Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Milagres, ex-América e Bentinho, ex-atacante do Cruzeiro vão comandar o Montes Claros na luta pelo acesso no Mineiro

A informação é do Christiano Jilvan, do blog De Veneta, uma das maiores referências do jornalismo do Norte de Minas. Confira:

Bentinho de auxiliar e Milagres de técnico: nomes do comando do Montes Claros Esporte”

O COMANDO do Montes Claros Esporte quer anunciar os primeiros nomes entre jogadores e comissão técnica somente após oficializar a inscrição do clube para a disputa do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão, cujo prazo vence nesta quarta-feira (16/5). Mas como é “um caminho sem volta”, aos poucos, vazam as informações de bastidores do projeto que recolocará a cidade de volta ao futebol profissional depois de três anos de jejum.

DENTRE AS contratações que serão anunciadas nos próximos dias está a do ex-atacante Bentinho, que será o auxiliar técnico. Jogador com boas passagens pelo Botafogo, São Paulo e Cruzeiro, além de clubes do Japão, ele reside em Montes Claros desde o final da carreira e foi o primeiro nome apalavrado para integrar a comissão técnica.

NUMA CONVERSA formal e sem pedir sigilo, o gestor do MCEC, Andrey Souza, confirmou há alguns dias, o nome de Bentinho para os planos do clube.
COMANDO

SOBRE O
 nome principal da comissão técnica, tão logo o time acerte a inscrição, o Montes Claros Esporte colocará em prática a primeira das grandes parcerias com outros clubes da cidade: o Ateneu.

A EXPLICAÇÃO. Desde o ano passado, a diretoria do Broca foi a Belo Horizonte buscar o ex-goleiro Milagres para ser o coordenador de futebol do clube, com a ideia de, a curto e médio prazo, lançar um time na cidade, entre juvenil e júnior, para disputar competições estaduais. Mas como o Ateneu depende ainda da reforma completa do seu campo para depois encarar competições federadas, o vínculo com Milagres será repassado ao MCEC.

INDAGADO, o presidente do Ateneu, Cássio Aquino, garantiu a cessão. Foi a primeira confirmação oficial sobre o assunto. “É uma parceria né? O que sempre pediram no futebol de Montes Claros, que é a união dos clubes, independente do nome que estiver à frente, estamos fazendo a nossa parte”, disse.

HÁ UMA semana, o nome de Milagres, que era técnico do time Sub-20 do Coelho até o ano passado e marcou história como o jogador com o maior número de jogos com a camisa do América, foi cogitado pelo apresentador Rubem Ribeiro, do Momento Esportivo (VinTV), como certo para o comando do MCEC; informação respaldada pelo jornalista Leonardo Maciel (Tempo do Esporte).

https://www.deveneta.com/2018/05/bentinho-de-auxiliar-e-milagres-de.html


Comentários:
4
  • Amaury Alkimim - Montes Claros disse:

    Que notícia boa, Chico! Espero que isso realmente aconteça e Moc tenha um time competitivo disputando competições importantes. O desafio é enorme, pois futebol já há um bom tempo deixou o romantismo e paixão para trás e se tornou muito caro e elitista, não só aqui em Minas que só Cruzeiro e Atlético conquistam título(América, uma vez a cada década) mas no mundo todo. Em São Paulo só os quatro grandes, na Espanha só Real e Barça…Pena que o Mocão virou pretexto para os candidatos a prefeito fazerem demagogia a cada 4 anos (o que já foi enterrado de dinheiro ali num desperdício criminoso de recursos públicos é repugnante). Fica a torcida para que dê certo

  • Márcio Amorim disse:

    Caro Chico e amigos!
    Não conheço o Bentinho, mas desejo toda sorte a ele e ao Milagres. Bobagem querer falar deste. O seu passado o credencia a fazer um bom trabalho. Fê-lo nas categorias de base do América e não teve reconhecimento. Por mim, seria, hoje, o técnico do time principal.

    Pergunta-se: se ele assumisse e priorizasse as categorias de base, que ele conhece tão bem, como tentou fazer uma vez o Élcio “Jacaré”, quem haveria de adotar Juninho, Renan, Luan, He-man, Gérson Magrão?

    Pois é!

  • Raul Otávio da Silva Pereira disse:

    Como diz abaixo o Victor Maia, e o estádio ? Jogar naquela pocilga não serve. Há locais próximos ao centro da cidade em Montes Claros ótimos para construir um estádio novo. Resta sabe se há dinheiro.

    Isso me faz lembrar a construção da Arena do Jacaré. Segundo notícias da época, o Democrata vendeu o velho Duarte de Paiva (área muito valorizada) para o Bretas por 2 milhões de reais (isso em 2010, se não me engano) e com esse dinheiro construiu o estádio. Me parece que o terreno foi doado. É o que dizem.

    Pois bem, o estádio é decente. Muito bom mesmo. Adequadíssimo para o porte da cidade. Construído em um terreno que favorece a colocação de arquibancadas, certamente aproveitou a topografia para baratear a obra. Atendeu muito bem durante o tempo em que foi usado, e se o custo foi mesmo de 2 milhões de reais, a relação custo x benefício foi altamente favorável.

    Mas no caso de Montes Claros – e do Montes Claros especificamente – observa-se o mesmo erro, recorrente em outras equipes do Brasil inteiro. Um grupo de abnegados e apaixonados por futebol se reúne, gasta alguns milhões e monta um time com ex-jogadores em atividade e uma ou outra revelação local.

    Costuma dar certo no início. Ás vezes até consegue um acesso ou coisa similar. Mas não há consistência e continuidade no trabalho. A temporada acaba, vende-se alguns valores e não se consegue repor o elenco com qualidade. O dinheiro vai acabando, os abnegados vão sumindo, e o time vai pro vinagre.

    Quantas vezes já vimos isso ? Araxá, o próprio Montes Claros, Fabril, Poços de Caldas (o Vulcão), Alfenense, Esportiva de Guaxupé, Esportivo de Passos, Democrata de Sete Lagoas…a lista é grande.

    Só vejo uma solução, e o exemplo é o Cuiabá, time que o falecido ex-jogador Gaúcho (aquele centroavante) montou na cidade de mesmo nome – investir na base. Muito. E sobreviver da venda de bons jogadores. O Gaúcho já faleceu, mas o Cuiabá está lá até hoje. Vira e mexe é campeão estadual.

    Para vender um jogador com bom lucro, tem que peneirar uns 200. Depois de peneirar, tem que dar alimentação, alojamento, escola, treinamento físico e técnico. Isso demora…

    A chegada de Milagres e Bentinho ao Bicho é ótima, mas se não houver um trabalho mais estruturado, logo logo deixarão o clube. Infelizmente.

  • Victor Maia disse:

    Sem um estádio decente fica difícil!!! Cadê o Mocão???