Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Goleiro precisa ser bom jogando com as mãos e o da Itália mostrou que os pés são “acessórios”

Foto: twitter.com/EURO2020

Donnarumma está trocando o Milan pelo Paris Saint-Germain, em contrato de cinco anos para ganhar milhões de euros (R$ 370 milhões), em torno de R$ 6 milhões por mês. Goleiro mais bem pago do mundo 

Concordo com o que diz Vanderlei Luxemburgo: “Se goleiro fosse bom com os pés, jogaria como meio-campo, centroavante. Goleiro tem de agarrar . . .”

Lendo o script passado a ele para a transmissão de Itália x Espanha, Galvão acabava de dizer que o goleiro italiano Gianluigi Donnarumma, além de muito jovem “é muito bom, também, jogando com os pés”. Mal acabou de falar e o jovem dá um passe para contra ataque espanhol que quase resultou em gol espanhol. Ele mesmo foi obrigado a fazer ótima defesa, com as mãos, para evitar.

O repórter Marcelo Courrege informou que o treinador de goleiros dele no Milan, é o Dida, ex-Cruzeiro. Daí a pouco, nova tentativa do Donnarumma de sair jogando “com os pés”, outro erro e novamente quase gol da Espanha. E pior, ele descumpriu uma regra básica do futebol, que todo jogador aprende ainda nas escolinhas: não arriscar sair jogando pelo meio do campo, sempre pelas laterais, já que em caso de algum erro, há mais tempo para a defesa se recompor e evitar gol do adversário.

Galvão comentou que o Dida está precisando caprichar mais nos treinos deste quesito com ele.

Sintomaticamente, Donnarumma não tentou mais nenhuma vez usar os pés para sair jogando e numa defesa espetacular, pegou com a mão esquerda o pênalti que deu a classificação da Itália para a final da Euro2021.

Mas, certamente muitos gols importantes acontecerão a partir de erros de goleiros saindo jogando com os pés, até que essa moda passe.

Foto: odia.ig.com.br/esporte


E lá se foi o Cecivaldo Bentes, “Tite”, um dos grandes dirigentes da história do Atlético e do futebol brasileiro

Para resumir, Tite foi um dos responsáveis pela montagem daquele time inesquecível, do fim dos anos 1970, formado por maioria absoluta com jogadores da base, vice-campeão brasileiro invicto de 1977, que perdeu o título para o São Paulo, nos pênaltis. Nascido em Barbacena, ele completou 94 anos de idade em 16 de maio. Uma das melhores pessoas que tive o prazer de conhecer no mundo do futebol.

Certamente vai se encontrar no além com companheiros de diretoria, igualmente competentes, que também já se foram, como os presidentes Walmir Pereira, Nélson Campos e Betinho Naves; os colegas de comando do futebol, Toninho Abdalla, Emanuel de Paula Monteiro, Hermenegildo Gomes da Silva, Mussula, Valtinho roupeiro, o massagista Gregório…

À família, meus sentimentos.

Procópio Cardozo, escreveu a respeito dele: “Tite, juntamente com Walmir Pereira e Toninho Abdala me levaram para o Atlético em 1978. Dirigente dedicado e agregador, fundamental na campanha do hexa iniciada naquele ano. Um dos maiores e mais relevantes na história do clube.”

O Atlético divulgou nota de pesar em seu site e redes sociais. Descanse em paz, caro Tite:

* “Clube lamenta morte do conselheiro Cecivaldo Bentes, o Tite”

Com extremo pesar, o Clube Atlético Mineiro comunica o falecimento do conselheiro grande-benemérito Cecivaldo Gonçalves Bentes, o Tite, figura abnegada e de alta relevância na história do clube.

Atleta juvenil do Galo na década de 1940, Tite nasceu em Barbacena-MG, em 16 de maio de 1927. Foi diretor de futebol ao lado de Walmir Pereira, nas gestões dos ex-presidentes Betinho Naves e Nelson Campos, em 1974/75; vice-presidente na gestão Walmir Pereira, entre 1976/79; diretor de futebol em 1989 e 1996; e presidente do Conselho Deliberativo de 1996 a 1998.

