Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

No andar da carruagem, clube sul-americano para derrotar um europeu numa final dessas, só se for através de uma zebra do tamanho do continente

O Grêmio fez a parte dele, o que dava pra fazer. O adversário é que é poderoso demais, uma seleção mundial, contratada a dedo, dirigida por um ex-astro dentro de campo e que se preparou para ser treinador. Zidane ralou nas categorias de base e nos bancos de escola durante cinco anos para ter a licença de treinador.

A diferença entre um Real Madri e qualquer clube da América do Sul é imensurável. Nesta final do mundial em Abu Dhabi, parecia um profissional treinando contra juniores de boa qualidade. Jogou pro gasto, pois não precisava acelerar. Se precisasse, faria o suficiente para ficar à frente do  marcador e ganhar mais um título.

É difícil ver um time em que todos os jogadores erram pouquíssimos passes, desarma os adversários com uma facilidade chocante, ataca e defende em bloco e tem finalizadores fantásticos. Quando a coisa aperta com a bola rolando tem um Cristiano Ronaldo pra fazer gol de falta. Esse aí é diferente. Parece que hipnotiza os adversários, que o “deixam” escapar e chutar pela direita, centro, esquerda, meias e por aí vai.

E os caras não têm o menor constrangimento em dar chutões quando é preciso. Foi o caso do Capitão Sérgio Ramos, faltando uns 10 minutos. Na cobertura do Marcelo, quase na lateral esquerda, não tinha como tocar para algum companheiro e nem pestanejou: chutou para a lateral. Tentar driblar o adversário, nem pensar. Isso é coisa de Muralha e outros cabeças cozidas do Brasil que se acham mais competentes do que realmente são.

A principal estrela do Grêmio não brilhou dessa vez. Luan parecia encambulado, como um jovem de cidade pequena do interior que chega à cidade grande e fica contando os andares dos prédios. Questionado nas entrevistas após a partida, usou a desculpa preferida da maioria dos jogadores do nosso futebol: cansado de tantos jogos na temporada. Ah, tá!

Quando o apito final do árbitro se aproximava os gaúchos se atiraram em peso ao ataque. Todo mundo na área, aguardando o cruzamento do lateral Cortez, que cruzou, para a linha de fundo. Era Cortez, gente!

No conjunto da obra, jogador por jogador que se enfrentaram hoje, é até covardia comparar. No andar da carruagem, clube sul-americano para derrotar um europeu numa final dessas, só se for através de uma zebra do tamanho do nosso continente.

O resto é perfumaria!


» Comentar

Comentários:
44
  • João Gomes disse:

    Chico, boa tarde! Irretocável sua análise pois tive as mesmas impressões e mais algumas:

    .Não acho graça comparar esses times que gastam uma montanha de dinheiro nos melhores jogadores do mundo!
    .No Real Madrid, Barcelona, Bayern, Manchester e agora o PSG os caras só apontam o dedo e trazem qualquer jogador que se destaque no mundo inteiro!
    .São verdadeiras legiões de estrangeiros e acho até que a FIFA deveria proibir tanto estrangeiro em um mesmo time e numa mesma partida… acho que dois seria o limite!
    .Quanto ao jogo o Grêmio ficou parado em suas limitações e até que não deu vexame conseguindo segurar o Real Madrid, mas uma hora haveria uma falha e lá estava o CR7 pra conferir!
    .O Geromel pode se orgulhar futuramente em ter feito uma “tatuagem” na perna do Cristiano Ronaldo no início do jogo: pode por no seu DVD qdo aposentar! kkk
    .O Kannemann tbém bate com gosto, mas não comprometeu e jogou muito bem tbém. o meu destaque da partida pra ganhar o motorádio seria o Geromel, pois foi preciso em todas as jogadas.
    .O Luan coitado ficou completamente perdido e faltou a ele uma ousadia pra tentar um drible, uma jogada diferenciada pra tentar um arremate a gol, foi uma nulidade!
    .O Renato tbém olha pro banco e o melhorzim é o Éverton e depois tem que se contentar com Jael?? kk o Cruel? kk é muito difícil mesmo!
    . Nessa partida faltou um Arrascaeta pra fazer um dois-um com o Luan, um Tiago Neves pra colocar o Modric no bolso, um Élber pra ser substituido no segundo tempo e um Alisson pra atrasar a bola pro Navas na hora do arremate…kkk
    .Mas o Grêmio não pode ver um time com nome de moeda que afina, é Cruzeiro, é Real… chupa Luan, chupa Bressan!! quem é Bressan mesmo??
    .Só pra lembrar: zeiroooooooooo, PENTA CAMPEÃO DA COPA DO BRASIL..

    • Helio Antonio Corrêa disse:

      JOAO
      Colocar o ELBER nesse jogo foi o máximo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Será que o R.Madrid não o compraria não? até pago o UBER para levá-lo a Confins, desde que ele se comprometa a nunca mais aparecer pelos lados da toca.
      A do Alissom também foi muito boa, só faltou vc. escalar nesse jogo o Alex Bundudo, aí vc. iria ver se o T.Kross teria a liberdade que teve no jogo. Ja pensou, Alex Bundudo com aquela “velocidade e vontade” em campo. quem seria o Real para ganhar mesmo que fosse de de um a zero. faltou a direção do Gremio esta visão de vir buscar estes 3 fenomenos da natureza que estão escondidos aqui na Toca.

