Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Galo empata mais uma, agora com o Vasco e Corinthians comemora título

fred

Fred empatou para o Atlético em mais um jogo que teve o goleiro Victor como o melhor do time

A briga por vaga na Libertadores continua, mas não foram tantos pontos “bobos” perdidos, que este empate na casa do adversário teve sabor de derrota, especialmente porque o Vasco tem elenco limitadíssimo e está à frente do Atlético na classificação.

jo

Enquanto isso o Corinthians virou em cima do Fluminense, 3 a 1, e confirmou o título em casa, com todos os méritos. Jô marcou a sua volta por cima nesta temporada com o campeão.


» Comentar

Comentários:
54
  • humberto disse:

    Porque a imprensa mineira é tão covarde quando se trata do galo, qualquer coisa envolvendo o galo é aquele estardalhaço todo, gritam aos quatro cantos do mundo o que esta acontecendo, mas quando é do outro lado, escondem, não divulgam, mentem, dão uma de defunto, ficam quietinhos. A radio de minas então não fala nada, impressionante, parece que aqui em minas existe a lei do silencio com relação a isto. Ainda bem que a imprensa nacional esta divulgando, porque se depender da nossa aqui vai tudo pra debaixo do pano.

  • Guilherme Leôncio disse:

    Jesus Cristim, Jair Ventura não, chega de experiências, senão vão jogar o galo na segundona de novo.

  • José Eduardo Barata disse:

    Não é por nada não , mas a Chapecoense , time que foi
    remontado este ano , tendo Wellington Paulista como sua
    estrela máxima , acaba de passar o Atlético na tabela de
    classificação , a três rodadas do final .
    Como torcedor , a gente fica p…da vida por termos Victor,
    o melhor goleiro do Brasil , Marcos Rocha , o melhor na
    sua posição no país , Leonardo Silva , o Libertador , além
    de selecionáveis como Otero e Cazares , jogadores que
    disputaram eliminatórias da Copa por seus países ,além
    do Oásis de Qualidade do time ( essa é do Igor da 98 ) ,
    a dupla fantástica Robinho e Fred , cujos salários de um
    mês pagam a folha da Chape de um ano .
    Sem falar do Elias que é titular em qualquer equipe do
    mundo . Não são essas as referências ?
    Essa imprensa nociva , com profissionais (?!?!) pra lá
    de comprometidos com o “status quo” decadente do
    futebol brasileiro , a justificar os vexames que nos são
    proporcionados por dirigentes desqualificados, tem ela
    uma importante parcela no descalabro a que chegamos.
    Hoje o que se discute é renovação de contratos desses
    atletas que não tiveram a menor vergonha na cara e o
    menor respeito por uma instituição e por sua torcida .
    MEDÍOCRES TODOS ELES , dirigentes em primeiro
    lugar,atletas e uma imprensa sem preparo para exercer
    sua função precípua , pois lhe falta qualidade .
    p.s.
    Vi por aí que a Cidade do Galo inaugurou mais um dos
    seus inúmeros campos .
    Agora cada jogador tem o seu . São mais de trezentos.
    Quisera eu que deixassem um espaço para termos por
    lá um campo de terra , onde os “craques” mirins fossem
    treinar de kichute e tendo uma bola de borracha Dente
    de Leite , vazia , para que pudessem aprender o que é
    jogar futebol de verdade .

    • Renato César disse:

      A imprensa tem a sua parcela de culpa. Mas a principal responsabilidade é da diretoria. Espero que o Sette Câmara não cometa o mesmo erro do Nepomuceno: fechou com o técnico, já começa a trabalhar a montagem do elenco na mesma hora. Roger Machado veio aqui em Dezembro, assinou contrato e só foi trabalhar um mês depois.

      Cuca já deve ter passado uma lista de nomes para a diretoria trabalhar. Se o Sette Câmara não pode assinar contratação ainda, que o Nepomuceno assine. Isto não precisa ser divulgado, mas que esteja acontecendo pelo menos.