O Clube Atlético Mineiro se solidariza aos familiares e amigos do nosso querido Tite.

https://atletico.com.br/noticias/clube-lamenta-morte-do-conselheiro-cecivaldo-bentes-o-tite


Só grandes jogos nas fases decisivas da Eurocopa. Na América, só mesmo Brasil x Argentina

Fotos: twitter.com/EURO2020

Que beleza de jogos decisivos da Eurocopa. Para mim, Itália e Espanha são os melhores times e fizeram uma decisão antecipada, num dos templos maiores do futebol mundial, que é Wembley. Empate no tempo normal, empate na prorrogação e vitória italiana nos pênaltis, com todos os tipos de emoção que uma partida dessas oferece.

Muito bom ver a Itália jogando futebol moderno e envolvente, depois do vexame de não ter conseguido se classificar para a Copa da Rússia 2018.

O maior cobrador de pênaltis que vi foi o Nelinho. Era frio e chutava com convicção. Perguntei a ele como controlava os nervos para não errar. Ele disse que não tinha como controlar e quando partia para a bola, parecia que cada perna pesava uns 100 quilos. Acertava quase 100% porque treinava muito.

Inglaterra e Dinamarca farão a outra semifinal. Tomara que tenhamos muito tempo de jogo, empates e decisão também nas penalidades. Quem tiver que vencer que vença. Importante é o espetáculo. Coisa que não s vê nessa Copa América, cheia de peladas de luxo.

Foto: twitter.com/CopaAmerica

Só assistirei a um jogo completo se der Brasil x Argentina na final.


Mais um jogo ruim, mais um empate e o Cruzeiro continua flertando com o perigo do Z4

Fotos: twitter.com/Mineirao

Marcelo Moreno entrou aos 14 do segundo tempo no lugar de Giovanni e nada acrescentou. Leo Gamalho, agora no Coritiba, dessa vez passou em branco. Dez pontos em dez jogos e um arriscado 13º lugar, à frente do CSA, Confiança e Ponte Preta (oito pontos), Vitória, Brasil de Pelotas, Londrina e Remo, com sete.

Em seis twittadas de gente que conhece de futebol, o resumo de Cruzeiro 0 x 0 Coritiba, no Mineirão:

Edu Panzi, da Itatiaia: @edupanzi “Jogo fraquíssimo no 1ºT. Cruzeiro e Coritiba protagonizaram uma verdadeira pelada. Clima, iluminação, gramado, bola estão excelentes, então… Giovanni errou tudo q tentou, com isso a confiança vai lá embaixo. Difícil voltar p 2ª etapa. Jogo precisa melhorar muito pra ficar ruim!”

Mário Alaska, da 98FM: @marioalaska “Há 2 jogos sem perder, Cruzeiro apresenta clara despiora.”

Procópio Cardozo Neto: @procopiocardozo “Empatar com o vice-líder é um bom resultado para quem está brigando para não cair. Poderia ter sido pior.”

Heverton Guimarães, da Band e 98FM: @hevertonfutebol “Cruzeiro teve sorte com a carimbada na trave no último minuto. Teve mais sorte a meu juízo. Não adianta Mozart encher o time de atacante e ninguém pra dar a bola pros caras. A que chegou na medida pro Marcelo Moreno, ele perdeu o tempo de bola.”

Paulo Galvão, do Estado de Minas: @paulogalvaobh “Cruzeiro melhorou no segundo tempo, mas sem fazer Wilson trabalhar tanto. E o Coritiba criou a melhor chance, com Val acertando a trave de Fábio no último minuto. Ou seja, time celeste tem de agradecer o ponto.”

Luciano Dias, da Band: @jornlucianodias “Três jogos sem derrotas. Duas partidas sem sofrer gol. A evolução do Cruzeiro é nítida. Não ver quem não quer… … Este é o pensamento de alguns”.

Durante o jogo, nem a força do twitter do Mineirão ajudou Marcelo Moreno a balançar as redes do Coxa:

“VEM GOL DO FLECHEIRO VEM GOL DO FLECHEIRO VEM GOL DO FLECHEIRO VEM GOL DO FLECHEIRO VEM GOL DO FLECHEIRO VEM GOL DO FLECHEIRO VEM GOL DO FLECHEIRO VEM GOL DO FLECHEIRO”

Ele desperdiçou a melhor chance do Cruzeiro

Antes do jogo, homenagem ao presidente do Coritiba, Renato Follador.

Ele morreu sábado, vítima da Covid-19, aos 67 anos de idade.


