Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Nos 2 a 0 do Galo, a estranha suspensão a jato do bandeirinha, o medo de um Dorival Junior e a novela Rithely que seria melhor que o Conca

O que mais impressionou nesta vitória do Atlético em Uberlândia foi a suspensão relâmpago do bandeirinha que anulou o que seria o primeiro gol do jogo, do Uberlândia. Motivo de manchete do portal O Tempo: “Minutos após fim do jogo, bandeira é afastado por gol mal anulado – Presidente da comissão de arbitragem, Giuliano Bozzano fez o anúncio sobre o afastamento de Leonardo Henrique Pereira ainda no Parque do Sabiá”.

Que demonstração de eficiência, hein? Ou seria apenas jogo de cena?

Quanto ao jogo, a história de sempre nos campeonatos estaduais, quando um maior precisa vencer um menor. Por ter elenco muito superior, vence até com certa facilidade, mas erros de arbitragem dão motivo para teorias conspiratórias. O Galo mandou no jogo, desperdiçou oportunidades demais e está classificado para a decisão do campeonato, fato que ninguém duvidava. Ficaria de fora de uma lista de oito entre 12 concorrentes? A verdade nua e crua é que o campeonato começa valer mesmo é a partir dos jogos eliminatórios que vem aí, em que os três clubes da capital decidirão o título.

Enquanto isso, do outro lado do mundo, preocupação dos atleticanos da Galo Australia‏ manifestada numa bem humorada twittada: @GaloAustralia: “Se o Dorival vier pra cá…”

…. e a imagem de um carro sendo incendiado.

Se refere ao medo de que Dorival Junior, em queda no São Paulo, seja contratado pela diretoria alvinegra. Neste caso, também prefiro que o Thiago Larghi seja efetivado:

A novela de possível contratação do Rithely do Sport Recife continua e o Frederico Ribeiro‏ do Hoje em Dia escreveu: @Fredfrm: “Thiago Larghi, que trabalhou com Rithely no Sport, comenta possível vinda do volante: “Grande jogador, sabemos disso. Muita qualidade. Se vier, se tivermos condição de trazer e o clube está fazendo o possível, será muito bem-vindo aqui”.

Se acontecer, que assim seja. Infinitamente melhor que apostar no Conca, que segundo 9 em 10 jornalistas que o acompanham, trata-se de um “ex-jogador em atividade”, prejudicado por contusões.


Em emoção, Democrata-GV e Villa fizeram o melhor jogo até agora. E hoje tem o Galo na luta pelo 3º lugar

Em foto do Superesportes os capitães do Democrata e Villa, antes do jogo no Mamud Abas, com o trio de arbitragem.

Antes do jogo o anfitrião Democrata era o lanterna com sete pontos e o Villa, nono, com 10. O dono da casa fez 2 a 0 aos 21 e 22 minutos. O Leão do Bonfim diminuiu aos 40, e virou aos 15 e 27 do segundo tempo. Sete minutos depois a Pantera empatou e marcou o quarto gol aos 34, quase matando as duas torcidas do coração.

Com os resultados da rodada o América garantiu o segundo lugar por antecipação nesta fase classificatória. O Atlético, em sexto lugar com 12 pontos, pega o Uberlândia esta noite no Triângulo Mineiro. Vai pegar parada torta já que o dono da casa foi parar na lanterna com nove pontos, lutando contra a degola.

Está mais que provado que ficar em primeiro ou em oitavo com este tipo de regulamento não representa muita coisa. E nem ganhar o campeonato estadual, mas perdê-lo gera crise, principalmente quando não se vê evolução no futebol praticado e se passa tanto aperto contra adversários tão fracos, à exceção dos clássicos.

No Sul o Grêmio não está dando bola ao gauchão há alguns anos e resiste às ondas pelos títulos perdidos. Seu último título estadual foi em 2010. Mas faz boas campanhas nas competições que realmente contam. É o atual campeão da Libertadores e Recopa, por exemplo.


