Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Vitória do Galo em Curitiba deixou bem clara a diferença entre os técnicos Cuca e Turco Mohamed

Este jogo foi muito interessante para deixar bem clara a diferença entre os treinadores: Turco Mohamed era incapaz de mudar a cara do time, com substituições e alterações táticas. Quando o time ia mal, era certo que não seria consertado porque o comandante não tinha visão de jogo e nem sabia como mexer. Cuca é mestre nisso.

Nesta manhã, o primeiro tempo foi “péssimo dos péssimos”, como diria o grande jornalista José Luiz Gontijo, tanto o jogo quanto o time do Atlético.

Para melhorar, no intervalo, Cuca tirou Jair e colocou Pedrinho. Na sequência, tirou, não estava bem e colocou Alan Kardec; Zaracho, cansado, para a entrada de Nacho; Pavón para a entrada do Ademir, e Rubens no lugar do Keno. O futebol atleticano mudou da água pro vinho e o goleiro Muralha, que pouco trabalhara no primeiro tempo, passou a ser o nome do jogo.

O gol só saiu aos 48 minutos, de um cruzamento do Nacho para o Kardec. Fica a expectativa se o time vai engrenar a sequência de vitórias de que precisa, para brigar entre os quatro primeiros do campeonato.

Durante a partida, o Fred Ribeiro  do Globoesporte.com, registrou a cara de apreensão do Hulk, assistindo do banco o segundo tempo:

@fredfrm

A imagem de Hulk no banco de reservas do Atlético. . . #trcouto


Sem caça a bruxas, mas o Vargas precisa se explicar e pagar pelo destempero moleque

O time todo correu muito, se empenhou, pressionou e dominou o Palmeiras. Porém sem converter em gols. Jogou um bom futebol, contra um adversário que só se arriscava ir ao ataque quando se sentia muito seguro e nos contra ataques, bem ao estilo do técnico Abel Ferreira.

Boa arbitragem, independente, firme, que não teve medo de dar cartões vermelhos, mesmo sob tanta pressão na Allianz Arena. O sistema defensivo palmeirense funcionou bem demais e de onde se esperavam os lances de genialidade e principalmente gols do Atlético, não aconteceu nada. Muito pelo contrário, Vargas fez aquela palhaçada, de provocar o apitador e tomar o cartão vermelho, num momento crucial, quando a pressão sobre o Palmeiras era enorme.

Decisão nos pênaltis e aí entra o fator emocional. Até os melhores e mais experientes cobradores costumam errar. Rubens bate bem, era o cobrador do time junior. Bateu mal dessa vez e o Palmeiras se classificou.

A culpa pela eliminação é de todos, mas Vargas tem uma responsabilidade especial nisso. Nunca vai conseguir esclarecer essa expulsão.

Agora, é como disse o Hulk depois da partida:

__ O que nos resta agora é encarar os 17 jogos do Brasileiro como 17 finais. Enquanto houver chance matemática, tudo é possível

Começando domingo em Curitiba, às 11 horas, contra o Coxa, 22 pontos, 15o colocado, apenas um ponto acima do Fortaleza, o primeiro da zona do rebaixamento.


Atlético esta noite será no ritmo Tim Maia: do “tudo é tudo e nada é nada”

Ou, como costumamos dizer no interior: “calça de veludo ou bunda de fora”. Porém, com um detalhe fundamental: franco atirador. Vai enfrentar o atual bicampeão da Libertadores, na casa dele, time que joga o melhor futebol do país na atualidade, apoiado pela torcida, dirigido por um estrategista brilhante, que é o Abel Ferreira.  Terá de ir com tudo, pois só a vitória interessa, no tempo normal de preferência. Se não der, pênaltis.

Classificado, sai da Arena palmeirense glorificado e embalado para buscar o segundo título da Libertadores em sua história. Eliminado, terá que se preparar para “comer o pão que o diabo amassou”, se é que existe diabo, se é que ele amassou algum pão, e sabe-se lá o que isso significa.

