A feliz despedida Ronaldinho na Cidade do Galo

30 de julho de 2014 às 16:25

Entrevista coletiva diferente marcou a despedida do R10, com homenagens e troca de agradecimentos.

RON1

As fotos são do Superesportes e a reportagem do ESPN / SportsCenter :

RON2

* “Quero que lembrem de mim como um jogador que fez história no Atlético-MG”, diz Ronaldinho na despedida;VEJA http://ow.ly/zLrNF

Insuficiência cardiorespitória tira Julio Grondona do comando do futebol argentino

30 de julho de 2014 às 16:07

No Brasil é raro um político do mal ou um cartola mafioso do esporte morrer. Na Argentina eles se vão com mais freqüência, apesar de muitos durarem mais no poder que os nossos.

Hoje lá se foi o Júlio Grondona, o todo poderoso presidente da AFA, aos 82 anos de idade, mas 35 de poder, com mão de ferro.

GROND

Em 2011 republiquei aqui no blog, durante a Copa América da Argentina, um relato do Ariel Palácios, correspondente da Globo em Buenos Aires, escrito em 2009 sobre a trajetória e atitudes desse Grondona.

Confira:

http://blog.chicomaia.com.br/2011/07/03/um-cartolao-que-poe-qualquer-similar-brasileiro-no-bolso-inclusive-o-teixeira/

Ocupação “Padrão Fifa” fecha Br-040 na divisa de Contagem com Beagá

30 de julho de 2014 às 11:14

Fotos de um transtorno anunciado:

OCUP2

Durante a Copa do Mundo o Breno Lio nos enviou essas fotos dessa ocupação na divisa da capital com uma das cidades de maior concentração de grandes indústrias do estado.

OCUP1

Mas a falta de agilidade das autoridades para negociar e resolver o problema fez com que a Br-040 fosse fechada agora há pouco.

Virou informação do twitter da Polícia Rodoviária Federal e mais uma dor de cabeça para milhares de motoristas e pessoas que utilizam a estrada.

“Populares da ocupação Wilian Rosa, acabam de fechar TOTALMENTE a BR 040, no Km 527, próximo Ceasa. PRF no local negociando.”

“Mais de 100 manifestantes estão interditando o Km 527 da BR040. PRF permanece negociando no local.”

“Motoristas que seguem sentido BH x 7.Lagoas e vice versa devem utilizar a Via Expressa, para evitar trecho interditado na BR040.”

Plantel bem montado tem feito a diferença a favor do Cruzeiro

30 de julho de 2014 às 10:45

Virou jargão de muitos treinadores que o elenco é ou não é “equilibrado” tecnicamente. Bom exemplo de grupo “equilibrado” é o Cruzeiro.

Dedé tem sido destaque do noticiário, mais fora do que dentro de campo. Depois da recuperação do problema no ligamento do joelho entrou na pauta das negociações e discussão de valores. Interessante é que as aquisições mais caras do Cruzeiro foram ofuscadas por contratados menos famosos ou desconhecidos. Bruno Rodrigo, Leo e agora Manoel na zaga; o prata da casa Lucas Silva, não “oportunizado” pelo Celso Roth; o veterano Henrique que voltou a jogar muito depois da passagem pelo Santos; Everton Ribeiro, Ricardo Goulart e William, que surpreenderam o país em 2013; Marquinhos que parece ser a bola da vez em 2014, e Marcelo Moreno, que rodou bastante por outros clubes grandes, mas sucesso mesmo, só nessa volta à Toca da Raposa.

Como deram conta do recado não há margem para ninguém reclamar de ausências no time como Julio Baptista, Nilton, Dagoberto, Borges e o próprio Dedé.

- – -

Marquinhos caminha para ser a novidade do ano no time.

