Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Cruzeiro empatou com o Corinthians ainda em clima de festa

CRUCOR

Thiago Neves disse que sentiu a “perna pesada” e considerou o empate bom resultado

Com a conquista da Copa do Brasil e a boa posição na tabela de classificação do Brasileiro, o Cruzeiro entrou em campo como se estivesse apenas cumprindo tabela e o jogo foi até bom. O time paulista conseguiu evitar a derrota, que poderia significar um grande baque na corrida ao título, considerado ganho.


» Comentar

Comentários:
5
  • Julio Avila (Mariana) disse:

    Cada time jogou um tempo e o empate foi justo,mas o cruzeiro jogando focado esse curintia não tem time pra gente! aliás no Brasil não tem time pra gente!#penta

  • J.B.CRUZ disse:

    Placar Normal: Dois Gigantes do Futebol Brasileiro..

    CRUZEIRO SEMPRE !!!…

    COPA BRASIL: AUTÊNTICO CAMPEÃO CINCO ESTRELAS !!!

  • Lucas H. Nobre disse:

    Ninguém fala do gol de cabeça mal anulado do Corinthians. O Curingão vinha de dois jogos em que foi beneficiado e todos sabem que a qualquer momento seria prejudicado e foi contra o Cru cru. Como são dois times queridinhos do poder não há reclamações, depois vem a recompensa. Falar nisso, o trio que não viu a mão do Jô, assinalou um penal ontem com a ajuda do árbitro de linha. Estranho não? E de erro em erro a cúpula faz um campeonato emocionadíssimo.

  • Alisson Sol disse:

    Eu assisti o primeiro tempo e, apesar do resultado bom até então, saí com a família no intervalo, por dois motivos:
    – Um coisa é o time “esperar abrir espaços para o contra-ataque”. Outra coisa é o time “enrolar”. O Cruzeiro fez um gol em uma bela jogada, e poderia ter feito outros. Mas, como já no jogo contra o Flamengo, se recusava a atacar. Fez o gol e se acomodou. Parecia que estava esperando as penalidades!
    – O juiz, de maneira sutil, ajudava o Corinthians. Em 4 décadas acompanhando futebol, jamais vi uma reversão de lateral por ter sido batido fora do lugar. Aí, o jogador do Corinthians, exatamente no mesmo lateral revertido, bate fora do lugar, e o juiz manda repetir o lateral no lugar certo. Outras vantagens estranhas, ou paradas de bola quando o Cruzeiro atacava, completavam o serviço. Finalmente, teve o lance da penalidade. O juiz procurando um jeito de dar uma penalidade para o Corinthians, e achou. Não fosse aquele lance, achava outro. E só anulou os gols em impedimento porque os bandeiras já havia marcado e os jogadores do Cruzeiro parado, e ir contra o assistente ia dar muito na cara.

    De qualquer forma, o Cruzeiro não mereceu vencer: se continuar jogando com esta preguiça, melhor colocar juniores e já avaliar para 2018.

  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    Faltam 05 pontos… rs
    Valeu Penta-Campeão !!!