E o Felipe Conceição, hein!? Mais um que recorre à justiça contra o Cruzeiro para se garantir

Em fotos do Bruno Haddad/Cruzeiro, o então diretor André Mazzuco, Felipe Conceição e o presidente Sérgio Santos Rodrigues, na apresentação do treinador, dia três de fevereiro deste ano. Conceição disse as seguintes palavras ao site do Cruzeiro: “Estou muito feliz (pelo acerto com o Cruzeiro) pela grandeza do clube, da torcida e pelo tamanho do projeto que me foi apresentado, de reerguer um gigante. Tudo isso mês deixa motivado e ressalto que dedicação não faltará em momento algum. O trabalho será constante. Minha motivação começou desde a primeira conversa e se manteve com a proposta. Minha cabeça não para de pensar no Cruzeiro”.

Toda apresentação de jogador e treinador, em qualquer clube, é com uma foto tipo essa: mostrando e até beijando a camisa e o escudo, como se fosse paixão eterna ou amor à primeira vista, para sempre. Até que os maus resultados ou a falta de pagamento os separe e tudo muda. Como diz a música “As aparências enganam”, do saudoso pontenovense Tunai, “… Porque o amor e o ódio
Se irmanam na fogueira das paixões”…

Reportagem do Josias Pereira, no SuperFC:

* “Felipe Conceição: Cruzeiro pode ser penalizado caso regra tenha sido burlada”

Especialista em direito desportivo chamou atenção para acusação feita pelo ex-técnico estrelado, que ingressou na CNRD para garantir direito de trabalho

O técnico Felipe Conceição ingressou na Câmara Nacional de Resolução de Disputas, a chamada CNRD, contra o Cruzeiro para conseguir a liberação de seu vínculo junto ao Cruzeiro, que segundo o próprio comandante segue ativo, e ter condições de trabalho para poder fazer sua estreia no Remo, seu novo clube. Na petição encaminhada e também obtida pela reportagem, o treinador faz uma grave acusação ao Cruzeiro no que seria uma tentativa de burlar a regra da limitação de troca de técnicos no Campeonato Brasileiro. O clube teria lhe proposto a assinatura da rescisão mediante apenas o reconhecimento de que a saída foi em ‘comum acordo’, fato que não foi aceito por Conceição. “Considerando que o Clube-Réu afirmou ao Autor que somente firmará e registrará a respectiva rescisão do contrato federativo do Autor caso nela conste que a mesma se deu por “comum acordo”, outra alternativa não restou a este último senão a propositura da presente medida, sob pena de ver perpetuado seu vínculo com o Cruzeiro Esporte Clube e inviabilizada sua atuação por terceira agremiação, o que violaria o princípio fundamental do Livre Acesso ao Trabalho consagrado no art. 5º, inciso XIII, da Constituição Federal”, aponta a petição.

Conceição e seu apoio jurídico compreendem que o não recebimento dos valores referentes à sua saída do Cruzeiro se dá pela regra de limitação da troca de técnicos no Campeonato Brasileiro. Uma demissão de Mozart Santos, no cenário de um ‘acordo comum’ permitiria à Raposa poder contratar um novo técnico. Caso a situação configure como demissão, o Cruzeiro só poderia substituir Mozart Santos por um profissional, seja auxiliar ou integrado à base, que já esteja no clube há pelo menos seis meses.

O Cruzeiro ainda não se manifestou sobre o caso envolvendo o ex-técnico, que foi anunciado pelo Remo há quatro dias e espera estar disponível na quinta-feira (8), quando a equipe encara o Vila Nova, no Baenão, às 21h.  (mais…)


E o Botafogo, hein!? A conta continua chegando. Sede de General Severiano penhorada por calote no IPTU

Foto: O Globo

As barrigadas dos grandes clubes, tão comuns no Brasil até há pouco tempo, estão cada vez mais difíceis. No Rio, o Botafogo também está vendendo almoço pra comprar o jantar, conforme mostra reportagem do Globoesporte.com:

* “Botafogo tem sede de General Severiano penhorada por falta de pagamento de IPTU; clube recorre

Dívida de R$153 mil é referente ao não pagamento do IPTU da loja do clube entre fevereiro de 2014 e novembro de 2015; Botafogo aguarda decisão da segunda instância

O Botafogo corre o risco de perder a sede de General Severiano na Justiça por causa da falta de pagamento de IPTU da loja do clube entre fevereiro de 2014 e novembro de 2015. A decisão é da juíza de primeira instância Katia Cristina Nascentes Torres, da 12ª Vara de Fazenda Pública do Rio.

Essa decisão foi publicada inicialmente pelo site “Esporte News Mundo” e confirmada pelo ge. O clube recorre na segunda instância e aguarda a decisão da desembargadora Valeria Dacheux Nascimento. O processo corre desde 2018.

