Jornal carioca passou da conta com o Cruzeiro

O jornal “Meia-Hora”, do Rio, pegou pesado com o Cruzeiro esta semana em dois dias consecutivos.

Após a derrota para o Flamengo e quando surgiu a conversa de que Fred poderia trocar o Fluminense pela Raposa.

Muitos atleticanos e americanos gostaram e fizeram piada, mas não deveriam, pois amanhã será um deles, que já receberam tratamento imoral por parte da imprensa do Rio e de São Paulo em outras ocasiões também.

A questão supera a rivalidade clubística. O jornal não brincou, e sim, desrespeitou o Cruzeiro.

E ao contrário do que um colega falou numa entrevista coletiva na Toca da Raposa, não se trata de um “jornalzinho” carioca.

O Meia-Hora pertence ao grupo do jornal O Dia e tem uma circulação média diária de 150 mil exemplares.

É desse jeito que grande parte da imprensa do Rio e SP trata quem não é deles: desprezo ou gozação.

Enquanto aqui, a maior parte dos colegas dedica grandes espaços aos clubes de lá; tratamento VIP, em detrimento do esporte mineiro, principalmente do interior.

Infelizmente muitos de nós, se acomoda nessa posição de colonizados, e aceita passivamente tudo que vem da “Corte”.

A diretoria do Cruzeiro deveria protestar formalmente junto à diretoria do jornal e até mesmo à Associação Nacional de Jornais – ANJ, exigindo respeito à instituição.

O Meia-Hora extrapolou.

O Hoje em Dia de ontem mostrou essa brincadeira de péssimo gosto do jornal carioca:

SMURFS O jornal carioca Meia Hora se referiu novamente ao Cruzeiro como Smurfete

“Após derrota, Cruzeiro vira chacota em jornal carioca” 

Os jogadores do time celeste disseram em coletiva à imprensa que não gostaram da brincadeira 

Álvaro Castro – Do Portal HD 

O jornal carioca “Meia Hora” resolveu pegar no pé do Cruzeiro de forma bem humorada. Se aproveitando do resultado negativo e da proximidade da estreia do primeiro longa sobre os Smurfs, personagens que marcaram época na TV na década de 80, o caderno de esportes resolveu chamar o Cruzeiro de “Smurfete” após o revés por 1 a 0 para o Flamengo, na quarta-feira (3), com a manchete “Mengão sacode a Smurfete”.
Se a notícia fez a alegria dos atleticanos, ela repercutiu de forma negativa entre os jogadores cruzeirenses, que em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira (4) reclamaram da forma pejorativa como o clube foi tratado.
“Desrespeitar uma equipe grande como o Cruzeiro, nesse tom de brincadeira, isso não se faz. Nós jogadores ficamos chateados, estamos em um momento difícil, mas temos que manter a cabeça tranquila para darmos a volta por cima. Isso tem que servir como uma motivação”, defendeu Diego Renan.

 

A ideia da brincadeira surgiu na publicação de quinta-feira (4), após vitória flamenguista (Reprodução/Meia Hora)
Não satisfeito em “cutucar” os cruzeirenses, o jornal repetiu a dose em sua edição desta sexta-feira ao tratar do caso do atacante Fred. O jogador se envolveu em uma polêmica com torcedores do Fluminense e teve seu nome especulado no Cruzeiro, já que o limite de sete jogos (que impossibilita transação para outro clube brasileiro) ainda não foi atingido.

SMURFLA

O zagueiro Gil também não ficou nada satisfeito com a situação, mas preferiu levar as declarações para outro lado. “Isso daí é complicado, a gente não pode falar nada. Se a gente for dar uma resposta para isso, acaba pegando um gancho maior. Nós temos que aceitar e tirar isso dentro de campo. Isso é uma motivação maior para gente”, analisou.

http://www.hojeemdia.com.br/esportes/cruzeiro/apos-derrota-cruzeiro-vira-chacota-em-jornal-carioca-1.321176

Saiba um pouco mais sobre o jornal Meia-Hora no site www.jornalonline.net

Os Populares Meia-Hora e Expresso”

Confira a seguir os jornais mais populares do Rio de Janeiro, o Meia-Hora e o Expresso. A irreverência das manchetes do jornal Meia-Hora e seus textos ágeis conquistaram a massa carioca que compra sempre o jornal para ler no caminho ao trabalho. O Infoglobo tentou abocanhar uma fatia dos leitores do Meia-Hora com o jornal Expresso. Dos dois, apenas o Meia-Hora está online.