      Sobre o CT, não sei para quê tantos campos. Os últimos técnicos que passaram aqui, quando tiveram intervalo grande entre jogos, marcaram treino para dois dias antes do jogo. Se não é para trabalho técnico – tático, para que servem os campos lá?

    • J.B.CRUZ disse:

      CARO JOSÉ EDUARDO BARATA:
      Quando Você ”mistura” o Futebol de Hoje com o Futebol do Passado, Entram em Conflito os Dois Extremos no Campo da Personalidade Humana..O BOM, e o MAU, o ALTRUÍSTA e o EGOÍSTA, o SOLIDÁRIO e o APROVEITADOR: o SUBLIME e o PERVERSO Ficam Permanentemente de Vigia..
      É a FANTÁSTICA METAMORFOSE que a VIDA nos Concede ao longo da Caminhada através das Épocas e dos Anos…Nós Que Vivemos os Anos Encantados do Futebol do Passado onde se Misturavam os Mais Nobres Sentimentos( ENCANTAMENTO, PAIXÃO E AMOR A CAMISA); Hoje Convivemos com o Mesmo Futebol, só que Com Sentimentos Mercenários e Mais Hipocrisia, Demagogia e Raríssimas Demonstrações de AMOR E PAIXÃO ao CLUBE, Principalmente pelos Nossos Dirigentes, Equipe Técnica e Jogadores….Confesso que se Pudesses Arrancar do Coração o Sentimento Impregnado de AMOR AO PALESTRA-CRUZEIRO: Arrancaria…Mas Como não Posso; Torço Sob Protesto……Mas, pelo Glorioso MANTO ESTRELADO que Sempre nos Deu mais ALEGRIAS que TRISTEZAS, Continuo a Cultivar, Admirar e Sentir Orgulho de Nossas Conquistas…
      Parabéns Pelo Comentário…..

    • Paulo César disse:

      Queria ampliar sua crítica:

      Provavelmente, tomarei algumas pancadas por aqui, mas parte da culpa (ou responsabilidade) deste cenário é também de uma fração (de tamanho relevante) da torcida, que não aprendeu a torcer com uma mentalidade vencedora, sob o ponto de vista de priorizar o clube, e não o passado de alguns jogadores.

      Explico: hoje em dia, é quase proibido se criticar jogador A ou B que foi responsável por uma conquista num passado recente, mas que “ontem” ou “anteontem”, teria tido uma atuação bizarra… Ao criticá-lo, você é tachado de “Maria”, de torcedor do rival, etc. e tal. Não advogo em causa própria. Mais observo que provoco. Devolvo algumas provocações, no máximo. Mas reparo este comportamento nos blogs e canais de YouTube de atleticanos, e vejo este comportamento. Gente radical, xiita (não no amor ao clube, mas na incapacidade de perceber que, em primeiro lugar, deve vir o clube, sempre…). E estas pessoas fazem mal (obviamente, na minha opinião) porque acabam virando formadores (de nível discutível) de opinião de alguns torcedores. Legal que o Galo tenha tido um 2013 fantástico, um 2014 inesquecível… mas a vida continua. E de uma maneira cada vez mais acelerada…

      Chegará o dia em que a maioria absoluta da torcida atleticana aliará a paixão, incomparável e que a faz rara, à dose razoável de razão, e entenderá que, antes de jogador A, B, C ou D, dirigente fulano ou sicrano, o mais importante é o interesse do clube. Daí em diante, será ainda mais vencedor. Eu tenho fé…

    • Regi.Galo/BH disse:

      Tá lá… mais um da Alemanha.
      (…)
      – Acredita Brasil!!!!

    • Carlos Almeida disse:

      Texto irretocável amigo Barata.

      O suprassumo do superestimado camisa 7, que pipocou em TODOS os jogos importantes e decisivos da temporada passada e se recusou a jogar bola durante quase todo esse ano.
      Pra quem não anda com a memória lá mto boa, até pra passado recente, basta lembrar a cobrança do pênalti contra o Grêmio no Sul, a forma da cobrança, a sua reação e o seu comentário na saída do campo.

