Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Atlético e Botafogo são instáveis; estatísticas e tabus são bobagens ao vento. O que vale é a qualidade de cada time no momento

Imagem: www.atletico.com.br

Levantamentos de jogos anteriores entre os adversários e “tabus” feitos pela imprensa antes de todo jogo são apenas recheios aos noticiários pois na prática não valem nada em termos de previsão do que poderá acontecer na partida. A mesma coisa quando um jogador ou treinador vai enfrentar o seu ex-clube. Tem repórter e comentarista que gostam de dizer que o fulano conhece muito bem o clube tal porque trabalhou lá ou jogou lá. Só se forem as dependências físicas e mesmo assim se não tiver passado muitos anos da última passagem da figura pelo clube, já que tudo muda numa velocidade impressionante. Para Botafogo x Atlético ocorre sempre essa farra de previsões baseadas em retrospectos e agora com o “ingrediente” Igor Rabelo, zagueiro que foi do clube carioca.

O que vale é a qualidade de cada time, o resto é perfumaria pura. E se analisarmos pelo atual momento de ambos é jogo para empate esta noite pela Sul-Americana, 21h30 no Engenhão. Dois times instáveis e inconfiáveis. Se, na sequência, depender de decisão por pênaltis o Galo corre mais riscos, já que só tem o Fábio Santos como ótimo cobrador. Muito bom que o Cleiton tenha mais uma oportunidade no gol. Parece estar se credenciando como bom sucessor do Victor, para futuro muito próximo. Cazares está fora, barrado por uma conjuntivite. Jogador difícil de confiar, pois depende do jogo; da “lua”, etecetera e tal. Tomara que o Vinícius comece jogando ao invés do Luan. Também gosto do volante Jair, que não chega nem perto da perfeição tecnicamente, mas tem aquilo que grandes volantes do Galo tinham e têm que ter: vontade de ganhar e espírito de liderança. Os últimos que exerciam bem isso foram o Pierre e Leandro Donizete. O que não sai da memória dos atleticanos que estavam nas arquibancadas nos anos 1980 é o saudoso Chicão. Um adversário dava porrada no Reinaldo, Éder, Cerezzo ou qualquer outro craque e lá estava o Chicão avisando ao próprio porradeiro ou ao craque do time dele que o pau ia cantar pro lado dele também. Parece que o Jair tem essa característica. Usei “parece” duas vezes neste texto porque tudo para ainda em formação neste time do Atlético, apesar de estarmos com a temporada em “alto mar” neste 2019.

O Galo pra esta noite: Cleiton, Patric, Igor Rabello, Réver e Fábio Santos, Jair; Chará, Elias, Luan (Vinicius) e Otero; Alerrandro (Ricardo Oliveira). Técnico: Rodrigo Santana

Botafogo: Gatito Fernández, Marcinho, Joel Carli, Marcelo Benevenuto e Gilson; Alex Santana, João Paulo, Cícero e Erick; Pimpão e Diego Souza. Técnico: Eduardo Barroca

Apita o paulista Raphael Claus, auxiliado pelo baiano Alessandro Rocha Matos e pelo goiano Fabrício Vilarinho. O do vídeo é o gaúcho Anderson Daronco.


Deixe uma resposta para Bernardo Montalvão Cancelar resposta

Comentários:
9
  • Horacio disse:

    É isto aí Chico, os dois times oscilam muito, mas o Galo está melhor, isto não significa que vá ganhar. Tem gente que acha que todos jogadores deveriam ter o mesmo desempenho jogando de 3 em 3 dias. Eu já acho que deveriam ter o mesmo desempenho jogando fora de casa. Claro que tem a torcida, gramado é diferente, mas, para um time ajustado não seria um problema.

    E estamos arrumando este time desde 2015, poucos sobraram, 3 ou 4, fazendo contratações de peso (velhos e caros) e experimentando técnicos. O resultado tem sido mais do mesmo, times sem padrão que oscilam muito e uma dívida inadministrável. Ouvir especialista de rede social da nisto.

  • Antonio da Silva disse:

    Esse Diego Souza não tá jogando nada, mas contra o Galo dá sorte. Marcação cerrada nele. O Galo é ruim de mata mata, porque dá muitos espaços ao adversário, é um time displicente, ninguém grita, não conversam e sempre tem um atleta pra errar.

