Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Maidana sendo Maidana, e o América perde em Coritiba

Quase no fim do primeiro tempo, jogo duríssimo em Coritiba e Maidana exagera ao levantar o pé, no rosto do adversário. Já tinha um amarelo e foi expulso. Daí a alguns minutos, nos acréscimos, Egydio (ex-Cruzeiro), cruza na cabeça do volante Andrey, que, sozinho na área, faz 1 a 0, placar final da partida.

Imediatamente após a expulsão e o gol, o Luciano Dias, da Band, twittou:

@jornlucianodias “Que ausência de inteligência do Maidana…”

E eu retwittei, respodendo:

@chicomaiablog: Ele é assim: um grande jogo, como no clássico, e dois ou três muito ruins na sequência!

O Coritiba assumiu a sexta posição, 10 pontos. O Coelho, é o oitavo, com nove.

Pelo Brasileiro o América enfrenta o Botafogo, às 21h, sábado, no Independência. Mas viaja amanhã para a Colômbia, para enfrentar o Tolima, quarta-feira, pela Libertadores, às 21 horas.

O técnico Wagner Mancini falou depois da derrota em Curitiba:

“Foi um jogo atípico do que seria. A expulsão foi determinante na partida. Acho que o árbitro teve uma decisão muito importante para a vitória do Coritiba, influenciando no resultado. O futebol é futebol desde sempre. Sempre que um volante faz um gol de cabeça dentro da área é porque alguém largou a marcação fora da área. Teve uma falha de marcação na entrada do Andrey na área, pois todos os zagueiros estão focados nos atacantes. O homem que vem de trás não pertence aos zagueiros. Se estivéssemos com os três zagueiros naquela hora, eu acredito que a gente não tomaria o gol, porque o Eder tem muito essa noção de sair dos três e cobrir os volantes”.


Vitória sobre o Náutico fora de casa, liderança isolada, cinco partidas sem sofrer gol. Cruzeiro de Pezzolano embala na Série B

@Cruzeiro: “Willian Oliveira dedicando o gol para sua filha, que vai nascer nesta segunda-feira, e para o goleiro Gabriel Brazão, que vai passar por cirurgia no joelho…”

Comentarista do blog, Luiz Ibirité, escreveu: “E o Cruzeiro hein!?, com um time sem estrelas e com um treinador “desconhecido” vai se firmando com um dos candidatos ao acesso, muito cedo pra comemorar alguma coisas, mas, mas uma campanha totalmente diferente dos últimos 2 anos, sem medalhões e jogadores comprometidos, o torcedor nem precisa falar nada dele, o negócio agora é lotar o Mineirão (nossa casa) e cantar até ficar rouco, pq dizem q somos lou6da cabeça…”

O comandante saudou o time via twitter: @Ronaldo “Excelente vitória fora de casa. Temos um padrão de jogo cada vez mais claro. Parabéns pelo trabalho intenso e boa volta pra casa…”

 @Cruzeiro: O homem do jogo pelas mãos do talentoso @caricaturaFS!

Luciano Dias, da Band, informou: @jornlucianodias

Cruzeiro não foi vazado em 12 dos 25 jogos no ano. São cinco partidas sem sofrer gol. Evolução passa pela mudança da formação tática para três zagueiros. Chegada do Zé Ivaldo também fez Oliveira e Brock evoluírem. O que falta, muitas vezes, é talento na frente pra matar o jogo.”

 

Jornalista Fernando Rocha, parece que finalmente terá sua previsão de retorno garantido, feita logo após a queda, em 2019, confirmada:

@fernandoroch

“SOMOS LÍDERES! Preparem-se para as bombas durante a semana. Vai ter gente desenterrando história até do Mundial de 97 pra desestabilizar o CRUZEIRO! Estamos de olho! VAMOS CRUZEIRO!!!!”

