Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Que situação a do Cruzeiro: perde em casa, de 3 a 1 para o Remo, e precisa de duas vitórias em seis jogos para não cair pra Série C

Foto: twitter.com/ClubeDoRemo

Outra vez reclamou da arbitragem e outra vez jogadores e membros da comissão técnica disseram que o time fez “uma boa partida”, mas “deu azar”. E assim segue o Cruzeiro.

O Luciano Dias, da Band, lembrou e comentou sobre mais uma derrota, esta noite para o Remo, no Independência: @jornlucianodias “Cruzeiro precisa de duas vitórias em seis jogos para não cair pra Série C. Sim, é uma tarefa difícil!

O Cruzeiro é assustador, bizarro… O time chegou ao nível de depender do Thiago para ter alguma possibilidade de incomodar o adversário. Ele sai e a equipe piora. O mesmo Thiago que tem uma dificuldade impressionante de fazer gol. E o Sóbis…”

O cruzeirense Luiz Ibirité desabafou depois da partida:

* “Grande Chico, q reta final de campeonato mais sofrida, digo isso em todos os sentidos, dentro e fora de campo, um time cheio de limitações e uma diretoria amadora, q agora tenta vender a ideia de que a SAF vai “salvar” o clube, sei não, e o time dentro de campo mostra cada vez mais q é um elenco horrível, não dá nem pra pontuar, lateral, zaga ou meio campo, precisa de contratar mesmo, montar um time inteiro pra próxima temporada, mas sem grana, futebol é dinheiro e sem dinheiro o risco de piorar o q já está ruim é enorme.”


» Comentar

Comentários:
40
  • Guilherme Leôncio disse:

    O Galo não pode entrar na catimba do Flamengo, senão o árbitro dá o serviço. Se o VAR não for acionado estamos lascados. Que o Galo não dê espaços e ataque na boa, a defesa do Fla não é muito boa.

  • Eduardo Silva disse:

    Chico, boa tarde,

    NUNCA vi na minha vida, em minha existência na face da terra o ABSURDO cometido contra o jogador Mauricio do Minas Tênis Clube. O cara escreveu SUA OPNIÃO em rede social e o CONDENARAM, sem direito a defesa como homófico, mau caráter, racista, machista e todos os adjetivos pejorativos e negativos existentes.

    Um texto resume o que penso sobre esse caso:

    O jogador de vôlei Maurício Souza apenas defendeu os valores de sua fé cristã. Não ofendeu ninguém, não fez ataques a nenhuma pessoa. Apenas expressou sua opinião. usou o seu direito de liberdade de expressão e comentou contra a promoção do novo Super-man bissexual em uma foto em que o herói aparece beijando outro homem.
    Maurício está sendo criminalizado, perdeu seu emprego e seu lugar na seleção de vôlei. Tudo isso para satisfazer uma militância barulhenta.
    Quem não perceber que estamos vivendo, literalmente uma ditadura da minoria, bancada por intelectuais orgânicos dentro de departamentos de marketings das empresas, redações de jornais e editoriais de redes sociais, está fora da realidade.
    Estamos assistindo uma perseguição brutal no melhor estilo da hipocrisia característica do movimento revolucionário, poderíamos dar voz a isto com uma frase como:
    “Vou tirar seu sustento, acabar com seu nome, destruir sua reputação, tudo isso em nome do amor e da compaixão.”
    Precisamos trabalhar uma nova geração com os valores basilares cristãos que foram sequestrados pelo movimento revolucionário, onde a perseguição, a humilhação e a destruição publica é utilizada como arma de defesa dos “oprimidos”. Precisamos de novos padres, professores, diretores de marketing, CEO’s, pais, mães, professores, filhos etc.
    Precisamos despertar e começarmos a trabalhar arduamente para retomarmos as raízes de nossa cultura e nosso povo, caso contrário começaremos a ser presos por ser conservadores, por desejar conservar as tradições de nossa herança cristã, boçalmente desvirtuada e utilizada contra nós como se perseguisse minorias, logo o cristianismo, onde seus adeptos congregam os maiores grupos de caridade e missões assistenciais no planeta.
    Mais uma lição precisa ser tirada desta história: Não se negocia com quem quer seu sangue.
    Após vir a público e pedir desculpas, Maurício Souza foi pisoteado, demitido, criminalizado e hostilizado. Seu pedido de desculpas era o que faltava para sacramentar o ato e torna-lo um exemplo. Todos os atletas agora pensarão dez vezes antes de se posicionarem… mas calma, só se a opinião for contrária a minoria barulhenta e respaldada pelo discurso identitário-revolucionário.
    Este é o novo normal, a nova realidade do mundo atual:
    Pense “socialmente” ou cale-se.
    Noticie o que “verdade” ou lhe criminalizamos.
    Siga a cartilha da revolução ou passe fome.
    Estamos em um campo de concentração a céu aberto, ou iniciamos o trabalho para nos livrar rapidamente ou seremos eliminados, isso mesmo: E-L-I-M-I-N-A-D-O-S.
    Termino este breve artigo com um pensamento quase centenário do revolucionário e líder da Revolução Bolchevique Leon Trotsky em 1930, onde o ideal marxista-trotskysta é levado à cabo nos dias de hoje:
    “Em um país socialista, oposição significa morte por lenta inanição. O velho princípio ‘Quem não trabalha não come’ foi substituído por outro: ‘Quem não obedece não come’.”
    Acredite, este pensamento foi levado à frente literalmente, o povo da ucrânia pode contar esta história.