MAR

Dados do site do Cruzeiro:

Nome completo: Marco Antônio da Silva Gonçalves
Posição: Atacante
Nascimento: 19/10/1989 (Prado-BA)
Altura: 1,75 m
Peso: 68 kg
Jogos: 7
Gols: 1
Carreira: Bahia (2008), Vitória (2008), Palmeiras (2009 a 2010), Vitória (2010), Flamengo (2010 a 2011), Vitória (2011 a 2014)  e Cruzeiro (desde 06/2014)
Títulos: Campeonato Baiano 2008 e 2013; Campeonato Carioca 2011

Hora de pensar no pós-Ronaldinho já que o Campeonato continua e o time não está bem na tabela

30 de julho de 2014 às 09:43

O Atlético e atleticanos precisam colocar em prática agora a frase que o saudoso atacante carioca Dirceu gostava de usar para momentos de dificuldades: “vida que segue”, e se voltar totalmente à melhoria do time e uma recuperação sustentável na classificação do Campeonato Brasileiro. Ronaldinho Gaúcho pertence a um passado bonito na história do clube, que é maior que qualquer jogador que veste ou já vestiu a sua camisa.

Fala-se com muito atraso em substituto para Ronaldinho já que desde a reta final da conquista da Libertadores ele já não vinha repetindo as grandes atuações de 2012 e primeiro semestre de 2013.

Assim como Levir Culpi fez agora, Cuca substituiu Ronaldinho na final contra o Olímpia no jogo em Assunção. Na época, também não gostou, mas no jogo seguinte o time foi campeão e ele só tentou jogar pra valer contra o Raja Casablanca no Mundial Interclubes, mas aí era tarde, porque o time marroquino entrou em campo com mais garra e parou o R10 e todo o time, que de lá para cá foi uma sucessão de erros, a começar pela forma como o Cuca saiu, depois a escolha de Paulo Autuori como sucessor.

Até hoje o Galo está procurando o caminho certo para voltar a jogar bem e vencer. Dentro do elenco não havia e não há substituto à altura de Ronaldinho. Guilherme está longe disso, apesar da força que recebe de alguns companheiros da imprensa. Se bem que à vezes jogadores de futebol se superam quando ficam livres de alguns incômodos e crescem de produção. Ao contrário do que muita gente dizia não era Tardelli que se incomodava com Ronaldinho e sim Guilherme, tendo a recíproca como verdadeira.

Mas não é só na armação do time que o Galo tem problemas. A lateral esquerda continua sendo dor de cabeça desde que Júnior César caiu na antipatia de Cuca, que passou a apostar até em Richarlysson na posição e só escalava o antigo titular quando não tinha jeito. Deixá-lo ir embora sem ter alguém ao menos razoável para a vaga foi um dos erros com as piores conseqüências para o Galo deste ano.

EME

Emerson Conceição esgotou a cota de paciência que os mais pacientes tinham com ele. Alguns cruzamentos certeiros são muito pouca coisa para se ter ainda esperança de que vai dar conta dessa lateral esquerda. É claro Levir Culpi tem que dizer que confia nele já que tem contrato em vigor e não há outro para o lugar.

- – -

DUKEDINHO

Esta charge do Duke, hoje no Super Notícia, é um bom cutucão para que o mundo alvinegro acorde!

A volta de Felipão ao ninho gaúcho

29 de julho de 2014 às 18:29

O ex-técnico da seleção assume o Grêmio amanhã, seu clube do coração, no lugar do Enderson Moreira.

Ambiente ideal para empregar a sua estratégia de motivação do grupo e da torcida. Na seleção é que não dava mais mais.

Pega o clube gaúcho na 10ª posição com 19 pontos. Que seja mais feliz lá do que foi no Palmeiras em 2012.

O Globoesporte.com publicou resumo da trajetória do treinador:

FELIPAO

* “Nome: Luiz Felipe Scolari
Idade: 65 anos
Clubes: CSA, Caxias, Brasil de Pelotas, Al-Shabab, Juventude, Grêmio, Coritiba, Criciúma, Júbilo Iwata, Palmeiras, Cruzeiro, Seleção Brasileira, Seleção de Portugal, Chelsea, Bunyodkor
Títulos: Copa do Brasil (1991, 1994, 1998 e 2012), Libertadores (1995 e 1999), Recopa Sul-Americana (1995), Brasileirão (1996), Copa Mercosul (1998), Torneio Rio-São Paulo (2000), Copa Sul-Minas (2001), Copa do Mundo (2002), Copa das Confederações (2013)”.

