Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/blog/www/wordpress/wp-includes/pomo/plural-forms.php on line 210
Os perigosos próximos jogos | Blog do Chico Maia

Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Os perigosos próximos jogos

Atlético e Cruzeiro têm jogos perigosíssimos nesta próxima rodada do campeonato. O Galo não pode repetir de jeito nenhum a má atuação que teve contra o Botafogo, que até hoje está na cabeça da torcida. Era o líder contra o lanterna, e deu empate, frustrando a massa em pleno Mineirão. Para quinta feira a situação é semelhante: líder contra um dos últimos colocados, e em crise, porém, animado com a estréia do técnico Renato Gaúcho, que não é nenhum bobo.

O Cruzeiro recomeça a sua vida em Santo André. Contra o Corinthians ainda estava atordoado pela decepção da Libertadores. Agora a situação é outra, mesmo jogando fora de casa.


» Comentar

Comentários:
3
  • Marco Antonio disse:

    Caro Chico Maia,sou leitor do seu blog, cruzeirence e acho que você tem um ciume danado do Cruzeiro, seus comentários,críticas e sugestões como os que li hoje, são óbvios demais mas só depois do jogo terminado. Assim é fácil não é meu caro?

  • Stefano Venuto Barbosa disse:

    Caro C.Maia,
    O Galo está fazendo sucesso esse ano e melhor o Cruzeiro está reforçando essa alegria, estou pensando em retomar a torcida Galo Gordo, juntamente com Cristiano Ribas (Tião) e voltar a frequentar o gigante da Pampulha.

  • Cleo Santos disse:

    Amigo Chico!

    Acredito que já está mais do que na hora do Cruzeiro “entrar em campo”, no que diz respeito ao Brasileirão. Apostamos tudo na Libertadores, o sonho acabou e a realidade é dura.

    Vencer o Santo André é mais do que uma obrigação. Chega de pensarmos na final da Libertadores, até porque não temos tão boas lembranças assim para ficarmos recordando.

    Chega desse assunto. Se o título desse ano não foi a Libertadores, definitivamente deveria ser o brasileiro. Quando o Cruzeiro resolver acordar, talvez não dê mais tempo.

    Cleo