    *Paulo Henrique Araujo*
    27/10/2021

  • Horacio disse:

    Essa pendencia dos ingressos para torcida do Galo, no jogo de hoje, mostra uma coisa só: a total falta de profissionalismo do futebol brasileiro. O caso todo é uma exibição grotesca das sub-celebridades da bunda caída curtindo os seus momentos de glória. Boçais querendo aparecer em prejuízo de quem faz o futebol, a torcida.

    Aliás, o flamerda é tido como um clube organizado e saneado, acho que é um cruzeiro com muito mais mídia da globo, portanto, muito patrocinador e muito dinheiro.

    Vamos ver se sem um futebol profissional de qualidade (campeonato com um único time não desperta interesse nem na torcida do clube) e sem a mídia dominante da globo, vão conseguir manter este nível de receita.

    A organização atual do futebol, dos clubes e federações, maioria emporcalhados por políticos, como mostrou claramente a lei do mandante e da saf, resultou na falência completa dos maiores clubes. A gestão por cartola é um fracasso acabado, mas não explica tudo.

    O problema é a baixa renda do torcedor, os preços absurdos dos produtos dos clubes, as receitas comidas pelos “empresários”, o formato das disputas, a qualidade do futebol imposta pelo monopólio que paga o que bem quer. Tem também o efeito Brasil, basicamente é a extorsão via juros que mata qualquer investimento.

    O modelo do futebol tem que ser mudado, não se faz isto em um único clube. Se esta mudança não partir dos clubes a saf vai ser apenas mais uma forma de legalizar o calote, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Muito atraente para quem quer continuar a fazer política usando o futebol.

    Gestão não é tudo, tem que existir a possibilidade de crescimento do setor. É possível o futebol gerar mais receita sem uma reestruturação?

  • Antonio da Silva disse:

    O Cru Cru e o Flamengo são os times que menos obedecem as leis, já que seus conselhos são barrufados do alto escalão da INJUSTIÇA e da POLITICAGEM. A SAF tem como principal objetivo para prorrogação das dívidas impagáveis. Agora mesmo, o Cru Cru conseguiu desbloqueio de contas com o argumento da justiça de exigir que o clube crie um Plano de Credores em até 60 dias. Mais um subterfúgio: vão fazer um plano e mais uma vez não vão cumprir. Quanto ao Galo, o jogo de hoje a noite é cascudo. O Flamengo é um time bom, além de práticas ilegais fora do campo. Um empate hoje não é um mau resultado. Contra ataques mortais neles.

