Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Atlético precisa que Cuca e Hulk se entendam. Bate-boca público entre treinador e jogador é muito ruim para o ambiente do grupo

Montagem do br.bolavip.com com fotos de Pedro Souza/Atlético

Depois da vitória de 1 a 0 sobre o Athletic o atacante voltou a pressionar  publicamente para ganhar a condição de titular e intocável, no grito. Na coletiva pós-jogo, perguntado sobre a entrevista do Hulk, o treinador respondeu, na lata: “Você dá sequência quando o jogador te dá respaldo”.

O técnico está certo, mas erra ao falar isso publicamente, repetindo o erro do jogador de falar, de novo isso, em entrevista. Já passou da hora da diretoria entrar de sola nessa pendenga. Sem um bom ambiente, não tem jeito.

Desde ontem as redes sociais mostram mensagens e comentários como este, do Guilherme Frossard, do Globoesporte.com . . .

. . . e o comentário do torcedor Lucas Tanaka . . .

. . . com toda a razão!


Deixe uma resposta para Marcão de Varginha Cancelar resposta

Comentários:
12
  • Renato César disse:

    Este tipo de situação só escancara a incompetência do treinador no aspecto técnico e na gestão de grupo. E o erro não é dele, ele sempre foi assim. Erro de quem o trouxe

    Tem que cobrar dos 4 R’s, do Presidente e do Diretor de futebol. Eles que fizeram esta lambança. A dica que dou é: corrijam enquanto ainda da tempo.

  • João Paulo Cavalieri disse:

    O Tchê Tchê está para o Cuca, assim como a festa da Covid foi para o Sampa!

  • Pedro Vitor disse:

    Pra mim não é nada, Hulk ainda não mostrou a que veio, e Savinho também ainda precisa brilhar, Savarino jogou muito bem o Brasileiro, o único problema que vejo aí é a torcida anti social do Atlético transformar um negocinho desse aí em uma notícia que vai abalar todo investimento do Atlético na temporada.

  • flavio braga de azevedo disse:

    So mais uma conversa pra chamar audiencia..nem o sbt quer transmitir os jogos do time na libertadores..estao ficando sem likes..no naximo que vao conseguir é chegar à final estadual….unica coisa que ouvi foi o jogador e treinador respondendo às perguntas..nada alem disso..

    • Pedro Vitor disse:

      É a torcida do Galo é pequenininha, menor do que a do América, e os cruzeirense não vêem jogos do Atlético, e nem Flamenguistas, é duro viu…

  • Marcão de Varginha disse:

    Se as arestas não forem devidamente aparadas, e urgente, vai sobrar para a torcida!
    – #benecyeternomito

  • Marcos - DF disse:

    Cuca ganha para isto.
    Tem que saber administrar o vestiário, senão pega o boné e vaza.
    Em 2013 tinha Maluf, agora tem um tal de Caetano.
    Perninha(parece um Marcio Araújo da vida)tumultuou o ambiente, é fato.
    Time mal escalado, outra constatação.
    O LD e a zagueirada são fracos, até o La Guaira sabe disso.
    Em suma, tem muita coisa errada no Galo.

  • Jean disse:

    As redes sociais jogaram mais lenha na fogueira, nenhuma novidade. Os dois erraram aí, mas, independente do trabalho no mínimo questionável do Cuca, o jogador foi egoísta, para não dizer irresponsável, dando essa declaração em público. Bola mesmo ele não mostrou ainda.

  • Márcio Luiz disse:

    Depois daquela LAMBANÇA feita pelo Cuca de colocar um jogador q assinou na quarta e no domingo (no clássico) já foi titular “por ser de sua confiança” o ambiente azedou por completo.
    Esse bate-boca velado entre o “bunda de funkeira” e o Cuca é só mais um ingrediente pra acabar de vez com a paz dentro da Cidade do Galo e nos colocar mais um ano na fila.
    Se essa rota não for corrigida a tempo, correremos sério risco no Brasileirão q está por vir.
    Oremos!

  • Alexandre (de Curitiba) disse:

    Sabem a diferença entre o Cuca de 2013 para esse de agora? Kalil!