Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Globo demite mais de 20 no esporte ao mesmo tempo em que anuncia patrocinadores de suas transmissões em 2018

GLOBO

Desde ontem pipocam informações de demissões na equipe de esporte da Rede Globo simultaneamente à divulgação pela emissora, no Jornal Nacional de que ela fechou os patrocínios cobertura da Copa do Mundo de 2018, com seis marcas brasileiras: Banco Itaú, Brahma, BRF, Coca-Cola, Johnson & Johnson e Vivo. A R$ 180 milhões, cada. A Chevrolet e a Ricardo Eletro, não renovaram.

Hoje as notícias de muitas demissões ganharam força, de entre 20 e 40 profissionais foram demitidos. O portal Imprensa deu mais detalhes: * “Globo demite mais de vinte jornalistas e unifica redações”

Por Marina Oliveira

A Rede Globo demitiu na tarde de segunda-feira (16) e manhã de terça-feira (17) mais de vinte profissionais do núcleo de esporte. As demissões aconteceram no Rio de Janeiro e também em São Paulo onde, segundo fonte ouvida pela IMPRENSA, já eram esperadas desde a semana passada.

Ainda de acordo com essa mesma fonte, o corte teria sido motivado por redução de custos. Desde agosto, as equipes do esporte em São Paulo atendem as demandas de pauta tanto da Globo quanto do Sportv.

No Rio de Janeiro, a redação também foi unificada e os profissionais estariam concentrados no edifício da Barra da Tijuca e não mais no Jardim Botânico, formando uma redação única para Globo Esporte, GloboEsporte.com e Sportv.

ADEMAR

O ótimo comentarista Luiz Ademar é um dos nomes mais conhecidos desses cortes.

Alguns nomes confirmados na lista, segundo o portal Comunique-se:

TV Globo
Luciana Ávila
Claudio Schwab
César Seabra
Cláudio Moraes
Rosane Araujo
Carla Canteras

SporTV
Norton Marcon
Mariana Brochado
Pedro Motta
Alfredo Taunay
Vanessa Riche
Luiz Ademar
Chafi Haddad
Marcelo França
Rivelino Teixeira
Idival Marcusso
Bianca Junqueira
Renato Matte
Marcos Carvalho
Joyce Brune

GloboEsporte.com
Marcelo Guimarães
Alexandre Sattamini
Cida Calu
Alexandre Fernandes
Mariana Barros

***

Procurada para comentar o assunto, a emissora divulgou a seguinte nota: “Desde outubro de 2016, quando a área de Esportes passou a atuar em um novo modelo organizacional, trabalhamos intensamente para implementar uma estrutura funcional ainda mais dinâmica.

O projeto como um todo não nasceu com o objetivo de cortar pessoas e sim de rever a forma de atuação das diferentes áreas que atendem ao Esporte, criando uma visão sinérgica. Os ajustes foram feitos em função de um desenho integrado ideal.”

O executivo Roberto Marinho Neto assumiu, em 2016, o comando de todas as operações de esportes da emissora, bem como a compra de direitos dos programas e as soluções multiplataforma do Sportv.com e GloboEsporte.com. Robertinho, como é conhecido, vem promovendo mudanças no núcleo desde então. O segmento passou a ser independente do setor de jornalismo.

Transmissão

Nesta segunda-feira (16), a emissora anunciou, por meio de nota, que fechou suas seis cotas de patrocínio para a Copa do Mundo do ano que vem, que será realizada na Rússia.

Há menos de dois meses, em agosto, a Globo já tinha fechado suas cotas de transmissão do futebol para 2018, que incluem as partidas do Brasileirão, Copa do Brasil, Taça Libertadores da América, Copa Sul-Americana, além dos principais campeonatos estaduais.

O projeto de comercialização da Globo para transmissão da Fórmula 1 também já está fechado para o ano que vem.

http://portalimprensa.com.br/noticias/brasil/79748/globo+demite+mais+de+vinte+jornalistas+e+unifica+redacoes


» Comentar

Comentários:
7
  • jorgemoreiras disse:

    Pra mim este Luiz Ademar é um chato igual ao tal de Carlos Eboly, dois bairristas que só falam dos times de rj, e sp, dois malas

  • Thales Rosa disse:

    vai entender… pleno ano de copa do mundo..

  • J.B.CRUZ disse:

    Ao Apoiar as Esquerdas (pediram até perdão); a GLOBO sucumbiu Junto com a Política Nefasta que Jogou o País no Fundo do Poço…Agora Paga Pelos Seus Pecados: ROBERTO MARINHO, Vira e Revira em Seu Túmulo com a Traição de Seus Filhos….

    • Douglas Mello Garcia disse:

      “Ao apoiar as esquerdas”…
      Eu me pergunto: Que mundo vive um sujeito que acredita que a Globo apoia as esquerdas.?!? Que doença é essa que faz estas pessoas criarem esse mundo paralelo de inversão da verdade ?!?

      A Rede Globo, não só empreende um jornalismo econômico de extrema direta, apoiando todas as ideias neoliberais, com tem em seu quadro analistas totalmente voltados as premissas do “deus-mercado”.

      Do ponto de vista político a Globo sempre apoiou TODOS os golpes de Estado, representando assim um dos grupos empresariais mais nocivos ao Brasil e a democracia. A Globo sempre esteve de braços dados com a ditadura militar…e foi muito bem recompensada pelos milicos.

      É muito cinismo e desfaçatez escrever que a Globo apoia as esquerdas…

  • Helio Antonio Corrêa disse:

    Só de ter ficado livre do intragável do CERETO, ja foi um ganho.
    Aquilo nem parecia jornalista, somente o Corinthians prestava e em segundo lugar o futebol paulista. O resto não valia nada e nem contava.
    Nesta situação de agora do Mano Menezes, ele faltou assinar o contrato dele com o Palmeiras, tal era a força que fazia pelo clube paulista. Nao respeitava um gigante tão grande quanto o time palmeirense.
    Ja foi tarde, e tomara que nenhuma empresa do setor o contrate.
    Pena que não levou junto o GALVÃO BUENO.

  • Paulo Aguiar de Rezende disse:

    Estes são os que se recusaram a usar saias, durante as transmissões.