Dedé comemora vitória, 100 partidas pelo Cruzeiro e mais um jogo inteiro sem nenhum incômodo físico

O zagueiro e todos que admiram a pessoa e a bola que ele joga estão felizes pela recuperação do Dedé. Torcendo para que as contusões não o atrapalhem mais.

O perigo do campeonato estadual é a praga da acomodação ou achar que tudo está bem demais, quando na realidade os adversários é que são muito fracos, exceção para os clássicos, em que tudo é diferente. A URT não foi páreo e o Cruzeiro fez o que deveria. Matou logo o jogo, com belos gols, de jogadas ensaiadas e depois administrou os 3 a 0, poupando gás para o momento certo.

Público pagante de 20.015 pessoas, com mais 11.000 mulheres convidadas, em homenagem ao dia delas, que é esta quinta-feira. R$ 219.508,00 de renda.


Aylon, promessa gaúcha emprestada pelo Inter ao América, é a maior novidade do Campeonato Mineiro até agora

Com os dois gols que marcou na vitória sobre a Caldense, hoje, no Independência, o gaúcho de 25 anos, passou Rafinha do Cruzeiro e assumiu a artilharia do campeonato. Muito bom jogador. Marca gols de todo jeito: de cabeça, pé direito, pé esquerdo, dentro da área, de longe, chute forte ou colocado.

E o Thiago Reis da Itatiaia acrescenta:‏ @thiagoreisbh: “Aylon, emprestado pelo Inter, é o melhor jogador do @americamg neste início de 2018. Não só por ser o artilheiro do estadual mas pq participa de todas as jogadas ofensivas do Coelhão!!! #Snsb”

Por falar em Itatiaia o americano Jotapê Saraiva curtiu a twittada oficial do América @americamg: “ALELUIA, hein, @radioitatiaia! O menino Aylon quase teve que fazer chover pra ganhar esse melhor em campo. Mas tá valendo, o relógio Seculus é TOP!

Aí está o Emerson Romano entregando o prêmio a ele.

A imprensa gaúcha fica de olho dos jogadores deles emprestados Brasil afora. O colunista Gustavo Manhago do site da Rádio Gaúcha, dá informações interessantes sobre Aylon: “Gaúcho de Esteio, mas com a vida estabelecida em Rio Grande, no sul do Estado, Aylon completará 26 anos em abril. No América-MG, o atacante quer reencontrar o bom momento vivido no Internacional em 2016. Naquela temporada, treinado por Argel Fucks, Paulo Roberto Falcão, Celso Roth e Lisca, Aylon marcou 13 gols com a camisa do clube. Não foi suficiente para evitar o rebaixamento mas o atacante foi o terceiro goleador do time na temporada, atrás apenas de Eduardo Sasha (15) e Vitinho (14).”


Começa hoje a melhor programação de cultura anual de Tiradentes: 8º Festival de Fotografia

Vai até domingo. Atrai gente do país inteiro e vários países.

Ótima oportunidade também para rever Tiradentes e cidades vizinhas, todas sensacionais.

 

Todos os detalhes neste endereço: http://fotoempauta.com.br/festival2018/noticias/ , inclusive de opções de hospedagens.

Festival de Fotografia de Tiradentes – Ano 7
Foto de Eugenio Savio
Exposicao Ficcoes – A Fotografia Alem do Real
no Centro Cultural Yves Alves


Mais selvageria entre marginais com camisas de Atlético e Cruzeiro e novas perspectivas de impunidade

Foto Hoje em Dia

Somos um país violento, perigoso e no futebol o instinto marginal costuma aflorar, fazendo vítimas que na maioria dos casos não têm nada a ver com as brigas entre bandidos de um lado e outro. Se estes marginais morressem em decorrência destes combates combinados entre eles, seria menos mal. O problema é que sobra principalmente para pessoas de bem, que nada têm a ver com estas gangs.

A Polícia Militar está dizendo que finalmente vai fazer prevalecer lei já antiga, que prevê o recolhimento de brigões identificados em disputas anteriores. Durante os jogos do time do sujeito ele terá de se apresentar a uma delegacia de polícia ou unidade militar para tomar aulas de civilidade e comportamento humano durante o jogo.

