Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Imagem do Dia: a entrevista de Fabrício Calazans, da Rádio Itatiaia, com o então craque da várzea Bruno Henrique

 

Para os senhores verem como são as coisas. Ainda outro dia, Bruno Henrique estava por Belo Horizonte, destacando-se na várzea, bem ao alcance de Cruzeiro, Atlético e América… Mas ninguém levou. Quem assistiu ao 3º episódio do programa Chico Fala sabe que o Bruno chegou a ter contrato com o Cruzeiro, mas o time celeste nem sequer avaliou o garoto. Deu no que deu: Bruno destaca-se hoje no Flamengo, provável campeão brasileiro de 2019.

Recentemente, o jornalista Fabrício Calazans, da Rádio Itatiaia, contou com a ajuda do Enio Lima, grande narrador e companheiro de Itatiaia, para relembrar um episódio marcante: o dia em que, ainda estagiário, entrevistou o jogador que havia marcado 3 gols numa partida pela Copa Itatiaia. Um tal de “Bruninho”. Seu time, o Inconfidência, levantou a taça em janeiro de 2012. Ouça abaixo:

 

 

Imagem do Dia é um oferecimento dos Supermercados EPA.

Supermercados EPA

 

 


Selvageria no Mineirão e demais estádios vai continuar enquanto a omissão de quem tem que agir continuar

O pau comeu novamente em mais um clássico no Mineirão. Entre as duas torcidas brigonas do Cruzeiro e de atleticanos que invadiram área cruzeirense. Mas tudo filmado e fotografado, para que as polícias  a justiça entrem em ação. O problema é que a marginalidade no Brasil é sempre favorecida pelas benesses das leis. Enquanto for assim, esqueçamos. E não vejo mudanças à vista, em curto, médio ou longo prazo.

Igor Assunção @Igortep, da 98 FM, twittou indagação dele e retwittou essa foto e estas denúncias, que podem facilitar o trabalho das autoridades: “Pode garrafa de vidro? Ué…” 

Vinícius @vinnycardozo: “Tumulto começou quando esse torcedor que estava no camarote, com uma garrafa de vodka, provocou a torcida do Galo que estava abaixo.”

 

ASSISTA:

Chico Fala #3: histórias de Bernard e Bruno Henrique 

 

Fabio Gomes @FabiodoEsporte: “Foi esse cidadão que iniciou todo tumulto, ele arremessou essa garrafa na torcida do Galo e a mesma acertou alguns torcedores. Esse foi o inicio de todo o tumulto.”

Thiago Nogueira @thiagonoggueira,  d’O Tempo, escreveu: “Clima de guerra no Mineirão. Torcedores do Atlético derrubaram o tapume que dá acesso ao camarote. PM agiu rápido para dispersar.”


Qualidade deste Cruzeiro 0 x 0 Atlético reflete a campanha de ambos: da pior qualidade

Minha querida sobrinha Vanessa questionou:

__ Uai, não era pra ser um jogão?

Sim, mas este entra para a história como um dos piores entre Galo e Raposa. Coisa horrorosa. Aos 22 minutos do segundo tempo, Fred cabeceou, de dentro da pequena área, e Cleiton fez uma boa defesa. Os narradores das rádios e TV destacaram que foi a primeira defesa de um dos goleiros durante toda a partida até então. Aos 24 vieram as primeiras mexidas, também de ambos. No Cruzeiro, saía Robinho, entrando Pedro Rocha; no Atlético, Bruninho no lugar de Cazares. Mudanças que poderiam ter ocorrido no intervalo, mas mesmo com elas o jogo continuou fraco.

 

ASSISTA:

Chico Fala #3: histórias de Bernard e Bruno Henrique 

 

Aos 34 o Atlético pôs Marquinhos no lugar de Martínez e com essa mudança ficou o time que a maioria dos atleticanos, com quem conversei, gostaria que tivesse começado jogando. O Galo saiu da inferioridade em termos de volume de jogo e passou a oferecer algum perigo.

Os erros de passes dos dois times impressionam. Como pode, jogador de futebol profissional, de time grande, errar tanto? Beira o inacreditável! Na disputa entre os piores, destaque para o lateral Dodô, do Cruzeiro, que não acerta cruzamentos, e Di Santo, atacante do Atlético, que corre muito, mas não consegue nem dominar uma bola.


