Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

A licitação do novo Maracanã e a interdição do Engenhão

Amigos,

não sou de aderir a “teorias conspiratórias”, mas quando se trata de política e muito dinheiro, tudo pode acontecer.

Vejam este comentário do advogado Stefano Venuto Barbosa:

* “Chico,

um colega advogado do Rio comentou comigo no fim de semana,”Pode existir algo além dos aviões de carreira no ar.

O Fluminense e Flamengo haviam desistido de jogar no Maracanã , pois acharam a pedida do consórcio vencedor; EIKE BATISTA; muito cara para jogar no Maracanã. Fecharam então com o Botafogo um acordo para continuarem usando o Engenhão até o fim do ano.

Vem então o prefeito; mancomunado até a última célula com Eike e o Governador; e declara o Engenhão inapto …. apesar dos protestos do engenheiro responsável pela obra.

Pode ser uma armação do triunvirato que governa o Rio de Janeiro; EIKE, CABRAL E PAZ; para obrigar a dupla FLAXFLU a ceder aos seus “argumentos”.

—————————————–

Em Belo Horizonte Alexandre Kalil sofreu todo tipo de pressão para trocar o Independência pelo Mineirão com os jogos do Atlético.

Como resistiu, dias atrás, andaram pipocando informações de que o Ministério Público pode interditar o estádio do Horto a qualquer momento.

Na semana passada o ex-prefeito do Rio, César Maia, em entrevista ao ESPN acusou a prefeitura de usar o caso da interdição do estádio para favorecer a licitação do Maracanã.

Trata-se de uma figura complicada da política carioca, mas, dessa turma e dessas jogadas ele conhece.

Disse:

“O caso do Engenhão é na verdade uma forma de fortalecer a licitação da concessão do Maracanã, uma semana depois de Flamengo e Fluminense terem assinado contrato de dois anos com o Engenhão. Desvalorizar o Engenhão é valorizar a concessão do Maracanã”, declarou Maia, prefeito do Rio até 2008. Procurada, a prefeitura do Rio de Janeiro ainda não se manifestou sobre as declarações do vereador.

“Repare que o calculista garante seus cálculos por um novo laudo que foi feito pela empresa alemã que fez os cálculos para o Maracanã. Tudo muito estranho, pelo menos”, suspeita o vereador. Ele se refere à empresa alemã SPB (Schlaich Bergermann und Partner), responsável pelo projeto da cobertura do Maracanã e que também foi contratada para fazer o laudo que motivou a decisão do prefeito de interditar o Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão.
Ex-prefeito desconfia de preço do novo Velódromo
O velódromo construído para os Jogos Pan Americanos de 2007 não foi aprovado pelo COI (Comitê Olímpico Internacional) como palco das provas de Ciclismo na Olimpíada de 2016 e será demolido. Um novo, nos padrões exigidos, será construído no novo Parque Olímpico.
CESAR

“O velódromo é igual ao de Atenas, orientado pela Confederação Internacional de Ciclismo. Antes de 2007 a prefeitura queria um provisório mas o COB (Comitê Olímpico Brasileiro) e a Confederação pediram um permanente. Agora os mesmos atores mudaram o projeto. O velódromo do Pan, pago com recursos federais, custou R$14 milhões. O novo custará R$120 milhões. Estranho”, afirmou César Maia, prefeito na época da construção da estrutura que deve vir abaixo ainda este ano.


» Comentar

Comentários:
32
  • Isaías Senna disse:

    O Botafogo não pode ficar alheio a tudo isso, tem que ir à Justiça comum, pedir o estádio de volta por que não há nenhum motivo concreto para sua interdição, só pessoais destes bandidos inescrupulosos. Temos que recuperar o nosso estádio, temos que ter a nossa casa de volta! Mas, pra acabar com toda essa merda, o Botafogo tem que construir logo o seu próprio estádio. Sr. Maurício Assunção, se o a V. Ex. não é capaz de lutar por isso, se não é homem de comprar essa briga, pede renúncia e deixa outro que tenha tamanha coragem, precisamos de homens no Botafogo e não de covardes, o Botafogo é time grande, e a sua grandeza não pode ser ofuscada por aproveitadores e oportunistas que só visam seus interesses próprios e se beneficiam seus bolsos. Você tem que reagir MAURICIO ASSUNÇÃO! E NINGUÉM CALA ESSE NOSSO AMOR, É POR TI FOGO!!!

  • Adilson disse:

    Isso seria resolvido facilmente, era só a tríade de falidos, FlaxFluxBota, construírem seus próprios estádios, como todo clube grande faz.

  • robson disse:

    Ta de sacanagem essa juizá pqp interditar logo agora no amistoso porque não deixa pra interditar depois affs quer aparecer ou vergonha o brasil que merda depois de marca o amistoso vem essa juizá e interdita o estadio.

  • wagner pesinato disse:

    Realmente o problema do Engenhão não é estrutural, como mostra a Nota de Escclarecimento abaixo:

    http://www.piniweb.com.br/construcao/tecnologia-materiais/abece-nao-acredita-em-falhas-estruturais-no-engenhao-288361-1.asp

  • Roger disse:

    Martens disse:
    “Tipico eleitor do psdb, acusar o pt e o Lula ate pelas maracutaias do psdb em minas,o pt tem culpa pela reforma e depois entrega como presente para a minas arena ??”
    Tipico eleitor do PT, dizer que um problema no RIO DE JANEIRO tem a ver com as maracutaias do PSDB em MINAS GERAIS.