      Mas como as propostas não apareceram, o Santos tem uma política de teto salarial, além do Bruno Henrique, o cidadão agora resolveu jogar bola.

      Ainda no ano passado, Emanuel Carneiro disse que o salário do Robinho era de 1,2 milhões, e que caso a Dry Word não arcasse com a sua parte, pelo contrato o Atlético seria obrigado a fazê-lo.

      Pela produção, pelas temporadas, pelo conjunto da obra, mesmo que se reduza o salário pela metade, que seja 500 mil, já seria mto, mas mto mesmo.
      E olha que potencialmente é o melhor jogador em atividade no futebol brasileiro. Mas e daí?

      Tardelli por 700 mil/mês tem um custo benefício infinitamente melhor.
      Mto mais jogador, regular e efetivo.
      E acima de tudo, comprometido com o clube.

      • Renato César disse:

        Estou conseguindo, acreditando em trocas de jogadores e boas negociações de preço, montar um elenco de 33 jogadores por cerca de 5 Milhões de Euros. E a média de idade estaria entre 25 e 26 anos.

        Com um possível interesse do Palmeiras pelo Marcos Rocha, acho que conseguiria até reduzir o valor investido para uns 4 Milhões de Euros e ainda reduzir a idade média para entre 24,5 e 25,5 anos.

        Se as contratações dessem certo, economizaria também os cerca de R$ 450 Mil/Mês que o Robinho está pedindo.

        Pena que avaliação de perfil e rendimento de jogadores na montagem de elenco é utopia de torcedor. Nos bastidores as coisas funcionam de outro jeito.

        • Carlos Almeida disse:

          Queria eu ser otimista tbm, mas ainda impossível ver a perspectiva de uma diretoria, que ainda não se sabe exatamente nem os nomes que poderiam e até já deveriam estar articulando negociações.

          E como a fatura da administração desastrosa do Nepomuceno já chegou, pelo andar da carruagem até esse momento, é improvável disputar novamente a Libertadores.
          E a não disputa da Libertadores pesará demais no poder de negociação do clube em boas contratações.
          Pela primeira vez nos últimos 5 anos, o Atlético estará em desvantagem, e agora talvez até em relação aos 8 clubes brasileiros que disputarão a competição.

          Ou seja, 2018 será um período de seca, de vacas magras.

          O clube precisará trabalhar uma estrutura de time, como foi com o Cuca em 2011.

          • Renato César disse:

            A Libertadores é boa para argumentar nas negociações, mas o Galo tem outro trunfo: ser bom pagador. Não acho que faltará poder de negociação.

            Nosso problema será outro: incapacidade dos dirigentes para achar boas oportunidades.

      • luiz ibirite disse:

        Carlos com todo respeito, o tardelli seria mais por vontade da torcida do que pelo futebol, nao se esqueça que esta 4 anos mais velho! Concordo se houver uma grande renovação de elenco e que ele seja um dos veteranos desta renovação!

        • José Eduardo Barata disse:

          E atenção : o Tardelli “comeu” banco lá por quase
          um ano .
          Eu acho assim : o que foi , foi . Passou .
          Passaram Donizete e Pierre , Jô , Reinaldo , Cerezo ,
          o inconteste Ronaldinho Gaúcho , Marcos Rocha , o
          Dátolo também passou , enfim , olhemos para frente .
          Talvez o Bernard , mas sem o R1000 será que joga ?

        • Carlos Almeida disse:

          Sim, mas ainda acredito que jogará mta bola nesse fraquíssimo futebol brasileiro.

          O Tardelli é um jogador completo, compõe meio e arma, joga pelas pontas e define como ninguém.

          Robinho enfeita, enfeita mas só se dá bem fazendo aquela diagonal da esquerda pra dentro da pequena área.