A decisão da juíza Katia Torres ocorreu no último dia 28 de junho e cobra o total de R$ 153.034,55. Esse valor é referente ao não pagamento do IPTU da loja oficial do clube localizada na sede de General Severiano. (mais…)


Democratenses, vilanovenses, ipatinguenses, juizforanos e divinopolitanos, felizes e tristes com suas estreias na Segundona Mineira; gremistas e sãopaulinos preocupados com degola no Brasileiro

Em imagem reproduzida da TV NSports/FMF, jogadores do Betim comemoram um dos dois gols da vitória sobre o Democrata Jacaré, na Arena Vera Cruz, em Betim

Começou sábado o Campeonato Mineiro da segunda divisão, oficialmente chamado de Módulo II pela Federação Mineira de Futebol. Ainda sem o goleiro Gomes, que está entrando em forma, o nosso Democrata Jacaré (de Sete Lagoas), perdeu de 2 a 0 em Betim, para o dono casa; já o Democrata Pantera (Governador Valadares) venceu em casa o Aymorés, por 1 a 0. O Villa Nova, que conseguiu uma parceria com o Coimbra para disputar o campeonato, também começou bem, derrotando o União Luziense, em Santa Luzia, 1 a 0; mesmo placar do Guarani de Divinópolis sobre o Serranense em Nova Serrana. Em Juiz de Fora o Tupí venceu o Ipatinga por 2 a 1 e o Tupynambás empatou com o Nacional de Muriaé, sem gols.

A segunda rodada, no próximo fim de semana, terá cinco jogos noi sábado e um no domingo. As partidas podem ser assistidas ao vivo no sitehttps://www.futebolmineiro.tv.br

Estas e outras informações podem ser encontradas no site da FMF http://fmf.com.br/Competicoes/ProxJogos.aspx?d=2

O Fernando Rocha aborda a segundona mineira e o Brasileiro da A e da B, na coluna dele, hoje, no Diário do Aço, de Ipatinga:

Coluna Bola na Área”

Por Fernando Rocha

Outra pedreira

Após o sofrível 0 X 0 sábado à noite em Pelotas-RS contra o Brasil, um dos piores times da Série B, o técnico Mozart Santos e alguns jogadores do Cruzeiro comemoraram o fato da equipe não ter levado gols.

Claro que o treinador não poderia dizer que o time é fraco, que este ou aquele jogador não serve, mas também não precisava exagerar no otimismo,  ao dizer que “encontramos hoje um equilíbrio defensivo”, pois a torcida está vendo tudo de camarote e, cada vez mais descrente e decepcionada com a equipe.

O Cruzeiro marcou um ponto neste empate e chegou aos nove, encravado 13ª posição da tabela, nove pontos atrás do quarto colocado que é o Goiás, que tem 16, mas distante apenas dois pontos   da zona da degola.

E a sequência de jogos a cada três dias não dá trégua para nada: hoje recebe outra “pedreira” no Mineirão, 19hs, o bom time do vice-líder, Coritiba, que tem no comando do ataque nada menos que o artilheiro Léo Gamalho, além de outros velhos conhecidos do torcedor celeste, como os  meias Robinho e Rafinha.

Valeu o resultado

A vitória magra de 1 x 0, obtida no péssimo gramado da Arena Pantanal sobre o fraco Cuiabá, merece ser valorizada tão somente pelos três pontos conquistados, pois a qualidade do futebol apresentado pelo Galo, sobretudo no 2º tempo, esteve abaixo da crítica.

O que não pode acontecer é tropeçar ou perder pontos, que farão falta na reta final, para adversários como o Cuiabá,  que lutam apenas para permanecer na Série A, como já ocorreu contra a Chape, Ceará e Fortaleza.

A preocupação agora, além da situação física do “cérebro” Nacho Fernandez, que deixou o campo sentindo um “incômodo” na côxa,  é o clássico com o Flamengo, amanhã, no Mineirão, para depois encarar o América e, na sequência, o Boca Juniores em Buenos Aires pela Libertadores.

À exceção do Palmeiras, os principais concorrentes do Atlético estão oscilando neste início, o que significa um campeonato menos difícil como no ano passado, mas que só poderá ser conquistado caso não tropece mais nos “pequenos”,  e deixe para trás pontos que farão falta na hora da onça beber água.