  • Pedro Vítor disse:

    Renato Gaúcho tirou foi Coelho da cartola porque ser campeão da libertadores com Jael e Cícero um dando passe pro outro é sorte demais competência além da conta

    Fazer o Jael camisa 9, ele é nível Jales e Nilson Sergipano

    Cícero saiu do Fluminense pela porta dos fundos passou pelo São Paulo igual ao vento, e até é um bom jogador mas já vinha numa decrescente sua carreira agora estão por cima

    Agora o time do Grêmio e do Renato Gaúcho ano passado era bem melhor que o atual na minha visão

  • Guilherme Gonçalves Costa disse:

    Eu não esperava outro resultado que não fosse a vitoria do Real Madrid. A diferença entre os jogadores dos dois times é gigantesca. Penso eu que o melhor jogador do Grêmio nao figuraria nem no banco dos galácticos. O que me surpreendeu foi a passividade do time gaúcho. Parecia um pobre entrando numa mansão e se sentindo oprimido pela grandiosidade dela. Eu nunca havia presenciado tamanha covardia. Acho que qualquer um dos 4 rebaixados do brasileirão deste ano, teria ao menos chutado pro gol ao invés de ficar trançando bola de um lado pro outro sem objetividade nenhuma. Simplesmente ridículo!!! Um chute a gol durante 90 minutos. E chute em cobrança de falta. Lamentável.

  • jorgemoreira disse:

    O tive o privilégio de ver grandes jogadores de futebol apartir dos anos sessenta, e na minha opnião o mais completo foi o Pélé, explico porque , ele tinha um dominio de bola fantastico, (quando matava a bola no peito ela descia rente ao seu corpo)impossivél de tira-la dele, chutava bem com as duas pernas(sem cair é clarokkkkkkk)uma força em cabecear, ele foi o unico jogador de futebol que tinha todos os fundamentos do futebol pra mim perfeito, garndes jogadores claro eu vi Didi,Garrincha, Nilton Santos, Quarentinha(cabeceava muito bem)Gerson, Eduardo(Tostão), Dirceu Lopes, Joãozinho Reinaldo este pra mim o MELHOR CAMISA NOVE um VERDADEIRO REI NA GRANDE E PEQUENA AREA, e citaria tambem o mais elegante jogador de meio campo camisa 5 o Zé Carlos Bernardes não dava um ponta pé, infelismente no futebol de hoje do qual tenho visto muito pouco, eu não ,jamais poderia deixar de me encantar com o Bruxo sim o Ronaldo Gaucho na minha opnião entraria facil neste seleto grupo de otimos jogadores de futebol, minha filha acaba de me perguntar porque não o Neymar e eu kkkk coitado neste grupo ele talves fosse o ultimo do par ou impar

  • José Eduardo Barata disse:

    Aí embaixo mais um debate a respeito dos melhores atletas ,
    aqueles que entram para a história como o mais fantástico ,
    o mais completo e coisa e tal .
    Respeitemos todas as opiniões , mas é preciso que se diga
    aos meninos de hoje , inteligentes e estudiosos , que numa
    visão que abarca o caminho percorrido pela história de vida
    da humanidade, NADA que aconteça hoje seria possível se
    não tivessem existido mentes e espíritos superiores que nos
    abriram portas e janelas de conhecimento .
    Galileu , Copérnico , Kepler , Fleming , Marconi , Tesla ,Volta
    e um sem número de iluminados não devem estar na lista de
    “melhores” de nossos bravos garotos , sendo superados por
    Gates , Jobs , Hawking , estes sim , os maiorais da História .
    Não , meus caros , há que se respeitar o caminho trilhado
    pelos gênios , cada um à sua época , e INSUPERÁVEIS e
    DEFINITIVOS naquilo que se propuseram a fazer .
    E no esporte temos a mesma situação .
    Cada um é o melhor da história na época em que vive .
    Li coisas que me deixaram “estupefacto” ( termo usado
    sempre por meu pai ) , como o questionamento feito pelo
    ALISSON , ao propor sabermos se Pelé e Garrincha seriam
    tão rápidos sobre os atuais defensores .
    Alhos com bugalhos e um total desconhecimento sobre os
    jogadores citados e o futebol então jogado .
    Até porque Garrincha JAMAIS foi considerado velocista , se é
    que me entende . Nem para os padrões da época .
    A sua característica era o “torque” , ” imarcável ” em espaços
    curtos do campo .
    Exemplos como o de Leônidas , aquele que um dia , ao se ver
    sem alternativa para alcançar uma bola alta , resolveu que o
    melhor seria criar uma “bicicleta” , têm que fazer parte de um
    compêndio sobre o futebol como um criador genial .
    E poderia passar o dia inteiro aqui a defender a minha tese ,
    na companhia do J.B. CRUZ , a quem já reverenciei pelo seu
    comentário sobre a discussão em tela , a propor (se é que eu
    possa me permitir a isto) , aos meninos do blog que estejam
    sempre a nos brindar com suas visões de mundo , o que nos
    enriquece , mas que possam ter a humildade de reconhecer a
    trajetória trilhada por aqueles que nos antecederam , em toda
    e qualquer atividade .
    Um abraço .