Meia Hora

Em setembro de 2005, chegava às bancas do Rio de Janeiro o jornal Meia Hora, com o objetivo de competir com o jornal Extra, da Infoglobo, empresa que também edita os jornais O Globo e Expresso. O novo jornal carioca foi lançado com uma tiragem inicial de 50 mil exemplares. No primeiro dia, foram vendidos 35 mil jornais e mais cinco mil na semana seguinte ao lançamento. Hoje, já são vendidos mais de 150 mil exemplares do tabloide por dia. Um sucesso.

Voltado para leitores das classe C e D, o jornal Meia Hora pertence à Editora O Dia. Com notícias populares, rápidas, uma linguagem fácil, simples e com chamadas consideradas apelativas na primeira página, o Meia Hora vem conquistando cada vez mais leitores. Rapidamente, caiu no gosto popular. Outro fator que impulsiona às vendas é o preço acessível de cada exemplar: 0,50 (cinquenta centavos). Hoje, o Meia Hora também já é vendido em São Paulo. O Meia-Hora online pode ser lido no endereço http://one.meiahora.com/.

http://jornalonline.net/meia-hora-e-expresso

32 comentários para “Jornal carioca passou da conta com o Cruzeiro”

  1. Dudu GALOMAIO BH disse:

    Hahahahaha…
    Chico, me desculpe, eu ajudarei a reclamar depois.
    Primeiro deixa eu rir… rsrs

    Você está certo em detonar essa cariocada sem respeito, mas eu não ia perder uma chance dessas.

    Bom fim de semana!

  2. Anderson Palestra disse:

    Sinceramente eu não me incomodo.
    Os smurfs são azuis, a camisa do Cruzeiro é azul, não acho depreciativo.
    Alguém pode interpretar o fato de ser smurfete, mas não vejo por esse lado.
    Ademais, nem conheço esse jornal, mas provavelmente deve ser daqueles que estampam manchetes do tipo ” Cachorrona do funk foi x9 no morro da mangueira, amanheceu com uma azeitona na testa que é para não entregar os mano”.
    Nem levo em consideração.

  3. Julio Celeste-Lagoano disse:

    Isso deve servir de lição para que a imprensa mineira pare de babar ovo dos times cariocas e paulistas. E se a diretoria do Cruzeiro empenhase em formar time forte e competitivo sem pão duragem, ao invés de trazer foguetes molhados e promessas que não acontecem não seriamos motivo de chacota pra esse eixo que infelizmente acaba influenciando o resto do país. Isso serve para as outros times também.

  4. Alisson Sol disse:

    Considerando o público-alvo, não fica muito longe do que o Supernotícia faz em Minas.

    De qualquer forma, seria ótimo o Cruzeiro se associar à imagem dos Smurfs. Uma sensacional jogada de Marketing que já devia ter sido melhor aproveitada pelo clube. O melhor seria a associação do “Glorioso Gargamel” aos torcedores adversários: todo Janeiro começam um novo plano que parece que vai bem, e depois terminal mal!

    Eu adorei a comparação….