  • Igor Mendes disse:

    O Osvaldo escala o Elias de forma errada, ele não rende atuando como volante de contenção e primeiro combate, joga mais solto chegando ao ataque. Outro que poderia armar, seria Otero, mas jogou de ponta direita. Valdívia é muito enganado, jogador ciscador, média de 5 a 6 gols por ano. Robinho pelo meio, uma lástima e não é de se estranhar, jogando contra os considerados grandes, ele some realmente. Bola alçada na área do Galo é mortal. O ataque do Galo perde gols demais, inclusive, pra definir uma partida. Merecemos ficar fora da Libertas este ano. Agora, Jair Ventura, só mostra que o galo ultimamente abriga aventureiros do futebol. Cuca ou Levir já. Volta Tardelli e Bernard!

  • Gabriel Júnior disse:

    Como a imprensa mineira está comprada, ao Galo somente crise, enquanto pipoca dívidas do lado de lá e o paraíso é ali. O Galo empata fora com o 8º colocado e é uma tragédia; e o cru cru empata dentro de casa com o penúltimo colocado e a imprensa trata como vitória. O problema do Galo não são os últimos resultados, mas as partidas fáceis perdidas em casa, inclusive para times da parte de baixo. Vasco é um time limitado, mas vem colhendo bons resultados no 2º turno assim como o Bahia. Não que o Galo esteja jogado bem, mas menas gente, menas. E a torcida mais exigente das galáxias se contenta com o 5º lugar.
    Pra piorar o puxasaquismo, início da semana manchete do superesportes: cru cru fará tudo pra ficar com Diogo Barbosa… Meio da semana, cru cru vende Diogo Barbosa para o Palmeiras. Como se vende algo que nem seu é? Outra coisa, as vezes aparece o novo presidente azulino resolvendo pendências do clube, agora o antigo aparece dando desculpinhas pela saída do Diogo. Isso acontece também com os diretores, Tinga e Itair se revezam no noticiário. O time azul é bi em tudo, mas na hora H quem resolve tudo é Benecy e os senadores.
    Essa história de Jair Ventura no Galo me dá tristeza, é um Róger Machado bem piorado. Uma coisa é dirigir time do Rio próximo da cbf, outra coisa é dirigir o Galo. Fracasso na certa!

  • Pedro Vítor disse:

    Acho que o Gustavo Blanco tem sido escalado na ponta direita e isso está comprometendo seu futebol.

    Oswaldo tem que coloca lo no meio campo mas precisamente na posição exercida pelo Elias que já há bastante tempo não vem bem e ontem mais uma vez não fez uma boa partida. Elias foi um que jogou melhor pela direita que no meio campo no qual foi contratado a peso de Ouro

    Quem tem entrado bem é o Yago e outro que não tem jogado sendo sempre a primeira substituição do Oswaldo é o Adilson um jogador bom no desarme mas erra passes demais. Tá sempre perdendo bola no meio e deixando a defesa em situação ruim. É um bom jogador mas precisa melhorar o passe

  • Antonio marcos disse:

    Sou atleticano mas parece que Os atleticanos em geral São bestas muito bestas meu Deus será que vocês não vê que esse time horroroso que ele não vai a lugar nenhum fica sonhando com a libertadores gente se na realidade estamos lutando para não cair esqueça Libertadores pessoal vamos focar ganhar mais pontos aí infiltrar alguns jogadores aí e dispensar outros pois esta campanha de final de Campeonato me parece que só vai servir para alguns come dorme renovar contrato não vou citar mais nomes Pois todos já sabemos basta você ver o time do Corinthians não tem muita estrela um outro mas é um bando de guerreiro algo que o Atlético perdeu de um tempo para cá

  • Carlos Henrique disse:

