (Boca) quando o time joga em La Bombonera. Desde a chegada ao estádio, a equipe visitante é submetida a uma pressão fenomenal, passando pela escolha estratégica da localização do vestiário, atrás de um dos gols e vizinho ao setor de arquibancada sem cadeiras, onde se alojam 6 mil “barra bravas”, que desde três horas antes da partida cantam e pulam sem parar.
  • No interior do vestiário estão expostas fotografias de ex-craques de vários países que lá jogaram, entre eles  apenas quatro brasileiros: Pelé, Ronaldo Fenômeno, Roberto Carlos e Neymar. Nas paredes, algumas frases antológicas em letras bem grandes exaltando a força da Bombonera  para o Boca,  com o claro objetivo de intimidar os adversários.
  • De Zico, a frase “La verdadera caldera es La Bombonera” (Um verdadeiro caldeirão é La Bombonera); Hernán Crespo: “Cuando dicen que tiembla, es verdad” (Quando dizem que treme, é verdade”;  Lionel Messi: “Jugar en La Bombonera fue una experiencia hermosa” (Jogar em La Bombonera foi uma experiência maravilhosa”;  Pelé: “Jamás sentí que sucediera un terremoto así” (Nunca sentí um terremoto como esse). A frase que mais chamou minha atenção foi a do baixinho Romário, que teria dito  “La Bombonera es lo más cercano al infierno” ( La Bombonera é o mais próximo do inferno”. (Fecha o pano!).”

* Por Fernando Rocha

Fotos: @LaBomboneraAR e @River Plate


Página 18 de 1.138« Primeira...10...1617181920...304050...Última »