Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Quer prazer, ler uma manchete como essa: “América enfrenta o Atlético-GO para manter vivo o sonho da Libertadores”

* “Praticamente assegurado na Série A do ano que vem, Coelho começa a almejar objetivos maiores na competição” – https://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/america-mg/2021/11/17/noticia_america_mg,3947995/america-enfrenta-o-atletico-go-para-manter-vivo-o-sonho-da-libertadores.shtml

Está no Superesportes de hoje e me enche de alegria ver o Coelho nos trilhos, graças ao trabalho de americanos sérios e competentes que começaram tirar o clube do buraco há quase 15 anos, quando o time foi parar na Segunda Divisão estadual.

Esta noite, a partir das 19 horas, terá a oportunidade de dar mais um passo fundamental na busca por uma vaga na Libertadores 2022. Com 64% de aproveitamento, o América tem a segunda melhor campanha do returno. Na classificação geral é o novo colocado, com 44 pontos.

O adversário merece respeito, principalmente porque está há quatro jogos sem vencer, mas tem um bom time e busca reação. Está em 14º lugar com 38 pontos.

As escalações prováveis:

América

Cavichioli, Patric, Eduardo Bauermann, Ricardo Silva e Marlon; Lucas Kal, Alê e Juninho; Ademir, Felipe Azevedo e Zárate.

Técnico: Marquinhos Santos

Atlético-GO

Fernando Miguel, Dudu, Éder, Pedro Henrique, Igor Cariús; Willian Maranhão, Marlon Freitas, João Paulo; Janderson, Zé Roberto e Ronald.

Técnico: Marcelo Cabo

Arbitragem de Leandro Pedro Vuaden, auxiliado por Jorge Eduardo Bernardi e Jose Eduardo Calza, todos do Rio Grande do Sul. VAR: Rodrigo Nunes de Sá, do Rio de Janeiro.


Deixe uma resposta para Huener Cancelar resposta

Comentários:
6
  • Huener disse:

    Prezados, boa noite.

    Diante dos outros resultados, é bom vencer mais uma aí, se o objetivo for apenas a manutenção na série A. Mas, acredito que o time possa conseguir uma vaga na Sulamericana. Libertadores, só se os times da frente vacilarem muito. Não gostei dos jogadores relacionados para a partida de hoje. Queria entender porque insistem com o Ribamar. Ele, Chrigor, Luiz Fernando, Isaque, Diego Ferreira, Ramon, Alan Ruschel, Leo Passos, Marcelo Toscano, Geovane, Sasse, Sabino, Rodolfo, só deveriam ser relacionados em alguma emergência. A lista deveria ter Airton, Jori, Anderson, João Paulo, Zé Ricardo, Gustavinho, Carlos Alberto, Valoura, Bruno Nazário e Fabrício Daniel. Marquinhos falhou em não relacionar o Fabrício, entrar com Ribamar, deixando o Nazário na reserva. Rodolfo não pode jogar de centro-avante. ele é um bom garçom e só. Espero que o Marquinhos tenha aprendido isso no jogo de hoje. Ela para ter vencido o jogo. Paciência. No mais, vamos ver até onde chega esse time. Saudações Americanas.

  • Ed Diogo disse:

    Este sentimento de ver o Coelhão crescendo e se firmando no cenário nacional com os pés no chão subindo gradualmente com consciência e um sonho para nos americanos. Agora depois deste empate de hoje que nos assegurou definitivamente na Série A vamos em busca de uma disputa internacional.
    Acredita Coelhão

  • Silvio Torres disse:

    Otamendi matou a “imprensa atleticana” de raiva ontem. Além de ter sido o melhor em campo, ainda acertou “Un Codazo” em Raphinha que nem amarelo rendeu. Toda aquela indignação que nunca sentiram ou trombetearam com os coices de um Felipe Melo, por exemplo, sempre despejaram em cima do zagueiro argentino. Simplesmente porque cometeu o pecado de jogar uns meses no Atlético. A vingança foi total. Assim como no título da Copa América, anulou completamente os “craques” do Tite e garantiu a classificação dos hermanos.

  • Fred disse:

    Talvez seja melhor ao Coelho ir pra Sulamericana. Veja bem, não se trata de pensar pequeno. Mas indo pra Libertadores, se não qualificar o elenco, periga não passar da fase de grupos, recebendo pouco $$$. Na Sulamericana, tem mais chance de passar de fase, quem sabe uma semifinal ou final (como Chapecoense e Bragantino) e pegar uma premiação melhor. Em 2023, chega nos campeonatos em outro nível, dando um passo de cada vez.

  • Paulo Araújo disse:

    Com certeza Chico, Minas precisa com uma certa urgência consolidar sua segunda força na série A. Principalmente considerando que na B já temos uma força efetivada e outra emergente.

  • JOÃO CARIBE disse:

    Muito bom o que está acontecendo com o América.
    A torcida precisa comparecer mais, e o clube e o estádio precisam tomar providências para tratar melhor o torcedor. Há alguns anos alguém pariu uma regra estúpida de que apenas um bar, láááá no fundo do setor, pode vender cerveja, e somente até o final do intervalo. Isso causa enormes filas, tumulto e aglomeração. Se quiser uma cerveja e uma água, o consumidor terá que enfrentar duas filas em bares diferentes. No intervalo então, é um Deus nos acuda…Não há lógica que sustente isso! Todos os bares deveriam vender de tudo, deixando de marginalizar e incomodar os adeptos do velho “guaraná”, uma das poucas alegrias do cidadão comum enquanto assiste seu time jogar. Ajudem aí, isso tem que mudar!
    Chega de regras inúteis! (e não estou falando de acesso, estacionamento, compra de ingressos, abertura de outros setores, comprovante de vacina que ninguém confere, etc…)