    Comentar futebol é dificil, aplausos para quem vive disso
    apesar de alguns quererem impor suas ideias , tem muita mala comentando
    Quando Osvaldo veio, pensei e falei com os amigos atleticanos
    danou-se mais uma do Nepomuceno
    e deu certo e continuaria com ele
    fala lingua de boleiro, bom nas entrevistas, papo bom , leve e solto
    mas nao se, sinceramente se faria uma reformulaçao no Atletico
    como lançar jogadores jovens da base, ou contratados mais jovens
    gosta muito de recuperar experientes, como fez com Robinho
    e esta fazendo com Fred
    mas se ficar, e a diretoria afastar alguns experientes
    vai ter que lançar garotos, e contratados mais novos
    neste time ficaria Victor, Fabio santos,leo silva (compor o elenco)
    Robinho o resto eu negociava
    Marcos Rocha foi um grande lateral tai a bastante tempo
    ta na hora de mudar de ares
    muito bom na saida de jogo e cruzamentos
    mas a maioria dos gols saem nas suas costas
    ontem teve uma cobertura legal para ele, todo time joga ,nas costas do MarcosRocha
    sempre chegavam dois para ajuda-lo
    mas ta na hora de ir

  • Carlos Henrique disse:

    Já vi alguem aqui postar, falando mal do Victor
    deve ser cruzeirense passando por atleticano
    ou um atleticano do contra
    aquele cara, que tem na sociedade
    que tem o prazer de ser do contra
    contra a familia, politicos, jogadores
    aquele que nao tem jeito
    mas acredito que é cruzeirense
    a vida de goleiro é tao dificil
    que onde ele pisa nem grama nasce
    por melhor que seja o gramado sempre fica o sinal
    de pouca grama
    mais uma vez o nosso goleiro nos salvou
    fez umas 4 defesas importantes.
    foi um monstro
    o melhor jogador em campo
    PQP É O MELHOR GOLEIRO DO bRASIL
    VICTOR
    segundo tempo o time melhorou e poderia até ganhar o jogo
    mas o primeiro tempo so o Vasco jogou bola

  • Guilherme Gonçalves Costa disse:

    Às vezes no calor da emoção, nós torcedores acabamos por falar besteiras sobre alguns jogadores, isso é normal. Mas é inegável que Victor é um dos melhores goleiros do Brasil em atividade. O que este cara defendeu ontem foi brincadeira!!!! Um monstro! Ainda tem jeito de beliscar esta vaga. Basta jogar com vontade os últimos 3 jogos. O Curintia será um deles e já entrou de férias ontem. O Grêmio está preocupado com a Libertadores. O mais chato, creio eu, será mesmo o Coritiba. Acho que os rebaixados também estão praticamente definidos. Talvez com a salvação da Ponte e a inclusão do Vitória entre os 4 últimos.

  • Rafael disse:

    Elias, mais uma vez, nulo.

    Oswaldo poderia ter substituído o Valdívia por um volante – Blanco ou Yago – e adiantado o Elias para armar.
    Time jogou sem armador e sem alguém pelo meio, com praticamente dois jogadores pelos lados, quase como pontas – Otero pela direita e Valdívia pela esquerda.
    Acabou que Robinho tentou ser esse armador pelo meio e deixou de ser uma arma na frente pela esquerda.

    Blanco entrou mal, está sem ritmo.
    Duro ouvir Bob Faria falar que o Roger Bernardo tem grande qualidade.

    Victor salvou. Falta 1 ponto para escapar do rebaixamento.

    • humberto disse:

      Elias não tá jogando nada, é um peso morto dentro de campo, mas deve lembrar que tanto no corintians, como no flamengo ele nunca foi volante, e aqui no galo ele joga de primeiro volante, não vai dar certo nunca, só o cabeçudo do treinador não ve isto. Colocaria Adilson, yago ou blanco, e elias na meia no lugar do raquitico valdivia

  • Rodrigo Assis disse:

    Apesar das ótimas chances criadas pelo Vasco, dava pra ter vencido. Não gostei da substituição do Otero ontem, ele estava bem na partida.