  • José Eduardo Barata disse:

    Eu estou impressionado com o tal de Modric .
    O cara é bom demais da conta !
    Será que o Sette Câmara poderia propor uma
    troca oferecendo o Patric ?
    Pelo menos dá uma rima ….

    • J.B.CRUZ disse:

      CARO JOSÉ EDUARDO BARATA:
      Este Seu Comentário é preciso Que de vez em Quando os Jovens de Menos de 30 anos, Navegue Nesta Página Esporádicamente…Comparar o Futebol do Passado Com o Futebol que Se Joga No Presente; é o Mesmo Que Comparar O GOVERNO DE JUSCELINO KUBITSCHEK DE OLIVEIRA -1.956 a 1.961- (50 Anos em 5), com Todos o Governos Da ”Nova República…Mas, o Importante é a Máxima: Quem Viu Não Vai Esquecer: .Afinal Vivemos os Dois Tempos !!!…..
      E Aqueles Foram Realmente BONS TEMPOS !!!…

    • J.B.CRUZ disse:

      CARO JOSÉ EDUARDO BARATA;
      Mais Uma Vez Agradeço Duplamente Pelos Elogios que são Verdadeiros; e a Alegria de Complementar Algumas Lembranças Distorcidas Pelo Tempo; Como LEÃO Que era o Terceiro Goleiro em 70 ( O Primeiro era FELIX e o Segundo ADO e OSCAR No Lugar de BRITO),,.Mesmo Adversários Na Escolha No Esporte, Tenho Para Com Você Uma Atenção Especial, Por Corroborar Comigo em meus Comentários do Passado (que Continuam VIVOS Em Nossas Mentes ) e Contribuir Também Com seus Conhecimentos Maravilhosos Do Futebol: ARTE, MARAVILHOSO, ELETRIZANTE, ENCANTADOR e AMOR A CAMISA; Escondido e Adormecido Nas Dobras do tempo….
      Você Viu, Você Não Esquece………

      E Obrigado Ao CHICO MAIA ( JORNALISTA Reminiscente do Século Passado,Mas Atualíssimo Com o Esporte Em Sua Progressão Através dos Anos),) Pelo Espaço Destinado em seu BLOG, Para Podermos expressar Nossos Sentimentos em Relação aos Nossos CLUBES DE CORAÇÃO…..
      cruzeiro sempre !!!…

    • Renato César disse:

      “Patríte” no Real Madrid?! Será que o Florentino Pérez teria dinheiro para isto?!

  • J.B.CRUZ disse:

    CARO CHICO MAIA: QUEM É MELHOR; (OU FOI) JOGADOR DO MUNDO???..
    PELÉ Não Foi o Melhor !!. A Frase Parece Absurda, Mas Não Foi Fácil CRAQUES Preto-Branco Superarem os Boleiros atuais de Alta-Definição….

    Um Dia EU Presenciei Uma Discussão:
    Foi em 1.970, Depois da Copa do México, Quando PELÉ se Consagrou ‘Definitivamente’ Como o Maior de Todos os tempos…Menos na Opinião de Meu Tio GIOVANNI ( Tio GIGGIO, Para os Íntimos) Que nasceu Na Década de 10, e Sustentava Que PELÉ Não Era nem o Melhor Jogador do BRASIL, Quanto Mais o Melhor do mundo..Na opinião Dele, Muito mais Competente que PELÉ, Tinha Sido FRIEDENREICH…
    O Bate-boca Foi Aumentando, e EU Só na ‘moita”, Achando que o TIO GIGGIO Estava Ficando ‘Gagá”…Foi Quando Meu PAI, ( Sr. JOÃO Irmão e Mais Moço 15 anos ), Já Irritado, Perguntou Como é que Ele Poderia Dizer Uma Barbaridade Daquelas; e o TIO GIGGIO Devolveu: “”Sabe Porquê?? Por Quê Eu Sou o Único Daqui que Vi os Dois Jogando”’…

    Depois da Conquista do MUNDIAL pelo REAL MADRID Contra o GRÊMIO, Quando Durante os Dias em Que antecedeu o Jogo, As mesas Redondas de SPORTV, FOX, JOGO ABERTO, ETC, Travaram uma Discussão Cerrada de Que RENATO GAÚCHO Jogou mais Que CRISTIANO RONALDO e Vice-versa……………..
    Desde Sábado, Mergulhei No Passado; e Relembrei Aquela Antiga Discussão de TIO GIGGIO e Meu PAI, Na Década de 70 e Fiz um Exame de Consciência..
    ‘PELÉ Foi Mesmo melhor que CRUYFF ? ..Os Holandeses Acham que Não..Que MARADONA ?…Os Argentinos Não Querem Nem Discussão..Até os Franceses Que Ganharam a Copa de 1.998 e Perderam o Complexo de Inferioridade, Começaram a Achar que o Título de REI DO FUTEBOL, que Eles mesmos Deram a PELÉ Depois da Copa de 1.958, Não era Eterno…E de Derrubar Monarquias os Franceses Entendem…
    PELÉ Conserva- ainda- a Sua Majestade no BRASIL Por que Boa Parte da Crônica Esportiva Atual o viu Jogar…
    Só que A maioria da População do BRASIL Nunca viu…Só conhece o Septogenário Jogador, Através de ‘Velhas Fotos,Algumas Fitas VHS, Regravadas em DVD e VÍDEOS ANTIGOS e Manchetes e Reportagens de Jornais, Amareladas pelo Tempo…
    Para essa nova Geração, que Ainda Não chegou aos 30 Anos, Pelo Menos temos a Comodidade de Recorrer ao YOUTUBE e Recordar Alguns Jogos Pelo Santos e Pela Seleção…

