Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Lembrança  da minha primeira Copa e dos gols mais marcantes da vida do Maradona

Foto publicada em minha coluna do jornal Sete Dias, de sexta-feira, 27

Era dia 22 de junho de 1986, Estádio Azteca, pelas quartas de final da segunda Copa do Mundo organizada pelo México. Minha primeira cobertura de um Mundial, pela Rádio Inconfidência. Cobri a Argentina depois da fase de grupos e tive a honra de estar presente neste jogo. Fiz esta foto e a partir daí sempre passei a fotografar os times perfilados em toda partida em que estou trabalhando. Foi o jogo do show espetacular do Maradona. Marcou aquele famoso gol de mão e aquele em que saiu driblando sete ingleses, a partir do meio de campo.


Depois da queda o coice: derrota para o Confiança; primeira derrota do Felipão e nova punição por dívida

Sexta-feira complicada para o Cruzeiro. “Terrível, terrível”, como diz o Alberto Rodrigues. Em campo uma apatia inexplicável e derrota merecida para o Confiança, a primeira na história para o bravo time sergipano. Luiz Felipe Scolari teve a primeira derrota nesta volta ao clube, no momento de maior euforia, depois de vencer de forma surpreendente ao melhor time e líder da Série B, a Chapecoense, na casa dela. Estava prestes a mudar o discurso da busca dos objetivos, de sair da zona da degola para a C e buscar a quarta vaga da A. E enquanto perdia no Mineirão, li no Uol a notícia de mais uma punição por causa de dívida e que o clube voltou a ficar impedido de inscrever novos contratados.

Na torcida, o começo da desilusão quanto a uma possível arrancada para o acesso, nas palavras do Luiz Ibirité, um dos cruzeirenses mais lúcidos aqui do blog:

“Time até teve um segundo tempo bom, mas como justificar a campanha do Cruzeiro dentro de casa? Como a apatia toma conta deste time, dentro do Mineirão o time simplesmente não se impõe, comete falhas bisonhas, perde chances na cara do gol, chances estas q não criava, agora cria mas não conclui, enfim, o torcedor ele sonha com a série A, mas o time vai ficar na série B! Felipão não vai mudar seu discurso, já sabe das limitações do time q comanda, Cruzeiro só vai subir no seu centenário!”

Na quarta-feira, tem o clássico contra o América, no Independência.

A notícia da nova punição, no Uol:

* “Cruzeiro sofre punição da CNRD e fica impedido de registrar atletas”

O Cruzeiro sofreu mais uma punição administrativa e está, novamente, proibido de registrar atletas em 2020. Agora o time celeste sofre o impedimento por decisão da Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD) por causa de dívida com o PSTC, clube do Paraná, pela venda do zagueiro Bruno Viana Em março deste ano a Raposa foi condenada a pagar R$ 1,3 milhão ao clube paranaense como parte da venda (20%) do atleta ao Olympiacos, da Grécia, em 2016. Entretanto, a punição só foi revelada agora.

A informação da nova punição ao Cruzeiro foi antecipada pela Rádio Itatiaia e confirmada pelo UOL Esporte. O imbróglio envolvendo o Cruzeiro e o PSTC começou em abril de 2017, data em que o clube paranaense cobrou os 20% da venda de Bruno Viana. O acordo entre as partes pela cessão dos direitos econômicos foi validado em 2010. (mais…)


Nem Lisca, nem Thiago Reis e nem Freud! Ninguém explica o comportamento do América contra adversários ruins como o Oeste

Inacreditável a apatia do América contra o lanterna e pior time do campeonato E o técnico Lisca ainda teve coragem de reclamar da arbitragem ao invés de tentar explicar o que ocorre com o time contra adversários fracos como este. O resumo do 1 a 1 em Barueri contra o Oeste fica nesta twittada do repórter Thiago Reis, “Seu nome seu bairro”:

@thiagoreisbh “Incrível como o América se nivela ao adversário sempre!!! Pega um time fraco e não joga nada. Pega “os bichão” da série A e encara de igual pra igual. Não consigo entender!!! #Snsb

Em reposta a ele, twittei:

@chicomaiablog Uai, então danou! Eu ia perguntar sobre isso, justamente a você, que conhece tudo do Coelhão! E é um problema crônico, né? Ano passado perdeu a classificação em casa, para o pior time da Série B.

Perdeu de 2 a 1 para o já rebaixado São Bento de Sorocaba, no Independência.

Vamos ver qual será o comportamento do time no próximo, Cruzeiro, que também tem aprontado de forma semelhante.


Ufa! Dessa vez o Botafogo não aprontou e o Atlético fez a parte dele!