FIM DE PAPO

·        Hulk foi o principal nome da vitória sobre o Cuiabá, além do goleiro Éverson, que novamente fez algumas defesas importantes garantindo o resultado. Com o elenco que possui torna-se inadmissível uma atuação tão ruim como foi o 2º tempo do Atlético, quando não conseguiu dar sequer um chute a gol. Por sorte, o adversário era o limitadíssimo Cuiabá, que  teve mais posse de bola, mas não criou nada. Um ótimo resultado mesmo com uma atuação sofrível.

·        O América fez um jogo muito equilibrado e venceu o Santos por 2 x 0, sábado à noite, no Independência. O Coelho fez o primeiro gol no início do 2º tempo e sua defesa, agora melhor organizada pelo técnico Vagner Mancine, resistiu bem à pressão santista. No último lance, o garoto Carlos Alberto deu  números finais à excelente vitória do Coelho, que chegou aos nove pontos e foi para a 15ª posição, cinco  acima do São Paulo, primeiro da zona da degola, e seis pontos do quarto colocado,  Fortaleza, seu adversário amanhã,  às 18 horas, fora de casa no Castelão.

·        O futebol é o esporte coletivo  mais popular do planeta por ser também o mais imprevisível. Como explicar, por exemplo, a situação atual do Grêmio, lanterna com apenas 2 pontos ganhos e, do São Paulo, primeiro da zona da degola com 5 pontos ganhos. No Grêmio, o técnico Tiago Nunes perdeu o emprego, enquanto seu colega Hernán Crespo, balança no comando do tricolor paulista. Fala-se em  Felipão de volta ao seu ninho no Grêmio, enquanto Muricy Ramalho, hoje diretor de futebol, poderia retornar ao cargo do qual se diz aposentado faz tempo. Algo muito estranho anda acontecendo nos bastidores dos dois gigantes, que não conseguem ganhar de  ninguém.

·        O Ipatinga não foi bem em sua estréia na “segundona”, que também se chama  Modulo II do Campeonato Mineiro e dá duas vagas na elite do futebol estadual, em 2022. Perdeu de 2 x 1 para o Tupi, em Juiz de Fora, e terá a chance de se reabilitar neste sábado, 15hs, no Ipatingão, contra outro  juizforano, o Tupinambás. Muito bom ouvir novamente a narração dos jogos do Tigre pelo ”bate forte”, Nelcy Romão, tendo nas reportagens Fabrício Pereira e Jota Passos, comentários do Roberto Xavier, o “Coelhinho”. (Fecha o pano!)


Oferta da Caldense por Messi repercute, especialmente por causa do pão de queijo, café e banho nas thermas. Torcedor diz que prefere Ribamar

No sábado as redes sociais da Caldense brincaram com o fim do contrato do craque com o Barcelona e a brincadeira virou notícia de repercussão maior que a participação da “Veterana” no Brasileiro da Série D:

aacaldense “Messi livre!? Vem para a Veterana! O estagiário preparou uma proposta irrecusável! Vocês têm alguma outra sugestão de cláusula para o contrato?”

Foi parar no Globoesporte.com e outros grandes veículos do país e do mundo: * Caldense oferece “pão de queijo”, “café” e “banho nas Thermas” para contratar Messi”

Veterana fez a “proposta” por meio das redes sociais do clube neste final de semana; “contrato” oferecido teria duração de cinco anos

Livre no marcado após fim de contrato com o Barcelona, Lionel Messi tem recebido propostas para não renovar com o time espanhol e buscar novos ares. E a Caldense foi uma das equipes que decidiu tentar atrair o argentino.

A proposta para levar o craque para Poços de Caldas? Coisas típicas de Minas Gerais e da cidade do Sul de Minas: “Pão de queiro, o verdadeiro”, “café passado na hora” e “banhos sulfurosos nas Thermas”.

Na imagem em que “oferece” cinco anos de contrato para Messi, a Veterana também disse que o argentino pode “fazer quantos gols quiser” e “disponibilizou” um “apartamento no Centro de Poços”.

https://ge.globo.com/mg/sul-de-minas/futebol/noticia/caldense-oferece-pao-de-queijo-cafe-e-banho-nas-thermas-para-contratar-messi.ghtml

Torcedores entraram na brincadeira e o Marcos Viti , prefere o Ribamar, do América: “Messi não está no nível para jogar o campeonato mineiro, eu contrataria o Ribamar”

Interessante é que Messi já foi nome de time no campeonato interno de futsal da Caldense, em 2011. E campeão, derrotando Zico na final, conforme mostra esta página do site oficial da Veteran, que aliás, não entrou na brincadeira da contratação, diga-se:

Messi é campeã no Futsal da Caldense” (mais…)


Cruzeiro informa que a luz voltou à Toca

Nota oficial do Cruzeiro

“Posicionamento – Cruzeiro e Cemig”

O Cruzeiro Esporte Clube e a Companhia Energética de Minas Gerais S.A. (Cemig) informam que, na manhã desta segunda-feira, foi realizado um corte parcial de energia nas dependências do Centro de Formação Felício Brandi (Toca da Raposa 1), a partir de uma ordem interna equivocada por parte da companhia, que está apurando o ocorrido.