  • Pedro Vítor disse:

    No primeiro tempo achei que iríamos tomar uma sapecada, mas o Vasco correu muito e fez um gol com uma contribuição enorme do Leonardo Silva e Fábio Santos.

    No segundo o Galo empatou e poderia ter virado.

    Se o Oswaldo classificar este time para pré Libertadores será muito bom. O Atlético enfim alcança os 47 pontos que na segunda rodada do Brasileiro ainda com o Roger como técnico achei que não chegaríamos.

    Se o Grêmio conquistar a Libertadores o caminho fica mais fácil pro Galo chegar e fazer história !

    • Renzo Castro disse:

      Pedro Vitor,como você é otimista com este time horroroso do galinho,eu gostaria que todos os Brasileiros fossem otimistas com os políticos,igual a você com este timinho.

  • Renato César disse:

    Focando exclusivamente no gol marcado, a gente vê que as coisas vão de mal a pior. O Fred parecia um centroavante da várzea finalizando: todo torto, chutando de dedão, pegando a grama, mais explosão no movimento do que força no chute.

    O time a esta altura começa a transpirar. Porém, com mais de 80% da temporada já passada e correndo errado, percebe-se o cansaço.

    O Victor fez muitas boas defesas e em outras tantas contou com a sorte. Aliás, sorte esta que nos abandonou de novo por longo período.

    • Lucy disse:

      Caro Renato César,

      Agradeço suas palavras na minha análise anterior. É inconteste que sua conduta aqui é uma das mais íntegras e vívidas. Em face às considerações sobre o jogo de ontem, filio-me ao seu entendimento.

    • José Eduardo Barata disse:

      Caro RENATO CÉSAR ,
      como ousas falar do Fred , o Chefe da Área , o suprassumo
      do atacante definidor , aquele que é exaltado em prosa e verso
      pelos baluartes dessa nova imprensa que temos , conhecedores
      profundos da arte de se jogar bola ?

      • Renato César disse:

        O Fred até, historicamente, de fato é um “fazedor de gols”. Mas este lance é a caricatura do nosso momento. Parece até na minha infância, menino de 6 anos de idade, quando a gente chutava uma bola coquinho no salão ou uma bola de couro molhada nos “gramados vermelhos” dos bairros da cidade nas peladas.

      • Paulo César disse:

        Reforço a “crítica” do José Eduardo Barata ao seu comentário, Renato César: não aponte “sorte’ ao Victor; aponte sempre competência irrefutável… Porque, se você critica o Victor, para uns, está querendo tirá-lo do time, afinal trata-se de um quase-santo…É duro…

      • jorgemoreira disse:

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk é por estas e outras que logo ao ligar a TV pra assistir aos jogos eu tiro o somkkkkkkkkkkkkkk Bob sendo mais uma vez bôbô, sem contar os falsos comediantes esportivos

        • José Eduardo Barata disse:

          Pra entrar nessa roda , quero dizer que não sei mais
          o quê (quem) ouvir nas transmissões .
          Tenho ligado a 98 , mas da equipe que participa dos
          jogos do Atlético só se salva o Padreco.
          O Igor e o Madeira precisam deixar de lado aquelas
          brincadeiras de adolescentes , e se não são de todo
          engraçados , que tratem de suas ocupações com
          um mínimo de critério .
          O Gilbert , bem , esse nos provoca o estômago , com
          suas performances à la Galvão Bueno (argh!!!).
          Dos outros veículos nem falo , já deletei do meu dial.
          Estou a esperar a efetivação de uma locutora que fez
          a sua estreia num jogo do América .
          Quem sabe ?

  • Julio Cesar disse:

    Mas o Jô so conseguiu fazer o que fez no Galo, na Liberadores prq tinha R10, Tardelli e Bernard. Depois que parou de beber e sei la mais o que, e se concentrou voltou a jogar bola no Corinitians.
    Quanto a Jair Ventura, se for verdade, Sergio Camara sinaliza que segue a cartilha do Nepomuceno. As experiencias recentes desastrosas com Aguirre, Roger, Micale não serviram pra nada.
    Não estou entendendo essa “leleia” toda envolvendo o limitadissimo Diogo Barbosa !! É como Egidio mesmo.