  • Raws disse:

    Estamos vivendo um mundo “novo”. Muitos inquilinos se tornaram defensores de filosofias e ou opiniões, sem tolerância e respeito ao contraditório.
    Esse mal, se não bastasse ter seus defeitos próprios, ainda é carregado pelo mal da polarização política.
    Esse prefácio, é pela tristeza e indignação, da execração sofrida por Maurício do vôlei. Para quem não viu o motivo dessa execração, procure a fala dele sobre o tema, vejam o que parte da sociedade e a mídia fizeram e estão fazendo e por fim, procurem a primeira live, que acabei de ver no YouTube, no canal do Pilhado.
    Eu não conhecia Maurício, o defendi pelo absurdo da deturpação da opnião do mesmo.
    Mas a minha revolta e recorrente revolta, é como as pessoas são más! Como os maus conseguem ter tanta voz para acabar com a vida de um pai de família, que me passou, pela live, tanta simplicidade, tanto caráter e sinceridade.
    Por causa disso, perdemos, um atleta no Brasil.
    Por causa disso, também perdemos o senso de justica.
    Por causa desses exemplos, não vejo “norte”.

    • Marcio Borges disse:

      Raws, concordo plenamente. O que fizeram com o Maurício foi um absurdo. A pressão por ideologias está muito forte. E o pior E que não podemos ter OPINIAO. A não ser que seja igual a deles. Eu concordo com o que ele disse e não me considero homofobico. Infelizmente pensar diferente tem sido crime.

      • Raws disse:

        Marcio, que país é esse que estamos vivendo?
        O pior é que é um minoria que consegue fazer isso.
        Tenho parentes e amigos homossexuais. Jamais concordaria com uma postagem homofóbica. Mas mesmo se fosse, temos é de tentar alertar essas pessoas, para um novo mundo e não codená-las, “acabando” com suas vidas. Sou católico e conservador, mas poderia eu ser de esquerda e ateu que ficaria indignado da mesma forma. Deus nos salve desses lixos humanos. Abraço.

  • Raws disse:

    Eu fico dividido por pensar no sofrimento de vários cruzeirenses gente boa que convivo, inclusive uns aqui no blog e os que tripudiaram na época de nosso rebaixamento. Sem falar de uns verdadeiros malas sem alça que aqui habitam. Por isso seguro as gozacões e podem ter certeza que eu consigo ser chato ao extremo, mas em respeito aos bons, eu seguro a onda por aqui.

  • DonRamom disse:

    As pessoas estão polemizando atôa! Basta o time empatar 6/6 jogos que a permanência está garantida! Isso se não perder 3 pontos pelo caso de racismo.

  • Félix Batista disse:

    Para certos times não existem leis. O Flamengo bateu pé e não cedeu os ingressos. R a justiça finge que não vê!

  • Alisson Sol disse:

    O problema de finalização do Cruzeiro é simples: falta de “time”. Ninguém quer ver o time “fazendo o gol”. Querem eles mesmos “resolver” e ser o herói. Ao invés de um “vencedor sozinho”, acaba todo mundo “perdendo junto”.

    Eu dizia aqui na época do Mano: ele está tirando leite de pedras com esta defesa. Foi só o time desistir de se defender, e desandou a perder. Se colocam em posição em que um contra-ataque é sempre fácil. Será que só os torcedores vêem isto? É falta de treinamento ou desobediência tática? O que não pode é colocar jogadores velhos tentando disputar corrida com velocistas novos. Não vão chegar junto nunca!

    Agora, eu não posso deixar de comentar: será que os gols do Remo passariam pelo goleiro do Remo? Duvido. Se não foram “frangos”, foram gols em bolas bem colocadas mas que seriam facilmente desviadas por um goleiro melhor colocado e com melhores reflexos. Todo time vencedor começa com um bom goleiro. O Cruzeiro, hoje, tem um goleiro atuando por “Curriculum” e não por “condição atual”. Pega apenas as bolas chutadas em cima dele. Compare com o goleiro do Remo, e com o que fez o goleiro do Athletico Paranaense no Maracanã!

  • Eduardo Silva disse:

    Chico, boa tarde,

    Vi o jogo até o empate do Cruzeiro e o jogo realmente tava “controlado” com maior posse de bola do time azul, depois tomaram gols em contra ataques e desandou tudo. Um fato que me chamou atenção é que o técnico Felipe Conceição foi EXPULSO do jogo e a camera pega ele indo para a arquibancada do estádio arrumando um equipamento de comunicação.

