Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/blog/www/wordpress/wp-includes/pomo/plural-forms.php on line 210
Na raça, Galo superou Corínthians e VAR, com boa estreia do Vargas | Blog do Chico Maia

Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Na raça, Galo superou Corínthians e VAR, com boa estreia do Vargas

Foto: twitter/Atlético

Gostei da estreia do chileno. O time não pode é vacilar nos próximos jogos, pois tem tudo para embalar no campeonato depois dessas duas últimas rodadas.

E deixo os comentários deste post para os comentaristas do blog, a quem agradeço:

***

Antonio da Silva

A poucos dias atrás o Galo ficou várias partidas sem vencer, agora é o Inter e Flamengo. Ê campeonato emocionante!

***

Pedro Ernesto

Quando vi em o Inter perder para o Santos, achei que a cúpula e o VAR iam segurar o Galo, que ainda tem uma partida a menos. Afinal, o campeonato precisa de emoções. Bem que tentaram mas o Galo superou as traquinagens da turma do Rio. Agora vem Tite e convoca Arana,.

***

Júlio César

Postei várias vezes aqui e falo em todos locais nos “chás com torradas” (essa também é sua Chico) raras exceções em que árbitro erra. A história segue e muitos da imprensa resolveram transformar roubos escandalosos em “desculpa” para derrota. Assim como em vários episódios na história do GALO impossível ficar calado , impossível fingir que não viu, impossível ficar alheio ao que o esquema envolvendo árbitro com o auxílio luxuoso do VAR e sabe-se lá quem mais, aprontou contra o Atlético no jogo contra o Corinthians hoje (ops; ontem).
Fácil a frente de um computador escrever simplesmente que o time não teve competência e deixar explícito “ora porque não fez outro gol”. O investimento na contratação do Vargas e todo investimento vai pro lixo.
E o absurdo se torna normal !!

***

Paulo F

Uma pouca vergonha disparada, não tem o menor pudor de roubar na cara dura. VAR pra que??
Ganhamos do Corinthians e do árbitro. Duas vitórias pra elevar bastante a moral. Galo mais candidato ao titulo do que nunca!
Destaque pras assistências de Vargas e Keno, belas jogadas. Grande reforço o Vargas

***

Jean Marcelo

GALO x Botafogo, pênalti escandaloso no tchô. Juiz fingiu que não viu. Não tinha Var.
Corinthians x Galo, todo mundo viu o pênalti, menos o juiz e o Var.
Moral da história, continua a mesma coisa com ou sem Var.

Absurdo esse Var. Quiseram levar o jogo na “mão grande”, só que o Galo é mais time e virou a partida, mesmo com as invenções do Sampaoli no primeiro tempo, colocando Alan de lateral esquerdo. Vitória muito importante. Que jogada do Vargas

***

Raws Miranda

Esse post do Chico precedia a revolta.
Não é a questão do erro, eles acontecem. Só que criaram uma ferramenta mundial para tentar diminui-los, só que a corrupção no Brasil é uma metástase. NADA, NADA, NADA… justifica a não revisão do lance.
Aí é o ponto principal.
Já é sabido que para clubes fora do eixo serem campeões, tem de ter “gordura” à mais para queimar e o Galo está tendo, mas como cidadão correto, muito mais do que torcedor, é revoltante e desanimador.
Lembrando aos desavisados, o interesse em ajudar o Corinthians era mínimo. O alvo principal era o Flamengo e os outros paulistas.

***

João Cavalieri

Ótima vitória, temos condições de faturar os próximos 6 pontos, furacão e Ceará! Quanto a arbitragem, enquanto o clubes não se unirem, criarem uma liga, onde tudo é profissional, inclusive a arbitragem, será isso aí!

E obrigado ao Dr. Rodolfo Gropen, ex-presidente do Conselho Deliberativo do Galo (dos melhores da história, diga-se) pelo envio dessa “verdade verdadeira” do Olé Brasil.


» Comentar

Comentários:
39
  • Weber A. Leite disse:

    Sempre achei estranho o VAR ter autonomia para checar os lances. Ora, se os juizes podem fazer vista grossa no campo, o VAR pode fazer o mesmo também. E depois tudo se interpreta dentro da subjetividade do erro (onde residem todos os assaltos do futebol). Não seria interessante os jogadores, no caso o capitão de cada time, ter direito a duas checagens por tempo?

