Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Dia do Galo: derrota em Santos, redator precipitado e torcida pelo Ceará para manter o sexto lugar

Foto; www.atletico.com.br

Caminhando sob chuva mansa dessa manhã de domingo ouvi o noticiário esportivo do Jornal da Itatiaia que o Atlético “perdeu” a sexta posição do Campeonato Brasileiro.

Uai? Mas o Atlético-PR jogou e ganhou ontem? Pensei.

Mais tarde, no mesmo jornal o analista de números Baião disse que o Galo perderá a sexta posição “caso” o xará paranaense vença o Ceará, em partida marcada pra hoje às 17 horas na Arena da Baixada em Curitiba. Ah, bom! Então o Galo ainda tem uma chance de permanecer em sexto ao fim desta 37ª rodada, apesar da torcida do redator do noticiário.

De toda forma é uma reta final lamentável para o Atlético que meteu os pés pelas mãos em mais uma temporada, montou um elenco ruim, não acertou na contratação de um diretor de futebol à altura e muito menos de um técnico para 2018. Perder fora de casa para o Santos não seria anormal, caso não tivesse perdido pontos e jogos em casa e fora para adversários da pior qualidade, neste que tem sido um dos campeonatos de índice técnico mais baixo da história do futebol brasileiro. Falta de dinheiro não foi, já que a folha salarial do clube está entre as maiores do país. Porém, dinheiro mal gasto.

Levir Culpi chegou tarde, mas antes tarde do que mais tarde. Fica a esperança de que, junto com a diretoria, já esteja montando o elenco para 2019. Terá de usar a sua experiência e toda a criatividade e amizades país afora para descobrir jogadores que tenham condição de vestir a camisa atleticana. A um custo não muito alto já que antecipações de receitas têm sido feitas para quitar salários e o 13º deste ano. Problemão para o futuro próximo.

No mais, força ao Ceará esta tarde na corrida dele contra o rebaixamento e que domingo próximo, na última rodada, o time jogue tudo que não jogou este ano e mantenha a sexta posição.

CLASSIFICAÇÃO PG J V E D GP GC SG %
Palmeiras 74 36 21 11 4 60 24 36 69
Flamengo 69 36 20 9 7 56 27 29 64
Internacional 65 36 18 11 7 48 28 20 60
Grêmio 62 36 17 11 8 47 27 20 57
São Paulo 62 36 16 14 6 46 33 13 57
Atlético-MG 56 37 16 8 13 55 43 12 50
Atlético-PR 53 36 15 8 13 50 34 16 49
Cruzeiro 52 36 14 10 12 34 32 2 48
Santos 50 37 13 11 13 45 38 7 45
10° Botafogo 48 36 12 12 12 36 44 -8 44
11° Bahia 47 36 12 11 13 39 40 -1 44
12° Corinthians 43 36 11 10 15 34 34 0 40
13° Fluminense 42 36 11 9 16 31 44 -13 39
14° Vasco 42 36 10 12 14 41 47 -6 39
15° Ceará 42 36 10 12 14 30 36 -6 39
16° Chapecoense 40 36 10 10 16 33 50 -17 37
17° Sport 38 36 10 8 18 33 56 -23 35
18° América-MG 37 36 9 10 17 29 46 -17 34
19° Vitória 36 36 9 9 18 34 60 -26 33
20° Paraná Clube 22 36 4 10 22 16 54 -38 20

 


Deixe uma resposta para Silvio T Cancelar resposta

Comentários:
16
  • Ferreira disse:

    Não podemos esquecer que houve perdas relevantes no elenco do Galo. Gustavo Blanco se contundiu, Roger guedes foi para China e Rómulo Otero foi vendido. Com esses três jogadores no time, o Atlético já estaria classificado para fase de grupos da Libertadores.

  • Marcos disse:

    Galo foi derrotado pelo Santos mas o Furacão foi “travado” pelo vovô Ceará. Esse Atlético mineiro tem uma SORTE!
    Sendo que na última rodada o Atlético daqui joga em casa contra o Botafogo. E o Atlético paranaense, contra o Flamengo e no Maracanã. O galo só não pra Libertadores de 2019 se não quiser.

  • Marcão de Varginha disse:

    Com o empate do Ceará e Furacão, a mídia celeste reiniciou a “tremedura”, tal qual seu time, torcida e diretoria!
    – #benecyeternomito

  • Horacio Duarte disse:

    Pois é Chico, assisti agora a tarde os melhores momentos do Galo x santos. A defesa do Galo sofre com ataques rápidos, recomposição e reposicionamento ruins. Um gol no começo do jogo, time não estava ligado, vacilou e fez falta na frente da área perfeitamente evitável. O Emerson recebeu marcação, não teve liberdade que até então vinha tendo, esta marcação limitou muito o ataque do Galo e daí vieram os gols. Podem esperar que todos vão marcar assim. Aliás, o santos marcou bem a saída do Galo, time rápido, os gols que marcou foram de bolas roubadas. Dava para pelo menos empatar. Mas depois da expulsão o santos ficou atrás em 2 linhas de 4, e jogando nos contra ataques. Galo não conseguiu nada com adversários nesta formação. Nem no mineiro.