Sair da competição e ficar disputando apenas o Brasileiro, será terrível, já que o título nacional ficou distante.

Time por time, os dois se equivalem; treinadores, idem, já que Cuca também é ótimo de serviço e estrategista dos melhores, desses que sabem mudar completamente o sistema de jogo, para melhor, quando tudo se parece perdido.

Tudo pode acontecer. O Galo costuma crescer em situações como a de hoje.


Corinthians foi café pequeno para o Flamengo, que fez o dever de casa no Maracanã

A torcida corintiana até que fez a parte dela. Lotou o espaço que tinha à sua disposição no estádio, gritou bastante, mas o time dela é muito inferior ao Flamengo, que não teve tanto trabalho para se garantir nas semifinais da Libertadores.

Impressionante o estilo do Arrascaeta. Parece fingir um apagão e de repente arranca com a bola, driblando quem aparece pela frente e põe a bola no pé ou cabeça de um companheiro, como se fosse com a mão, para o sujeito marcar. Hoje foi assim de novo. Pela esquerda, chegou quase à linha de fundo e cruzou com o lado de fora do pé, para o Pedro dar um carrinho e escorar para as redes.

Grande jogador!


Virada aos 49 do segundo tempo. Ao contrário dos anos anteriores, o “Sobrenatural de Almeida”, dessa vez está do lado do Cruzeiro na luta pelo retorno à Série A

Rodolfo entrou aos 34 do segundo tempo para virar para o Cruzeiro no último lance da partida, nos descontos. Foto @Staff_images @Cruzeiro

O “Sobrenatural de Almeida”, que entrou em campo sempre contra o Cruzeiro nos dois anos anteriores da Série B, dessa vez resolveu mudar de lado totalmente e a cada partida demonstra que está com a Raposa, ajudando-a no retorno à Série A,

Esta noite, por exemplo: primeiro tempo da pior qualidade, jogo de dar calo nas vistas. No segundo, o goleiro Rafael Cabral, que vem sendo um dos destaques do time, deixou escapar uma bola que resultou na abertura do placar pelo Londrina, por meio do Mandaca.

Mas, aos 40, veio o empate, com gol contra, cometido pelo Saimo. Dentre as várias mexidas feitas pelo técnico Paulo Pezzolano, Rodolfo entrou no lugar do Neto Moura, e virou o jogo aos 49 minutos. Vitória merecida.


E o Dedé, hein!?

Ontem o Brenno Beretta twittou, e eu fiz um comentário sobre este assunto:

Brenno Beretta @BrennoBeretta

“O #Athletico dispensou Dedé, que fez apenas 1 jogo pelo clube! Felipão não teria gostado de algumas atitudes do zagueiro e optou por não contar mais com ele. Na #Ponte já tinha sido um fiasco. Está livre no mercado, com 34 anos. #MercadoDaBola”

@chicomaiablog

“Mais um caso de ex-grande jogador sem “desconfiômetro”, que não vê que já passou da hora de virar a página e buscar outra atividade profissional.”

***

Agora, li essa notícia em um site e fiquei pensando: qual será este clube “gigante” que estaria entrando nessa?


Adversário do Cruzeiro hoje, Londrina luta por vaga na Série A e está dando oportunidade ao Adilson Batista de ressuscitar como treinador

O adversário do Cruzeiro de daqui a pouco faz campanha muito boa e ocupa a quinta posição, com 33 pontos, atrás do Vasco, que está com 39. Dirigido pelo Adilson Batista, que depois de tantas más campanhas com vários times, finalmente volta a ser destaque positivo nos noticiários.

As prováveis escalações para esta noite no Estádio do Café, 21 horas:

Cruzeiro: Rafael Cabral, Zé Ivaldo, Lucas Oliveira e Eduardo Brock; Daniel Júnior (Rômulo), Machado (Pablo Siles), Neto Moura e Matheus Bidu; Bruno Rodrigues, Chay e Luvannor (Edu).

