Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Estou enganado ou acabou aquela puxação de saco e troca de confetes entre o Neymar e a mídia mais poderosa do país?

GALNEY

Se sim, este é um “legado” a ser comemorado da Olimpíada do ano passado. Desde o rompimento do atacante com o Galvão Bueno, que fez duras e justas críticas a ele na primeira fase dos Jogos do Rio, que a relação entre eles passou a ser profissional, sem oba-oba e enganação de lado a lado.

Neymar passou a ser mais sério dentro de campo e o tratamento a ele, jornalístico, como devem ser as relações entre profissionais das duas pontas, que “mamam na mesma vaca”, porém, em tetas diferentes. Bom para o futebol, bom para os telespectadores, ouvintes e leitores.


» Comentar

Comentários:
7
  • Alexandre Assis disse:

    Uai, o JB está sumido! Aliás, JB disse em post a poucos dias atrás que o Cru cru tem 18 jogadores titulares, agora estão dizendo cheios de desfalques. Mas a imprensa azul otimista destaca a volta de Nonoca, irmão de Tobe e primo de Dedé de Dora.

  • Leandro Fábricio disse:

    Realmente, boa observação caro chico maia…. nota-se um neymar mais ponderado e centrado e a mídia esportiva principalmente a tal da rede globo menos de oba oba com neymar…

    apesar de eu ter que dar o braço a torcer e enxergar que realmente tite deu outra cara a seleção e que mudou para melhor o futebol do time, o que me chama atenção é de que como praticamente esses mesmos jogadores atuaram com dunga jogando um futebol pobre e medonho e com o tite rapidamente como se em um passe de mágica logo adotaram o “esquema” do novo treinador e mudaram seu futebol da água pro vinho…. a maioria desses atletas que estão com o tite também o estavam com dunga antes….

    é gente… mistérios do futebol

    • Paulo H disse:

      Bem lembrado!Vejo a mídia elevando Tite a categoria de semideus,pelo futebol apresentado pela seleção,mas são os mesmos jogadores da era Dunga!Fica claro que,com Dunga,faziam corpo-mole pra derrubá-lo!Igualzinho ao Carioca e cia. ano passado com Marcelo…pra quem gosta da seleção,torçam para esse jogadores continuarem em lua-de-mel com o Tite…

      • Leandro Fábricio disse:

        Paulo, o que as vezes me desanima e da vontade de parar de torcer é esses lances igual aconteceu na final da copa do brasil ano passado…

        primeiro um sorteio de mando de campo manipulado na cara de pau e nem os dirigentes do atlético reclamaram, alí vi que tinha caroço debaixo desse angu, depois me chegou informações de fontes de dentro do clube que parte do grupo estava boicotando o marcelo oliveira, a coisa era nitida mas tudo “era teoria da conspiração” para alguns, ali cheguei a apostar com amigos meu que o titulo da copa do brasil já era do gremio, o negócio estava encaminhado sim, de um jeito ou de outro tinha certeza que o atlético não seria campeão…

        aí deu no que deu, tudo bem que futebol nem sempre o melhor vence e futebol é resolvido dentro de campo, mas o atlético tinha muito mais chances de ganhar essa copa do brasil do que o gremio, ou que pelo menos fizesse uma final pelo menos mais acirrada contra o time gaúcho, o que se viu foi uma final de copa do brasil em que segundo a imprensa foi a final de copa do brasil masi fácil vencida pelo campeão…

        o negócio foi entregue pelos jogadores que visavam seus interesses proprios… nesse caso derrubar o treinador

        mas num país de corrupção na petrobrás, mensalão, carne adulterada e muitas outras podridões mais, ainda tem gente que acredita piamente que não existe falcatrua no futebol e que tudo é teoria da conspiração

  • Eduardo Gomes disse:

    Chico, ontem na transmissão da Globo, ficaram quase o segundo tempo inteiro exaltando o Neymar, Casagrande, Ronaldo e Galvão Bueno, esqueceram do jogo e direcionaram os comentários só para ele.
    Creio que vc esteja enganado.

  • Angelo Assis disse:

    Realmente, na seleção de hoje podemos sim ver o dedo do técnico. O amadurecimento do Neymar, um técnico que sabe explorar o potencial do Paulinho, coisas que técnicos da Europa não souberam. Os brucutus do Dunga deram lugar a um time mais coletivo, de toque de bola e dá o bote na hora certa. Voltei a acompanhar jogos da seleção com muito prazer.
    Em compensação temos aqui em Minas um falastrão, que só sabe jogar sua torcida contra a arbitragem, que só vê erros de arbitragens em favor dos adversários e fracassa por onde vai. Aliás, se perder o clássico no sábado, Mano sobe no telhado. E se sair do Cru cru, vai ser como o Luxemburgo: mercado restrito, pois é técnico só nos microfones e está “fora de moda” por seus métodos arcaicos.

  • Alex disse:

    ….2 falas do Roger que me agradaram :1) clássico nãos e joga, se ganha….2) desa vez estamos completos e não é início de temporada….vai ser diferente…..acho que dessa vez deu ruim para os azuis…..o Galo vem motivado…..faca na caveira e sangue nos “zóio”……tá na hora de recuperar a freguesia…….