    De bom foi que o Ricardo O. desencantou com 2 gols, podia ter feito mais um logo no comecinho. Como o atlético paraguaiano empatou agora a tarde ainda disputamos a última vaga da libertadores.

    É como dizem, uma caixinha de surpresas.

  • Guilherme Leôncio disse:

    O CAP empatou, o Ceará ainda perdeu um penal e o Galo continua em 6º. E o Palmeiras dos excepcionais Felipe Melo e Mayke reserva no Cru Cru, é o grande campeão após 22 partidas invictas(?). O futebol brasileiro ainda não foi “espanholizado”, mas tem uma Trinca ai que desde o Ricardo Teixeira, tem preferência.

  • Audisio disse:

    O principal problema com o Levir e o seu conformismo com derrotas e eliminações.
    Como deixou escapar as oitavas de final da Libertadores de 2016 para o Nacional de Medellin. Parece que nao esta nem aí.

  • Audisio disse:

    Levir Culpi mostrando serviço. Parabens! Como era de se esperar. 4 derrotas e um empate e tres vitoris. Continua o Levir de sempre!

  • Márcio Luiz disse:

    Será que o afoito redator não andou recebendo, digamos,
    ordens superiores?

  • Marco Antonio ( Marquinho) disse:

    Mais um gaúcho safado na vida do Galo! O primeiro foi o Simon e agora esse tal de Vuaden.

  • Marcão de Varginha disse:

    Á alguns “funcionários” da mídia das alterosas: continuem torcendo contra o Galo, que nós sempre estaremos torcendo contra o vento.. mas entendo o desespero: caso o algoz alvinegro classifique para a TLA 2019, se nossos caminhos se cruzarem, as esporadas sempre estarão postas à martirizá-los… esperem e verão que o tempo é senhor da razão!
    – #benecyeternomito

  • Silvio T disse:

    Vou morrer falando da fragilidade defensiva e da falta de estratégia eternas do galo. Bastava um empate ontem! E toma um gol com um minuto!! E tem Papai Noel que acredita que o xará paranaense vai perder pontos pro Ceará..

  • Carlos Henrique disse:

    Pelo amor de Deus diretoria.
    contratem 2 zagueiros e um centro avante.
    2 zagueiros para chegar e jogar.
    Leo é um monstro, aida esta jogando em alto nivel.
    digo isso pela idade.
    mas o tempo passa para todo mundo.
    Gabriel, é aquilo.
    Entrou nao foi o culpado.
    Mas o Galo tomou tres gols.
    Maidana é fraco, mas ta melhor que o Gabriel
    o Galo tinha tomado gol contra o Palmeiras de penalti.
    nao tomou contra o Parana nem contra o Bahia.
    agora tomou 3 gols.
    o Atletico nao pode jogar sem um volante de contençao
    Adilson fez falta.
    talvez vao vender o garoto Emerson.
    que nao foi bem contra o Santos.
    contratem 2 bons zagueiros
    e um centro avante.
    e deixem o Cazares, so vende ele
    se vier uma proposta milionaria.
    é muito dificil achar um jogador talentoso
    na sua posiçao
    na America do sul, tem bons zagueiros.
    e um centro avante experiente , nao na idade do Ricardo Oliveira.
    no Flamengo tem dois centro avantes.
    so um que joga.

  • Thiago Barreto disse:

    Olhando a tabela na parte debaixo, o América tem o mesmo saldo negativo -17 da equipe de Santa Catarina, com isso, ainda creio que o América pode sim continuar na elite nacional.
    Mas ao mesmo tempo penso como pode ser triste se na última rodada o América e a chapecoense terminarem com a mesma pontuação e acabar perdendo no saldo de gols.
    Seria muito triste sair da primeira divisão por falta de um único gol ao longo de 38 rodadas.
    Triste.

  • Fernando disse:

    Chico, entra treinador e sai treinador e o Victor continua se posicionando mal em cobranças de falta. Ontem de novo, pôs a barreira de uma e se posiciona colado à trave, deixando o canto inteiramente livre. Se tirar da barreira já era. Incontáveis gols sofridos desse jeito. Nem se mexe. Goleiro nenhum faz isso mais. Ficam sempre mais no meio exatamente para ter tempo de chegar na bola.
    E mais, de novo o jogo acabou qdo o Galo ficou com 1 a mais. Repetimos o Paraná aquela infindável troca de bola sem nenhuma objetividade. Só Cazares tentando uma jogada mais incisiva. É mt pouco para quem precisava empatar.