Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Cada vez mais, ex-jogadores e ex-treinadores assumem papéis de jornalistas

Também na Copa. Igual no Brasil, quando a bola acaba ou estão sem clubes, ou até mesmo de férias, emprego pra eles não falta. A popularidade adquirida nos tempos áureos os leva às TVs, rádios e outras mídias, que visam alavancar audiência.

Kevin Kuranye, 36 anos (foto acima), ex-seleção alemã, nascido em Petrópolis-RJ, parou de jogar ano passado e além de empresário de jogadores está comentarista da TV/Rádio ARD da Alemanha. Muito gentil e atencioso com todos que o abordam, concedia entrevista a uma rádio do Panamá no momento desta foto.

O italiano Carlo Ancelotti, ex-técnico do Milan, Real Madri, Bayer, Chelsea, atualmente no Napoli, está aqui, comentando para uma TV italiana.


Deixe uma resposta para Thales Rosa Cancelar resposta

Comentários:
6
  • Raul Otávio da Silva Pereira disse:

    Já falamos sobre isso aqui. Acredito que ex-jogadores – alguns, é verdade – enriquecem as mesas redondas com suas análises. Mas não são jornalistas, e não deveriam ocupar o lugar deles. Como fica ?

  • Thales Rosa disse:

    E o Cuca que iria comentar a copa pela globo? ou era so desculpa para nao treinar o atletico mineiro?!

    • DUDU GALOMAIO BH disse:

      Pois é!
      O Cuca só está no patamar onde se encontra hoje, graças ESPECIALMENTE ao Galo. Após vários bons trabalhos, foi no GALO onde ele se consagrou e entrou definitivamente para a galeria dos grandes treinadores. Realmente, o Galo deve ser o time que ele nunca mais gostaria de treinar.

      Fico abismado como sua paixão pelo Galo o capacita a sempre falar besteiras sem medida.

    • Márcio Luiz disse:

      Engano seu. Seu Cuca é eu.

  • Luciano disse:

    Pergunta sobre o VAR.
    No ataque o time reclama de penalti e o juiz manda o jogo seguir sendo que o time b se lanca ao contra ataque e faz gol.
    Os juizes do var informam ao arbitro que foi penalti no lance anterior.
    Como e que fica.
    Anula o gol legitimo e da o penalti, ou considera o gol e marca o penalti.
    Sendo que o gol saiu depois de uma jogada faltosa que o juiz nao marcou.
    Resumindo sou contra o var.

    • José Eduardo Barata disse:

      LUCIANO ,
      pra você como são as coisas :
      até hoje não vi nenhum “analista”
      questionar essa possibilidade.
      Quando querem enfiar goela abaixo
      alguma situação se abstêm de focar
      as imponderabilidades dos fatos .