Tudo bem que o time está todo imbondado, desfigurado, dentro e fora de campo, mas, Ufa! Que dificuldade pra ganhar do penúltimo colocado do campeonato, que dificilmente escapará de um novo rebaixamento. Até o Keno, que não é de pisar na bola, desperdiçou a chance de dar uma aliviada no placar, no pênalti que bateu e foi defendido pelo Diego Cavalieri. Justiça seja feita, méritos do goleiro que foi no canto certo e impediu o terceiro gol atleticano.

O primeiro tempo foi ataque contra defesa, com o alvinegro carioca só se defendendo, encolhido feito brim de terceira. No segundo tempo, precisando reagir, resolveu atacar e deu um certo trabalho, principalmente depois que diminuiu o placar para 2 a 1.

A Globo elegeu Hyoran melhor em campo. Jogou bem realmente, mas nem ele estava acreditando, como observou o ex-deputado Iran Barbosa via twitter:

@iranbarbosa “Hyoran recebendo o prêmio com cara de “Eu? Tem certeza? Tá errado não? Confirmaram duas vezes?”.


Benecy Queiroz conta que Maradona foi oferecido ao Cruzeiro, aos 16 anos de idade

Maradona no início da carreira no Argentinos Juniores em 1976

Foi ao repórter Josias Pereira, do Jornal O Tempo. O então presidente Felício Brandi, que tinha “olho clínico” para enxergar futuros craques, teria agradecido a oferta para que Maradona fizesse teste no Cruzeiro durante uma excursão do time pela América do Sul. Uma história que eu nunca tinha ouvido falar. Está nesta reportagem do Super FC:

* “Maradona no Cruzeiro quase aconteceu; veja motivos que impediram ‘final feliz’ – Benecy Queiroz, administrador da Toca II, recorda o dia que acompanhou o ainda garoto Diego ao lado do técnico Ilton Chaves”

“Lembro que em uma dessas oportunidades, nos foi oferecido o Maradona e fomos acompanhar uma partida dele. Estava eu, o massagista Guido e o Ilton Chaves. Me recordo que ventava muito no dia e o campo sequer possuía grama totalmente. Mas nada disso impediu aquele garoto de mostrar seu potencial. Todos que estavam ali e o viram foram unânimes. Não vou dizer que ele era um gênio, mas já dava sinais de que seria um jogador fora da curva”, acrescentou o administrador celeste.

O título da Libertadores de 1976 deixou o Cruzeiro em evidência no cenário do futebol sul-americano e internacional. Com um esquadrão de craques imortalizados na história celeste, como Piazza, Joãozinho, Zé Carlos e Dirceu Lopes, o clube estrelado sempre recebia convites para excursões nos países vizinhos, atraindo também a atenção de jovens jogadores, sedentos por oportunidades. Um desses nomes foi Diego Maradona.

O maior jogador da história do futebol argentino esteve na mira dos observadores do Cruzeiro quando ainda possuía por volta de 16 anos de idade e começava a mostrar toda sua qualidade no Argentinos Juniors. Benecy Queiroz, hoje administrador da Toca da Raposa II, contou ao Super.FC sobre o dia que esteve ao lado do ex-técnico Ilton Chaves e do massagista Guido para acompanhar uma partida do garoto Diego Armado Maradona.

“O mês de agosto era sempre destinado a excursões, com os clubes do futebol brasileiro recebendo convites para viagens. O Cruzeiro teve muitas partidas assim naquele período. Éramos sempre convidados. Esse contato acontecia por meio do empresário Jorge Gutman, que agendava nossas partidas”, recorda Benecy.

Lance do destino

Caberia então ao presidente Felício Brandi a decisão de contar ou não com Maradona na sequência da excursão do Cruzeiro. Mas o dirigente celeste, em um daqueles momentos que definem todo um destino, optou por não contar com o garoto.

“Eu creio que naquela época o Cruzeiro tinha tantos bons jogadores que talvez o Maradona não conseguiria ter grandes oportunidades de mostrar o futebol na excursão. São coisas que acontecem no futebol. Quantas vezes alguns atletas levaram não?”, indaga Benecy.

“Eu, sinceramente, não vejo isso como uma perda pelo Cruzeiro. Na verdade, eu digo que isso era o que tinha que ter acontecido. E para nós, que estivemos lá e o vimos, é um momento marcante, saber que presenciamos o nascimento de um dos maiores nomes da história do futebol mundial. Isso é de um privilégio enorme. Quantos não tiveram a chance de ver isso? Foi uma oportunidade que se mostrou para o Cruzeiro e naquele momento não era favorável. Mas houve contato sim”, reforça o administrador da Toca II. (mais…)


Vitória do Cruzeiro sobre o líder e a aproximação do América da liderança

Rodolfo, o artilheiro oportunista, grande aquisição americana para a atual temporada

Com o dever de casa bem feito ao vencer o Juventude, o América contou com a ajuda do Cruzeiro para segurar a Chapecoense que estava disparada na liderança. A diferença caiu para quatro pontos e o time catarinense tem uma vitória e oito gols a mais de saldo. Destaco aqui os comentários, no blog, de três cruzeirenses sobre o desempenho do time e a classificação da B:

Alisson Sol

Faltava alguém que cobrasse falta dentro do gol. Ganha do líder e periga não conseguir passar do Confiança… Este ano de 2020 está de se esquecer completamente!