  5. Jorge Soares disse:

    Primeiramente uma boa tarde.
    Sou morador do Rio de Janeiro e quero dizer que o que esse jornaleco de quinta categoria, o “Meia Hora” fez com o Cruzeiro foi com intenção de debochar, sim. Eu que moro aqui no Rio sei como é que é. Mesmo sendo do mesmo grupo do jornal “O dia”, “Meia hora” é um tablóide caracterizado por um tipo de jornalismo (se é que o que eles fazem é jornalismo) rasteiro, da pior qualidade possível, repleto de expressões de baixo calão, e inclusive atentando contra o principal mandamento do jornalismo, que é a imparcialidade, ainda mais no caderno de esportes, onde fica mais do que evidente que seus “jornalistas” torcem descaradamente pelo Flamengo e debocham (por demais) dos demais clubes. Vale lembrar um famoso ditado que diz que “Pau que bate em Chico também bate em Francisco”, então penso que algum jornal daí de Minas Gerais deveria dar o troco, com alguma caricatura ridicularizando os clubes do Rio, especialmente o Flamengo (que é o time do “Meia Hora”). Queria só ver como reagiriam esses jornalistas de quinta se por exemplo o “Estado de Minas” fizesse uma caricatura de um bandidão com uma pistola usando a camisa do Flamengo. Será que eles iriam levar na esportiva? Com certeza iriam se fazer de vítimas. Querem vender jornal? Vendam, mas com uma linha editorial de qualidade, não com um jornalismo rasteiro, feito apenas para agradar uma torcida A, B ou C e sem nenhuma imparcialidade e nenhum respeito às outras torcidas e culturas. Tenho dito.

  6. Gilmar disse:

    Se fosse com o galo eu ia até EXIGIR a separação de Minas do Brasil só pra não ficar no mesmo país que esse cariocas folgados.Mas como é com o cruzeiro eu to dando pala de tanto rir…kkkkkkkkkkkkkkkkkk

  7. J.B.CRUZ disse:

    ——————– IGNORO O SÊBO ——————————————-

  8. Chico so tenho uma coisa a dizer, ou melhor fazer .
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  9. luis disse:

    Chico maia,

    Só rindo mesmo…desculpa, mas Smurfete foi a melhor até agora para esse clube do Barro Preto…..Maria Smurfete …ficaria melhor.
    Cansei da chacota deles conosco, agora aguentem.

    Abraços a todos

    Luis

  10. Wagner Ávila disse:

    Acho normal a gozação entre torcedores. Agora, um jornal fazer isso tão descaradamente é falta de respeito e acho que o clube deve protestar sim.
    Concordo com o Chico quando diz que a imprensa mineira dá muito espaço aos clubes do Rio ao passo que os clubes daqui são completamente ignorados por lá. Quando aparecem é desse jeito. Que tal dar o troco quando os times de lá levar uma cepada? Por que só os veículos daqui tem que ser politicamente corretos?

  11. Aurélio Mendes disse:

    Chico, é por isso que eu defendo que a imprensa mineira seja bairrista. Ficar esperando imparcialidade de cariocas e paulistas é pedir muito. A Globo os acostumou muito mal e somos obrigados a aguentar essas bobagens. O problema em Minas é que aceitam passivamente. Acha que fazem isso com o pessoal do Sul? Lá eles não toleram desaforo.

  12. tom vital disse:

    Também acho que foi falta de respeito embora a smurfetetizinha tenha
    ficado uma gracinha.
    Fala ai Clayton!

  13. Rhsg & Lesse disse:

    É bom lembrar que esse mesmo mengão apanhou da “smurfete” direto por 3 anos antes desse último jogo

  14. lauro disse:

    Chico quanto a crônica acima é que faz de você ser diferente em qualidade com o restante dos comentaristas;
    Quanto a gozação é ficar ouvindos os rosinhas rindos dos azuis…..

  15. Marcos 2011 disse:

    É incrivel que em pleno século 21 ainda tem gente que ainda não sabe separar o lado profissional do lado torcedor. O certo é a imprensa- seja de que ramo for- noticiar acontecimentos de forma imparcial, mas aqui no Brasil nem sempre é assim… Ao que tudo indica o editor do tal jornal era flamenguista. Ainda mais que ultimamente o clima entre cruzeirenses e flamenguistas não anda tão amistoso como em outros carnavais. Em SP, no dia seguinte à conquista da Libertadores pelo Santos, teve um jornal nos mesmos moldes desse que se preocupou em alfinetar o Corinthians ao invés de saudar o mais novo campeão sulamericano.
    Rivais, segurem as gozações dessa vez, pois imprensa jamais pode ter atitudes de torcida. Vocês não iriam gostar se esse mesmo jornal(ou qualquer outro) chamasse o Atlético de ‘galinha’, o América de “melequinha”, o São Paulo de ‘Bambi’, o Flamengo de “Flavela” ou o Fluminense de “FlorminenC”. Gozações tem de ser restrito apenas a torcedores rivais. Jornalista esportivo, ainda que torça para algum time, tem que ser imparcial.
    Nos anos 80(ver no Youtube), Silvio Santos dizia que era absolutamente contra mídia tendenciosa, e que esse tipo de mídia jamais teria espaço em sua emissora. Ah se todos os veículos de comunicação do Brasil pensassem como o dono do SBT…

  16. Basílio disse:

    Já financiaram marketing negativo pro Atlético no Rio. Estão pagando!

