Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Motivos para ficar otimista com o técnico Rafael Dudamel no Atlético

Foto: site do Galo

Importante frisar que “otimista” é “quem tem esperança de que tudo pode melhorar futuramente”. Ou seja, não se trata de nenhum possuidor de “bola de cristal” ou “Mãe Dinah” e essas coisas. Prestando muita atenção nos primeiros atos e comportamento do venezuelano contratado pelo Galo, penso que são grandes as chances de dar certo. O que me faz concordar com essa interessante avaliação feita pelo Roger Campos, um dos melhores comentaristas aqui do blog, que aliás, andava sumido. No dia 8 passado ele escreveu o seguinte:

* “Motivos pelos quais estou certo de que Dudamel é uma excelente contratação.

Frases da entrevista de apresentação dele:

“… gosto de construir equipes competitivas que não são formadas por 11, 12 13 jogadores, mas sim de 30, 23…”

“Se o jogador não está feliz porque não joga, ele não é um jogador correto. Ele tem que pensar o que tenho que fazer para contribuir para o meu clube.”

“Quero que minha equipe jogue bem e ganhe desde o princípio.”

“vou exigir muito dele porque sei da sua capacidade. Mas vai ser cobrado assim como Cazares, Di Santo.”(sobre Otero)

“Os jogadores experientes não tem que ter obrigatoriamente 30, 32, 35 anos. Hoje, no futebol moderno, há muitas competições, e um jogador de 24, 25 anos já tem experiência.”

“Minha mensagem para o torcedor é que o Dudamel veio para ganhar.”

“Como vamos ganhar? Tempo. O tempo para alcançar os triunfos depende da razão não da emoção.”

“O jogador deve mostrar a melhor maneira de triunfar porque se não a porta está aberta e ai teremos que mudar de lugar.”

“O jogador, o treinador que não compreender e aceitar a intensidade do trabalho não pode estar na alta competência, não pode ser top. Nosso habitat natural é o estresse.”

“Estou seguro que todo o tempo devemos nos atualizar, crescer…”

“Vamos estar observando permanentemente o trabalho, a evolução dos mais jovens, vão ter muito espaço na primeira equipe, mas precisam ter méritos para isso.”

“…os jogadores jovens precisam trabalhar o triplo dos consagrados. Eles precisam sonhar todos os dias em alcançar o profissional.”

“Temos que admirar quem ganhou tudo, mas vamos trabalhar com nosso projeto, jogadores com experiência, líderes positivos.”

“… na Europa entendi que a disciplina é a base de tudo, é o primeiro valor que o jogador deve seguir.”

“… o Atlético é o lugar que eu preciso.”

“… o mais importante é que os jogadores sintam o desejo de ganhar pelo atlético.”

“O que posso dizer é que teremos um plantel mais jovem que o ano passado e, com muito trabalho, chegaremos a um nível superior, com potencial.”

“Temos metas muito bem marcadas, muito definidas e para isso teremos que trabalhar com muita intensidade.”

“Não entendo outra maneira de poder alcançar triunfos se não com muito trabalho.””

* Roger Campos


Esquecer o aniversário do Rei é sacrilégio, mas sempre é tempo de homenageá-lo: parabéns Reinaldo!

Foi anteontem, dia 11, que um dos maiores craques do futebol mundial foi cumprimentado pelo aniversário. 6.3, majestosamente vividos!

Que jogador! Que figura humana. Parabéns sempre, Rei!

Dia 30 de dezembro ele esteve em Marataízes-ES e postou no twitter uma informação que eu não sabia: lá tem a Rua Atlético Mineiro:

Reinaldo Lima – @Reinaldoreigalo “De férias em Marataizes passei pela rua Atlético Mineiro, uma homenagem do prefeito Tininho Batista. Aqui é Galo!”

No dia 10, outra grande figura, o jornalista, presidente da Associação Brasileira de Jornalistas e Escritores de Turismo – Abrajet-MG, Sérgio Moreira, recebeu os cumprimentos por mais um ano bem vivido. Parabéns ao Serjão!