    Na Década de 70 a REVISTA REALIDADE Escolheu a SELEÇÃO BRASILEIRA DE TODOS OS TEMPOS:
    A Dupla de zaga Titular era Formada por DOMINGOS DA GUIA e ORLANDO PEÇANHA..Quem ?/No Ataque , Estavam LEÔNIDAS DA SILVA E ADEMIR MENEZES , Hã??. Mas FRIEDENREICH Não estava, Por que o Pessoal Que Fez a Escolha, Naquela Época, Nunca Tinham visto ele Jogar..
    Depois Na década de 90, Uma Seleção Brasileira de Todos os tempos foi Formada Por LEÃO- CARLOS ALBERTO – OSCAR – PIAZZA e ROBERTO CARLOS – CLODOALDO-GERSON E RIVELINO.- JAIR PELÉ E TOSTÃO…(Só ROBERTO CARLOS no Lugar de EVERALDO)…
    E mais Recentemente no Inicio do Novo Século, Já na Era do Computador, Fizeram uma Enquete Pela INTERNET, onde MARADONA Suplanta PELÉ…
    Por Isso o ”Reinado” de PELÉ que Já Andava meio abalado Fora do BRASIL, caiu de vez para os ”Novos” Melhores do Mundo..MESSI, RONALDO FENÔMENO, CRISTIANO RONALDO Neymar, Zidane,,,,,,,,
    Na Semana passada com esse ”Afair” RENATO GAÚCHO X CRISTIANO RONALDO Eu Estava Contando para Alguns Jovens e garotos quem Foi PELÉ; As Maravilhas que Ele Fez em Campo; e a ”Turminha” Olhando com ‘Aquela cara’ de Dúvida…
    Até que Resolvi encerrar a Discussão, Alegando que eu Sabia o que estava Falando, Por que Tinha Visto PELÉ Jogar; Como tinha Visto Todo Mundo que veio Depois Dele; e, PELÉ era o MELHOR DE TODOS..
    Então Finalmente Caí na REAL: Se o Argumento Era Válido, só me Restava Concordar que o MELHOR JOGADOR da HISTÓRIA Foi de Fato FRIEDENREICH, Como o TIO GIGGIO Tentou Inutilmente explicar Naquela Época (70)….
    ADEUS PELÉ. Quem Viu Não Vai esquecer..Mas será Sempre Substituído Por Quem Não Viu…

    Melhor do Mundo?…E GARRINCHA; E TOSTÃO, E DIRCEU LOPES; E REINALDO; E NELINHO; E RONALDO FENÔMENO; E RONALDINHO GAÚCHO; E ZICO,; E ROMÁRIO; E RIVELINO; e Alex Talento, Rivaldo, ,,,,,,,,
    Cada Um a seu Tempo,,,,,,,,,

    • Alisson Sol disse:

      Bem JB.

      Parabéns pela aplicação da lógica. Mas é preciso reconhecer o que se chama a “romantização das próprias experiências”. Todos temos a tendência de pensar que as dificuldades pelas quais passamos foram “as mais penosas”. Temos a tendência de achar que os êxitos que tivemos foram os mais fantásticos. Temos a tendência de achar que aquilo que presenciamos foi mais importante do que o que não vimos, e que a experiência alheia provavelmente é exagerada, enquantos as próprias são realistas. Combater tal tendência é dificílimo, pois a maioria das pessoas sequer é consciente de que a tendência existe.

      Infelizmente, apenas no futebol, e principalmente na América do Sul, perde-se um tempo enorme discutindo-se “Quem é melhor?”. E qual o resultado esperado disto? Se Pelé foi melhor que Cristiano Ronaldo, o quanto isto irá melhorar o futebol brasileiro? Será mesmo que Pelé e Garrincha pareceriam tão rápidos contra os defensores de times atuais?

      Em outros esportes, praticamente não há discussões como a que existem no futebol. Ninguém acha que os tenistas do passado sequer conseguiriam jogar com os tenistas atuais. Isto sem qualquer demérito para um John McEnroe, um Jimmy Connors, ou um Björn Borg. Mas todos sabem que os atletas de hoje evoluíram. Sabe-se que o saque de um tenista hoje é muito mais rápido, e vários grandes tenistas do passado nem sequer chegariam às bolas. De maneira semelhante, ninguém discute que os nadadores hoje são melhores que os do passado, ou que os corredores estão cada vez melhores. Mas e os esportes coletivos? Ora, sabe-se que o atleta mais rico de todos os tempos, Michael Jordan, era fantástico, e seria ainda um grande jogador. Mas dificilmente seria o melhor da liga atualmente. E ninguém se desespera com isto: é a evolução esperada do esporte, e de seus atletas.