 

E foi cumprimentado pelo ex-colega de Globo, Sérgio Utsch, direto de Londres, onde é correspondente do SBT:

@utsch

“Parabéns, meu amigo! Eu nem imagino o quanto foi difícil esperar tanto tempo.”

 

Guilherme Piu, da Itatiaia, falou do clima no vestiário após o 1 a 0 em Recife: @guilhermepiu

“Muitas palmas no vestiário do Cruzeiro. Time festeja essa vitória importante e a liderança da Série B. Feito grande pro clube, que neste ano mostra padrão, qualidade e enche o torcedor de esperança.”


Mais uma grande vitória do Democrata, sobre o Nacional de Muriaé. Atinge mesma pontuação do líder, mas com um jogo a mais

Outra bela partida, em casa, 2 a 0, gols de Tito aos 25 do primeiro tempo e . . . João Pedro, aos 49 do segundo.

João Pedro, aos 49 do segundo.

Torcida presente, empurrando o time e confiante na determinação dos jogadores para conquistar uma das duas vagas da primeira divisão do ano que vem.

Amanha, 19h30, tem Boa x Betim, em Varginha. O dono da casa está em terceiro com sete pontos, o visitante lidera, com oito.


Dever de casa bem feito do Atlético contra o Goianiense, mas nova acusação de racismo predominou no início da rodada

Vitória sem tantas dificuldades sobre o Atlético-GO. Mas o assunto predominante depois da 6ª rodada é a acusação de racismo do Edenílson, do Internacional, contra o jogador Rafael Ramos, do Corinthians.

Comentário bem interessante do Raws Miranda, que sempre marca presença que acrescenta à leitura do blog. Discordo dele em relação ao Guga, que não tem bola suficiente para jogar no Atlético. Muito bom de lobby e marketing interpessoal:

* O primeiro tempo foi exatamente como imaginei… Um Galo aguerrido, querendo mostrar que o presente pode ser igual ao passado. Jair e Zaracho resolveram sair da hibernação e o coletivo foi outro. Lógico que devemos levar em conta a fragilidade do adversário, mas que a aplicação e vontade foram outra, foi perceptível.
Preocupante continua a falta de afirmação de Ademir, de quem tanto esperamos e o excesso de contusões de Keno, que é essencial para nossas pretensões.
Percebi um Hulk um pouco diferente. Acho que conversaram com ele sobre o excesso de reclamações e percebi um pouco de desânimo.
Um adendo ao Guga. Não entendo a má vontade com relação ao mesmo. Antes ele tinha dificuldades na marcação. Hoje é perceptível a melhora nesse quesito e com a vantagem de ser um jogador que transpira o tempo todo. Acho que muitos torcedores tem um carma com a lateral direita, ninguém é bom o suficiente. Mancini, Marcos Rocha, Guga…

Triste foi o que aconteceu no Beira Rio, no empate de 2 a 2 entre Inter e Corinthians:

“Edenilson acusa Rafael Ramos de racismo em Inter x Corinthians; lateral nega

Volante diz que foi chamado de macaco; jogador português garante que falou “foda-se, caralho””

 

Leia mais em: https://placar.abril.com.br/placar/edenilson-acusa-rafael-ramos-de-racismo-no-duelo-entre-inter-e-corinthians/

***

E Mano Menezes, técnico do Inter, cobrado por não ter sido incisivo na defesa de Edenilson. Ele que também já foi acusado de racismo

quando dirigia o Flamengo, quando dirigia o Bahia.

“Mano recebe críticas após debochar de acusação de racismo de Gerson”

Meia do Flamengo foi vítima de injúria racial por Índio Ramírez, do Bahia, mas treinador defendeu o colombiano e ironizou acusação

https://www.lance.com.br/fora-de-campo/mano-recebe-criticas-apos-debochar-acusacao-racismo-gerson.html


Vencer ou vencer: futuro próximo do Turco Mohamed no Atlético começa ser definido hoje

Depois de cumprir suspensão, Hulk está de volta. Foto: @Atletico

O goianiense, adversário desta noite, 19 horas, no Independência, é o vice lanterna e ainda não ganhou de ninguém. Tem três pontos. Dois a mais que o Fortaleza, que tem um jogo a menos.