Valeu a pena ter ficado em casa, sexta-feira à noite, diante da TV para ver o América jogar e vencer

Não foi um jogo bonito, mas de total entrega dos jogadores, contra um Londrina desesperado, dentro de casa, lutando contra a degola para a Série C. Aos 18 do primeiro tempo Sávio cobrou escanteio e o zagueiro Ricardo Silva se antecipou à zaga e ao goleiro para marcar de cabeça. Mesmo à frente no placar o time não recuou e sustentou de forma brilhante o resultado até os cinqüenta do segundo tempo. Continua vivo na briga por uma vaga na Série A 2020. Agora é secar o Coritiba (que joga agora contra o Figueirense em Florianópolis) e o Atlético-GO que joga neste sábado em Maceió contra o CRB.


Chico Fala #3: histórias de Bernard e Bruno Henrique

 

No início da carreira do Bernard, pude dar minha parcela de contribuição para ajudá-lo no caminho da bola. Mas a coisa não é fácil e os nossos clubes insistem em desperdiçar talentos locais. A história do Bruno Henrique é um bom exemplo: o garoto esteve na base do Cruzeiro, que nem chegou a avaliar o seu talento… No terceiro episódio do Chico Fala, eu conto um pouco mais sobre isso tudo!

 

Veja também:

Chico Fala #1: Pelé

Chico Fala #2: Minas Esporte

 

 


Imagem do dia: homenagem ao aniversariante Luiz Chaves, grande radialista e amigo

Luiz entre o filho Dudu (esq.) e o amigo Silvinho, ex-jogador do Olimpic de Barbacena e do América.

Hoje é aniversário do Luiz Chaves, um dos grandes amigos que tive a satisfação de conquistar. Profissional e figura humana exemplar, com quem tive a honra de trabalhar e aprender muito na Rádio Inconfidência e TV Bandeirantes. Nascido em Jequeri (na grande Barbacena), foi um ótimo locutor e comentarista. Hoje curte a vida de bem aposentado, com a esposa, filhos, netos e incontáveis amigos que o cercam, sempre feliz e de bem com a vida.

Semana passada postei vídeo falando do Minas Esporte e tive o prazer de ver comentário que a filha dele, Cristiana Chaves, fez lá na página do facebook: “ Bons tempos! Na semana passada procurei na internet se tinha algum programa gravado, pois queria mostrar ao meu filho o vovô Luiz Chaves na televisão. Mas infelizmente não encontrei. Queria muito ter algo para guardarmos de recordação. Foi uma época muito boa e o programa era sucesso!
Grande abraço Chico!”

***

Obrigado à Cristiana e abraço também no Dudu, irmão dela, que desde criança acompanhava o pai aos estúdios da rádio, TV e cabines dos estádios em que o Luiz trabalhava. Ele está completando 75 anos. Nos 70, fui à casa dele, aqui em Belo Horizonte e postei no blog:

http://blog.chicomaia.com.br/2014/11/page/5/

 

 

Imagem do Dia é um oferecimento dos Supermercados EPA.

Supermercados EPA

 

 


Imagem do Dia | Quinta-feira de parabéns e saudades

Hoje é dia do radialista e presto aqui a minha homenagem a todos os colegas de Minas e do Brasil, por meio dessa propaganda em página inteira do Estado de Minas, da equipe de esportes da saudosa Rádio Guarani. Também uma homenagem aos amigos que não estão mais entre nós, como o Vilibaldo Alves, Dirceu Pereira, Paulo Roberto, Waldir de Castro, Gilberto Santana e Mauro Neto, presentes nesta foto, que postei aqui no blog em 21 de setembro de 2015.

 

Imagem do Dia é um oferecimento dos Supermercados EPA.

Supermercados EPA

 

 


Vantagens e incógnitas de um Fábio Carille no Atlético

Fotos: @Corinthians

Não sei se ele já está contratado pelo Atlético. Mas a simples especulação mexeu com os ânimos da torcida, dividida. Algumas manifestações favoráveis, outras abominando a ideia. Ainda não tenho convicção formada sobe ele. Se realmente é um bom treinador ou apenas mais um desses “cometas” que costumam aparecer no meio artístico e depois de algum sucesso desaparecem quase que na mesma velocidade. Marcelo Oliveira é um bom exemplo disso.