 

Luiz Ibirité

Mais 3 pontos pra distanciar de x da série c, este time so esta servindo pra mexer com os nervos do torcedor, uma mudança já e visível, o time pode ate não ganhar ( não falo de hj) mas parece q tb não vai perder !

 

Juca da Floresta

Bom dia Chico,

Cruzeiro mandou no jogo, Anselmo Ramon merecia expulsão, cotovelada criminosa, se fosse o contrário, jogador do cruzeiro seria expulso. Sóbis foi a melhor contratação do ano junto com o Scolari.
Botafogo ganha hoje de 1×0, é a sina.

***

E o Raws Miranda, fez uma observação interessante sobre a qualidade do futebol que temos visto no país:

Quanto mais assisto jogos no Brasil mais noto a nossa semelhança com o futebol europeu do passado. Ninguém dribla mais, ninguém arrisca uma jogada individual. É um tal de toca ali e volta aqui que dá tédio.
Sei que o pessoal de fora está buscando nossos valores ainda no berço, mas vamos seguir desse jeito?
Acho que vou partir para o vídeo game. Será que lá o controle permite técnica?

Classificação

P J V E D GP GC SG
1 CHAPECOENSE 47 23 13 8 2 25 7 18
2 AMÉRICA-MG 43 23 12 7 4 24 14 10
3 SAMPAIO CORRÊA 40 23 12 4 7 35 23 12
4 JUVENTUDE 37 23 10 7 6 36 24 12
5 CUIABÁ 37 23 10 7 6 26 23 3
6 AVAÍ 36 23 11 3 9 27 28 -1
7 PONTE PRETA 36 23 10 6 7 28 29 -1
8 CSA 34 23 10 4 9 29 24 5
9 CRB 32 23 9 5 9 27 28 -1
10 CONFIANÇA-SE 32 23 8 8 7 25 24 1
11 GUARANI 31 23 8 7 8 27 28 -1
12 OPERÁRIO 29 23 7 8 8 21 21 0
13 PARANÁ 29 23 7 8 8 25 29 -4
14 BRASIL DE PELOTAS 29 23 6 11 6 21 20 1
15 CRUZEIRO 28 23 9 7 7 25 21 4
16 VITÓRIA 25 22 5 10 7 25 23 2
17 NÁUTICO 20 22 4 8 10 21 31 -10
18 FIGUEIRENSE 20 23 4 8 11 15 26 -11
19 BOTAFOGO-SP 18 23 5 3 15 13 24 -11
20 OESTE 11 23 2 5 16 13 41 -28

Missões cumpridas: América no Horto e o Cruzeiro no Sul

O América não decepcionou e manteve a trajetória de ascensão na busca por vaga na Série A 2021. Vitória sobre outro candidato a vaga, o Juventude, que tem um bom time. O Cruzeiro conseguiu o resultado mais importante da rodada, vencendo o melhor time e líder isolado da disputa, a Chapecoense, que não perdia a 19 jogos em casa. Noite mineira de sucesso na Série B:

* “América vence o Juventude e volta para a vice-liderança da Série B – Coelho bate os gaúchos por 2 a 1, mesmo com os desfalques por conta de lesão, suspensão e Covid-19”

https://www.otempo.com.br/superfc/am%C3%A9rica/america-vence-o-juventude-e-volta-para-a-vice-lideranca-da-serie-b-1.2417009

* “Sóbis deixa o dele e Cruzeiro desbanca a líder Chapecoense fora de casa – Raposa chegou ao sétimo jogo sem saber o que é derrota sob o comando do técnico Luiz Felipe Scolari”

https://www.otempo.com.br/superfc/cruzeiro/sobis-deixa-o-dele-e-cruzeiro-desbanca-a-lider-chapecoense-fora-de-casa-1.2417002


E lá se foi o Fernando Vanucci!

Mineiro, de Uberaba. Trabalhou na Rádio Inconfidência, gente boa demais da conta. Tive a honra de trabalhar com ele na Rede TV! Em 2005/2006. Eu e o Lélio Gustavo íamos todo domingo para São Paulo para dividirmos a bancada do programa que ele comandava aos domingos, de 17 à 19 horas. Sempre muito gentil.