Cruzeiro informa que Dedé já pode ser negociado, mas ainda não tem proposta por ele

29 de julho de 2014 às 17:38

Do site da Raposa:

* “Da Toca II”

Angel Drumond

O atleta Dedé teve seus direitos econômicos adquiridos junto ao Vasco da Gama no primeiro semestre de 2013, em uma negociação que incluiu também a participação de mais três grupos de investidores.

No acordo firmado entre todas as partes, ficou definido que após a Copa do Mundo de 2014, realizada no Brasil, o jogador poderia ser vendido para outro clube pelo valor fixado de 15 milhões de euros. No momento, nenhuma equipe do futebol internacional apresentou qualquer proposta para adquirir o zagueiro.

O Cruzeiro esclarece ainda que conta com o atleta em sua campanha para a busca de novos títulos nessa temporada e que só abrirá mão de Dedé caso surja uma proposta nos valores definidos anteriormente.

dede

Washington Alves/LightPress

http://www.cruzeiro.com.br/index.php?section=conteudo&id=5055

O dia quem Ronaldinho Gaúcho parou e emocionou o interior de Minas

29 de julho de 2014 às 16:29

Senhoras e senhores,

entre tantos artigos e depoimentos sobre a feliz passagem de Ronaldinho pelo Galo e por Minas Gerais, esta do Sidney Junior, jornalista, ex-assessor de imprensa do América de Teófilo Otoni, é especial. Traz a dimensão da importância de um jogador como este na vida das pessoas, especialmente nessas circunstâncias narradas pelo Sidney.

Eu, também nascido no interior do estado me senti bem representado neste texto.

Agradeço ao Sidney e confira, pois vale a pena:

* “O dia em que o R10 esteve aqui”

A despedida de Ronaldinho Gaúcho do Galo despertou no torcedor atleticano um sentimento de agradecimento e a lembrança dos gloriosos momentos vividos ao lado do craque. Os jornalistas e colunistas dos sites e jornais de Minas Gerais também se movimentaram para contar as histórias e o significado da passagem de Ronaldinho pelo Atlético.

E daqui de Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, comecei a lembrar fatos e tentar achar uma explicação de o porquê a cidade foi uma das poucas do interior do estado a receber a visita do craque, eleito duas vezes o melhor jogador do mundo.

Só percebi a grandeza da coisa depois que meu sobrinho de 15 anos, apaixonado e daqueles doentes (como ele diz) pelo Cruzeiro, me disse que não viu nenhum jogo da Copa no estádio, mas não importava, pois tinha visto o Ronaldinho ao vivo, no Estádio do América de Teófilo Otoni.

Voltando ao ano de 2013, lembro bem daquela quarta-feira, 20 de março. O Atlético estava em meio à disputa da Copa Libertadores, mas tinha aquele jogo de meio de semana aqui no “acanhado” estádio Nassri Mattar, contra o América. O técnico Cuca já avisara semanas antes que pouparia seus craques de alguns jogos do Campeonato Mineiro para usá-los no melhor de suas condições físicas na Libertadores. Nada mais justo.

A delegação do Atlético veio de avião até Governador Valadares, e de lá até Teófilo Otoni, cerca de 140 quilômetros, no famoso vôo rasteiro, de busão mesmo. Quando surgiu a notícia de que o Ronaldinho estava na delegação foi um alvoroço geral por aqui. Os atleticanos, principalmente, ficaram em estado de êxtase. E não sei porque cargas d’água, quando a delegação do Atlético chegou no hotel, lá estava o R10 com sua simpatia, e um pouco de timidez misturada com aquela marra que só jogador de futebol tem.

Seriam aquelas coisas do destino? Ou uma intervenção divina? Não sei dizer, acho que nem o Cuca ou o próprio Ronaldinho sabem porque ele participou daquele jogo. Ele que no dia seguinte completaria 33 anos, e certamente tinha uma boa festa preparada junto com seus amigos e familiares.