O Rei com o Sérgio Moreira, grande jornalista.


Entre contratações e descartes, por onde anda Wagner Pires de Sá?

Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Todo início de ano o noticiário sobre futebol é na base de muitas especulações quanto à aquisição e dispensa de jogadores, preparadores e dirigentes. Este 2020 está sendo diferente já que a situação do Cruzeiro tomou conta, não só em Minas mas em todo o país. Você abre o site do clube, clica na “diretoria” e aparece lá:

https://www.cruzeiro.com.br/pagina/show/101

“PÁGINA EM ATUALIZAÇÃO”

Com muita dificuldade você encontra essa foto que ilustra o post, do Wagner Pires de Sá, um dos maiores responsáveis pelo caos vivido pelo Cruzeiro. Aliás, pode onde anda este senhor, que surgiu como um cometa na vida do clube e fez o que fez? Sofrerá quais conseqüências?

Lendo os comentários aqui no blog sobre os mais variados assuntos, inclusive sobre o Atlético, selecionei alguns:

Bernardo Montalvão

O Galinho hoje jogou muito bem, assim como na penúltima partida, embora tenha se classificado com sofrimento como sempre num grupo relativamente fácil. Mas dá um alento, porque o que se viu no primeiro jogo foi de assustar.

 

Orlando Rodrigues de Araújo

Chico, dispensar o Wilson, jovem goleiro,e trazer o Vanderlei que tem 36 anos.gasrar 4 milhões de euros com um atacante de 28 anos?acho que o rui costa está vacilando.xom esse dinheiro daria pra fazer algo melhor,tipo o Lucas Pratto de novo

 

Márcio Luiz

Até agora as contratações agradam. Mas a LIMPA ainda deixa a desejar, pois enquanto estiver esse “ex-lateral” fábio santos no elenco, o risco de igrejinha contra o treinador será iminente.

 

José Antônio Pessoa

Eu só me pergunto onde estavam esse “conselheiros notáveis” quando o barco começou a afundar, porque isso não é de agora, vem se arrastando desde a gestão do Sr. Gilvan e mesmo antes na gestão do Sr. Perrela… Onde eles estavam nas eleições???? Porque não tomaram pé da situação antes de chegar a esse ponto quase sem volta??? Porque não procuraram o Sr. Divino Alves de Lima vice presidente e diretor financeiro da chapa do Wagner Pires, que renunciou em março de 2018, depois de apenas três meses no cargo por não concordar com a maneira como o clube era gerido financeiramente??? Basta procurar as declarações que ele deu na época…. Só gostaria de saber porque esperaram tanto tempo pra tomar uma atitude? Será que quando o time está ganhando, mesmo às custas de calotes e falcatruas está tudo bem?????

 

Cláudio Nielson

Em resposta a Pedro Vítor

“estou adorando ver o cruzeiro nessa draga, pois desde 1999 que falo que essa merda ia quebrar”
parabéns! você passou 20 anos falando isso. uma hora você acertaria.
neste período, o cruzeiro ganhou: 9 camp mineiros; 2 sul-minas; 4 copas do brasil; 3 camp brasileiros.
se não bastasse isso, foi considerado pela IFFHS em 2009, como o melhor clube brasileiro do século 20.
talvez demore, mas o cruzeiro vai subir e voltar a disputar títulos.
com relação a quebrar, acho pouco provável, pois tem patrimônio.
veja bem, no seu lugar de torcedor, se fosse o contrário, eu também estaria zoando.
mas a única coisa que realmente me chateia, é saber que quem roubou, não devolverá nada.
até acho que eu entraria em programa de sócio-torcedor, desde que tivesse direito a votar e houvesse um balanço com penalizações para quem agisse de má-fé.

 

Alisson Sol

Em resposta a J.B.CRUZ

J.B. Cruz,

Feliz 2020!

