Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/blog/www/wordpress/wp-includes/pomo/plural-forms.php on line 210
E lá se foi o Luiz Antônio “Totô”, goleiro que defendeu o Cruzeiro por oito anos | Blog do Chico Maia

Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

E lá se foi o Luiz Antônio “Totô”, goleiro que defendeu o Cruzeiro por oito anos

E continuava defendendo, mesmo depois de encerrar a carreira. Tornou-se cruzeirense e manteve as amizades que fez em Belo Horizonte. Residia em Taguaritinga/SP.

Bem cedo, nesta sexta-feira, recebo mensagem do Alex Elian com a péssima notícia que o Luiz Antônio sofreu um infarto no fim da noite de ontem e morreu na madrugada, aos 66 anos de idade.

Cruzeiro de 1980, da esquerda para a direita, Zezinho Figueroa, Nelinho, Bianque, Eugênio, Mariano e Luís Antônio; Eduardo “Rabo de Vaca”, Mauro Madureira, Roberto César, Alexandre e Joãozinho. Foto do livro De Palestra a Cruzeiro – Uma Trajetória de Glórias´, de Plínio Barreto e Luiz Otávio Trópia Barreto.

Semana passada o assisti batendo ótimo papo com o Afonso Alberto na “Hora da Raposa”. Além de grande goleiro, uma pessoa admirável, brincalhão, solidário e líder, dentro e fora de campo. Cobri o Cruzeiro, pela Rádio Capital, no início dos anos 1980. Chamava a atenção também por algumas manias peculiares, como exemplo, de nadar no córrego que margeava a Toca da Raposa, que era muito limpo na época. Acabava o treino, ela passava debaixo da cerca e ia dar as suas braçadas. O córrego fica ao fundo da foto do alto do post. Atualmente passa uma avenida sobre ele.

Em 1981, Luiz Antonio, Mariano, Flamarion , Marquinhos, Zezinho Figueroa, Berto e o roupeiro Escócio; massagista Barbosa, Junior Brasília, Eduardo, Paulo Luciano, Erivelton e Joãozinho.

Foto e mais detalhes do Luiz no Cruzeiro, no site: http://atleticoxcruzeiroraridades.blogspot.com/2014/04/luiz-antonio-um-grande-goleiro-em.html

Luiz Antônio jogou também no nosso Democrata de Sete Lagoas.

Uma das últimas entrevistas dele foi no dia primeiro de agosto, para o Milton Neves, excelente por sinal. Vale demais a pena ouvir. Ele fala da atual situação do Cruzeiro, dá um pau na “roubalheira” pela qual o clube passou e conta como o Felício Brandi o buscou no América de Rio Preto/SP, para ser o substituto do Raul, que iria para o Flamengo. Ele estava sendo negociado com o Atlético.

Entrevista ao Milton, no Domingo Esportivo da Rádio Bandeirantes:

https://www.youtube.com/watch?v=KE11ZV_rF8A

Que descanse em paz!


Deixe uma resposta para Juliano Salvador Cancelar resposta

Comentários:
10
  • Juliano Salvador disse:

    Fábio não está nem na SELEÇÃO da SEGUNDONA!

  • Márcio Luiz disse:

    Que coisa. Até anteontem esse cara tava bão igual a um côco.
    Cara muito bacana, embora fosse maria.

    Tomou aquele famoso gol (frangaço) do “quarto gomo da bola”, do Cerezo (q aliás, está com a mesma idade)
    Pra variar eu estava lá, em meio à Massa.

    Que Deus o tenha.

  • Eduardo Silva disse:

    Chico, boa tarde,

    E o jogo do Chile 0 x 1 Brasil, ontem?

    Com a ausência de vários titulares, porque não foram liberados pelos seus clubes europeus, o jeito foi rechear o time com muitos jogadores que atuam no país.

    E tomou sufoco danado dos chilenos, o Vargas (Alt Mineiro) perdeu alguns gols e os outros do Mineiro, Hulk, Arana e Éverson ficaram esquentando banco e no final quem resolveu a parada fazendo um mísero gol foi o Éverton Ribeiro (ex-Cruzeiro) e atualmente no Flamengo junto com Gabigol e Gérson foram quem fizeram a diferença.

    Jogo de Seleção é bom que ganhando ou perdendo pode-se cornetar a vontade

    . Falaram mal do menino Ney que tá com uma barriguinha de cadela prenha que jogou pedra ontem;
    . O Rolando Lero do Adenor Tite que falam que pra disputar contra times sulamericanos é tigrão, mas quando chega as grandes seleções europeias vira gatinho;
    .E o Casagrande falando do governo Pinochet durante a transmissão? kkk Quem lacra não lucra, esse ai é como diz o ditado: morreu e esqueceram de enterrar.

    Para eliminatórias tá dando pro gasto, o que importa é quando chega as oitavas e as quartas de finais de Copa do Mundo, ai que separam as crianças dos homens de verdade.

    Mas eu sou supersticioso porque se continuar convocando jogadores de um time preto e branco ai eu acho que vai zicar a seleção brasileira, lembram do 7a1, né?

    Tô avisando!

  • Raws disse:

    Lembro de um quebra pau no campo do Vila Nova, o homem bateu em uns três. Era bom goleiro, melhor ainda na porrada. Kkk

  • mauricio souza - bairro serrano disse:

    Chico, quantos títulos ele ganhou no cruzeiro nestes 11 anos?
    Meus sentimentos aos familiares.

    • Eduardo Silva disse:

      foi tricampeão mineiro (1977, 1984 e 1987) e tetra da Taça Minas Gerais (1982, 1983, 1984 e 1985).

      • mauricio souza - bairro serrano disse:

        Engraçado em 1977, o goleiros eram: Raul e Hélio, ele chegou em 1979 e foi campeão em 1977, em 1984 o goleiro era o Vitor, e em 1987 o goleiro era o Gomes, mas obrigado pela informação, achava que você só conhecesse a historia do Galo

  • Eduardo Silva disse:

    Chico, bom dia,

    O Cruzeiro sempre teve excelentes goleiros e até virou um formador nessa posição, sendo que nos últimos anos a grande maioria passou pelas categorias de base da Seleção Brasileira, fora Don Fabon que é um mito na posição pelos títulos, número de jogos e identificação com o clube.

    Luiz Antonio disputou 240 partidas oficiais e veio para substituir Raul Plassman.

    VÁ EM PAZ GRANDE GUERREIRO AZUL LUIZ ANTONIO!!

  • Dudu GALOMAIO disse:

    Que Deus o tenha!
    Meus sentimentos aos familiares e amigos.

  • Emil Amir disse:

    Era bom de briga também