Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Goleiro Eduardo, ex-Atlético, vai oficializar fim da carreira amanhã, aos 33 anos

Do Superesportes:EDUARDOFoto: LANCENET!

* Ex-goleiro do Atlético, Eduardo encerra a carreira aos 33 anos por problemas cardíacos

O goleiro Eduardo, do Figueirense, com passagem por Atlético e Náutico, encerrou sua carreira aos 33 anos. Por problemas cardíacos, o jogador deixa a vida de jogador, mas deseja continuar no futebol.

“Encerro minha carreira com tranquilidade aqui no Figueirense e já começo meu estágio para começar minha nova fase, a de treinador de futebol”, afirmou o goleiro em entrevista ao site oficial do Náutico, onde o arqueiro atuou mais de 100 vezes.

Em sua carreira, Eduardo passou também por: Portuguesa-RJ, Bangu, Portuguesa, Grêmio, Brasiliense, América-RJ, Ceará e Resende.

De acordo com a assessoria de imprensa do Figueira, nesta terça-feira, às 15 horas (de Brasília), na reapresentação do elenco alvinegro, haverá uma coletiva com o jogador e o médico do clube, Sérgio Eduardo Parucker, para explicar a situação.

* http://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/atletico-mg/2011/06/20/noticia_atletico_mg,187543/ex-goleiro-do-atletico-eduardo-encerra-a-carreira-aos-33-anos-por-problemas-cardiacos.shtml


Deixe uma resposta para Daniel Oliveira Cancelar resposta

Comentários:
15
  • Joilson disse:

    Olá Eduardo,
    Todos os que conhecem a sua história de vida sabem que você é um guerreiro de grande caráter. Profissional de primeira grandeza, que envergou a camisa de grandes clubes com muita dignidade e honra, por todos os times que você passou e não foram poucos, você jogou não foi apenas para compor elenco. Por isso me orgulho de você por mérito seu!

    Parabéns e sucesso na sua nova jornada!

  • Pablo disse:

    Valeu Eduardo! Valeu escova! Sucesso na nova empreitada!

  • godinho ex jogador disse:

    escova vc e vencedor garoto deus estar contigo irmao um grande abçs do seu paseiro estou orando po vc na paz edu

  • JULIO CELESTE-ALAGOANO: Prá “preferir deixar de ser brasileiro do que deixar de ser cuzeirense” é só procurar seus direitos, meu caro! Essa sua frase soou como sendo uma vergonha ser brasileiro, assim como o é ser cuzeirense, entendeu? Mas respeito sua opinião, afinal toda “testemunha” sente vergonha de o ser, né?
    – Ademais, “a boca fala o que o coração sente”…

  • alex disse:

    Alisson,

    Colega de trabalho (O Cris) ?
    O único jogador da estória do futebol que jogou bomba
    em uma torcida. Quem é o verdadeiro perdedor ?
    Uma vergonha para a torcida do Cruzeiro esse Cris.
    O Eduardo fez o certo. Foi lá tirar satisfação mesmo.
    Depois que a torcida veio ameaçando o cara de morte aí sim ele
    foi pra tv chorar e pedir desculpas. ah vá…

  • Alisson Sol disse:

    Péssimo perdedor, agrediu um colega de trabalho por trás após um fracasso, e depois quando começou a ser enfrentado de frente correu (link). Mais um futuro treinador para fazer o Renteria ter de correr olhando para a lateral…

  • Julio Celeste-Lagoano disse:

    Marcão de Varginha se for preciso ser italiano para torcer para o Cruzeiro então prefiro deixar de ser brasileiro do que deixar de ser cruzeirense…

  • Dudu GALOMAIO disse:

    Eu estava no Mineirão. Galo x Juventude (2003).
    Estava indo embora com o jogo empatado em 1×1.
    Resolvi esperar a cobrança de escanteio no finalzinho. Quando me dei conta, o gol do Galo estava vazio. O doidão do Eduardo foi pra área e fez o gol da vitória do Galo, na raça, bem ao estilo alvinegro.
    Segue link deste gol, abaixo:

    http://www.youtube.com/watch?v=WGdtH1yC9LQ

  • Paulo disse:

    No período em que esse baita profissional defendeu o glorioso, jogadores como: Martinez, Marcelo Ramos, Elson, Wágner, Roni, Kleber, Caçapa, Fabrício (VESGO) e outras malas NÃO faziam graça com o glorioso e massa. O Crís tentou e deu no que deu!
    Boa sorte Eduardo!

  • STEFANO VENUTO BARBOSA disse:

    Era um torcedor do Galo, que tenha uma boa vida fora do futebol.

  • Daniel Oliveira disse:

    Boa tarde para todos
    Sou Atléticano e ainda me lembro do dia que o Eduardo fez um gopelo GALO.
    Foi demais.

  • clauber disse:

    Grande Eduardo, realmente era de ruim para mediano, mas encarnava a raça alvinegra, até gol ele fez pelo Galo no ultimo minuto. Que tenha uma otima carreira como treinador.

  • Eduardo, vc foi um goleiro corajoso e arrojado, e ainda vestiu a camisa do maior de MG (o Galo, é óbvio!). Lembro de uma passagem num clássico “quase” mineiro, quando vc não admitiu a implicância de um “atreta” do Cruzeiro com a maior torcida mineira, e por isso, sou mui grato á sua pessoa, que merece tudo de bom. Qualquer um pode passar pelos mesmos problema seus, e isso é uma oportunidade para vc demonstrar sua fé em Deus, que nunca nos dá uma cruz muito pesada que não possamos suportar. FELICIDADES!

    OBS: clássico “quase mineiro” pois foi disputado com o Cruzeiro (italiano, não com origem mineira).
    – É clássico realmente mineiro quando envolve o CAM e o América, ou entre ambos contra os clubes do interior de MG!

  • rodrigo assis disse:

    Teve alguns bons momentos no galo

    O melhor deles quando deu um mata leão no Cris

  • Idalino Candido da Silva disse:

    Boa tarde, Chico

    sou leitor assiduo da sua coluna.

    Sou torcedor do Galo desde 1967.

    Por favor peça ai pro Dorival tirar esse Renan Ribeiro. Ninguem merece.
    Um detalhe, toda bola que vai no canto direito dele, entra.

    Abraços,
    Idalino

    – Mineiros, Goiás