Cruzeiro e Cemig sempre mantiveram e seguem com um ótimo relacionamento em todas as frentes. Há, de fato, um débito recente em aberto, vencido em 14/06/2021, que segue dentro do prazo protocolar para pagamento, já tratado entre as partes.

Por fim, a Cemig informa que foi prontamente solicitada a religação da energia nos setores afetados da Toca da Raposa 1, que já está operando normalmente.

https://www.cruzeiro.com.br/noticia/show/19029/posicionamento-cruzeiro-e-cemig


Cuiabá 0 x 1 Galo. Fico com a resignação que vem de Londres, do Sergio Utsch: “A gente adora ficar iludido. E ganhar 3 pontinhos também”

Primeiramente falemos dessa foto (postada pelo Fred Ribeiro no twitter dele) que mostra o risco que Hulk correu de ter tornozelo, ligamentos e tudo o mais arrebentados. Paulão deu um salto nos pés e pernas dele, pensando em evitar a sequência da jogada que terminou no gol do Nacho. Tá, é o futebol, é o clima da partida e etecetera e tal, mas… Será que não dá para evitar excessos? Num lance desses pode estar o fim da carreira de um colega de profissão, ou, na melhor das hipóteses, um ano ou mais fora das atividades. Como Hulk é muito forte e tem lá os seus macetes para escapar de botes como esses, quis o destino que o final fosse feliz. Ele ileso e gol do Nacho, na suada vitória do Atlético em Cuiabá.

Antes que algum mais afoito apaixonado diga que os absurdos pontos perdidos foram recuperados, importante lembrar que não tem nada a ver. Tivesse cumprido o dever de casa contra os mais frágeis, o Galo seria líder isolado do campeonato. Mas tem atleticano que prefere comemorar que o time entrou no “G4”. Cuca e demais membros da comissão técnica ganham muito bem para escalar e motivar os jogadores para não vacilarem. Estes por sua vez, ganham mais ainda e não podem usar salto alto, desfazer de adversários e correr menos do que devem correr.

À exceção do Palmeiras, os principais concorrentes estão mal. Outra vez o campeonato pode ser menos difícil que em outros anos. Mas, com altos e baixos o Galo corre o risco de perder outra oportunidade e deixar escapar o título por causa de três, quatro, dois ou até um ponto.

Sintomáticos os comentários de respeitados comentaristas, de Minas, e do “eixo”. Escreveu Vinícius Grissi da 98FM: @ViniciusGrissi “Hulk resolveu mais um jogo em mais uma atuação bem ruim do Atlético. Segundo tempo em Cuiabá foi uma briga de foice.”

Edu Panzi, da Itatiaia: @edupanzi “Atuação muito ruim do Atlético no 2ºT. Time completamente acuado, tentando jogar num contra-ataque que nunca aconteceu na 2ª etapa. Por sorte o adversário era o limitadíssimo Cuiabá, q teve a bola, mas não criou nada. Ótimo resultado, mas paupérrima e sofrível atuação”.

André Rizek, do Sportv: @andrizek “Um segundo tempo à altura de quem lidera o Brasileiro. O Bragantino colocou a bola no chão e botou o São Paulo na roda. Foi muito dominante. Jogando essa bolinha do segundo tempo, o São Paulo vai seguir sem ganhar de ninguém…”

Ou seja, o Bragantino está fazendo o que o Atlético não está conseguindo fazer, que é jogar bem e manter o ritmo no segundo tempo. Ao invés de Flamengo, São Paulo, Inter, Corinthians, Grêmio e etecetera e tal, poderá ser este “meteorito” de Bragança Paulista, a pedra no sapato do Atlético em 2021.

Especialmente se este “desconforto” do Nacho na coxa, que o tirou de campo na maca, for mais grave do que se pensa.


Página 35 de 1.239« Primeira...102030...3334353637...405060...Última »