Não tem escapatória. Futebol é resultado e fim de papo. O campeonato é por pontos corridos e cada ponto perdido pode ser fatal na reta de chegada no fim da competição. O Galo perdeu pontos para quem, teoricamente, não vai brigar pelo título: Coritiba, Goiás e América. E o pior: jogando mal, empatando e perdendo por merecimento.

E óbvio, o responsável é o treinador, que começa ter a corda sendo apertada no pescoço, naturalmente. Como diria o ex-presidente Daniel Nepomuceno, “ganhar hoje é obrigação”. A frase não funcionava com ele e o time não ganhava. Com o Turco, se não funcionar, a partir de hoje, o fim da sua “era” não demorará em Belo Horizonte.

Os times prováveis:

 Edenilson, volante do Internacional, foi chamado de macaco; jogador português garante que falou “foda-se.”

Ronaldo, Hayner, Ramon Menezes, Wanderson e Jefferson; Marlon Freitas, Baralhas e Shaylon; Léo Pereira, Luiz Fernando e Wellington Rato

Técnico: Umberto Louzer

Arbitragem toda gaúcha: Anderson Daronco (FIFA), Rafael da Silva Alves (FIFA) e Michael Stanislau, sem escudo FIFA, assim como o VAR: Daniel Nobre Bins.


Dica para o fim de semana III: Bienal Mineira do Livro, com lançamento do livro “Vencer, vencer, vencer”, hoje

A Bienal começou hoje e vai até o domingo da semana que vem, 22. Um evento sensacional, realizado pelo Grupo Asas, que retorna depois de seis anos. Toda a programação está aqui: https://bienalmineiradolivro.com.br/programacao/

Eu e o Alexandre Simões, da Itatiaia, teremos o prazer de bater um papo com o jornalista Fred Jota, sobre o livro “Vencer, vencer, vencer – a jornada do Clube Atlético Mineiro em 2021”, de autoria dele.

Um livro que conta em detalhes toda a caminhada do Galo em 2021, desde a montagem do elenco até a festa com as conquistas. Além dos textos sobre os títulos, Fred presenteia os atleticanos e amantes do futebol com estatísticas, fichas dos campeões e de todos os jogos, os destaques do elenco, as partidas mais importantes e tudo o que aconteceu na temporada, incluindo as despedidas dos ídolos Victor e Diego Tardelli.

É um livro completo para ler, reler e guardar para as próximas gerações se orgulharem de um time que entrou para a história.

As belas fotos são da experiente e competente fotógrafa esportiva Cristiane Mattos, que acompanhou a trajetória do time ao longo do ano.

A capa é do artista mineiro conhecido internacionalmente Eduardo Recife, que teve trabalhos publicados no New York Times e fez o cartaz oficial da Copa do Mundo de 2014, entre outras obras de destaque. (mais…)


Dica para o fim de semana II: diamantinenses Rafael Timão e Renan Veloso no Dinda´s Pub, no Prado

A dupla é boa demais e costuma tocar no Dinda´s na quarta-feira. Esta semana, será neste sábado.

Vale muito a pena.

Na Rua Oeste, 598 – Prado


Dica para o fim de semana I: Zé Ramalho em Fortuna de Minas

Fortuna de Minas é uma agradabilíssima cidade, menos de 5 mil habitantes, distante apenas 100 Km de Belo Horizonte, saindo pela BR-040/sentido Brasília, entrada pelo trevo de Sete Lagoas. Boas pousadas, ótimos bares e restaurantes. Vale passar o fim de semana.

Como bem definiu a Folha de Fortuna , no Facebook, “Vem aí o maior show que Fortuna de Minas já viu! @zeramalho na turnê show dos sucessos! Não perca o privilégio de assistir um dos maiores artistas do país na nossa cidade!”