Você é muito esperançoso em relacão a “…os RESPONSÁVEIS certamente, nunca mais viverão em PAZ com suas CONSCIÊNCIAS…“. Veja que em outro post, o Chico cita artigo do Vittório Medioli onde está escrito que “…Teve até dirigente demissionário que se atribuiu multa rescisória de R$ 2 milhões, que sacou de imediato na boca do caixa.“. Esta pessoa não vai ter qualquer problema de consciência. Tivesse, não teria feito isto.

Há pouco mais de um ano atrás, exatamente no post parabenizando o Cruzeiro pelos 98 anos, eu citei exatamente o que o Horacio cita acima: a absurda lagagem de dinheiro e as “rachadinhas” no futebol no Brasil, com muito dinheiro voltando por baixo da mesa para os dirigentes que contratam jogadores por valores absurdos.

Vamos continuar torcendo, sofrendo com joguinhos ainda mais duros de assistir agora na Série B, e esperar pela renovação do clube.


Pedro Lourenço explica saída do Cruzeiro e clube pode antecipar eleições

Com essa nota, Pedrinho BH se despediu das funções na diretoria interina. Uma das saídas discutidas na reunião desta manhã foi uma possível antecipação das eleições no clube, previstas para o mês de  maio.

Pedrinho disse mais:

*“Com muita tristeza comunico meu desligamento do Conselho gestor do Cruzeiro. Quero pedir desculpas a torcida por esse momento tão difícil que nós vivemos. Estou com a torcida, não vou abandonar o cruzeiro, não vou tirar patrocínio, vou ajudar no que for preciso, mas não como gestor. Eu tenho meu modo de ser, meu modo de trabalhar e um grupo de futebol é muito diferente de empresa, muitos palpites, muita cobrança, as pessoas não tem nem a menor ideia do que está acontecendo no clube.
Não é fácil pegar um jogador que ganha R$ 750 mil e na minha posição de empresário, que tem o respeito de todos, oferecer para o cara R$ 150 mil que o Cruzeiro não tem como pagar. É triste, muito triste para mim. As pessoas não entendem, parte da imprensa não entende. Eu fui lá na reunião para expor os problemas, pagar salário da equipe que é nova e é o futuro do Cruzeiro, que não tem dinheiro.
Paguei o ônibus que tava no reboque. As coisas que acontecem no Cruzeiro, a torcida não merece isso, tem que fazer uma eleição, ter um presidente. Peço desculpas por desapontar, mas nunca abandonarei o Cruzeiro”.


Pedrinho BH é a nova baixa na diretoria interina do Cruzeiro e com ele sai também o Alexandre Mattos

Foto: Prefeitura de Montes Claros/Divulgação

Situação complicada. Depois de Vittorio Mediolli, agora há pouco foi o Pedro Lourenço que deixou a diretoria provisória do clube, conforme informação dada bem cedo hoje pelo SupoerFC, por meio dos repórteres Fernando Martins Y Miguel e Josias Pereira:

* “Empresário deixa a reunião após definir que não será mais gestor do clube”

Foto: Agência Palmeiras

https://www.otempo.com.br/superfc/cruzeiro/confirmado-pedro-lourenco-comunica-saida-e-notaveis-discutem-substituicao-1.2282311


Expectativa geral em torno de Dudamel no Atlético e demais estrangeiros comandando times brasileiros em 2020

Em foto do site do Galo, Rafael Dudamel em frente à sede de Lourdes.

Na onda do sucesso do português Jorge Jesus no Flamengo em 2019 a temporada deste ano será diferente em termos de motivação e expectativa quanto à forma de jogar e sucesso ou não dos clubes que estão apostando em técnicos do exterior. Até a vinda do europeu Jesus para o Flamengo os sul-americanos nunca conseguiram grandes títulos comandando clubes do Brasil. Outro português, Jesualdo Ferreira, vai comandar o Santos, o Galo vai com o venezuelano Dudamel, o Internacional com o argentino Coudet e o Bragantino negocia com outro português.