Tomara que dessa vez seja verdade, pois até agora o que temos visto é jogo de cena. Há exatos três anos, em nove de março de 2015, vejam o que escrevi, aqui mesmo no blog:

* “Impunes, marginais espalham a violência, zombam das vítimas e da polícia!

Tão revoltante quanto aos crimes cometidos por estes indivíduos é que eles escondem os rostos, não pagam pelo que fazem e continuam aprontando e zombando das vítimas e da polícia.

08/03/2015. Credito:Leandro Couri/EM/D.A Press. Brasil.Belo Horizonte – MG. Jogo entre Cruzeiro e Atletico pela sexta rodada do Campeonato Mineiro.

Ano passado o repórter Guto Rabelo fez ótima reportagem mostrando que os torcedores violentos, condenados a se apresentar à polícia nos dias dos jogos dos seus times, dão uma banana para a punição que lhes foi aplicada e não aparecem para cumprir a pena.

No segundo tempo do clássico de domingo um marginal jogou uma bomba no gramado que levou a nocaute um colega nosso, o radialista Christian Mascary, da Rádio Sucesso, de Divinópolis. Espantoso é que mesmo identificado e preso em flagrante, as primeiras informações dão conta de que ele não não teria sido indiciado por tentativa de homicídio ou, no mínimo, crime doloso. Segundo consta o Ministério Público teria pedido uma pena comunitária para o sujeito. Tomara que esteja havendo um engano nessa informação.

Se for verdade, mais um incentivo para que os marginais continuem agindo na certeza da impunidade. E tantos filósofos, sociólogos e pseudos intelectuais tentando explicar os motivos da violência no futebol e afastamento do público.

Por essas e outras é que os estádios estão cada vez mais vazios, principalmente nos grandes clássicos nacionais. Eu não recomendo mais a ninguém que vá a um estádio de futebol. O risco à integridade física de qualquer um de nós é enorme, nas ruas, perto do estádio e lá dentro.

Os bandidos sempre vão aprontar porque têm a presunção de que não serão punidos. Depois vão se reunir em suas facções para dar risadas às custas das tragédias alheias.

http://blog.chicomaia.com.br/2015/03/09/impunes-marginais-espalham-a-violencia-zombam-das-vitimas-e-da-policia/


Apelou, perdeu! Barulho de torcedores na madrugada de Paris não incomodou Cristiano Ronaldo e Cia.

O Paris Saint Germain precisava vencer por 2 a 0 ou três gols de diferença para passar às quartas de final da Liga dos Campeões. Mas, quem apela quase sempre perde. Quem tenta se valer de artifícios extra-campo à moda antiga, quase sempre perde e ainda cai no ridículo. No chamado “primeiro mundo”há cabeças cozidas igual aqui, no “terceiro, em que brasileiros, argentinos, paraguaios e etecetera soltam bombas, fazem arruaças e usam da violência para tentar desconcentrar e intimidar o adversário. O ridículo da vez\ foi dos franceses adeptos do PSG que foram para a porta do hotel do Real Madri fazer essas bobagens para tentar diminuir a superioridade espanhola dentro de campo.

Ferro! Ainda mais nos tempos atuais, de apartamentos de hotéis cada vez mais à prova de barulho. Quem tem Cristiano Ronaldo e demais grandes jogadores não se perturba fácil. Vitórias em Madri e Paris, sem contestações.

No jornal Lance, mais informações sobre a asneira francesa na porta do hotel dos espanhóis: 

* “Torcida do PSG promove foguetório na porta do hotel do Real Madrid” (mais…)


Cuca fecha com a Globo para ser comentarista durante a Copa da Rússia

Notícia da Gazeta do Povo, de Curitiba:

* “Globo fecha com Cuca para ser comentarista na Copa do Mundo”
O Grupo Globo fechou com o técnico Cuca para comentarista na Copa do Mundo Rússia-2018, que será entre junho e julho. O treinador de 54 anos está sem clube desde que foi demitido do Palmeiras no ano passado. As partes estão tratando qual será a função de Cuca e o formato das aparições do curitibano nos programas esportivos. Também não está definido se ele irá participar das transmissões do Sportv, da Globo ou de ambos os canais.