  17. Olha eu me importo sim tenho vergonha na cara,mas o que o tabloide meia hora esqueceu de publicar foi a quantos anos os times cariocas nao ganhao do cruzeiro o tal galo ai que disse que tem que rir somente mostra a distancia cultural entre FLAMENGO,GALO E CRUZEIRO nao leio tabloides pois e jornal pra iletrado,sou MINEIRA antes de qualquer coisa..ate esta vergonha quando joga fora nao gosto que perca.MINAS GERAIS E MUITO MAIS QUE FUTEBOL E A NOSSA GENTE.OLHA QUE NASCI EM OUTRO PAIS MAS MEUS PAIS GENTE EDUCADA ME ENSINARAM A AMAR MG.E CRUZEIRO,parabens pela bela reportagem,somos seus fans

  18. Fábio disse:

    Esse repórter que tratoiu o jornal de “jornalzinho” deve ser um daqueles lambe boatas dos irmãos perrellas. É uma pena que ainda temos esse tipo de gente na imprensa mineira!

  19. H.Almeida disse:

    A Vera verão e a falecida Lacraia devem estar se remoendo de ciúmes no túmulo a esta hora, tais representantes nunca tiveram tamanho destaque na imprensa nacional!

    Sem dúvidas não podemos perder a piada, mas o fato deve ser coibido em nome do respeito e a paz no esporte.

  20. Saulo disse:

    Não gosto de vingança ou preconceito com outros Estados, mas, tá na hora de Minas fazer valer sua força e mostrar pros preguiçosos, drogados, e depravados do RJ quem pode mais. Quanto aos paulistas, são mais comedidos, embora de vez em quando pisem na bola feio, vide Neto.

  21. Saulo disse:

    Completando, a imprensa mineira é muito cordial, diria que, quase subserviente ao eixo. Temos de ter uma imprensa mais forte nacionalmente, senão, “erros de arbitragem” vão continuar a acontecer e prejudicar nossos times. União é palavra de ordem, afinal, o inimigo do meu inimigo é meu amigo.

  22. claudio pacheco de figueiredo disse:

    o galo perdeu to nem ai para este jornaleco.

  23. Antenor de Paula disse:

    Prezado Chico Maia,

    li seu comentário sobre a pseudo piada carioca e conectei com os comentários vistos após o jogo flamengo x Coritiba, onde o ex-apitador Leonardo Daciba( acho que é este o sobrenome) é questionado sobre o lance do suposto penâlti sobre o jogador do Coxa e fala que o pé do jogador estava dentro da área mas as costas estavam fora(???). Então, o jogador dos Coritiba tem dois corpos? Tal fato me fez lembrar o apitador que deu o título para aquele time que usa camisa roxa em 2005 e ganhou uma “boquinha” como comentarista de futebol na tv. Nós brasileiros dos outros estados deveriamos criar uma liga de futebol, chutar a CBF e deixar o futebol carioca e paulista de lado. Seria uma grata solução. Mas como nossos dirigentes de futebol não querem agir de forma correta ou preferem fazer média com a mídia( principalmente com as Organizações Globo) eu como torcedor resolvi fazer um pequeno boicote, não assisto futebol de times cariocas ou paulistas, não compro jogos pelo Pay per View ou assino o pacote de futebol da Tv a Cabo, não vou mais aos estádios ver o Cruzeiro e não compro mais camisas oficiais e outros produtos licenciados e evito consumir os produtos dos patrocinadores do campeonato brasileiro. E graças a Deus o senador vai embora, já que o pequeno reizinho conseguiu seu mandato de 08 anos para nadar de braçada naquele cargo nababesco.

    Abraços,

    Antenor de Paula.