#zeramalho #fortunademinas #fortunapark

Sem dúvida. E só mesmo um empreendedor arrojado como o Vitor Braga para nos brindar com um evento desses. Há 20 anos o Zé Ramalho não se apresenta em nossa. Atualmente, um dos shows mais concorridos do país, apresentando as músicas do último DVD com a banda Z.

Além do Zé Ramalho, mais duas atrações que todos da região gostamos:  a Banda Séculos (com a Manu Rosa) e Canto Livre, do Luciano, Andrea, Tavinho, com um convidado especial, o Maestro André (eleito pelo programa Luciano Huck como o melhor do país) e orquestra.

Uma noite imperdível. Informações e reservas pelos (31) 97154 7872 e 99916 2783.


Rafael Cabral supera as desconfianças até nos pênaltis e sela o fim da era Fábio. Cruzeiro classificado e mais R$ 3 milhões na conta

Grande jogo, com direito a suspense e emoções no brilhantismo dos goleiros., especialmente do Rafael Cabral

Típica partida dessas que se pode dizer “valeu o ingresso”. Alguém que não esteja por dentro do futebol brasileiro e visse o Clube do Remo esta noite e lá em Belém do primeiro jogo, imaginaria que trata-se de um time que ficou em terceiro no Campeonato Paraense de 2021 e pertence à Série C do Brasileiro?

Vitória simples do Cruzeiro e decisão nas penalidades. Edu bate primeiro e o goleiro Vinícius defende. Justamente ele, o artilheiro e grande nome da Raposa nessa temporada. E bateu muito bem, no canto esquerdo, rasteiro, quase rente ao poste, mas o “quase” foi a chance do ótimo goleiro que se esticou e defendeu. Na sequência o próprio Cruzeiro e o Remo tiveram a chance de matar a decisão, mas erraram. Numa dessas, Rafael Cabral defendeu outra e garantiu a classificação cruzeirense.

Bem definido pelo Héverton Guimarães, da Band: @hevertonfutebol “Rafael Cabral chegou e não se fala mais de Fábio desde então. Tomou conta do gol cruzeirense. Seguro, muito seguro!!”.

Não se sabe ainda quem será o próximo adversáerio, já que a CBF ainda não marcou a data do sorteio dos jogos das oitavas de final.

Vinícius, em foto de Samara Miranda/Remo


Com Independência lotado, Cruzeiro busca classificação sobre o Remo e mais R$ 3 milhões para seguir na Copa do Brasil

Foto: uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias

O Cruzeiro perdeu o jogo da ida por 2 x 1 e precisa vencer, hoje, 19h30, no Independência para embolsar mais R$ 3 milhões e prosseguir na Copa do Brasil. Terá estádio lotado, presença do Ronaldo e o time embalado pela melhor campanha até agora nos três anos de Série B do Brasileiro.

Remo não terá o atacante Rodrigo Pimpão 9jogou pelo Operário nesta Copa do Brasil) e o lateral-direito Ricardo Luz, machucado. Time é dirigido pelo ex-meia do Grêmio, nos anos 1980, Paulo Bonamigo.

Os prováveis times:

Cruzeiro

Rafael Cabral, Zé Ivaldo, Oliveira e Eduardo Brock; Geovane, Willian Oliveira, Adriano (Fernando Canesin) e Matheus; Jajá, Luvannor e Edu. Técnico: Paulo Pezzolano.

Remo

Vinícius, Kevem, Daniel Felipe, Marlon e Leonan; Anderson Uchôa, Paulinho Curuá e Albano (Erick Flores); Bruno Alves, Fernandinho e Brenner. Técnico: Bonamigo.

Arbitragem paulista com selo FIFA: Raphael Claus, assistido por Danilo Ricardo Simon Manis e Rodrigo Figueiredo Henrique Correa.

Transmissão: Amazon Prime Vídeo


Página 3 de 1.26012345...102030...Última »