Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Robinho acertou com o Galo; agora é aguardar pra ver

ROBINHO

O presidente twittou agora há pouco:

Daniel Nepomuceno ‏@dan_nepomuceno 

@Robinho é #Galo! Mais uma vez, obrigado @DRYWORLD_IND @Dryworld_BR!

***

Uma motivação extra para o mun do alvinegro. No post anterior disse o que penso.

 


Atlético resolveu parcialmente a situação do Cazares; conversas com Robinho e procuradores estão rolando

ROB

Robinho e Pratto poderiam formar uma boa dupla de ataque e fariam as vendas de máscaras como essas dispararem

O Atlético conseguiu a inscrição provisória do Cazares hoje pela manhã. Isso ainda não garante que ele possa jogar na estreia da Libertadores, porém, caso a Conmebol não deferisse este pedido, o equatoriano não poderia atuar em nenhuma partida da primeira fase, mesmo se a pendência com o argentino Banfield fosse resolvida no meio do caminho, coisa que deve ocorrer dentro de mais alguns dias.

As negociações com Robinho foram retomadas ontem, com o fim da conversa dele com o Santos, mas são conversas complicadas e demoradas. Negociar com procuradores do Robinho é osso duro, mas falei agora com um diretor do Galo que está na parada. Segundo ele, pode dar acerto de hoje pra amanhã, mas também pode não dar em nada.

Se der, claro que poderá ser interessante, assim como foi com o Ronaldinho Gaúcho. Ou não!

Naquela época, pouca gente acreditava que o R10 daria retorno ao Galo. E foi excelente!

Mistérios da bola e do ser humano. Bola o Robinho ainda tem; basta querer jogar.

Aguardemos!

 


O acidente com o ônibus do Huracan e o risco do fim da carreira de um jogador

BUS

Toda viagem envolve risco, a qualquer um, em qualquer parte do mundo. Na Venezuela, então! Lamentável o acidente com o ônibus do Huracan, da Argentina.

E muito poucas informações oficiais sobre toda a situação, que envolve inclusive o risco do fim da carreira deste jogador que teve dedos amputados.

Notícia no Globoesporte.com

* “O Huracán divulgou um comunicado na manhã desta quinta-feira, informando que o grupo de jogadores já retornou à Argentina depois do acidente sofrido na quarta-feira. De acordo com o texto, Patricio Toranzo, Diego Mendoza e Pablo Santella seguem internados e evoluindo. A direção do clube acompanha os atletas e retornará com eles quando receberem alta.

HURACAN

No ofício, no entanto, não há informações sobre o real estado de Toranzo, que teria sofrido amputação de parte dos dedos conforme publicado pelo jornal “As”.(mais…)


Vitória sem atropelos do Atlético em noite que até Patric foi aplaudido

hyuri

Ruim do jogo foi o último lance, em que o goleiro Gilson, da Caldense, atingiu o Hyuri, num choque tão forte que desacordou o atacante do Galo e o fez ser removido de ambulância para o hospital. Lance de jogo, mas que, com um pouco de esforço e boa vontade, poderia ter sido evitado ou amenizado pelo colega de profissão.

A partida foi mais tranqüila para o Atlético do que a maioria imaginava. Não sei se o motivo foi um encaixe do time e tudo dando certo ou se é a Caldense que não está tão bem como eu imaginava. Em momento algum o Galo passou aperto e manteve fogo cerrado o tempo todo. O placar poderia ter sido maior. Aos 42 do primeiro tempo, Dodô bateu o corner para Leo Silva fazer 1 a 0. Depois, aos 13 do segundo, Leo Silva escorou um chutão do Victor para iniciar a jogada que originou o segundo gol, do Pratto. Importante lembrar que Leo Silva estava em posição ilegal, numa comida de mosca do bandeira e do árbitro.

Um gol em cada tempo, com boas atuações gerais, inclusive do Patric, que foi aplaudido quando saiu para dar lugar ao Pablo, aquele que ajudou o América a subir ano passado. E o moço entrou muito bem no jogo. O time desta noite do Diego Aguirre: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Tiago e Douglas Santos; Leandro Donizete, Rafael Carioca e Dodô (Hyuri); Luan (Lucas Cândido), Patric (Pablo) e Lucas Pratto.

CAMCAL

Apitou, Ronei Cândido Alves com Pablo Almeida Costa e Marcus Vinícius Gomes.


Globo recomendou guardar um nome: Diogo Capela, que arrebentou com o Guarani em Três Corações

DIOGO

O Guarani tacou 3 a 0 no América em Divinópolis e ontem tomou 3 a 0 do Tricordiano em Três Corações, jogo ainda pela primeira rodada do campeonato.