  • Márcio Luiz disse:

    Gostaria de falar sobre o Jô, um dos heróis da nossa história recente alvinegra.

    Há um ex-radialista chamado José Luiz Gontijo que tem uma estranha aversão a esse excelente centroavante. Senão vejamos:

    No início de 2013 o Gontijo; que se acha mais realista que o rei; ironizou:
    “O Galo ser campeão da Libertadores com Jô de centroavante, ô coitado”.
    Dançou na previsão como todos sabem.

    E em 2017, no início do brasileirão, ele postou quase a mesma frase:
    “O Corinthians ser campeão brasileiro com Jô de centroavante, ô coitado”.
    Dançou de novo. Quá quá quá!!!

    E aí quando a gente contesta essas asneiras que ele escreve em seu Twitter, ele se defende nos bloqueando, como fez comigo.
    Quá quá quá de novo pra você JLG. Aceita que dói menos, “mestre”.

    • Renato César disse:

      Se não estiver enganado, Jô e JLG têm o mesmo problema.

      No caso do centroavante, o Kalil foi lá em Porto Alegre tirá-lo daquela piscina de latinhas, aí ele rendeu aqui no Galo. Depois voltou para a mardita e caiu de novo de rendimento. Lá no Corinthians, depois da milésima vez que a esposa deu uma chance a ele, parou com a bebida e é o artilheiro e campeão do Brasileirão.

      Enquanto isto outro… Bem, o outro eu não recomendo a leitura.

      • Márcio Luiz disse:

        Oi, Renato!
        Esse “problema” é só para os fracos. Pra mim é “solução” traduzida em diversão e inspiração.

        Tô nem aí para o que o CIDADÃO JÔ faz fora de campo ou o CIDADÃO JLG faz fora do Twitter. O que não pode é o cara (jornalista) detonar o jogador ANTES de ele jogar e depois não se retratar.

        Lembra do Guilherme/99? Pois é, era o rei da noite; mas quando entrava em campo com o nosso manto sagrado arrebentava, principalmente contra o “lado de lá”.

        Saudações alvinegras.

        • Renato César disse:

          Também não é da minha conta o que fazem “fora”. Só expliquei o porquê do que acontece “dentro”. Quem não sabe como usar, acaba fazendo errado.

    • jorgemoreira disse:

      Pô Marcio depois desta só falta voçê falar que lê as bobagens do tal flavio anselmo, tambem, este sujeito faz parte da galeria dos maiores idiotas da imprensa esportiva mineira, um boçal, e que tem verdadeiros admiradores dentro da atual pior safra de faladores esportivos de minas(jornalistas radialistas eles não merecem ser chamados disto) sei não acho que vou ser …………..

      • Márcio Luiz disse:

        Meu caro JORGE,
        só lendo/ouvindo/assistindo a tudo é que eu posso ter um parâmetro do que bom e do que é “péssimo dos péssimos” no jornalismo esportivo, como é o caso desse ex-radialista em sua perseguição injustificada ao JOGADOR JÔ, artilheiro da Libertadores pelo Galão.
        Teve um aí que disse que é porque ele jogava ao lado do R10. Então tá, pusesse o He-Man ou o Ricardo Bueno lá pra ver…

        Leio (e ouço) tudo que vc possa imaginar: até o F. Anselmo de vez em quando. sobretudo quando o GALO ferra o time dele, quá quá quá! Mas parece que ele não anda bem, não tem escrito mais.

        Ouço até o Wilson José (domingo 12 h, rádio Super), que deve ter uns 50 anos de rádio, mas que até hoje não aprendeu a falar no rádio, rs, e por aí vai. O futebol é uma “bença”.

        Saudações alvinegras.