      Importante mesmo seria pesquisar aual o nome do dirigente da Liga Inglesa que fez com que o futebol lá se torna-se referência para todo o mundo. Este é o dirigente que todos deveriam estar entrevistando, para saber como tirou o futebol inglês de uma lama danada nos anos 80 para a situação de hoje…

      • J.B.CRUZ disse:

        CARO ALISSON SOL;
        Agradeço Seus Escritos Sobre os meus Comentários E algumas Introduções Pessoais…
        Sempre Leio Seus Posts e de Mais Alguns Colegas do Blog (Independente de Gosto Futebolístico)Para Atualizar Meus conhecimentos Nos dias de Hoje…Confesso Que Sinto-me à Vontade para Dizer que Aprendo Muito A Navegar Nos Dias de Hoje, Através de Comentários Sérios, Convictos e Pertinentes aos Fatos….

    • José Eduardo Barata disse:

      J.B.CRUZ ,
      boa demais da conta sua matéria !
      Nem vou me atrever a colocar um ou
      dois alemães nessa lista porque você
      já resumiu tudo .
      Dizia um amigo meu , o Dadu , quando
      uma discussão como essa ganhava as
      mesas dos bares : quem viu , viu .
      E encerrava a questão .
      Digo eu : quem viu Reinaldo , Dirceu , o
      Joãozinho e o Lôla , viu .
      Quem não viu ….
      p.s
      E Oscar no de Brito e Leão no de Felix .
      Um abraço .

  • Carlos roberto diniz disse:

    Substuição no real madrd, sai benzema entra bale, substituição no grêmio sai barrios entra jael , o cruel. Jesus cristo!

  • Robson Jefferson disse:

    Engraçado a imprensa brasileira, por todos os lados vejo uma vontade incrível de se proteger o “gênio” do futebol que se autodeclara maior que Cristiano Ronaldo e que não precisa estudar e nem aprender mais nada quando o assunto é futebol. O time do Real jogou pro gasto não foi importunado em nenhum momento do jogo e não conseguiram dar um chute sequer contra o goleiro Navas.O treinador sabe tudo, tomou uma aula de como se joga futebol,disciplina tática ,infiltrações,triangulações,finalizações (20) durante o jogo,contra nenhuma do time do treinador que tudo sabe.A velha desculpa que “o time deles é uma seleção” não serve.Ora quem disputou o título fez por merecimento,ganhando as partidas para se chegar a final,então pressupõe-se que os dois estão habilitados para tal. A diferença é que no caso do treinador brasileiro a preleção é só motivacional tipo”vamos lá,que a gente consegue,vamos atropelar o time deles”, e não se preocupam com técnica ,tática,fundamentos.Os times brasileiros não conseguem trocar três passes sem errar,a grande maioria quando se sentem ameaçados as defesas acabam entregando o jogo,pois não se preparam para sofrer pressão. E tome overdose de treinadores fanfarrões na mídia diariamente. A empáfia deu lugar a cara de coitado ,tipo perdemos porque o time deles é rico.Porém ninguém falou sobre a aula de técnica e tática aplicada pelo adversário ,ou será que todo mundo pensa que eles marcaram o Luan a toa.A grande mídia tem sua parcela de culpa,nossos jogadores são mimados e os treinadores superestimados,ganham rios de dinheiro e nada produzem e quando a coisa aperta caem na velha desculpa “nosso time está cansado”. É muito simples que tal disputarmos apenas as competições onde o árbitro está do nosso lado,assim seria mais fácil ganhar jogos e títulos porque infelizmente é assim que nossos times estão acostumados.A arrogância dos treinadores e a manha dos jogadores estão acabando com o futebol brasileiro. Se alguém discorda e isso é saudável,eu pergunto quantos jogadores brasileiros de 18 anos pediriam para bater o pênalti em uma final ,como fez o jogador do Independiente no maracanã?. A resposta é: nenhum.Porque aqui jogador de 18 anos é tratado como criança e não como profissional com contrato assinado e cheio de regalias quando joga em clube grande é claro .Então é isso,ou vamos nos preparar para jogar futebol profissionalmente ou esperar as desculpas do próximo ano.

  • Rafael disse:

    Se aquela entrada do Geromel no início do jogo no CR7 fosse de um estrangeiro no Neymar, Galvão e Casão estariam falando que teria que ter sido expulsão e que foi jogada criminosa.

    Geromel é um baita zagueiro mas não prrcisava yet feito aquilo. E muito menos ter o apoio de parte da mídia para tal. Foi o melhor em campo depois do Modric.

    E o comentarista gaúcho pedindo Jael (Jael!) em campo para mudar o jogo. Fundo poço é pouco! Jael não pegou na bola. E Fernandinho barbantinho, que chegou a ser comparado pela TV platinada com o Robben. Diferença gigante na eficiência.

    O goleiro Navas jogar de vermelho foi para intimidat o Grêmio mais ainda? Que zoeira.