Dentro da política da Globo de jogar pra cima a competição que ela patrocina, a apresentadora do esporte do “Bom Dia Minas”, destacou:

— Diogo Capela, guardem este nome, viu!?

Opa, se ela mandou, está mandado, afinal este Diogo marcou dois dos três gols e sofreu o pênalti do outro.

Fui conferir se estamos diante de uma revelação, um potencial craque que todos nós torcemos pelo surgimento em todo campeonato estadual, de todos os anos.

Em vão: o moço, nascido em Capela/Alagoas, já está com 29 anos. O Tricordiano é o 14º clube da carreira dele, depois de passagens pelo Capelense, Juazeirense, União de Alagoas, Sport Atalaia, Araripina, Nacional/PB, Pesqueira, Remo, Icasa, Guarani de Sobral, Campinense/PB, Vitória da Conquista/BA e Manaus.


Diego Aguirre testa mais uma formação contra a Caldense, mas insiste com Patric no ataque

PATRIC

Patric, prestigiado por Levir Culpi e agora por Diego Aguirre

Atlético e Caldense jogam depois da novela, no Independência. Devem fazer um bom jogo. Dizem que o time da Caldense está bem arrumado; o Galo precisando se arrumar para a Libertadores e Diego Aguirre fazendo testes para tirar as conclusões dele.

Ainda sem poder contar com o equatoriano Cazares, cuja liberação está agarrada pelo Banfield da Argentina, vai testando formações.

Hoje o time será: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Tiago e Douglas Santos; Rafael Carioca, Leandro Donizete, Dátolo e Luan, Patric; Lucas Pratto.

Mas Patric, de novo?

Dureza!

Tem jogador que encanta a todos os treinadores com quem trabalham. Lembram do volante Marcio Araújo? Era assim no Galo, foi no Palmeiras e agora no Flamengo. Titular sempre.


A dança de treinadores e a primeira zebra da Libertadores

BECCACECE

O argentino Jorge Sampaoli (esquerda) e o seu ex-auliixar Sebastian Beccacece, agora técnico da La U

Não é fácil a vida de treinador de futebol, principalmente dos novatos. Mais ainda dos novatos que assumem grandes clubes em suas primeiras experiências. Deivid está sob observação o tempo todo no comando do Cruzeiro. Diego Aguirre já tem experiência como treinador, mas bastaram as derrotas para o Flamengo e Figueirense, para passar a sofrer muitas contestações. Situação agravada pela insistência dele em manter o lateral Patrick como atacante, mesma teimosia que levou muitos atleticanos a contestarem o antecessor Levir Culpi.

Vejam a situação do argentino Sebastian Beccacece, ex-auxiliar de Jorge Sampaoli na seleção chilena. Contratado em janeiro pela poderosa Universidade de Chile a “La U”, como um dos reforços para a Libertadores da América 2016, junto com alguns jogadores. Considerado técnico ofensivo, na estreia ganhou todas as manchetes chilenas e muitas pela América do Sul, por causa dos 8 a 1 aplicados no O´Higgins, pelo campeonato chileno. “En el debut del técnico trasandino en el Estadio Nacional, el cuadro laico goleo por 8-1 a O´Higgins. En una muestra de futbol y categoría, los refuerzos azules comandados por Gonzalo Jara, marcaron la diferencia pese a iniciar el encuentro en desventaja…”. Dizia um dos principais jornais de Santiago.

Porém, foi eliminado ontem da pré-Libertadores ao ficar num 0 a 0 com o modesto River Plate, do Uruguai, em pleno estádio Nacional de Santiago, com mais de 30 mil torcedores apoiando. O River venceu o primeiro jogo por 2 a 0, em casa.

Hoje a imprensa chilena questiona a forma de jogar adotada por Beccacece.

Leston Junior comandou o Tupi ao acesso à Série B nacional ano passado, mas a diretoria do alvinegro de Juiz de Fora achou que o Junior Lopes (filho do ex-treinador e delegado Antônio Lopes) seria melhor que ele este ano. Pois o Lopes durou apenas os dois primeiros jogos do Campeonato Mineiro, nas derrotas para o América no Independência e Uberlândia, em casa.

Ricardo Drubsky, que tem grande prestígio na cidade já assumiu a vaga. Foi ele quem comandou o time no acesso à Série D em 2011.

Nesta dança de cadeiras ninguém tem lugar cativo.


