Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

A Carta Aberta do Democrata repercutiu muito, a CBF anunciou ajuda a muitos clubes, mas o Jacaré e a maioria continuam excluídos

Foto: Democrata Futebol Clube

Fiquei impressionado com a repercussão nacional da “Carta Aberta” do Democrata de Sete Lagoas, divulgada por quase toda a imprensa brasileira. E teve eco onde precisava: FMF, FIFA e CBF que, sintomaticamente, dias depois, soltou um “pacote de bondades”, distribuindo dinheiro para os clubes das Séries A, B, C e D do país. Aliás, “pacotinho”, já que a merreca de R$ 19 milhões nem arranha a fortuna que essas entidades têm em seus cofres. E pra variar, o Democrata e a maioria dos “pequenos”, está fora até destes beneficiados pela merreca, já que não disputam a Série D nacional.

Por isso é que os próprios clubes e suas respectivas cidades precisam continuar mobilizados para continuar sobrevivendo, pois, se depender das entidades mandantes e dos coirmãos graúdos, morrerão à míngua. E vida que segue.

Para quem não se lembra a Carta Aberta do Democrata foi um desabafo contra a postura das entidades que mandam no futebol brasileiro e mundial, que nunca voltam as suas atenções aos clubes menos famosos, com a cumplicidade, silêncio e omissão dos gigantes, que também perdem, já que tradicionalmente estes clubes sempre formaram jogadores para eles.

Antes de mandar a “Carta Aberta” para a imprensa, o coordenador do Jacaré, Renato Paiva, teve o cuidado de consultar os companheiros da diretoria, que depois de ler, foram unânimes no aval ao documento, sob um argumento muito simples: o clube não teria nada a perder, porque não tem nenhum rabo preso, nem deve nenhum favor a nenhum clube e a nenhuma das entidades atingidas. Além do mais, o sentimento de quase todos os clubes do interior do país é o mesmo, mas poucos têm essa independência para abrir o jogo, pois falta transparência à maioria.

Para quem não leu, é só clicar aqui: http://blog.chicomaia.com.br/?s=Carta+Aberta


» Comentar

Comentários:
0