Londrina

Adilson em foto de Sheyla Dantas @LondrinaEC

Matheus Nogueira, Jeferson, Saimon, Vilar e Alan Ruschel; João Paulo, Mandaca e Gegê; Caprini, Douglas Coutinho e Gabriel Santos.


América chama a torcida para o jogo contra o Santos, time do Lisca. Mas deveria baratear o ingresso para encher o Independência

Pelas redes sociais o Coelho lembra que domingo tem o Peixe pela frente, no Horto: @AmericaMG “PRÓXIMA BATALHA Em nossa casa, enfrentaremos o @SantosFC em busca de mais três importante pontos no @Brasileirao! #PraCimaDelesCoelho #SomosVolt

***

Com a vitória de ontem sobre o Coritiba, na capital paranaense, 2 x 1, o time paulista chegou aos 30 pontos, ocupando a nona posição. Com 27, o América está em 10º e terá a oportunidade de ultrapassá-lo novamente, já que tem uma vitória a mais no campeonato.

Aproveitando que o time está crescendo na disputa e ainda contratou jogadores que estão acrescentando ao trabalho do Mancini, a diretoria deveria criar promoções de verdade, barateando o ingresso, para atrair o maior número possível de torcedores.

Disputa acirrada, nas partes de cima e de baixo da tabela de classificação

_


Vitor Roque desequilibra, Atlético vacila e perde novamente no fim do segundo tempo, no Mineirão

Com 25.119 pagantes e renda de R$ 823.240,05, o Galo pisou feio na bola novamente no Mineirão.

Os dois times precisavam demais da vitória para as suas pretensões no campeonato. Os dois treinadores pouparam jogadores visando os próximos compromissos pela Libertadores no meio da semana. O Galo começou bem, abriu o placar e terminou o primeiro tempo ga nonhando o jogo. Mas a a reação do Paranaense foi eficaz, contando com um talento emergente do futebol brasileiro, Vitor Roque, que pôs a defesa alvinegra para dançar, com especial passeio sobre o zagueiro Nathan. Aliás, horas antes da partida, o Henrique André, da Itatiaia, postou no twitter, que Jemerson está regularizado e caso fizesse a sua reestreia hoje, completaria 110 jogos com a camisa do Galo. Talvez tenha chegado a hora do Cuca pensar nisso.

 

Quando o jogo estava 2 x 2, Cuca e Felipão começaram colocar em campo seus principais titulares. O jogo melhorou, mas nem Hulk conseguiu marcar ou ajeitar para algum companheiro desempatar. E parece que o time se cansou. Num contra ataque, aos 50 minutos, o time do Felipão foi mais competente e fez 3 x 2.

Como não houve interferência da arbitragem no placar, vitória merecida do rubro-negro do Sul.

Vitor Roque, comemora um dos dois gols, em foto do José Tramontin/athletico.com.br


Terceira vitória consecutiva põe o América na nona colocação. Segunda-feira é dia de secar o Santos

Outra grande atuação e mais um gol decisivo do Pedrinho

Dessas três, duas fora de casa, contra o Atlético-GO e ontem contra o Juventude. Com 27 pontos, torce contra o Santos nesta segunda-feira, que enfreta o Coritiba, na capital paranaense. O time paulista também tem 27 pontos e está em 10º.

Na enquete com a torcida, o goleiro Matheus Cavichioli foi eleito o melhor em campo

 

@AmericaMG  #DestaqueDaPartida! Quem merece levar o prêmio, Nação Americana?? #PraCimaDelesCoelho #SomosVolt

Pedrinho 35,3%

Matheus Cavichioli 40,5%

Benitez 19,6%

Lucas Kal 4,6%


Página 1 de 1.27612345...102030...Última »