Carille foi efetivado como técnico do Corinthians em função da dificuldade do clube em contratar substituto para o demitido Oswaldo de Oliveira, em fins de 2016. Antes tinha sido auxiliar do Mano Menezes, que o levou para o Timão, Adilson Batista, Tite e Cristóvão Borges. Em 2017 ele começou a temporada efetivado e 10 entre 10 jornalistas que acompanhavam o dia a dia do clube apostavam que ele duraria pouco. Todos quebraram a cara. Com elenco limitadíssimo ele conseguiu tirar o melhor de cada jogador e surpreendeu a todos sendo campeão paulista e brasileiro naquele ano.

Há quem conteste a forma preferencial de jogo dele, inspirada no Mano Menezes, de cuidar primeiro o sistema defensivo e depois arrumar gol ou gols que gerem “goleadas” de 1 a 0, 2 a 1, etecetera e tal. Quando não se tem jogadores para jogar diferente, é o sistema a ser adotado, sem dúvida. Caso venha para o Galo, será o caso, já que não há e nem haverá dinheiro para grandes aquisições. Prefiro alguém como ele do que um desses manjados que já rodaram o país inteiro. E que seja contratado já, para ir indicando, silenciosamente, eventuais contratações para 2020.

E você? Gostaria de vê-lo comandando o Galo na próxima temporada?


Depois do empate em Curitiba, Cruzeiro seca Botafogo, Ceará e Fluminense para ficar fora do Z4

Foto: twitter.com/AthleticoPR

O Cruzeiro buscou ponto precioso em Curitiba neste empate sem gols com o Athletico-PR. Tomou sufoco, Fábio fez grandes defesas, mas também levou perigo ao gol dos donos da casa. Sassá marcou mas tinha ajeitado a bola com o braço. Já tinha o cartão amarelo e foi expulso. Agora vai secar Botafogo, Ceará e Fluminense que fecham a rodada na quinta-feira, contra respectivamente, Flamengo, Inter e São Paulo, para não retornar à zona do rebaixamento.

P J V E D GP GC SG
1 FLAMENGO 71 30 22 5 3 64 25 39
2 PALMEIRAS 66 31 19 9 3 50 23 27
3 SANTOS 61 31 18 7 6 45 28 17
4 SÃO PAULO 52 30 14 10 6 32 20 12
5 GRÊMIO 50 30 14 8 8 52 31 21
6 CORINTHIANS 48 31 12 12 7 35 28 7
7 ATHLETICO 47 31 13 8 10 44 31 13
8 INTERNACIONAL 46 30 13 7 10 35 29 6
9 BAHIA 43 31 11 10 10 34 30 4
10 GOIÁS 42 31 12 6 13 34 47 -13
11 ATLÉTICO-MG 39 31 11 6 14 38 43 -5
12 VASCO 39 31 10 9 12 28 37 -9
13 FORTALEZA 36 31 10 6 15 38 44 -6
14 CRUZEIRO 34 31 7 13 11 26 36 -10
15 BOTAFOGO 33 30 10 3 17 26 39 -13
16 CEARÁ 33 30 9 6 15 30 31 -1
17 FLUMINENSE 31 30 8 7 15 29 41 -12
18 CSA 29 30 7 8 15 20 42 -22
19 CHAPECOENSE 22 31 4 10 17 25 47 -22
20 AVAÍ 17 31 3 8 20 16 49 -33

.


Noite em que os jovens da base resolveram para o Galo contra o Goiás

Em foto do twitter.com/Atletico Marquinhos emocionado após abrir o placar para o Atlético contra o Goiás. 

O Atlético dominou amplamente o jogo, principalmente no primeiro tempo. Desperdiçou oportunidades e esbarrou em pelo menos quatro grandes defesas do goleiro Tadeu. No segundo tempo o técnico Wagner Mancini viu que o cansaço bateu mais forte em Elias e o substituiu pelo Marquinhos, que entrou com fome de bola e fez 1 a 0 aos nove minutos, além de ter melhorado o time com a sua velocidade e habilidade. Cazares também mostrou que não aguentava mais correr e foi substituído pelo Bruninho, que aos 49 liquidou a fatura, fazendo o segundo gol.

Público de 38.937 torcedores para uma arrecadação de R$ 230.750,00. Vitória que leva o time aos 39 pontos, nessa corrida para os 45 que o livre definitivamente do risco da degola.

Bruninho comemora o segundo gol do Galo, em foto do twitter.com/Atletico


Página 6 de 1.128« Primeira...45678...203040...Última »