Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/blog/www/wordpress/wp-includes/pomo/plural-forms.php on line 210
Assassinato de Floyd provoca mudança de postura de Michael Jordan, que doa 100 milhões de dólares à luta contra o racismo | Blog do Chico Maia

Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Assassinato de Floyd provoca mudança de postura de Michael Jordan, que doa 100 milhões de dólares à luta contra o racismo

Michael Jordan em foto de Frank Fife/AFP, no portal Surto Olímpico

Estou assistindo a série “Arremesso Final”, a trajetória de Michael Jordan, o Pelé do basquete mundial. Sensacional, imperdível e voltarei ao blog, breve, para falar sobre ele e de tantos atletas, do futebol principalmente, que poderiam ter tido mais sucesso que tiveram em suas carreiras, mas que não persistiram e não foram 100% profissionais, como foi Jordan.

Como ser humano, ele foi e continua sendo como qualquer mortal, cheio de virtudes e defeitos. Uma das críticas que mais recebia era quanto à sua falta de engajamento em relação às lutas dos negros nos Estados Unidos. Recusou o pedido da própria mãe para apoiar publicamente a candidatura de um candidato negro ao senado norte-americano. Apoiou financeiramente, mas a candidatura foi derrotada por um branco, racista radical.

Agora, neste assassinato de George Floyd ele entrou com tudo na luta contra o racismo. Além de dar declarações fortes, anunciou que vai doar 100 milhões de dólares à instituições que trabalham pela causa.

* “Michael Jordan anuncia doação de 100 milhões de dólares para combate ao racismo”

A lenda Michael Jordan e a Jordan Brand, marca esportiva relacionada ao ex-jogador de basquete, prometeram doar U$ 100 milhões de dólares (cerca de R$ 496 milhões) às instituições dedicadas ao combate da discriminação racial pelos próximos 10 anos.
O anúncio foi feito nesta sexta-feira (05) através do Twitter de Jordan. A doação surge em meio às constantes manifestações realizadas nos Estados Unidos e em todo o mundo nos últimos dias, contra o racismo sistêmico, iniciados após a morte de George Floyd, um homem negro, por um policial branco.

“Vidas negras são importantes. Esta não é uma afirmação controversa “, diz a declaração postada na rede social. “Até que o racismo arraigado que permite o fracasso das instituições de nosso país seja completamente erradicado, permaneceremos comprometidos em proteger e melhorar a vida dos negros”.Black lives matter. This isn’t a controversial statement. We are you. We are a family. We are a community. pic.twitter.com/cGH8bJl1GQ

— Jordan (@Jumpman23) June 5, 2020

Jordan, considerado por muitos o maior jogador da história da NBA, também é um dos ativos na causa anti-racista. No início da semana, postou uma mensagem em que dizia que estava “sofrido e com muita raiva” pelo acontecimento com Floyd.

O movimento “Vidas Negras Importam” tem ganhado muitos adeptos após o caso. Além do ex-jogador do Dream Team, inúmeros outros atletas e instituições ligadas ao esporte manifestaram sua indignação com a situação, incluindo o Comitê Paralímpico Internacional e a World Athletics, que clamaram por mudanças.

Foto: Frank Fife/AFP

https://www.surtoolimpico.com.br/2020/06/michael-jordan-anuncia-doacao-de-100.html


» Comentar

Comentários:
0