  • Francisco disse:

    Entre Luan e Vinícios para o lugar do Cazares, eu também prefiro o Vinícios, mas tem uma outra opção que eu acho que seria melhor ainda, que seria entrar com outro volante para o Elias continuar jogando mais preocupado em ser jogador ofensivo do que colaborar mais defensivamente. Elias não marca, não não combate, não antecipa, não desarma, enfim: Não faz nada para criar dificuldades para os adversários do Galo atacarem. – Elias não exerce função tática no time do Galo, ele joga como quer – Se o treinador tivesse colocado um volante no Lugar do Cazares no jogo contra o Fortaleza, provavelmente o adversário do Galo não teria empatado o jogo. Mas o treinador do Galo, não sabe se por falta de humildade ou experiência, com o Galo vencendo o jogo por 2 a 0, preferiu colocar o Xará e acabou enfraquecendo ainda mais o meio campo que já deixa muito a desejar na hora de se defender por causa da maneira que o Elias gosta de jogar. Obs. com essa formação de mais um volante, não pode oferecer ao Elias mais liberdade ofensiva porque ele atrapalha o ataque, por posicionar nos lugares dos jogadores mais ofensivos do time.
    Quero fazer questão de mencionar aqui um desequilíbrio pouco comentado O Galo, apesar de estar em 4º lugar na classificação do Brasileirão e ter o 3º melhor ataque, está em 14º lugar no quesito, defesa mais vazada. Tomou mais gol do que o lanterna da competição. Será que são só os zagueiros e o goleiro, os principais responsáveis?

    • Bernardo Montalvão disse:

      Elias não marca… Quem tomou a bola na marcação sobre pressão e possibilitou o arremate do Vinicius no jogo de ontem? A torcida do Galo precisa parar de ir na onda de pseudos atleticanos que querem ver longe os poucos que sobressaem do time do Galo.

  • Paulo F disse:

    Se o 7C quisesse austeridade mesmo se livraria de vários jogadores que pesam a folha, como Elias, Fábio Santos, Leo Silva, Ze Welison, Vina, Maicon Bolt e Ricardo Oliveira. O time iria até melhorar. Jair Nathan Martinez e Luan dao conta, Blanco volta ano que ven. Todos os times reveladores colocam os meninos pra jogar. Temos Neto, Bruninho, Alessandro Vinicius sem nenhuma oportunidade. Maidana zagueiro muito promissor mal joga.
    Elenco velho, jogadores que estao ha muito tempo ai estão acomodados. O Galo precisa de mudar radicalmente o plantel, já foi eliminado da Libertadores mesmo. Mas duvido que 7C tem culhoes para isso.

  • Rodrigo Couto disse:

    Pode ate ser que nao exista mas o Vespasianense quando escuta esta estrofe do hino sempre treme; Botafogo Botafogo campeão desde 1910!!! Quem viver verá!!! Nummmm adianta uma freguesia que nao se discute!
    #benecyachaqueesteanovaidarvespasiano

  • Silvio T disse:

    Raphael Claus é tão instável quanto as duas equipes que se enfrentam hoje no Engenhão.
    E você tem razão, Chico, o problema do Atlético não são as estatísticas e tabus contra o Botafogo. São as estatísticas e tabus em qualquer competição mata-mata. Tirando as exceções de 2013/14, entra década sai década, o galo tem histórico de burrice total nesses confrontos. Normalmente já entrega os pontos na partida de ida e torna as coisas impossíveis para a volta. O boletim vem sempre assim: Inteligência – zero / Estratégia – zero / Postura – zero / Vontade – zero.

  • Mauricio Souza - Serrano disse:

    Tomara Deus que dê empate no jogo de hoje, pois o Galo é mestre de fazer a torcida sofrer neste encontro, aliás em encontros fora de casa no primeiro jogo. Geralmente perde de 2 ou mais fora de casa.

  • Carlos Henrique disse:

    Por que contrataram Papagaio.
    merece uma chance, dizem que treina bem.
    nao teve chance, por que Alerrandro estava fazendo gols.
    vou torcer por Alerrandro, se for o ricardo o titulara.
    tambem vou torcer.
    mas se for mexer na posiçao
    no segundo tempo
    poderiam dar uma chance ao Papagaio.
    vai que voa
    vai que entre bem e faça o gol.
    va saber.
    Jair vai fazer falta
    gosto do Victor,mas que Clayton agarre a chance.
    precisamos de mais um goleiro.
    Victor ja salvou o Atletico inumeras vezes.
    nao foi so na libertadores.
    Que esse goleiro da base, que parece ser frio.
    tome conta da posiçao.
    Victor como Leo Silva sao idolos
    Leo Silva vai parar no final do ano.
    e Victor tem mais alguns anos de Atletico.
    na reserva ou mesmo titular.
    depende da atuaçao deste jovem goleiro.
    tomara que agarre a posiçao o jovem Clayton.
    Quanto ao Cazares vai fazer falta
    se jogar na posiçao correta.
    mas Vinicius ,pode ajudar o time.
    nao é craque e nem mau jogador.
    jogador normal.
    Confio na vitoria,vamos ver
    quem entra com a camisa 9
    que o escolhido volte a fazer gols.
    e centro avante tem que fazer gols.