  • Rodrigo Augusto Camargos Costa disse:

    Bom dia Chico,
    Ontem no bem amigos do SporTV foi falado do bendito ou maldito var o programa inteiro, estava presente Héber Roberto Lopes. Em nenhum momento apresentador e convidados questionaram o entrevistado sobre o jogo do galo e Corinthians.

    • Raws disse:

      Rodrigo, blz?
      Nós mineiros, temos de ter mais “amor próprio”, deixando de dar audiência para esses programas bairristas. Quando o Galo detona um adversário queridinho deles, eu vou ao youtube e recorto o que me interessa para rir um pouco. Se dependesse de mim, a audiência dessa turma estava lá embaixo. Abraço

  • Renan Rodrigues disse:

    Toda vez que somos prejudicados a diretoria do Galo protocola reclamação, que nunca adiantou nada. Todo torcedor é reclamão, mas só a torcida do Galo não pode reclamar. Tem muitos times jogando mal e ganhando porque quase não são prejudicados. São erros históricos que já nos tiraram títulos, é o atleticano torcendo contra tudo e contra todos.

  • Luís Cláudio disse:

    Tem gente perdendo o sono por causa da LAMA e da SEGUNDONA do cru cru e com insônia constante pela condição de PRIMEIRÃO da PRIMEIRONA do Galo.

  • Raws disse:

    Ainda sobre o jogo. Os “super entendidos” que trabalhavam na transmissão enaltecendo o nó que o Corinthians dava no Galo. Na hora pensei, realmente a marcação estava muito forte, só que queria ver os jogadores conseguirem aplicá-la nos 90 min. Não conseguiram.
    Pela Boa marcação ou por atuações fracas, muitos foram mal. Alan, Jair, Keno e Sasha. Tomara que no campeonato não se repita tantos jogando mal em uma mesma partida.
    Ainda reconhecendo a aplicação tática e a força de vontade de Sasha, continuo achando que Marroni deveria ser titular ou entrar mais cedo na etapa final.

  • Humberto disse:

    Hoje vi murici no sport tv criticando sampaoli dizendo que ele só tem um jeito de jogar. O cara de pau falar isso, pois me lembro muito bem do seu único jeito de jogar: todo mundo atrás da linha da bola, 1×0 era goleada.

  • Renato César disse:

    Santos, pênalti no Arana; Bahia, pênalti no Keno, Flamengo, pênalti no Marrony; Corinthians, pênalti no Vargas; São Paulo, pênalti no corte de mão do zagueiro. Já são 5 pênaltis claros não marcados. Não vou falar que seriam 5 gols, mas foram 5 chances claras e manifestas de gols que nos tiraram. Aliás, por estes termos, o Gil seria expulso com 5 minutos de jogo no sábado.

    Que sempre houve no mínimo uma má vontade gigante com o Galo, isto nunca foi segredo. Mas, agora com o VAR, o “erro” de interpretação deixa de ser desculpa. Durante a transmissão, foi unanimidade entre todos que o pênalti aconteceu. Quando repetiram o lance, então, aí é que não houve dúvida mesmo.

    Será que falta na equipe do Galo um supervisor de futebol “experiente” em assuntos de arbitragem?

    Contra tudo e contra todos, vamos seguindo. Como já disse várias vezes, nosso caminho é o certo e sem volta!

  • Fred disse:

    Há algumas semanas eu comentei que time que quer ser campeão, não poderia ter perdido pontos pra Botafogo, Bahia, Sport. Mas como perdeu, teria que se superar nos jogos difíceis. A vitória contra Flamengo e Corinthians está nesse caminho.
    O Galo terá nas próximas rodadas 3 jogos que precisa pontuar: Athlético, Ceará e Botafogo. Depois, final de campeonato contra Inter e SPFC. Se passar esses jogos com bom aproveitamento, é favorito ao título.

  • Paulo F disse:

    Coincidência ou não, agora que o SPFC está há mais de 10 anos sem ganhar títulos, colocaram um presidente na CBF que é conselheiro vitalício do clube. Coincidência ou não, as últimas duas vitórias dos bambis foram por diferença de 1 gol, com polêmicas de arbitragem.
    O trauma de 77 nos faz ficarmos ressabiados, temos que encaixar uma sequencia de vitorias se quisermos ser campeoes!