A revista Veja analisou o estilo de cada um dos já confirmados:

* “Invasão estrangeira: quem são os treinadores recém-chegados ao Brasil”

Dudamel, do Atlético, Jesualdo Ferreira, do Santos, e Eduardo Coudet, do Inter, farão companhia a Jorge Jesus, cujo sucesso lhes abriu as portas

O impacto causado pelo português Jorge Jesus, campeão brasileiro e da Libertadores pelo Flamengo, e pelo argentino Jorge Sampaoli, que deixou o Santos depois do vice-campeonato nacional, abriu as portas a novos treinadores estrangeiros em 2020. Três clubes da primeira divisão já confirmaram as contratações de comandantes de fora do país: o Atlético-MG, com o venezuelano Rafael Dudamel, o Santos, com o português Jesualdo Ferreira, e o Inter, com o argentino Eduardo Coudet.

Outros clubes, como o recém-promovido Red Bull Bragantino, que negocia com o português Carlos Carvalhal, também podem recorrer à metodologia gringa até o início do Brasileirão. Nem todos os forasteiros, porém, seguem exatamente a filosofia de jogo que consagrou Jesus e Sampaoli. Confira, abaixo, o que esperar dos novos “misteres”.

Rafael Dudamel (Atlético)

Dudamel, de 47 anos, surpreendeu os torcedores de seu país ao deixar a seleção venezuelana depois de cinco anos de um elogiado trabalho, alegando desavenças com a diretoria. No comando da seleção “Vinho Tinto” adulta, ele participou de 42 jogos, com 12 vitórias, 17 empates e 13 derrotas. No ano passado, se destacou na Copa América do Brasil, no qual empatou com a seleção anfitriã na primeira fase e caiu nas quartas de final diante da Argentina.

A Venezuela de Dudamel causou enormes problemas à seleção brasileira e a outras gigantes do continente jogando de maneira defensiva e organizada, assustando nos contra-ataques. Ao desembarcar nesta segunda-feira, 6, em Belo Horizonte, ele negou que seja um “retranqueiro”. “Meu estilo é ganhar!”, disse. “Estou muito feliz de estar no Galo, por sua grandeza, por sua história e é uma grande oportunidade de triunfar”, completou.

Dudamel foi um goleiro de destaque, titular de seu país durante muitos anos – era o goleiro do Deportivo Cáli, da Colômbia, na final da Libertadores de 1999 vencida pelo Palmeiras –, e pendurou as luvas em 2010, quando iniciou a nova carreira no Estudiantes de Mérida, único clube que dirigiu. Ele assinou contrato de dois anos com o Atlético e tem como um de seus principais trunfos a habilidade para desenvolver jovens jogadores, uma necessidade do clube. Era ele o treinador da surpreendente seleção venezuelana que conquistou o vice-campeonato mundial sub-20 em 2017.

Jesualdo Ferreira (Santos)

(mais…)


Lateral Edilson já participou do rebaixamento de quatro clubes do futebol brasileiro

Edilson em apresentações pelo Atlético, em 2005, e pelo Cruzeiro, em 2018 (Foto: Paulo Filgueiras/Estado de Minas e Ramon Lisboa/EM/D.A Press)

Exatamente há um mês o Cruzeiro caía para a segunda divisão na derrota para o Palmeiras, 2 a 0, no Mineirão. Logo após a partida o Superesportes lembrou esta triste marca do lateral Edilson, suja contratação foi descartada pelo Grêmio, ontem. Eu nem lembrava que ele tinha jogado no Atlético.