    Depois aparece o cara sentado na arquibancada e passando instruções para seu assistente técnico que o substituiu a beira do campo, ou seja, o cara é expulso mas continua dando instruções tranquilamente, sem ninguém importuná-lo, a lei foi feita pra NÃO SER CUMPRIDA, uma falta de respeito e fair play.

    O que acontece muito no futebol é jogadores, técnicos e dirigentes ficarem pressionando o juiz após ele dar um penlati, validar um gol que acham que foi irregular, como se após a reclamação o juiz invalidasse a marcação e voltasse atrás em sua decisão, mas o objetico é só pressionar mesmo para o cara compensar em um lance futuro, assim que funciona.

    Mas tô sentindo uma comoção aqui por parte dos atreticanos com essa derrota do Cruzeiro para o Remo?? kkk que fase, hein? Tem um dublê de pato ai que vai pesquisar jogos anteriores e achou um jogo de 1994??? kkk ops, errei… é qua qua qua… puxaaaa, perdeu em 94, hein? Que coisa, que absuuurdooo…kkk depois de 94 o Cruzeiro ganhou somente 8 títulos importantes e o Remo ganhou quantos? E o time da MRV? É uma mágoa que não passa nunca…kkk

    Agora tem outros INtindidos que estão detonando a tal da SAF, se o Cruzeiro arrumar um investidor vão falar que estão lavando dinheiro no clube, que não vai dar certo, SAI PRA LÁ OLHO GORDO!! Quando o time de Vespasiano arrumou um suggar dady (by Alisson Sol) e entregaram o clube de porteira fechada pra MRV estão batendo palmas, agora o Cruzeiro não pode! TÁ SERTO!

    Mas futebol é assim mesmo, perde, ganha, empata, eu mesmo tenho um problema ortopédico no ombro de tanto que coloquei faixa de campeão ao longos dos anos, não vai ser 3 anos na segundona que vai abalar as alegrias que tive com o MAIOR DE MINAS!

    Podem rebolar, regugitar a vontade! Um ano a gente volta e ai vão chrorar de novo…qua qua qua

    zerooooooooooooooooo

  • Ed Diogo disse:

    A SAF do Cruzeiro tem nome específico chama se SAF adeza kkkkkk .
    Depois que tomou o segundo gol o Presidente Gel deixou o estádio nem o presidente tá aquentando este time. Peça demissão Mr Gel

  • Luís Cláudio disse:

    O Brusque perdeu 3 pontos por causa de discriminação racial. Seria esperar demais da cbf punir o time das costas largas.

    • Renan Rodrigues disse:

      Não espere punição ao crucru, tem politiqueiro que o defende. Um time que quebrou o Mineirão em 2019 durante uns 10 jogo, nunca pagou por aquilo. O Adriano que aprontou aquela confusão ao fim do jogo contra o CSA, com participação efetiva do Giovane; até hoje não foram julgados.

  • Marcelo disse:

    Chico, mas a SAF na teoria salva mesmo. E falo como atleticano. A Lei prevê que TODAS as dívidas ficam com o clube antigo por um período de 10 anos. O novo clube-empresa nasce sem dívidas e 20% do faturamento bruto vai ser destinados ao clube antigo para pagamento de dívidas. É como um plano de recuperação judicial.
    A lei é inconstitucional, pode ser que ela sofra uma ADI, mas como foi feita pelo cruzeirense Rodrigo Pacheco que é Presidente do Senado, ela não deve cair.

    • Luiz Ibirité disse:

      Marcelo tudo bem? Futebol movimenta muita grana, pode dar certo e deverá ser a única alternativa, fico na expectativa q mude a forma de gestão, empresa quando tem alguém envolvido com qq maracutaia afasta o sujeito ou manda embora, nos clubes o tratamento é diferente, sujeito é denunciado continua mandando, mamando e desmandando do mesmo jeito, saí do clube podre de rico e deixa buraco pra outro vir tapar e não é punido e nem devolve nada, o Kaliu falou numa entrevista q no futebol se nao roubar da pra fazer qq coisa, sabias palavras, q a mudança seja como diz o Márcio Borges, comece de dentro pra fora, abraços.

