Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Comentários cujo o autor considera “impublicáveis”

Imagem: x.com/EURO2024

Mas eu não considero. Quem escreveu foi o Neo, itaunense que mora em Arraial D’Ajuda há quase meio Século. Gente boa demais, que domina todo tipo de assunto, com opiniões muito próprias, além de ter o poder da síntese.

Falaria apenas sobre dois assuntos, mas se animou e falar mais. Em poucas palavras falou sobre vários assuntos, todos do momento, confira:

* “… comentários impublicáveis sobre a Eurocopa, sob pena de ser pregado em uma cruz:
1- não é curioso que dos 11 jogadores da França que terminaram o jogo ontem,10 sejam negros e o único branco se chame Hernandez?
2- cá pra nós, mulher narrando ou comentando futebol masculino é de doer… eu até que me esforço, mas não dá!
Agora um comentário publicável: se a Turquia passar pela Holanda, o mapa da Europa estará representado como nunca: Inglaterra ao norte, França ao centro, Espanha a oeste e a Turquia ao leste.

Abraço, meu amigo!

PS: A grande presença de negros na seleção da França atesta ser este o país mais tolerante da Europa em relação a imigração. Paradoxalmente- ou não- é lá, também, que a extrema-direita mais avança na Europa, neste momento.

Certo ou errado?”

– – –

Já que o Neo pediu a nossa opinião (minha e sua que está lendo), vou logo manifestando a minha: só discordo dele em relação às mulheres na imprensa esportiva. Há excelentes comentaristas e repórteres, várias muito melhores que colegas homens.

Menos narradoras. Nisso, o Neo tem razão. Mas, certamente já já aparece!

E você? O que acha sobre tudo que ele falou?

Foto: x.com/EuroFute


» Comentar

Comentários:
3
  • AROLDO GERALDO FILOGONIO DIAS disse:

    O que está de doer ou quase furar os tímpanos dos nossos ouvidos são os comentários, quase que geral, dos ex jogadores e jornalistas comentárista nos jogos . Meu Deus! Pode pegar se pegar o comentário do jogo entre Brasil e Uruguai e colocar no jogo Do Cruzeiro e Corinthians Vcs vão perceber que só me usa os nomes dos atletas e restante. Tática, posicionamento e etc é a mesma coisa. Cópia e cola . Não a necessidade de comentarista no jogo não. Só repórter para nós manter informados.

  • Fabricio disse:

    Eu corroboro, com relação as narradoras mulheres, são muito fracas, não assisto a nenhum jogo com elas narrando só assisto se não tiver outra opção quando o time que estiver jogando, agora com a comentarista mulheres concordo que tem muitas que são competentes como por exemplo a Nati Fiusa da Itatiaia, para mim ela é a muito melhor que muitos homens

  • Leo Silva disse:

    Futebol é um esporte democrático onde todos podem jogar. Além disso, não exige maiores investimentos, com uma simples bola e traves improvisadas, já se pode bater uma bolinha. Para jovens pobres e de periferia, é uma oportunidade de ascensão social e, em sua maioria, esse grupo social é composto por imigrantes. Como a França recebe muitos indivíduos vindo da África, é evidente que esse grupo se fará presente na seleção. Vale lembrar que pessoas com renda mais alta tem outras opções de lazer além da prática do futebol.