* Edilson se torna o único jogador a ser rebaixado com Atlético e Cruzeiro

Lateral atuou nas temporadas do rebaixamento das duas equipes mineiras

“Edilson também foi figura presente em outros rebaixamentos da Série A para a B em times brasileiros durante a carreira. Em 2011, ele fez parte do elenco do Athletico-PR que terminou em 17º lugar no Brasileiro, com 41 pontos. Já em 2014, atuou pelo Botafogo. O clube carioca terminou em 19º e vice-lanterna, com 34.”

https://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/cruzeiro/2019/12/08/noticia_cruzeiro,3630257/edilson-se-torna-unico-jogador-a-ser-rebaixado-com-atletico-e-cruzeiro.shtml


Sete Lagoas se mobiliza para tentar recolocar o Democrata na prateleira de cima do futebol mineiro

Em foto de Luísa Gonçalves o time do Democrata que disputou o campeonato do ano passado, totalmente mudado para a temporada 2020

Com a credibilidade recuperada por uma nova e atuante diretoria o Democrata Jacaré está conseguindo mexer novamente com toda a cidade que quer ver o time subindo este ano para a primeira divisão estadual de 2021. Com bons apoiadores comerciais, programa de sócio torcedor fazendo sucesso e venda de camisas e outros produtos com a marca do clube, o otimismo é grande e está contagiando toda a região. Para conhecer um pouco deste trabalho, se associar e adquirir camisas e souvenir é só acessar www.lojadodemocrata.com.br/socio-jacare-2020

Segunda-feira o técnico Paulinho Guará iniciou os preparativos para a estreia dia oito de fevereiro em São João Del Rey, contra o Athletic, como mostra esta reportagem do Celso Martinelli para o jornal Sete Dias:

* “Paulinho promete Jacaré jogando com intensidade e leveza” (mais…)


Exemplo que vem do Sul para Minas: Grêmio não quer mais Edilson. Pra ser contratado, precisa ter condição de jogo

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

A notícia está no Zero Hora, de Porto Alegre. Parece óbvia, mas Atlético e Cruzeiro estavam na contramão até o ano passado, nessa história de contratar velhos jogadores manjados ou “baleados”. Edilson era tido como certo no Grêmio, mas tomou bomba na avaliação da diretoria e comissão técnica. E olhem que ele foi campeão foi campeão da Libertadores em 2017 pelo clube. Repetindo: 2017.

* “Não rolou”

Grêmio desiste da contratação do lateral-direito Edilson

Baixo rendimento do jogador nas últimas temporadas pesou na decisão

Na busca por um lateral-direito para disputar posição com Victor Ferraz, o Grêmio aproveita as últimas semanas sem bola rolando para analisar o mercado. Um dos nomes oferecidos à direção foi o de Edilson, atualmente no Cruzeiro, que tem duas passagens pelo clube. O modelo de negociação foi discutido internamente, mas a opção foi de não contratar o atleta, em função de seu rendimento recente. O jogador de 33 anos deve conseguir a liberação do time mineiro nos próximos dias. Com isso, Edilson vai ficar livre no mercado e aceitaria um salário menor do que o atual, em Belo Horizonte. A decisão por não trazê-lo de volta à Arena em 2020 ocorreu depois de debate entre os dirigentes do Tricolor, em reunião do Conselho de Administração na última segunda-feira (6).

O baixo rendimento com a camisa do clube mineiro em 2019 foi fator fundamental para não contar com o lateral mais uma vez no clube. Na última temporada, foram apenas 28 jogos e uma série de lesões. Em 2018, teve oito partidas a mais (36) e, no último ano pelo Grêmio, em 2017, Edilson disputou 40 jogos, revezando com Léo Moura na conquista da Libertadores.

Agora, a direção espera pelo retorno das atividades no CT Luiz Carvalho para explorar mais nomes no mercado para a lateral. Victor Ferraz é o único jogador à disposição de Renato no atual elenco. Leonardo Gomes, lesionado, só voltará aos gramados no final do primeiro semestre.

https://gauchazh.clicrbs.com.br/esportes/gremio/noticia/2020/01/gremio-desiste-da-contratacao-do-lateral-direito-edilson-ck546xk8o023s01oddccbmzjj.html


Presidente interino abre o jogo: “o Cruzeiro, hoje, é uma terra arrasada”. Alerta vale para outros grandes clubes

Presidente interino José Dalai Rocha, em foto do Vinnicius Silva/Cruzeiro

Na música “Revanche”, Lobão questiona: “… mas se tudo deu errado, quem é que vai pagar por isso?” E repete duas vezes: “quem é que vai pagar por isso?”.