    • Renato César disse:

      Não é bem assim não. Patrimônio que estiver desimpedido, pode ser transferido para a SAF. Caso contrário não. Qual patrimônio poderia passar para a SAF hoje?

      Então esta empresa nasceria totalmente zerada de bens, mas com dívidas milionárias (ou bi…). E estas SAFs precisam ficar com 60% de adimplência durante 06 anos para ter a prorrogação do “benefício” por mais 04 anos.

      Além disto, 20% da receita precisa ser destinada ao pagamento de dívidas. Considerando o cenário atual de dívidas (lembrando que, neste período de 06 ou 10 anos, as dívidas serão corrigidas somente pela inflação), o clube precisará ter uma arrecadação anual de pelo menos R$ 480.000.000,00 para conseguir pagar o piso das dívidas em 06 anos e prorrogar os benefícios por mais 04 anos.

      Até Maio deste ano, somente Flamengo e Palmeiras tinham arrecadação superior. Galo era o quinto e pode ser que consiga neste ano de 2021 se vencer Copa do Brasil também.

      O que eu acho de verdade sobre o otimismo em relação a SAF é que os dirigentes dos clubes falidos estão vendendo lotes no céu para os seus torcedores.

    • STEFANO venuto barbosa terezinha venuto barbosa disse:

      Leia a lei e não é só isso, o pior é o aspecto tributário, a empresa vai ser tributada como uma empresa qualquer, os clubes atuais têm uma série de isenções. Do jeito que está não é viável.

  • Márcio Luiz disse:

    E os tri-rebaixados que se deem por satisfeitos, pois já houve goleadas piores para o REMO.
    Como esta de 1994, com QUATRO gols de um tal de Helinho e um golaço do CUCA.

    Quá quá quá!!!

    https://www.youtube.com/watch?v=6s6HpULj39M

  • Julio Cesar disse:

    Ouvindo a 98, um senhor foi explicar o SAF. Zero explicação no aspecto técnico. A conclusão que se chega é que o autor da lei (Rodrigo Pacheco) legalizou o calote.
    Calote amparado em lei. Ficou fácil.
    Segundo ele agora serão duas: Maria velha e Maria nova.

  • Marcão de Varginha disse:

    Fico consternado pelos azulinos verdadeiros que conheço, mas a sua grande maioria tá colhendo a resposta por sua arrogância tão tradicional.. mas até agora o “comentarista” celeste que trocou de nome pra retornar com suas costumeiras pérolas ainda não se manifestou: para esse tipo de torcedor espero e torço pra que a atual situação piore!
    – #benecyeternomito

  • Marcio Borges disse:

    Quem acreditou em acesso ou era iludido ou muito, muito, mas muito otimista. O Cruzeiro nunca, desde que caiu, teve time pra subir. Sempre disputou a série B com a perspectiva de não cair. Agora, se apega no clube empresa como salvação, como bem disse o Luiz Ibirité. Só que a mudança tem que vir de dentro pra fora. Se não mudar a estrutura do clube, hoje falida e doente, não adianta. É preciso que a diretoria de o exemplo. Que atue de forma correta pra dar alguma credibilidade. Não adianta falar e não agir. Tomara que se mantenha na série B e se estruture pra retornar a elite e novamente ser o maior de Minas.
    #tiburcioeternomito
    #naodeformataooficial

  • Fernando Chaves disse:

    Pega Fogo Cabaré!

  • Silvio Torres disse:

    Estou cantando a pedra desde 2019. Tá ficando claro que os mafiosos do Massa Falida estão preparando um golpe deste tamanho! Não vão pagar pinóia nenhuma pra NINGUÉM! E a “imprensa atleticana”, vai achar lindo e bater palmas, excitada com a esperteza da guangue. Viva o Brasil!

  • stefano venuto barbosa disse:

    Complementando o que eu disse, o entusiasmo vem de duas coisas, da não extinção do clube por dívidas e da falta de alternativas, é isso ou nada.