  • Marlon Brant disse:

    Bem, se não for desta vez, acredito que será melhor partir para disputar outro esporte. Este campeonato esquisito, sem publico, sem emoção, com VAR onde se espera 2 ou 3 minutos para comemorar gol ou anular o mesmo está nas mãos do Time do Chico Maia. Abel Braga vai afundando o Inter e se chegar em 6º já estará de bom tamanho. Ceni vai demorar uns 05 a 06 jogos para encaixar o Flamengo e talvez o perigo vem do São Paulo, com muitos jogos a menos (Campeonato esquisito, lembra), e isto só acontece aqui e o Palmeiras que mostrou o caráter de seus jogadores, derrubaram Luxa e agora estão comendo a bola pelo Português. Queria que o time do Chico Maia ficasse mais uns 50 anos na fila do Brasileiro, mas como não sou leigo no esporte e acompanho bem de perto, acredito que neste ano a zica de 1.971 caia. Só depende de vcs !!!!!!

    • ivan junior disse:

      Marlon,

      Sou atleticano e concordo com voce. Este ano está está com tudo para o Galo, finalmente, sair da fila. Se não for campeão é muito falta de sorte ou incompetencia ou os dois.

      • Marlon Brant disse:

        Ivan, sou torcedor do cruzeiro e acompanho o clube deste 1.977 e conseguintemente o futebol pelo Brasil e Mundo. Vi em 1.977 o esquadrão do Atlético perder pro São Paulo nos penaltys, depois vi o melhor time do Atlético de 1.980 perder para o Flamengo, e acredito que está é a melhor chance, pois em ambas de 1.977 e 1.980 faltou algo que só o sobrenatural de almeida explicaria. Em 1.999, 2.012 faltou pulso firme dos treinadores, mas hoje, parece que está caminhando para o final feliz. Como você mesmo disse, ou será falta de sorte ou incompetência mesmo. Mas acredito que seja de vcs este ano.

        • Raws disse:

          Marlon, concordo que o Galo tem feito por onde para ser candidato e ainda conta com menor desgaste por uma só competição. Só que depois da “magia” da libertadores de 2013 e as reversões dos placares em 2014, penso que não adianta só fazermos nossa parte, tem de ter a bênção. Kkkk

  • José Antonio disse:

    Uma das maneiras de tentar desacreditar um “esquema”, é acusar aqueles que o apontam como integrantes de “teorias da conspiração”… Essa tática é velha mas ainda funciona… Quem tem um pouco de senso crítico sabe que no futebol brasileiro a imparcialidade nunca foi prioridade…. E ainda vem aqueles que defendem que “um time pra ser campeão tem que ganhar de todo mundo até da arbitragem”, mas se esquecem que alguns times não precisam sequer ganhar dos adversários dentro de campo….

    • Silvio T disse:

      Não, meu caro, não estou desacreditando esquema nenhum. Estou sendo pragmático. Há décadas reclamamos praticamente todo ano, apontamos os esquemas todo ano e daí, o que adiantou? Então, o jeito é passar por cima da roubalheira. É ganhar do falido Botafogo, dos medianíssimos Fortaleza e Bahia. E o que dizer de Sport e Fluminense? Até o Vasco meteu dois sem problemas em Recife. E a torcida do flu já não aguenta mais o Hellmann depois de outra derrota. E o galo entregando a rapadura contra essas tranqueiras. Poderia estar tranquilamente agora com sete, oito pontos à frente.

  • Silvio T disse:

    E a “imprensa atleticana”, hein? Na manchete do órgão oficial do Massa Falida Esporte Clube, o tempo, o galo suou pra vencer o coringão todo desfalcado. O amor pelo “querido” os fizeram esquecer do Júnior Alonso, Alan Franco, Savarino, Jair, Mariano..

  • Pedro Vitor disse:

    A pergunta que não quer calar, o que os cruzeirense estão comentando mais nos post do Atlético que no deles????

    Tem um aí que virou analista kkkmkkk

    Mas foi uma grande e surpreendente, virada do Atlético, com arbitragem metendo a mão na cara de pau, com o VAR ignorarando, pela segunda vez, contra o Flamengo no fim do jogo e contra o Corinthians no início.

    Se vencer o Atlético Paranaense eu volto acreditar que o Atlético pode retomar a disputa pelo título do Brasileiro.

    Já havia jogado a toalha contra o Fortaleza, Bahia e seguido empate com sabor de derrota contra o Sport no Mineirão.

    Atlético tem que ser mais regular no campeonato brasileiro e dá pra ser, pois o time joga bem pra isso, só assim poderá brigar.

    Perder um jogo por causa de que o adversário ficou retrancado é fez um gol e soube se defender é até aceitável , o que é inaceitável é perder jogos como Bahia e Fortaleza em que faltou consciência em matar o jogo.

