Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Reflexões sobre a morte do Rodrigo Rodrigues e a imbecilidade de quem mistura política com situações como essa

Foto postada pelo Sérgio Xavier Filho na página dele no twitter: @sxavierfilho

Que tristeza essa morte do Rodrigo Rodrigues, aos 45 anos de idade. Grande jornalista, grande figura e que estava se cuidando corretamente, em recuperação da Covid-19. Prestes a retornar ao trabalho, foi internado numa UTI, domingo à noite. Via twitter, desejei força a ele e pronta recuperação. Jamais imaginaria que o quadro fosse se agravar ao ponto de levá-lo à morte.

Essa doença é realmente terrível e impressiona a quantidade de pessoas que insistem em achar que não é tão grave. Depende da pessoa. Cada organismo reage de uma forma a ela, independentemente da idade ou qualquer outro fator. Direto de Londres, o nosso conterrâneo, jornalista Sérgio Utsch, escreveu: @utsch “Só acreditam quando não conseguem mais respirar”, disse a médica de Campinas pra @katywatson, correspondente da BBC no Brasil. A matéria mostrou que muitos chegam ao hospital ainda em negação do perigo desse vírus. Caminhamos pra 100 mil mortes. É muito sério”.

Tão triste quanto, é ver alguém, por questões políticas, zombando da morte e fazendo piada sobre o assunto. Coisa de ser humano inferior, imbecil completo. Sobre estes, escreveu o Rodrigo Capelo: @rodrigocapelo “Diante dos cretinos que usam a morte de alguém para atacar outras pessoas, trate-os como vírus: não espalhe. Não dê retuíte, não tire print screen, não comente – mesmo que seja para criticar. Denuncie ao Twitter e silencie a conta. Precisamos isolar os imbecis do nosso convívio”.

Rodrigo Rodrigues tratava bem, com respeito, a todas as torcidas. Uma prova disso era o carinho com o qual era tratado por atleticanos e cruzeirenses, por exemplo. Por maior que seja a rivalidade, essas fotos no twitter mostram isso:

Cariogalo: @Cariogalo

* “O @RR_TV esteve em um evento de aniversário da CarioGalo em dezembro de 2014, quando a @GaloRockBand tocou aqui. Feliz, boa praça, assim referido por amigos próximos. Solidariedade aos amigos e familiares, estendido às demais vítimas desta terrível doença. Descanse em paz”.

Alexandre Elian Ribeiro, da Cruzeiro Metal: @alexandreelianr

* “Descanse em paz Rodrigo!”


Deixe uma resposta para Horacio Cancelar resposta

Comentários:
8
  • Marcelo Luciano da Costa Santos disse:

    Realmente é muito triste e desumano alguém tripudiar e zombar em cima da morte de alguém. O estranho porém, é saber que vários desses que tomam as dores do jornalista morto, fariam o mesmo ou pior se quem morresse fosse alguém simpático à direita e aqueles que a representam hoje. Na morte, se não queremos ou não podemos falar nada de bom de alguém, melhor que não falemos nada do que, como já disse, zombar e tripudiar.
    Mas, no Brasil de hoje, essa regra só vale para quem é de um lado. Se for do outro, é o que vemos, em que um articulista chega a assinar sua coluna com o singelo título “porque torço…..” O resto vocês sabem.. Mas ai pode, pois ele advoga uma causa, um modus vivendi, uma ideologia, etc, e etal.
    Eh lamentável o que acontece, em todos os sentidos!
    Que Deus tenha piedade de todos nós!

  • Marcão de Varginha disse:

    Meus sinceros sentimentos aos familiares, amigos e colegas!

  • Horacio disse:

    Concordo com você em tudo que você disse Chico. E o fato é realmente lamentável, soube que estava doente, mas não imaginei que uma pessoa tão jovem, e eu posso dizer isto, não iria resistir. Nunca imaginei que esta praga demoraria tanto e que levaria tantos.

  • Pedro Vítor disse:

    O que vejo é exagero de todas as partes, falou em política, principalmente perto de eleições, aparece essa turminha(pra não ter que citar nomes).

    Lamentável a morte precoce do jornalista, esse covid tá complicado!

  • Luiz Ibirité disse:

    A reflexão tem de ser feita, pq nos nao estamos falando a mesma lingua, os governantes com seu egoismo acima de tudo dao os piores exemplos (nem todos).

  • Silvio T disse:

    Os portais uai e o tempo estamparam com o maior destaque que o Atlético vai fechar as portas ainda esse ano. A mesma “Imprensa atleticana” que escondeu as notícias do Hoje em Dia sobre as dívidas federais do raposão!! Kkkkkkkkkkk A mariada do “jornalismo” mineiro perdeu o restinho de vergonha..

  • Raws disse:

    Muito triste. Uma pessoa ainda jovem, alegre e que “entrava” sempre em muitos lares com o tema que a maioria dos brasileiros gosta.
    Esse vírus misterioso que veio causando tanto sofrimento, deveria pelo menos deixar algo de positivo na humanidade, uma mudança de filosofia ea certeza de nossa pequenez, mas pelo menos no Brasil o que percebemos é a constatação de um país “adoecido”. Muitos aproveitando da tragédia para levar vantagem, vantagem essa que nem sabem se a vida permitirá de usufruírem. Politizar uma situação que jamais poderia ser política. Polarizar sobre o que deveria ser motivo de união. Realmente não vejo luz no túnel.
    Para encerrar e sintetizar leio ontem a fala deplorável de um ser vil, usando o triste fato(novamente) para atacar seu adversário político.
    Deus nos salve.

  • flavio braga de azevedo disse:

    meu primo ficou 54 dias em um hospital la em SP, meu cunhado saiu recentemente do hospital. infelizmente o pessoal não segue as orientações. na rua cheio de meninos soltando papagaios, sem mascaras, cheio de adultos batendo perna e sem a mascara. ser responsável pelo próprio corpo, dos familiares e da comunidade em geral, não custa nada, hora de seguir as orientações. o país parou há 4 meses, a doença não veio para brincadeira. protejam-se.