  24. Renato Paiva disse:

    Infelizmente, só posso rir! kkk
    Não sabia que essa fama era nacional! kkk

  25. Clayton Batista Coelho ( Claytinho - Só Boleiro do Nova Vista/BH ) disse:

    E aí Tom Vital, bãoooo ??

    Amigo, eu nem ia comentar nada, por achar no mínimo uma falta de ética profissional do dito jornal. Mas como vc pediu a minha opinião, a única coisa que eu tenho a dizer é: Lamentável !!!

    Que torcedores troquem piadinhas e gozações, é mais do que natural. Agora, um veículo de comunicação que deveria informar e formar opinião, chegar a esse nível de manchete, é deplorável.

    Abraços

  26. Dudu GALOMAIO disse:

    Aviso aos navegantes: sou atleticano apaixonado e estou me lixando pro time das Smurfetes.
    Há aqueles que realmente não ligam pra esse tipo de bobagem e aqueles que fingem não ligar, mas apelam pra retrucar chamando atleticanos de rosinhas, etc (esses seguem a mesma linha de inteligência do jornal).
    E até mesmo aqueles ou aquelas, que vestidos de tamanha estupidez, querem silenciar os demais com colocações soberbas, do tipo “isso é jornal pra iletrado”. Cuidado com essa arrogência, a menos que sua cadeira na ABL esteja eternamente reservada, seria de bom tom a modéstia.
    Não cabe aqui conclamar nossas posições na sociedade, nossos diplomas de grau avançado ou conquistas intelectuais pra confrontar isso. Cabe sim, aceitar que não passa de brincadeira e em que pese a provocação do jornal, é certo que o torcedor rival tire sarro. NÃO EXISTE DIFERENÇA CULTURAL entre os clubes. Isso varia de pessoa a pessoa, indiferente de preferência clubística.

    Saudações Atleticanas!!! ;)

  27. Chico,
    Pior que isso são alguns jornalistas “mineiros” torcerem descaradamente contra o América e declararem isso em seus twitts e comentários.

    A narração do canal PFC, começa com os narradores MINEIROS fazendo piadinhas e narrando com má vontade os lances do América. Os dois, Marcos Leandro e o Rogério Corrêa, mostram isso todos os jogos. Má vontade. Os comentaristas, nem falo, pois são extremamente bairristas. Ontem durante a transmissão de América e Fluminense, só faltaram falar que o Dudu tinha ficha na policia, de tanto que meteram o pau nele. Ai eu pergunto…qual jogador o Dudu já machucou seriamente? que precisou ser afastado? Não me lembro de nenhum. O Alessandro deu um drible na lateral ontem, na frente das cabines, que passou em branco…o narrador nada disse. Se fosse o “Ronaldinho” que tivesse feito, o narrador teria um orgasmo ao vivo de tanta babação de ovo. Bob Faria é outro que torce contra o América veladamente. Você e poucos outros jornalistas mineiros respeitam a instituição América e sua torcida.

  28. Quando eu disse que os comentaristas são bairristas, foi devido ao fato que geralmente é um narrador local e um comentarista do estado do adversário.
    E o comentarista mais trouxa que existe é o Marcos Guiotti. Veja algumas declarações dele no twitter:

    marcosguiotti O Marcos Guiotti
    O América vai ser campeão da segundona em 2012, Ano do centenário, vai ser uma bela festa no novo estádio independência.

    marcosguiotti O Marcos Guiotti
    E o América chegou no lugar dele. Vai ser difícil sair da lanterna.

  29. joao paulo cavalieri disse:

    Boa tarde a todos!

    Quem faz a fama que deite na cama, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!

  30. Leonardo Tito disse:

    Marias Smurfetes! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  31. Roger disse:

    Tambem acho que foi um desrespeito o que fizeram com a Smurfet. Como pode comparar ela com as MARIAS kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  32. Gilson Robini disse:

    Fica esperto Chico!!!!!

    O mundo da voltas, já sofremos demais com as chacotas das smurfetes, agora é a nossa vêz.

    E esta fama é reconhecida internacionalmente, lembra-se da declaração dada por Perfumo a um jornal argentino????? Não me lembro bem mas ele disse que no cruzeiro ou na torcida do cruzeiro tinha muito homossexual.

Deixe um comentário