    • José Eduardo Barata disse:

      Alô , MÁRCIO LUIZ ,
      é com isso que temos que lidar hoje em dia .
      Nunca vi tanta nulidade a despachar bobagens
      em nossos ouvidos .

      • Márcio Luiz disse:

        Pois é, Barata.
        E tem meia dúzia de “emprenhados” pelo ouvido que tratam esse ex-radialista como “mestre”.

      • Renato César disse:

        Estes caras não têm muita preocupação com o que fazem. Estes dias o tal do Igor lembrou uma postagem do ano passado, do dia em que o Atlético-GO garantiu o acesso à série A, dizendo que era uma vaga a menos no Z4.

        Tudo bem que o time está virtualmente rebaixado mesmo. Mas, matematicamente, ainda não. E a vitória sobre o Botafogo ontem no Rio deve ter arrepiados os cabelos que ele não tem.

        Nas próximas três rodadas, os goianos pegarão times sem pretensão alguma na competição. Problema é que dependem de uma combinação de resultados que, ainda que possível, é pouco provável.

        Como jornalista, deveria se portar com mais cautela.

  • Regi.Galo/BH disse:

    O Galo com este conjunto ‘todo desconjuntado’ até que fez um bom segundo tempo: o Léo Silva, o Valdívia e o Robinho foram totalmente abaixo da crítica; o Roger Bernardo não sabe até agora para quê entrou; e o Vasco ficou pedindo para perder o jogo, mas não teve jeito.
    Próximo!

    • humberto disse:

      Osvaldo de oliveira adora jogador medalhão e velho, prestem atenção nisto, é só observar sua escalações e substituições.

    • Carlos Henrique disse:

      ´ É amigo,guentá o Bob Faria, falando da qualidade do Roger Bernardo é duro
      tem gente que vive de futebol eu nao
      e muito de nós conhecemos mais que alguns comentaristas
      e queimam a lingua, sao anos de janela , comentando jogos quarta e domingo
      e falam besteiras
      como o amigo disse do jornalista falando do Jô
      o outro falando do Roger Bernardo
      o Chico Maia que é um grande jornalista esportivo e conhece futebol
      deve rir dos colegas
      fala serio, que qualidade tem o Roger Bernerdo.
      Elias pra min foi o pior em campo.
      Fabio Santos, o melhor jogador do Atletico
      na temporada vacilou em alguns lances
      mas isso é futebol nhe
      acontece

      • Luis Cláudio disse:

        O Bob Faria “quebrou” a bola do jogo um monte de vezes., Kkkk!

      • Regi.Galo/BH disse:

        Concordo, Carlos.
        Eu até que torci muito pelo Roger Bernardo no início, até pra gente se livrar do Carioca.
        Porém, este me decepcionou muito, pois sempre está ‘perdido’ em campo, em todo jogo.

        E, quanto aos comentaristas, fica sempre parecendo que eles são obrigados ‘por força maior’ a emitirem opiniões quando verdadeiramente não às têm. Também desisti de querer entendê-los.
        Está muito difícil encontrar alguém que realmente apresente uma opinião condizente com o fato.

        Abraço!

  • Márcio Luiz disse:

    O Galo não conseguiu ser cirúrgico como pedem os jogos desse tipo. Mas em contrapartida, Victor voltou a ser “santo”; pegou até pensamento. Poderiam estar jogando até agora que ficariam nesse 1×1.

    O GALO tá vivo. E tem gente que só de pensar nisso começa a trëmër.

    • Fred disse:

      O Galo ta vivo? Tem que vencer ao menos 2 dos 3 jogos restantes: Coritiba, que só sabe empatar e tirar ponto dos outros, Corinthians e Grêmio! Com essa bolinha que tá jogando, muuuuito dificil. Nem se o Gremio conquistar a LA e gerar mais uma vaga… Gostaria de ver o Galo continuar a sequencia de Libertadores, mas acho que não vai dar, e o time tá merecendo nao ir. Se classifica, vai ter gente achando que o time é bom e esses jogadores renovam contrato.