  • Guilherme Leôncio disse:

    O Galo precisa destas vitórias fora, pois sabemos tropeços vão acontecer, inclusive nos jogos mais fáceis. Eu vi o jogo do Inter contra o Santos e o time não está lá essa brastemp, o Flamengo empatou com Atl. Goianiense em casa. Se o Galo for campeão, podem ter certeza, a decisão será na última rodada, afinal não temos conchavos e temos um monte de gente contra. Portanto, o importante é não se distanciar das primeiras colocações.

  • Germano Brás disse:

    Quando se fala em erros de arbitragens do Galo, o que é recorrente, não se compare ao Crucru, que sempre teve trânsito livre nos corredores da cbf através da Bancada da Bola; tanto é que os corintianos reclamam até hoje do gol mal anulado do Pedrinho na final da cb entre Crucru e Coringão. Eu não troco meus 50 anos sem o Brasileirão pela LAMA em que os azulinos chafurdaram e hoje está nas últimas colocações da SEGUNDONA e tocando seu dia a dia graças aos politiqueiros.

  • Márcio BORGES disse:

    Me responde uma coisa. Quando o Cruzeiro foi campeão o galo participava??? Se sim não foi em cima? Por que se não teve competência pra chegar na final em outras muitas copas, não é problema meu….kkkkk.
    E pra você ET me responde aí…..kkk

    • Marcão de Varginha disse:

      Conivente, vc faz que não entendeu o comentário e já que está nesse pé, explico: “em cima” quer dizer ser campeão nas duas partidas restantes entre os dois adversários que chegaram à final, como nas duas partidas decisivas da CB 2014… quer que desenhe?
      – #benecyeternomito

      • Marcio Borges disse:

        Disputou e perdeu um monte. Ganhamos em cima de todos. São fracos e querem sempre colocar culpa na arbitragem. Síndrome de vira lata…
        #tiburcioeternomito

  • Eduardo Silva disse:

    Chico, boa tarde,

    Numa partida de 90 minutos mais no mínimo 5 de acréscimos é passível do juiz cometer algum erro para qualquer dos dois times que estão jogando. Ontem o juiz errou ao não marcar o penalti para o Alt Mineiro, apesar da vitória sobre o curingão, que está a bagaça da laranja, diga-se de passagem.

    Os juízes de futebol no Brasil são os únicos que não vivem exclusivamente do futebol e é complicado falar que o cara agiu de má-fé para prejudicar time A ou B. Em campeonatos regionais é comum em um jogo de um time grande contra um do interior o juiz em caso de lance duvidoso apitar a favor do time grande, isso é muito comum, porque sabe que a pressão vai ser menor.

    No Brasileirão também isso pode acontecer de um juiz, as vezes inconscientemente, apitar a favor de um time com camisa mais pesada, com mais tradição, mais títulos, em desfavor de um clube da prateleira de baixo do futebol brasileiro, sem expressão.

    O Cruzeiro mesmo ganhou muitos títulos em cima de TODOS os grandes do Rio, dos grandes de S.Paulo e dos dois de Porto Alegre porque além de montar elencos vencedores, estrutura vencedora, também é muito respeitado, mas mesmo assim existem broncas de arbitragens como TODOS os times tem os seus DVD de erros tanto prós como contra.

    Então, no meu modo de vista, o time e a torcida da MRV tem que focar em jogar bola, ganhar jogos em cima de todos os outros, porque os pontos perdidos para Fortaleza, Bahia, Botafogo, etc, vão fazer falta quando houver uma arbitragem duvidosa, vai por mim que v6ces tomam água limpa.

    O clube de Vespasiano está no caminho certo para sair do jejum de 50 anos sem ganhar o Brasileirão, trouxe um bom técnico, contratou bons jogadores, a MRV tá bancando tudo, trouxe o Mattos, ex-Cruzeiro, Rafael também ex-Cruzeiro, quase trouxe o Thiago Neves e está certo, tem que se juntar aqueles que sabem o caminho das pedras pra ser campeão, assim como fez quando levou o Léo Silva, o Eduardo Maluf, fez proposta pro Fabio e foram campeões da Libertadores e Copa do Brasil, tá tudo perfeito! Que sigam os bons!

    Eu tô acreditando, mas tô achando o pessoal aqui meio ressabiado e sem confiança…

    Firmem o corpinho! Num fraquejam!