E o Ronaldinho foi pro jogo. Não se preocupou com as condições precárias do estádio do América, não reclamou da chegada complicada no entorno do estádio, não questionou o gramado, que não era dos melhores, e o que se viu em campo foi um Ronaldinho se divertindo. Na entrada em campo, o pequeno Olavo de apenas 5 anos foi o privilegiado ao entrar de mãos dadas com o craque. Ronaldo não titubeou. Bateu bola com o pequeno, que não tinha a menor idéia do que significava aquela cena.

RONALDINHO

Já a imagem do R10 no intervalo sentado do lado de fora do vestiário com um varal ao fundo foi das coisas mais hilárias e contrastantes ao nome de Ronaldinho Gaúcho e do glamour que tem o futebol atual.

O R10 não se importou com nada extra campo. Ao marcar um dos gols do Atlético, fez aquela comemoração marcante com o Jô, lembrando dois galos de briga. E ainda cobrou o escanteio que gerou o outro gol, do Réver.

R10

Na saída de campo, todo sorridente, deu aquela famosa entrevista ao repórter da TV que transmitia a partida, dizendo que o gol foi pra umas amigas do coração.

Vendo o Ronaldinho ignorando tudo aquilo que o futebol moderno chama de “mínimas condições de trabalho”, me lembrei do Alexandre Kalil e do Vanderley Luxemburgo desancando o precário Nassri Mattar, por causa daquele fatídico jogo da chuva em 2010. Kalil e Luxa exageraram só um pouquinho, mas tinham razão em reclamar. Só lembrei desse fato pra mostrar como um cara que já jogou nos melhores estádios do mundo, ao lado dos maiores craques, nas mais lindas cidades, sabe medir cada ambiente e cada condição proposta para um jogo de futebol. É por isso que R10 está naquele grupo de jogadores que transcendem clubes e seleções, como Pelé, Zico, Ronaldo Fenômeno, Romário, Messi e tantos outros.

Nesses dois anos e um mês de Atlético não sei em quantas cidades do interior Ronaldinho jogou, se é que jogou, mas aqui em Teófilo Otoni está registrado, marcado para cada torcedor que foi ao estádio naquela noite de quarta-feira. Antes do Ronaldinho, o único registro que se tinha era de um jogo festivo em que Mané Garrincha, já aposentado, teria participado nos anos 70.

Que eu saiba nenhum torcedor do América saiu reclamando daquela derrota. Ronaldinho Gaúcho é um tipo de símbolo, capaz de reunir até adversários para aplaudi-lo, como eu vi pela TV a torcida do Real Madrid fazendo no Santiago Bernabeu, e vi ao vivo americanos e cruzeirenses de Teófilo Otoni, no Nassri Mattar.

O torcedor do Galo acostumado a freqüentar o Independência e o Mineirão pode dizer que teve o privilégio de ver um dos maiores craques da história do futebol brasileiro, e juntem-se a eles a torcida de Teófilo Otoni, que teve numa única noite essa mesma alegria, mas que já está guardada na história e na memória de cada um.

BUS

Em foto do blog Galo de Prata 13, o ônibus do Atlético recebendo o time no aeroporto de Governador Valadares de onde seguiria para Teófilo Otoni.

- – -

* Obrigado ao Frederico Ribeiro que nos enviou a foto do Ronaldinho no vestiário sob o varal.

Mesmo com tanta força da imprensa a estrelas do São Paulo não fazem o time engrenar

28 de julho de 2014 às 12:31

Na Série A, situação é semelhante à B na briga pelas primeiras posições, onde o Cruzeiro lidera com folga, mas o vice, Corinthians já não tem refresco, assim como os demais que estão entre os quatro primeiros.

Interessante é que por mais força que a imprensa de São Paulo dê a Kaká, Ganso, Pato e Cia., o time do Muricy não engrena de jeito nenhum.