Que descanse em paz. Mais detalhes no jornal Zero Hora, de Porto Alegre:

* “Jornalista Fernando Vanucci morre aos 69 anos”

O jornalista Fernando Vanucci morreu aos 69 anos, nesta terça-feira (24), em São Paulo, conforme o site GE. A causa da morte ainda não foi divulgada. Locutor, apresentador e comentarista esportivo, ele deixa quatro filhos. O velório e o sepultamento devem ocorrer no Rio de Janeiro ainda sem data definida. Em 2019, ele havia sofrido um infarto e colocado um marca-passo. Desde então, vinha convivendo com problemas de saúde.  Teve passagem pela TV Globo. Primeiro, na Globo Minas, entre 1973 e 1977, e depois no Rio de Janeiro, quando apresentou programas como o Globo Esporte, o RJTV, o Esporte Espetacular, Jornal Nacional, Jornal Hoje e Fantástico.

Vanucci, na passagem pela Globo, cobriu seis Copas do Mundo: 1978, 1982, 1986, 1990, 1994 e 1998. Ele também trabalhou em TV Bandeirantes, TV Record e Rede TV. (mais…)


E lá se foi o Manhattan Connection, da Globonews, mas já tem estreia marcada na Cultura

Uma das melhores produções da TV brasileira de todos os tempos, criada e apresentada pelo mineiro Lucas Mendes, que nunca se esquece de Minas e dos mineiros em quase todo programa. No domingo houve a despedida do Sistema Globo, mas ontem já foi anunciado em novo canal, como mostra esta reportagem do Uol:

* “Após deixar Globo, Manhattan Connection fecha com a TV Cultura Manhattan Connection ficou por 27 anos no ar no Grupo Globo – Manhattan Connection ficou por 27 anos no ar no Grupo Globo”

O programa Manhattan Connection, que deixou o Grupo Globo depois de 27 anos, irá para a TV Cultura. A emissora da Fundação Padre Anchieta confirmou ao NaTelinha que a atração está prevista para fazer parte da sua grade de programação em 2021.

“Com imensa satisfação, a direção da TV Cultura confirma que o programa Manhattan Connection deverá fazer parte da grade da emissora a partir de 2021. O programa integrado por Lucas Mendes, Caio Blinder, Diogo Mainardi, Ricardo Amorim e Pedro Andrade, tem previsão de estreia na Cultura em janeiro. Em breve serão anunciados mais detalhes sobre os dias e horários de exibição”, disse em comunicado. (mais…)


Felipão cutucou uma ferida que tende a se infeccionar caso o Cruzeiro não suba

Foto: twitter.com/Cruzeiro

A culpa da atual situação do Cruzeiro não se resume a Wagner Pires de Sá, Itair Machado e Serginho Nonato. E isso vai começar aparecer a cada ponto perdido pelo time no campeonato. Depois do empate com o Figueirense no Mineirão, irritado com as cobranças sobre as dificuldades para começar a brigar por uma das quatro vagas do acesso, Luiz Felipe Scolari tocou num assunto que será cada dia mais escancarado daqui pra frente: os motivos do não pagamento da dívida que tirou seis pontos do Cruzeiro antes de começar a Série B. Vale lembrar que o então técnico cruzeirense, Enderson Moreira, conseguiu duas vitórias iniciais, que foram comemoradas como “dívida com a FIFA, paga”. O Superesportes destacou:

* “Pontos perdidos na Fifa”

Em meio ao seu discurso realista, Felipão ‘cutucou’ o Conselho Gestor, responsável por administrar o clube entre janeiro e maio, por não ter pago a dívida da Fifa que resultou na perda de seis pontos na Série B do Campeonato Brasileiro.

A dívida de R$ 5,3 milhões (US$ 850 mil) com o Al Wahda dos Emirados Árabes, relativa ao empréstimo do volante Denilson, em 2016, deveria ter sido quitada até 18 de maio. No entanto, a operação financeira não foi concluída a tempo pelos dirigentes que assumiram o clube interinamente até a posse de Sérgio Santos Rodrigues como presidente, em junho. O débito com o clube árabe foi uma herança da gestão de Gilvan de Pinho Tavares, mandatário entre 2012 e 2017.

Felipão se mostrou inconformado com o não pagamento da dívida que tirou do Cruzeiro os seis pontos antes mesmo do início da Serie B do Brasileiro. “Agora, se nós tivéssemos aqueles benditos seis pontos que entenderam que não precisavam jogar porque ia dar os seis pontos, as pessoas que fizeram isso agora estão vendo que não é assim, não é tão fácil como se imagina. E nós estamos lá embaixo. (…) Porque, se não tivessem sonhado, tinham pago na Fifa, não tinham perdido seis pontos, uma série de detalhes. Então, não vamos ficar reclamando de nada e vamos trabalhar por objetivos e o primeiro a ser atingido é não cair para a Série C. Ok? Depois, eu vou ver o que vai acontecer em frente”, concluiu o treinador…”


Página 50 de 1.220« Primeira...102030...4849505152...607080...Última »