    Renato Gaúcho foi um ótimo jogador e vencedor, mas querer se comparar com CR7… primeiro que Renato nãoi foi um ayleta, não se cuidava,. CR7 se preparou desde cedo para ser essa máquina de jogar futebol. Muito mais vencedor, mioto mais goleador e decisivo, inclusive para a a seleção dele. O que Renato fez na seleção brasileira? O que Renato fez além do seu aufe que foi muito cedo, no Grêmio? Fracassou na Roma, arrebentou no Flamengo, jogou bem no Botafogo e foi o irresponsável de sempre zombando com o clube e a torcida antes da final contra seu clube do coração, o Fla, jogou bem no Cruzeiro mas levou um torneio caça-níqueis, a Supercopa. Depois fez o quê? Ganhou carioca pelo Flu e só.

    Como técnico, sempre foi mais retranqueiro. Acho que o meljor jogo de um time dele foi justamente contra o Lanús na Argentina. O time obtem no início do jogo tentou o mesmo e parecia que poderia dar certo. Mas seu time se acovardou, Barrios e Fernandinho foram nulos, apáticos. Luan foi anulado.

    Real fez um treino. Se tivessem se esmerado, jogado para valer, teriam feito pelo menos mais 2.

    E acho que teve pênalti não marcado num lance embolado do Modric tentar tocar p o meio da pequena área, o Kanemman caído pôs a mão na bola.

    Jael nãoi foi Gabiru.

    #ChupaRenatoGaúcho

    E quero Ramiro no Galo.

  • Toninho disse:

    Gostaria de saber que dia vai ser o jogo chico, o que vimos sábado foi um treino.

  • Marcos Mendonça disse:

    (Parabéns pra nós nessa data querida)
    BICAMPEONATO DA CONMEBOL, CONQUISTADO PELO
    ATLÉTICO, COMPLETA 20 ANOS HOJE, REDONDINHOS
    (Competição equivale à Copa Sul-Americana)

    Há exatos 20 anos, o Atlético… Peraí, Atlético não, melhoremos esse começo… Há exatos 20 anos, nosso amado, divino, sacrossanto Atlético – uma das coisas que mais importam neste mundo (e no outro também) – conquistava o bicampeonato da Copa Conmebol, equivalente à Copa Sul-Americana de hoje, essa que o Flamengo acabou perder – kkkkkkkkkk.

    As Estrelinhas Azuis Cheias de Vaidade zombarão de nossa conquista, tentando desmerecê-la, mas passo o facão nessa patranha informando que, para obter as duas conquistas, o Galo teve de superar equipes tradicionais. As finais, por exemplo, foram contra o argentino Lanús, vice-campeão da Copa Libertadores neste ano, e contra o paraguaio Olimpia, tricampeão da Copa Libertadores e campeão mundial.

    Na primeira conquista, em 1992, o Atlético derrubou o Fluminense (perdeu o primeiro jogo por 2 a 1, mas em Belo Horizonte enfiou 5 a 1 nos cariocas), o colombiano Atlético Júnior e o equatoriano El Nacional. Na final, derrotou o Olimpia, mesmo time que o Galo venceria novamente, em 2013, na conquista da mais mítica de todas as edições da Libertadores.

    No bi, em 1997, derrotou a Portuguesa paulista, que não era fraca como é hoje, o sempre duro colombiano América de Cáli e o peruano Universitário. Na final, o Galo goleou o Lanús por 4 a 1 na Argentina. Os “hermanos” levaram um baile de bola tão espetacular que perderam o juízo e partiram para a violência. No Mineirão, em 17 de dezembro de 1997, bastou um empate em 1 a 1. Alvinegro mineiro bicampeão sul-americano invicto.

    Times que disputaram a Copa Conmebol, mas não a conquistaram: um tal Corinthians, um tal Palmeiras, um tal Peñarol, um tal Grêmio e mais: Vasco, Colo Colo, Cobreloa, Universidad de Chile, LDU, San Lorenzo, Sporting Cristal, Vélez Sarsfield e outros tradicionais, muitos deles campeões da Libertadores.

    Dois paulistas e um carioca também venceram a Conmbebol, mas apenas uma vez: Santos, São Paulo e Botafogo.

    Zapearei a mídia de Belo Horizonte hoje para ver qual órgão se lembrou do bicampeonato do Galo, nesta data tão redondinha (20 anos), já que com a TV Globo nacional não se pode contar. Duvido se darão a notícia no programa Esporte Espetacular.

    Mas se fosse o Flamengo… Ah, TV Globo, danadinha.

    O TREM ITABIRANO.
    Na foto, o time que bateu os argentinos em 1997.

    • Carlos Almeida disse:

      Perfeito!

      O próprio atleiticano parece deixar que interfiram e tentem reescrever sua história e suas glórias, grandiosas e riquíssimas no cenário esportivo mundial.

      O Atlético tem sim um bicampeonato, e dos mais importantes!

      Título esse mto valorizado pelo River e pelo maior campeão das Américas o Independiente.

      Qualquer desses 2 títulos sulamericanos foram bem mais convincentes do que a Libertadores de 97, que não teve nenhum time argentino (greve) e um time fraquíssimo e sem tradição na final.