Presidente do Olympique de Marselha põe Lucas Silva para fora de ônibus da delegação

LUCAS

Lucas Silva em sua chegada ao Olympique de Marselha, com o agora desafeto Vincent Labrune

Da chegada glamourosa ao Real Madri para o constrangimento de se recusar a ser repassado de novo a um clube menor. O volante que se destacou no Cruzeiro não engrenou até hoje no futebol europeu. Mas, pelo menos, está com muito dinheiro no bolso e tem apenas 22 anos de idade.

Notícia do site da Veja:

* “Lucas Silva é expulso de ônibus do Olympique e tem futuro incerto na Europa”

Pouco aproveitado na equipe francesa, volante brasileiro foi retirado do veículo pelo presidente do clube, que pretendia emprestá-lo a um time belga

O volante brasileiro Lucas Silva, bicampeão brasileiro com o Cruzeiro, vive momento conturbado na Europa. O jogador de 22 anos, contratado há um ano por 15 milhões de euros (45 milhões de reais na época e 66 milhões de reais pela cotação atual) pelo Real Madrid, não conseguiu espaço na equipe espanhola e foi emprestado ao Olympique de Marselha para ganhar ritmo de jogo e experiência nesta temporada. Na França, porém, Lucas Silva segue tendo poucas chances e recentemente chegou a ser expulso do ônibus da equipe pelo presidente Vincent Labrune.

Segundo o jornal francês L’Equipe, o brasileiro teria sido retirado do ônibus da delegação por ter se recusado a ser emprestado ao Anderlecht, da Bélgica. (mais…)


Gente boa que muda de time e outras verdades verdadeiras de um grande Carnaval!

BRUNOVINIVIUSDUDU (1)

É pra acreditar: os irmãos Bruno e Eduardo Felix conhecidos pela “paixão celeste”, com requintes de radicalismo, foram presenteados pelo Zé Roberto, da Pax de Minas, com camisas do Galo, entregues pelo Vinícius (centro), sobrinho do Zé. Gostaram tanto que aderiram.

Revendo parentes, velhos, novos e grandes amigos, na roça, em minha região, que também é um ótimo pedaço de Minas! Capim Branco, Prudente de Morais, Funilândia, Fortuna, Inhaúma, Cachoeira, Sete Lagoas. . .

Muito movimento no “latifúndio’ da família do Paulinho Pedra Azul, em frente ao meu minifúndio, mas não sei se ele está por aqui.

PEDRAAZUL

Não deve estar, porque sempre que vem, e vê movimento aqui, atravessa a rua e chega pra prosear. Sempre com uma garrafa de Gameleira, pura ou curtida, uma das melhores cachaças mineiras, lá de Pedra Azul; boa demais da conta.

CM

Tomara que ele apareça, pois, com este calorão todo, a minha última garrafa secou.

Aí passei pra Canarinha, lá de Salinas, excelente, presente do amigo Tarcísio Felix.

CANARINHA

Tarcisio não anda nada satisfeito com os filhos Bruno e Eduardo, por causa do futebol. Cruzeirense, os meninos o seguiram fielmente, porém viraram assunto no Norte de Minas e em Sete Lagoas, onde sempre foram muito conhecidos pela “paixão celeste”, com requintes de radicalismo. Mas, foram presenteados pelo Zé Roberto, da Pax de Minas, com camisas e outros brindes do Galo, entregues pelo Vinícius, sobrinho do Zé. Gostaram tanto que foram ao Mineirão naquela quarta-feira torcer pelo time contra o Flamengo, e nem a derrota os desanimaram. Segundo o Vinícius, tudo indica que o Cruzeiro perdeu dois ex-fanáticos, que na verdade eram simpatizantes.

FALKE

O chope é, sem dúvida, o melhor do Brasil: Falke Bier, pilsen ou red baron, que estão nestes bicos aqui!

VEREDAS

Esta taça, presente da Empório (Castelo/Pampulha) . . .

TACAEURO

Esta, presente meu mesmo, pra mim, da Euro’2012 na Polônia e Ucrânia!

Sete Lagoas ganhou estes dias um bar à altura, do nível dos melhores de Lourdes, Santo Antônio, Sion, Santa Tereza e demais regiões de bons butecos de Beagá. É o Vulcano (antigo Milano), ao lado do Iceberg, na margem da Lagoa Paulino, aquela do centro da cidade, quase em frente à Ilha.

CHOPEVULCANO

Chope bem tirado, sempre trincando e tira-gosto inacreditável, servido em canecas e pratos esmaltados, às antigas, coisas do interior autêntico!

SERGIOFREIREJR

Tão bom que atraiu até o Dr. Sérgio Freire, grande médico do Cruzeiro, casado em Sete Lagoas com a Luciana (à direita), filha do Dalcy (um dos gerentes que fizeram história das mais bonitas na cidade) e Magda. À esquerda o cunhado dele, Henrique, com a patroa Roberta, que profissionalizou de verdade a qualidade nos bares da cidade.