    PS: está circulando nas redes sociais hoje que em vários pontos de votação em BH, tinha enormes filas devido a eleitores sem títulos! kkkk

    • Fred disse:

      Eduardo, a questão não foi o juiz, mas o árbitro que fica no VAR. Ora, é pra isso que ele existe!
      Você está certo, muitas vezes o juiz irá errar: não teve a visão adequada do lance, estava longe, acreditou numa simulação, etc. Mas ele pode solicitar o VAR ou, caso isso não aconteça, o árbitro do VAR o avisa no fone, participando após rever o lance. Ele, o cara do VAR, tem o recurso pra sanar sua própria dúvida e acionar o juiz de campo. E não o fez, num lance claro. Essa é a questão.

      • Eduardo Silva disse:

        Fred, boa noite,

        Você está coberto de razão! Esse referido lance foi tão claro e cristalino que na minha cabeça nem precisava da intervenção do VAR, por isso que nem mencionei esse fato!

        Mas parabéns por ter replicado de forma educada, objetiva e sem mimimis como “uns e outros” ai…
        A resenha sobre futebol é legal, toda semana uma polêmica e um novo fato.

        Segue o jogo! Grande abraço!

    • Paulo F disse:

      Kkkkkkkkkk esse Eduardo está tão recalcado com o Galo, com medo da gente ser campeões e eles ficando na série B, que tentou dar uma de analista isentão, simplesmente IGNORANDO o fato de que o VAR não chamou o juiz pra rever o lance kkk
      o VAR existe justamente por esses motivos ai q vc falou, animal.

      • Eduardo Silva disse:

        Eu ia parar de ler quando v6ce cita “com medo da gente ser campeões….” Kkkk como v6ce quer corrigir alguém se nem o portugeiz vc domina? Kkk não consegue escrever 3 linhas de um texto de forma correta?

        No meu post eu concordei que foi pênalti, foi um erro dos árbitros!
        PRONTO! Te respondi e nem te chamei de animal, de burro, de franga, viu? Fiz isso para não desmerecer os quadrúpedes…

        Se acalme, magoado….ok
        O próximooooo…

    • Eduardo de Oliveira disse:

      Dizem que na Seção da Toca, foram encontrados um monte de títulos falsos, inclusive um por fax.

  • Paulo César disse:

    Sem discordar da sua crítica, Chico (lógica e sensata), acho que o Galo, além de ficar esperto com o extra-campo, precisa entender que um jogo contra Sport, Fortaleza, Bahia, Goiás e Sinthético vale os mesmos 3 pontos que os chamados jogos “grandes”. Praticamente 1/3 da pontuação do Galo (12 de 38) vieram de vitórias contra Flamengo (o melhor e mais badalado), e Corinthians (o dodói da imprensa).

    Apenas como complemento à sua análise: vejo sempre mais respeito e mobilização do Galo nestes jogos contra os apadrinhados (que são, SIM, protegidos e beneficiados), que contra os chamados menores. Existe uma quase-certeza de vitória. E, quase sempre, frustração. Sem árbitro, sem roubalheira.

    Galo precisa atuar na frente política, mas também, usar o mesmo foco contra adversários menos badalados. Não adianta não ser roubado contra os queridinhos, e entregar a paçoca contra os menores. Acertando este ponto, o time passa a ter grandes chances de ser campeão.

  • Raws disse:

    ” O time não pode é vacilar nos próximos jogos, pois tem tudo para embalar no campeonato depois dessas duas últimas rodadas.”
    Exatamente isso que pensei depois da indignação.
    Nossa torcida fica cobrando de nossa cúpula, “tem de protestar, tem de bater na mesa, tem de tirar o time de campo”. O presidente mais “forte” e visionário que tivemos foi Elias Kalil. Lembro de seu desânimo depois do Serra Dourada, tanto que ele foi se afastando aos poucos.
    Apesar da utopia, só vejo como solução a união dos grandes clubes fora do eixo. Caso contrário, ou fazemos times para tomar distância e não dar sopa para o “AZAR”, ou vamos brincar de disputar o título.
    A parte, para quem tem conduções de contratar( no nosso caso, só o futuro dirá), um passe de calcanhar do Vargas pode render milhões.