  • Silvio T disse:

    Pois é, o próprio Real Madri teve, no período de 2002 a 2007, a chamada primeira era dos Galácticos. Além do Ronaldo Nazário estavam lá David Beckham, Sergio Ramos, Roberto Carlos, Zidane, Figo etc
    E esse elenco de um bilhão de euros foi simplesmente um fracasso. E o mundo todo sabe o que faltou. Faltou um técnico “que se preparou para ser treinador”. Faltou um técnico que “ralou nas categorias de base e nos bancos de escola durante cinco anos”. Na multimilionária Premier League, com metade dos times tendo em seus elencos os melhores jogadores de todos os continentes, o City lidera com folga e um futebol de encher os olhos. Deve ser porque Guardiola não tem preparo nenhum, não estuda, não fala fluentemente inglês e alemão, e faz de tudo para passar bem longe de Harvard ou Oxford. Continuemos felizes na nossa realidade terceiro mundista e 46 anos sem o título brasileiro.

    • José Eduardo Barata disse:

      Pois é , SÍLVIO ,você tem toda razão .
      Ao Real Galáctico faltou um Guardiola e
      todo o seu saber ” harvardiano “.
      Por analogia , foi o mesmo que aconteceu
      com a Hungria 54 , Holanda 74 , Brasil 82 .
      Era o futebol AH .
      Hoje estamos a viver a era DH

    • José Eduardo Barata disse:

      Bom dia , SILVIO ,
      que tal se o Guardiola , estudado , preparado , com inglês e
      espanhol , quem sabe o português , trouxesse os seus sábios
      conhecimentos para treinar o Flamengo ?
      Teríamos um timaço com Réver , Juan e companhia , não é
      mesmo ?

  • Lucas H. Nobre disse:

    Engraçado, se fosse um mineiro a imprensa do eixo diria que foi um vexame. Faltou “agudeza” ao Grêmio, que jogou pra perder de pouco, entrou como um gatinho diante de um Leão. E se o bicho era tão feio assim, por que tanta tramela antes do jogo? Foi tanto vídeo do jogo entre Grêmio x Hamburgo e os gols de Renato Gaúcho. A globo sempre botando a bolinha do Grêmio lá em cima. O Real jogou em ritmo de treino e jogos como esse só demonstra como nosso futebol de cartas marcadas está anos luz atrás dos europeus. Sem essa de máquina ou de seleção, o Inter encarou o grande Barcelona e o anônimo Gabiru não tinha nenhuma propaganda como Luan teve. 1 x 0 com futebol de 7 x 1. Ultimamente o Brasil vive de propaganda!

  • Raws disse:

    Não sou de acompanhar o futebol fora do Brasil, por isso não tenho competência para analisar com certeza o tema, porém no achismo penso que tudo passa por dois fatores preponderantes, o complexo de pequenez e nossa falta de um mínimo de talento. Toda decisão de mundial é lembrada a goleada sofrida pelo Santos, porém não realçam a conquista do Inter, mesmo com time inferior. Agora não se ter o mínimo de talento para fazer um drible ou um chute para aquecer o goleiro adversário é fundo do poço.

  • Márcio Luiz disse:

    Ver esse asqueroso renato gaúcho se fu foi bom demais. Salvou o fim de ano.

  • Alisson Sol disse:

    Eu já li algumas coisas estranhas após a partida, do tipo “melhor acabar com o mundial deste jeito”, e fazer um outro com 3 ou 4 times sul-americanos contra 3 ou 4 europeus. Ou seja: ao invés de reconhecer a lástima em que está o futebol brasileiro e sul-americano, querem mudar as regras devido à incompetência e falta de competitividade. A coisa está tão feia que os time sul-americanos tentam “perder de pouco”. Quando se descuidam, aí vira Santos x Barcelona…

    Mais interessante foi ver a resposta do Cristiano Ronaldo depois do jogo sobre a comparação feita pelo Renato Gaúcho. Diz que, curioso, foi ler sobre o Renato Gaúcho, mostrou conhecimentos sobre os times em que ele jogou, e até achou a história do Renato Gaúcho no futebol bonita. Mas, sobre a comparação, “era melhor rir”. Notem: o melhor jogador do mundo, e talvez o melhor jogador da História do futebol, teve a humildade de ir procurar sobre quem estava se comparando a ele, ainda que ao final o resultado seja, como ele disse, risível. Já, no Brasil, a falsa humildade reina, e diante dos números de Cristiano Ronaldo no passado, já teve gente dizendo aqui que “… é fácil jogar na Espanha”.

    Como dizia o Seedorf (um “coitado” que tem só 4 Ligas dos Campeões): torcer para que o futebol brasileiro evolua é uma coisa difícil.

    • José Eduardo Barata disse:

      Ei , ALISSON , estou aqui a reler o blog e só agora me dei
      conta do quanto “gozador ” você é .
      Inteligente , você sabe como ninguém provocar uma boa
      discussão , o que anima este espaço .
      Boa a sua ideia sobre o melhor jogador de todos os tempos.

    • José Eduardo Barata disse:

      Eu até que tento , ALISSON , compreender e aceitar
      toda e qualquer manifestação que você posta aqui e
      o respeito por defender suas ideias .
      Mas , Cristiano Ronaldo “..talvez o melhor jogador da
      história do futebol…” foi sem dúvida , para mim , que
      fique bem claro , uma alucinação .
      Todos sofremos disso , de quando em vez .

      • Carlos Almeida disse:

        CR7 não é nem o maior da atualidade, embora seus números sejam incontestáveis.