Quem está por aqui também é o Orlando Augusto, com a patroa Maura.

ORLANDOMAURA

Veio visitar o tio dele Francisco, da Nívea, gente querida e tradicional dessas bandas de cá.

O Orlando está dividindo o tempo dele entre Sete Lagoas e Fortuna de Minas, a 35 Km, onde é realizado atualmente o melhor Carnaval de rua de toda a região, no centro da cidade e no Condomínio Fortuna Park, do ex-goleiro cruzeirense Victor Braga, o mesmo que berrou bravo quando foi citado pelo Benecy Queiroz naquela lorota de ter comprado árbitro.

Lá tem o “Jegue Elétrico”, uma carroça puxada por um burro, em que o Luciano Macaco, a esposa Andrea e o filho Tavinho, da banda Canto Livre, tocam marchinhas de Carnaval e arrasta todo mundo que está por perto.

Só não fui lá ainda porque não pego mais estrada depois de tomar umas. Como diz o Muricy, “a bola pune”, e sabemos nós que a vida ensina.

Minha radiola está com uma caixa de som pifada. Se alguém tiver notícia de onde adquiro uma Philips 600 H, me informe, por favor. Aí recorri ao youtube, para ouvir a banda do Canecão, depois Jorge Aragão, Martinho da Vila, Beth Carvalho, Dudu Nobre e adjacências! Interrupção apenas para atender à minha mãe, D. Terezinha, que adora Amado Batista e Roberta Miranda. Mãe é mãe, né!? Cumpra-se!

Mais tarde a gente volta!


Jogos Olímpicos do Rio e o bombardeio mundial: que pena, e que bom!

zika

Montagem: Globoesporte.com

Tudo parecia correr bem para os Jogos Olímpicos do Rio. Única grande preocupação era a segurança, por causa da criminalidade vivida pela cidade e risco de atentados terroristas. De repente, surge o virus Zika, que se tornou pavor de todo brasileiro, que se espalha mundo afora. No primeiro dia de fevereiro dois respeitados cientistas norte-americanos (Arthur Caplan e Lee Igel) detonaram: “realizar as Olimpíadas com essas condições é um ato de ‘irresponsabilidade’”.

Danou!

E as explicações: “… mulheres jovens, que podem engravidar e correr o risco de ter um bebê com deficiência … um homem com uma vida sexual ativa, que pode correr o risco de transmitir a doença para sua parceira… talvez apenas os atletas, técnicos e outros membros das delegações dos países devem viajar ao Rio…”, escreveram em artigo para a revista Forbes. “A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou emergência global por microcefalia, doença causada pelo vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, e o Comitê Olímpico Internacional, não se posicionou ainda e provavelmente não irá impedir a realização dos Jogos…”, disseram os cientistas.

Ontem o Comitê Olímpico dos Estados Unidos emitiu nota dizendo que atletas do país podem considerar não ir aos Jogos. Motivo “o medo do vírus da zika no Brasil”.

Problema sério, mas que tem um lado positivo: com essa discussão mundial, quem sabe os nossos governantes passam a tratar com a devida seriedade a saúde pública nacional!? Independentemente de partidos políticos, prefeituras, governos estaduais e federal, raros na nossa história trataram disso com a responsabilidade que o tema exige.

Nem para as Olimpíadas a Baía da Guanabara e a Lagoa Rodrigo de Freitas foram despoluídas. Isso lá no Rio; aqui em nossa capital temos a Lagoa da Pampulha como maior exemplo e dezenas, centenas e milhares de outras lagoas, córregos, rios e riachos Minas Gerais afora, na mesma situação.

A maioria da população brasileira não conta com saneamento básico. Em 200 países estudados, ocupamos a 112ª posição. Aí ficamos agora discutindo porque o “mosquito” e essas doenças voltaram ao país. Segundo dados do Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB) do Ministério da Saúde, 57,6% dos domicílios brasileiros são na base do esgoto por fossa ou esgoto a céu aberto.

A maioria da população brasileira não conta com saneamento básico. Em 200 países estudados, ocupamos a 112ª posição. Aí ficamos agora discutindo porque o “mosquito” e essas doenças voltaram ao país.

A falta de educação de qualidade, historicamente praticada no país, faz com que sejamos um povo desinformado e desinteressado naquilo que é fundamental para as nossas vidas. Os políticos desonestos e ruins adoram isso. Continuam colhendo votos, poder e dinheiro por meio dessa ignorância coletiva.


Página 1 de 89012345...102030...Última »