“É uma novidade estar do outro lado. Será bom porque vou acompanhar a Copa direto da Rússia e vou poder aprender vendo os jogos. A princípio vou participar de uma mesa redonda após os jogos da segunda fase. Mas ainda temos outros detalhes a ser definidos”, explica Cuca.

O treinador garante que após o Mundial voltará a trabalhar na beira do gramado. “Eu tive algumas conversas agora com clubes, mas foi o combinado com a minha família de só voltar após a Copa. Depois vou voltar a treinar”, afirma.

Com o objetivo de fortalecer a equipe para a Copa do Mundo, a Globo também já contratou o narrador Gustavo Villani, 36 anos, que era o principal nome das transmissões do Fox Sports.

http://www.gazetadopovo.com.br/esportes/globo-fecha-com-cuca-para-ser-comentarista-na-copa-do-mundo-9p7xfwywefyv9po8ltswjykr5


América se garante na fase decisiva, Democrata-GV continua a luta contra o rebaixamento

Aylon marcou um belo gol, o segundo do América no Democrata, o quarto dele no campeonato

Contra um desesperado Democrata que luta contra o rebaixamento, o América venceu e se garantiu na fase decisiva. Apesar do placar apertado o time foi bem e teve domínio da partida durante quase todo o tempo.

CLASSIFICAÇÃO PG J V E D GP GC SG %
Cruzeiro 25 9 8 1 0 16 1 15 93
América-MG 17 9 5 2 2 11 7 4 63
Tupi 13 9 4 1 4 12 14 -2 48
Atlético-MG 12 9 3 3 3 11 7 4 44
Tombense-MG 12 9 3 3 3 7 6 1 44
Patrocinense 12 9 3 3 3 11 11 0 44
URT 12 9 3 3 3 10 10 0 44
Boa Esporte Clube 11 9 3 2 4 3 6 -3 41
Villa Nova-MG 10 9 3 1 5 8 11 -3 37
10° Caldense-MG 10 9 2 4 3 7 9 -2 37
11° Uberlândia 9 9 3 0 6 8 14 -6 33
12° Democrata-GV 7 9 2 1 6 7 15 -8 26

 


No calor do Independência prevaleceu a melhor pontaria do Cruzeiro

Washington Alves/FMF

Apesar do calorão danado os jogadores dos dois times correram muito. Mas o jogo foi morno. O primeiro tempo, muito amarrado. Os treinadores entraram com o mesmo objetivo:  explorar os contra ataques, arriscando pouco. As defesas prevaleceram, ambas sem falhas. Lances reais de perigo foram nas faltas batidas pelo Otero, defendida com o pé pelo Fábio, e Robinho, que pegou no travessão. A tendência é que o segundo tempo fosse no mesmo ritmo, mas o gol do Raniel aos três minutos obrigou o Atlético a buscar mais o ataque. Um minuto antes Ricardo Oliveira perdeu uma boa oportunidade, dentro da área, chutando pra fora. Logo em seguida ao gol do Raniel, Victor achou Erik em ótima posição, cara a cara com o Fábio, mas o goleiro fez muito boa defesa.  Aos seis minutos o lateral Edilson foi expulso. Mano Menezes tirou Raniel para recompor a defesa com Lucas Romero. Thiago Larghi apostou nas entradas de Cazares, Tomás Andrade e Luan, nos lugares de Roger Guedes, Erik e Patric.

Cansado, Thiago Neves deu lugar a Arrascaeta, e aos 46 Mancuello entrou no lugar do Robinho, para garantir o 1 a 0. Um minutos depois de Leonardo Silva acertar uma cabeçada no travessão do Fábio.


Página 31 de 1.058« Primeira...1020...2930313233...405060...Última »