        Messi é mto mais talentoso, um fora de série.
        Joga sem espaço e participa de todas as jogadas do time.
        No panteão de Pelé, Maradona, Van Basten…

        O português é mais atleta e obcecado, mas mecanizado.
        Seu êxito passa mto por todo um embate da equipe.
        Seria um Renato Gaúcho ou um Edmundo, porém extremanente profissional e dedicado.

        R10 no auge foi mto maior.

        • José Eduardo Barata disse:

          CARLOS ALMEIDA ,
          muito bom !
          Ronaldinho foi muito , mas muito mais jogador que
          todos esses que aí estão a pelejar .
          Fico com as palavras do Messi :
          o Barcelona tem o ANTES e o DEPOIS do R1000 .

  • Horacio V Duarte disse:

    Caro Chico, não foi este jogo que eu vi. Mais do que claro que o Real era mais time, mas muito mesmo, impressiona a qualidade do passe, mas o Gremio armou uma retranca que nada passou, nada. Não tinham qualquer jogada eficiente para vencer o retrancão, e o jogo teve lá seus momentos de Galo e bahia.
    O problema é que o gremio só ficou na defesa, dois marcaram o Luan, o casemiro e aquele 8, inclusive com faltas duras, e aí o contra -ataque do Gremio não saiu, a bola não chegava, o lado direito estava morto e uma ou outra jogada pela esquerda. Acho que o time pipocou, ficou com medo de sair.
    Os espanhois realmente não tinham qualquer interesse no jogo, puseram pressão mas não conseguiram nada. Acho que o Renato Gaucho queria empurrar o jogo para a prorrogação sabendo que o real pega o barcelona e não ia se desgastar, mas uma falta, muito mal batida, por sorte entrou e derrubou o esquema. Não tiveram qualquer pudor nem de dar chutão nem de matar o contra ataque ainda na área do Gremio, Se fosse o corinthias, naquele retranção como só eles sabem fazer sei não viu, continuo achando que futebol se decide é no campo.
    A pergunta correta é: porque um time espanhol consegue dinherio (que vem do torcedor) para montar equipes tão superiores se o pib da espanha é menor que o de sao paulo?

  • Renato César disse:

    Mas vejam que, este ano, o sulamericano chegou mais perto mesmo de ser campeão. Ano que vem acho que vai ser a vez do Manchester City. Ingleses são os mais fracos no mundial e normalmente perdem para os sulamericanos.

    Eu quero mesmo é o inglês na final do mundial de 2019, ano que o Galo poderá voltar a disputar o título.

  • José Eduardo Barata disse:

    Uai , CHICO,
    desse jeito você não deixa espaço para a turma de
    Harvard entrar em campo .
    Como bem disse o Renato Gaúcho , treinador de um
    time como o Real assina o contrato e faz uma lista de
    supermercado para os dirigentes .
    Em questão de dias tem uma seleção treinando no CT.
    E aí você tem um meio-campo com Modric e Kross e
    do outro lado Michel e Jailson ….
    Ah , e a pipoca Luan , o melhor jogador do continente .

    • Renato César disse:

      Renato Gaúcho faz o papel da velha guarda do futebol. Mas, na hora que ganhou alguma coisa, vieram dizer que foi porque o Grêmio tem o melhor departamento de estatística do mundo.

      Só que este pessoal da “Universidade de Harvard de Porto Alegre” esqueceu de coletar informações sobre as cobranças de falta do Cristiano Ronaldo. Ele é um fominha que cobra faltas, jamais um excelente cobrador.

      Se a “UHPA” tivesse coletados os dados corretamente, veria que CR7 sempre bate faltas apenas chutando em direção ao gol. Ou seja, a orientação para a barreira seria pular e não abrir. Ele não tem variação. Não tem chute colocado, bola com efeito ou cobrança rasteira.

      Também a “UHPA” não conseguiu prever que o Luan pipoca em 100% das finais de mundial.

      • José Eduardo Barata disse:

        RENATO CÉSAR ,
        eu não me canso de aplaudir as suas colocações .
        E ainda temos que aguentar a turma da “babação”
        dizer que quem tem um Cristiano Ronaldo é ter
        sempre uma arma na “bola parada” (arghhh!!!) .
        O cara mete o bico no meio da barreira e seja o
        que a sorte quiser e é idolatrado por isto .
        Ah ! , OTERO , vai jogar no Real .
        Vira gênio na hora .

    • Alisson Sol disse:

      Caro José Eduardo Barata,

      Apesar de saber que você não segue os links, os jogadores adquiridos pelo Zidane fora apenas 6 (link): Vinícius Júnior (nem chegou ainda!), Álvaro Morata, Theo Hernández, Dani Ceballos, Martin Odegaard, e Eero Markkanen. O resto já estava no clube ou “estava por chegar”, e Zidane fez apenas mudanças táticas.

      • José Eduardo Barata disse:

        Ops , socorro !
        Ato ´”falhíssimo” :
        queira ler ” DESPENSA ” e não “dispensa” , por favor ,
        no meu comentário .

      • José Eduardo Barata disse:

        Ou seja , ALISSON , o técnico anterior já havia
        ido às compras e o atual só foi buscar o que lhe
        faltava na dispensa .
        Acontece , sempre tem um extrato de tomate que
        a gente esquece de comprar .