Já passou da hora de mudanças na legislação brasileira que rege as associações esportivas. É inacreditável que os responsáveis por arruinar as contas do clube simplesmente saiam, retornem às suas vidas normais e a instituição fique na pior desse jeito!

E o pior é que todos os clubes brasileiros já passaram ou passam por situações semelhantes e não me lembro de algum cartola ter sido incriminado e penalizado.

O presidente interino do Cruzeiro, José Dalai Rocha, tem tratado os assuntos do clube com toda a transparência, sem rodeios. Na última coletiva revelou o constrangimento de não ter o que falar com jogadores e funcionários em relação aos salários atrasados, a não ser pedir mais paciência: “Reunimos com os atletas, mas não apresentamos solução. Pedimos compreensão a quem não pode mais esperar. Mas estamos pedindo. É o único caminho. O Cruzeiro, hoje, é uma terra arrasada, infelizmente”.

Ele responsabiliza o ex-presidente Wagner Pires de Sá, que por sua vez responsabiliza o antecessor Gilvan de Pinho Tavares, que por sua vez responsabiliza Zezé Perrella e por aí vai.

A administração passada agiu como se estivéssemos em uma filial da casa da moeda. As dívidas são astronômicas”, disse o Dr. Dalai Rocha.

Eu pedi compreensão. Não podemos dar prazo. Na certeza que, os que quiserem sair, não terão obstáculos desnecessários do clube, eles têm direito de seguir seus caminhos. Os que quiserem ficar, ombreando conosco, serão recompensados. Gostaria de dizer um prazo, mas, infelizmente, não temos. Nossa esperança é a participação do torcedor”.

O clube deve salários de outubro, novembro e dezembro, além do 13º, sem falar em Fundo de Garantia, férias, etecetera, etecetera…

Sobre as demissões feitas nos últimos dias ele explicou: “Não é só pelo fato de alguém ter trabalhado na antiga diretoria que seria excluído. Mas está sendo feita uma auferição com base em salários. Uma das características da administração passada é uma prodigalidade na qual não encontramos razão de subir salários. A pessoa ganha 5 mil reais, é um bom funcionário, aí passa para 15 mil. O Conselho Gestor se assusta a todo momento quando vê a progressão salarial. Eles são empresários, homens com 10, 15, 20 mil funcionários. Esses homens, quando têm funcionários que ganham 3 mil reais, que desempenham muito bem o seu papel, aumentam para 3.500. E no outro ano aumenta para 4. O funcionário fica satisfeitíssimo. No Cruzeiro, o salto é de canguru. De 3 para 12, de 12 para 30, de 30 para 60 (mil). Assim aereamente. É isso que estamos suportando agora. Um absurdo.

Funcionários que trabalharam na gestão passada, com bom desempenho e com salário compatível, estão sendo mantidos. Outros, infelizmente corta o coração, pessoas amigas, boas, mas o Cruzeiro não está suportando essa carga.

Isso estava sendo mostrado desde maio do ano passado. O departamento médico do Cruzeiro – comparado a Flamengo, Santos, Internacional, Grêmio e Corinthians – gasta três ou quatro vezes mais que esses times. Um fisioterapeuta no Santos ganha 6 ou 7 mil. Aqui ia para 15, 20 ou 30”.

Ele fez comparações também em relação aos gastos com as categorias de base: “O Cruzeiro gastou R$ 51 milhões com divisões de base e teve lucro de R$ 2 milhões. O Santos gastou R$ 25 milhões e teve lucro de R$ 180 milhões”.


Página 29 de 1.161« Primeira...1020...2728293031...405060...Última »