  • Renato César disse:

    Batalha épica ontem. Afinal, não foi um jogo contra timinhos como Fortaleza, Bragantino, Flamengo ou Palmeiras. Foi um jogo contra o Clube do Remo, tradicional agremiação brasileira comandada pelo excepcional Felipe Tigrão, que já vinha de cinco jogos sem vitória na competição. Continuo ou já posso parar?

    Não vou falar de futebol, porque isto é incompatível com o mandante de ontem. Vou falar do que eles entendem de verdade: torcida aprontando no estádio. Apesar de sucessivas punições e nenhuma cumprida, a torcida continua aprontando. Tem vídeo registrando torcedor celeste chamando parece que o autor de um dos gols do Remo de macaco. Isto também vai ficar sem punição?

  • STEFANO VENUTO BARBOSA disse:

    O pessoal que tá muito entusiasmado com a SAF, leiam a lei e me respondam, “se vcs fossem investidores, investiriam em algo, que já começa com 20% de prejuízo?”.

  • Luiz disse:

    Sabem quem poderá salvar o Cruzeiro? O BMG ( leia-se Ricardo Guimarães). Noticia circulando fortemente.

    • kleber Souza disse:

      Só se virá Coimbra

    • Marcão de Varginha disse:

      Mas antes deveriam consultar ao linguiceiro e outros tradicionais boquirrotos e arrogantes celestes, se sujeitariam implorar ajuda a um dos mecenas alvinegros.. na vida uns tropeçam e outros caem, capotam, sucumbem…
      – Tudo isso acontecendo e eu aqui na cidade interplanetária jogando milho aos pombos…
      – #benecyeternomito

      • Luiz disse:

        Grande Marcão, beleza?
        Pois é , concordo com você em tudo, embora eu ache que isso é um negócio e o Ricardo é o dono da grana. Vi que tem um primo dele que deu dinheiro nos 9 milhões que as Marias pediram emprestado.
        Mas pelo andar da carruagem eles tem umas quinze pseudo – propostas para venda, segundo a XP.
        Se eu tivesse grana , compraria o Botafogo por uns 130 reais e daria o cruzeiro de troco! E vc ? teria coragem de negociar o cru-cru? Abraços

  • Marcos disse:

    Freguês fiel de times como Avaí, CSA e Remo, o Cruzeiro nunca disputou a série B pra subir. E quem estava falando em três anos de série B deve ter se enganado, pq em 2022 nem série B o Cruzeiro irá disputar. Tá jogando futebol pra ser rebaixado pra série C, uma divisão onde não tem sequer dinheiro de TV e só vai até o final para oito clubes.
    Minas Gerais vive um paradoxo no seu futebol. O Atlético é o céu. O América, a Terra. E o Cruzeiro, o inferno…

  • Victor Maia disse:

    E de arrogância em arrogância, vão colhendo fracassos. Ou vocês queriam que jogadores com 6 meses de salários atrasados, rejeitados pela torcida e diretoria iriam se esforçar. Anunciaram uma pesquisa onde a torcida só quer 3 e a diretoria, espertalhona que é, anuncia “bota fora” antes do campeonato acabar. Vocês são brilhantes!

  • Pedro Ernesto disse:

    Timim mequetrefe e a torcida azulina saltitando de galho em galho torcendo para os adversários do Galo. Se depender do cru cru só fracassos.

  • Pedro Vitor disse:

    Freguês de carteirinha do Remo, é mole?

  • Geraldo Lacerda disse:

    O presidente engomadinho disse que pagou tudo, estava todo alegrinho na Itatiaia, a moite; novo VEXAME! Seis meses de salários atrasados, se não fossem as costas largas já teriam perdido mais 6 pontos.

  • Jeremias disse:

    O Cru cru perdeu. O Cru cru Perdeu. O cru cru perdeu. Eu já sabia, o Cru cru é freguês do Remo dentro de casa, quando não é de 5 é de 3. E o melhor goleiro do mundo é o mais vazado ultimamente. Quatro anos de sofrimento. Que final de carreira! Perderam para o GRANDE REMO, chafurdando na lama o futebol mineiro.

  • JESUM LUCIANO DA SILVA disse:

    Tô muito triste, espero que piore.