Na luta contra o rebaixamento a briga está ótima e Vanderlei Luxemburgo conseguiu estrear com vitória sofrida sobre o Botafogo e sair da lanterna:

Times

P

J

V

E

D

GP

GC

SG

%

1 Cruzeiro >> 28 12 9 1 2 28 12 16 77
2 Corinthians >> 23 12 6 5 1 15 6 9 63
3 Fluminense >> 22 12 7 1 4 20 11 9 61
4 Internacional >> Subiu1 22 12 6 4 2 18 11 7 61
5 Sport >> Subiu3 21 12 6 3 3 11 11 0 58
6 Santos >> Subiu3 20 12 5 5 2 15 6 9 55
7 Goiás >> Subiu3 20 12 5 5 2 9 8 1 55
8 São Paulo >> Desceu2 19 12 5 4 3 19 15 4 52
9 Atlético-PR >> Desceu5 19 12 5 4 3 19 16 3 52
10 Grêmio >> Desceu3 19 12 5 4 3 10 8 2 52
11 Atlético-MG >> 15 11 4 3 4 13 12 1 45
12 Palmeiras >> 13 12 4 1 7 9 16 -7 36
13 Botafogo >> 12 12 3 3 6 14 14 0 33
14 Criciúma >> 11 12 4 2 6 8 18 -10 30
15 Chapecoense >> 11 11 3 2 6 8 13 -5 33
16 Vitória >> Subiu1 11 12 2 5 5 12 15 -3 30
17 Coritiba >> Subiu2 10 12 2 4 6 11 15 -4 27
18 Flamengo >> Subiu2 10 12 2 4 6 8 19 -11 27
19 Bahia >> Desceu3 9 12 2 3 7 8 14 -6 25
20 Figueirense >> Desceu2 7 12 2 1 9 5 20 -15 19

http://esportes.terra.com.br/futebol/brasileiro-serie-a/tabela/

KAKA

Kaká descontou para o São Paulo na derrota para o Goiás por 2 a 1

Sem gordura pra queimar, América precisa do apoio da torcida sábado

28 de julho de 2014 às 12:19

O América não pode perder pontos em seu próximo jogo pela Série B, sábado, 16h20 no Independência contra o ABC. O Ceará distanciou-se quatro pontos na liderança e há dois colocados na vice-liderança com o Coelho com 23 pontos. E os que estão fora dos quatro, com diferenças mínimas de pontos.

A classificação do portal Terra:

Times

P

J

V

E

D

GP

GC

SG

%

1 Ceará >> 27 13 8 3 2 24 18 6 69
2 América-MG >> 23 13 7 2 4 21 13 8 58
3 Joinville >> 23 13 7 2 4 16 12 4 58
4 Avaí >> 23 13 7 2 4 14 12 2 58
5 Sampaio Corrêa >> 22 13 6 4 3 20 11 9 56
6 Luverdense >> 21 13 6 3 4 17 13 4 53
7 América-RN >> 20 13 6 2 5 20 18 2 51
8 ABC >> 20 13 6 2 5 14 12 2 51
9 Atlético-GO >> 19 13 5 4 4 20 16 4 48
10 Vasco >> 19 12 4 7 1 17 8 9 52
11 Ponte Preta >> 18 13 4 6 3 15 14 1 46
12 Boa E.C. >> 17 13 5 2 6 15 17 -2 43
13 Santa Cruz >> 16 13 3 7 3 17 17 0 41
14 Náutico >> 15 12 4 3 5 14 16 -2 41
15 Icasa >> 15 13 4 3 6 11 15 -4 38
16 Oeste >> 14 13 3 5 5 13 21 -8 35
17 Paraná >> 13 13 3 4 6 14 16 -2 33
18 Portuguesa >> 11 13 2 5 6 13 21 -8 28
19 Bragantino >> 10 13 2 4 7 15 23 -8 25
20 Vila Nova-GO >> 5 13 1 2 10 5 22 -17 12

-

PIMPAO

Pimpão comemora o gol da vitória do América/RN sobre o Coelho, que abusou da perda de gols

http://esportes.terra.com.br/futebol/brasileiro-serie-b/tabela/