Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Uma torcida só

Bruno Teixeira fez um comentário que me chamou a atenção: “Uma discussão toma conta das Gerais e do Brasil. Os jogos de uma só torcida!!! Após o direito de tomar uma cerveja, querem cassar o direito do torcedor ir ao estádio. Mais uma prova da ausência e ineficiência do Estado. É a lei no menor esforço…”

Concordo totalmente com essa frase do Bruno: “É a lei do menor esforço”, reconheimento da incompetêcia do Estado em cumprir com o dever constitucional que é garantir a segurança das pessoas. Uma vergonha. Ao invés de punir os bandidos, cassa-se o direito de ir e vir das pessoas.

Todos temos que protestar contra mais esse absurdo.


A casa do bispo

O leitor desse blog, Marcelo Machado, escreveu-me o seguinte:  “A foto ficou pequena e naõ deu pra ver o que você quis dizer (sobre a casa do Bispo Desmond Tutu). Dá pra ampliar ou explicar? A galera agradece. Galo lider isolado e invicto. Quem diria. Celso Roth queimando minha língua!”

É que não anexei o texto à casa do Bispo, mas a informação é a seguinte: até ele precisa tomar todas as providências contra ladrões em sua casa, no centro de Soweto, Distrito famoso de Joanesburgo, onde é vizinho da antiga casa do Nelson Mandela, hoje um museu. Desmond Tutu tem cerca elétrica, arame farpado e empresa de segurança armada que protege a sua residência. Vou anexar foto com a placa que mostra o nome da empresa de segurança, afixada no muro. Quanto ao Galo é isso aí!


Bilhões, sim!

De Uberlândia o jornalista Pablo Pacheco nos enviou mensagem estranhando o número de 26 bilhôes de telespectadores previsto para assistir a Copa de 2010 pela TV em todo o mundo. Mesma audiência da Alemanha em 2006. Pensou que fossem “26 milhões”. Mas é isso mesmo: 26 bilhões, de acordo com o diretor de marketing da FIFA, Thierry Veil.


Cotas aqui também

Depois do fim do apartheid, em 1994, a África do Sul adotou o sistema de cotas raciais, como fez o Brasil recentemente. Qualquer branco que quiser abrir uma empresa precisa ter pelo menos um sócio negro. Toda empresa precisa ter pelo menos 20% de negros em seus quadros de funcionários.

A vantagem deles é que aqui negro é negro e branco é branco, sem esse negócio de “pardo”, como existe no Brasil. Em algumas partes do país existe a figura do “colored”, que seria o pardo ou moreno, no Brasil, mas esse não conta para se utilizar das cotas deles.


Prostituição

A pobreza aqui leva a situações constrangedoras, como aliás, em várias partes do Brasil também. Garotas pagam 70 rands (18 reais) para botar um anúncio se oferecendo no jornal. O programa custa R 250 para uma ou R 400 para duas no quarto. Para saber o preço em reais é só dividir por quatro. Muitas vezes são estudantes universitárias, como acontece em nosso país.

Importante lembrar que a África do Sul tem um dos maiores índices de infectação pelo HIV do mundo.


Falou bobagem 2

A origem do infeliz comentário do Cel. Nunes foram os furtos nos hotéis do Egito e Brasil na sexta feira passada. As autoridades sulafricanas tentam minizar o episódio, dizendo que isso acontece em qualquer país. É verdade, porém, em qualquer país que recebeu Copas do Mundo, as autoridades assumiram o problema e tomaram providências. Aqui, estão preferindo tapar o sol com a peneira.

Por outro lado esse não seria um problema para mudar a Copa de país. Sem falar que o estado do senhor Cel. Nunes é um dos mais violentos do Brasil.


Falou bobagem 1

O Lélio Gustavo é quem gosta de perguntar: “Falei alguma bobagem?”. Raramente ele fala, mas ontem o representante oficial da CBF falou uma bobagem gigante num papo com o companheiro jornalista Bob Fernandes, no hotel da seleção, em Joanesburgo. É o Coronel Nunes, nomeado “chefe da delegação” pelo presidente Ricardo Teixeira. Disse que “se isso aqui é um teste, a África do Sul não deve ser sede da Copa do ano que vem”. Primeiro, que vai ser aqui e fim de papo. A FIFA já bateu o martelo! Segundo, que o comentário foi totalmente infeliz, especialmente dele, que foi Secretário de Segurança do Pará, e atualmente presidente a Federação de lá.


Não engolem

Alguns companheiros da imprensa de São Paulo que estão aqui insistem em não reconhecer a competência dos clubes mineiros na disputa direta contra os clubes deles. Pela Libertadores, estão dizendo que o Cruzeiro “deu sorte” porque pegou o São Paulo está  em baixa. No brasileiro, dizem que o Galo ganhou do Santos com a ajuda do árbitro e que o time do Celso Roth não passa de um “cavalo paraguaio”. Fazer o quê?


Até na do Bispo

Fachada da residência do Bispo Desmond Tutu, no Soweto

Fachada da residência do Bispo Desmond Tutu, no Soweto


Barroco e barraco

Alguém disse, com toda a razão que no Brasil “o ouro trouxe o barroco, e o minério o barraco”. Nas belíssimas paisagens da África do Sul a história se repete, só que sem o barroco. Ao longo das excelentes estradas deles pode se ver mineradoras que exploram platina, carvão, silício e outros metais preciosos, ao lado de barracos de lata e adobe. De quilômetros em quilômetros se vê também condomínios de luxo, cercados por grandes muros, cerca elétrica e arame farpado.


Página 974 de 976« Primeira...102030...972973974975976