  • Carlos Henrique disse:

    Sempre disse aqui Marrony pode ser centro avante
    Aqueles 2 gols que fez, nao lembro contra quem
    um numa arancada sensacional.
    cobrei centro avante no time
    mas marroni merece mais chance, esse gol mostra
    primeiro colocaçao e oportunismo.
    é novo e veloz, pode virar um goleador.
    mas tem que jogar, ter sequência
    Sasha nao é centro avante faz gols é mais de toque
    Marroni é velocidade , boa colocaçao
    alto pode aprimorar a bola aerea
    Vargas gostei muito
    entap ataque seria,Vargas , Marroni, e Keno
    mas voltando Savarino
    ai ele pode colocar o Vargas de centro avante.
    nao vou meter na politica do clube.
    mas entrando um presidente novo.
    da mais esperança
    cansei de falar que o Sergio camara
    nao entende de bola

  • Marcio Borges disse:

    Oh ET, voih te responder aqui no post novo também….
    Me responde uma coisa. Quando o Cruzeiro foi campeão o galo participava??? Se sim não foi em cima? Por que se não teve competência pra chegar na final em outras muitas copas, não é problema meu….kkkkk
    Qto ao galo, como disse vai ganhar com o pé nas costas
    #tiburcioeternomito

  • Horacio disse:

    Caro Chico, o Galo tem que fazer placar para compensar os “erros” da arbitragem. Você tá correto, tem que botar pressão é antes. Ficar emitindo nota de repúdio não resolve nada. Em toda rodada tem uma merda deste tamanho ou maior e tome cartola dando xilique… e nada. Tá na hora de fazer alguma coisa.

    Contra o Galo o padrão dos adversários é sempre o mesmo, pressão na saída, três volantões no meio esparramando pancada quando alguém leva vantagem. Achei que com 4 atacantes faltou meia para fazer a bola chegar. Muita bola no Jair fica fácil marcar, Zaracho é jogador mais de frente. Mas eles cansaram logo. O Galo deslanchou mesmo depois que o Nathan entrou melhorando o passe e mais entrosado.

    Marroni é um jogador que enche o saco pra marcar, movimenta muito, disputa a bola, usa bem o corpo, não afina para marcador com cara feia, me dá a impressão que está entrando no esquema do Tio e vai deslanchando. O chileno fez bom jogo, bem entrosado com esquema do Tio Paoli.

    Quanto ao curintia gostei teve uma evolução muito grande depois daqueles jogos contra o américa em que o time acabou totalmente dominado e perdido em campo. O Mancine deu uma ajeitada na bagaça. Está se mostrando um bom técnico, tá fazendo até a princesa jogar. Espero que melhore bastante e tire muitos pontos dos que disputam a ponta. Aquele jogo revanche contra o framerda pode contar com minha torcida, são paulo e palmeiras é, como dizem os cartolas, obrigação.

    Quanto aquele post anterior, dos goleiros que jogam na linha, bem, o que eu queria mesmo é que os zagueiros jogassem com os pés, tivessem ao menos saída de bola. Tomar aquele gol com os dois zagueiros parados vendo o centroavante totalmente livre, e quase errou, na jogada devia dar justa causa. Contra o inter foi a mesma coisa, a zaga travou.

  • Silvio T disse:

    Ok, concordo com todos os comentários da eterna roubalheira em cima do galo. Mas, exatamente por isso, por ter certeza que os larápios vão nos prejudicar no momentos decisivos, é que o Atlético deveria estar cansado de saber que tem que superar tudo e todos, como foi no título da Libertadores. Perder para o ridículo Botafogo, para o Fortaleza com um mais em campo, para o Bahia que o Mano nem tinha começado ainda a concertar, é demais. Prá não falar dos empates com Fluminense e Sport em casa. O clube perde a moral de reclamar. E dá razão ao meu prognóstico: saímos da disputa do título com a quarta derrota muito cedo. Estão aí São Paulo, Palmeiras e Grêmo prá me razão.

    • Edson disse:

      Embora concorde que o Galo vacile muito, não creio que seja possível superar adversários e arbitragem sempre. Na libertadores o Kalil exigiu juíz estrangeiro para as partidas contra o são paulo, senão… A propósito, paralelamente às “garfadas” contra o Galo, ao que parece, o são paulo tem recebido ajudas seguidamente.. Pelos meus cálculos, ele já ficaria quatro pontos à frente do Galo no caso de ganhar os jogos que tem a menos. E, me lembro de uma ocasião, só a título de exemplo, em que a própria rede globo, em determinado momento do campeonato (nos anos 2000 ou 1990), divulgou que, este time havia “conquistado” 13 pontos indevidamente, graças à arbitragem. Na ocasião ele ganhou o título.