  • Petronio Lanare disse:

    Simplesmente mais uma aberração politica.

  • clauber disse:

    êta, o caso mineirão/independência voltou com toda força…… Gente deixa o Galão da Massa jogar no Indepa afinal investimos um valor considerável e estamos apenas buscando nosso retorno. Vale lembrar que caso venda o direito do nome o CAM terá direito a 45% dos lucros desse contrato.

    O caminho do CAM é ter seu próprio estádio, quem sabe conjugado com um shopping (mais um shopping???) ou hotel. Belo Horizonte tem espaço para isso.

    Outro dia surgiu aqui no blog a noticia da possibilidade de antecipação dos direitos do shopping devido a uma revisão contratual, caso apareça novidades favor nos informar. (se não me engano quem deu essa noticia foi o Dr. Stefano Venuto.)

  • Sem conhecer os detalhes é complicado opinar, mas uma coisa é certa. De político brasileiro eu nada duvido.

    O Cesar Maia não é flor que se cheire, mas uma coisa que ele disse merece atenção. Esse caso do velódromo deveria ser mais investigado.

  • Andrey M Lage disse:

    Edson Morais

    Esses comentaristas da ESPN, são pessoas levianas !

    Eles levantam uma tese sobre um assunto, impõe essa tese , e não aceitam debater ela !

    PVC fez o mesmo no caso mineirão !

  • Andrey M Lage disse:

    Thiago

    Perfeita analise !

    Os clubes não colocaram nenhum centavo na reforma e construção dos estadios, e agora querem ganhar na exploração deles, como se os estadios fossem particulares !

    A BWA so deu a metade de tudo que ganha para o Atletico Mg, pq não foi ela quem reformou o Independência , quem reformou foi o Governo que ficou com um preju de mais de 100 Milhoes !

    Duvido que se fosse a BWA a responsavel pela reforma, ela daria metade de tudo que ganha .

  • Paulo Araujo disse:

    E essa do mequinha vender o mando de campo pro cruzeiro? Interesante que quando o jogo é contra o Galo eles dificultam ao maximo a entrada De atleticanos.
    Essa de liberarem a entra dos socios torcedores é uma verdadeira vergonha.

  • Andrey M Lage disse:

    Alexandre Paiva

    Exatamente isso !

    Foi exatamente isso que aconteceu ate o momento, por isso disse que não teve pressão em cima do Atletico Mg .

    A pressão foi em cima do Cruzeiro, se debateu o contrato do Cruzeiro, os Borderos do Cruzeiro !

    Não Apareceu advogado fazendo calculos de quanto a BWA ganha em cima de quem utiliza o Independência

    Tambem Nunca vi uma analise dos custos de se jogar no Independência por exemplo .

    A pressão foi muito mais em cima do Cruzeiro e da Minas Arena!

  • Martens disse:

    Thiago no caso do mineirao quem esta assumindo a divida penate os bancos? pode ate ser a minas arena, mais com garantias do governo cobriri os preju !!

  • Alexandre Paiva disse:

    Andrey M Lage,

    O Atlético tem o direito de pedir o que quiser. A Minas Arena tem o direito de aceitar ou não. Simples assim.

  • Edson Morais disse:

    Chico, a concorrência nem realizada foi, está marcada pra 11/4, se ocorrer, e a empresa do Eike é apenas uma das interessadas. Nada a ver esta informação. Contrato do FLA não prevê exclusividade no Engenhão. Abraco

  • Thales rosa disse:

    Tem boi na linha nessa história ai do Maracanã…

  • Luiz Antônio Costa disse:

    Caro Chico,
    vou enviar uma foto da “familia” Costa em ação pra você. Abraço e parabéns pelo trabalho.

    – Patrocínio – MG

  • Thiago disse:

    Bem, vamos avaliar os tópicos:
    1) O engenhão foi construído as pressas para os jogos panamericanos, e agora depois de 3 anos apresenta sérios problemas estruturais na sua cobertura. No restante do estádio já há evidências de tubulação enferrujada e etc. Ou seja toda vez que se fala em construção em tempo record no Brasil, podemos esperar coisa mal feita. O que nos faz pensar como estarão as outras obras daqui 4 anos?

    2) O jogo de interesses é grande, inclusive dos clubes do Rio os mais individados do país. O Botafogo tem a administração do Engenhão, portanto, tem os lucros na mão. E agora na hora de das despesas que vão aparecer, o governo paga? Não concordo, pois se na hora do benefício o time goza de privilégios deve assumir o ônus também.

    3) Flamengo e Fluminense, já tem o patrimônio das arbitragens a favor e agora querem o mesmo que o atletico quer das administradoras (são as que assumem a dívida perante os bancos) ou seja, tudo, todos os lucros e benefícios, menos as despesas da construção do estádio. Ai é muito fácil, pois assim vou morar na casa da sogra, comer, beber, usurpar fisicamente da filha e não vou pagar aluguel, nem ajudar nas compras, nem conta de água, luz, nadinha de nada. Mas eu não sou folgado, tá? Esses times querem ainda a extinção de suas dívidas, absurdo! Se pagassem suas dívidas quantos estadios seriam construidos no Rio?

    4) Esse César Maia é responsável juntamente com a DELTA (aquela que participou das fraudes e trambiques com sr. Carlinhos Cachoeira), pois ele deu aval na licitação dessa empresa na construção do Engenhão. Mas a DELTA tem muitas ligações políticas, portanto, quem vai mexer nesse vespeiro?

    Sendo assim não concordo em dizer que há um complô ou pressão pra jogar no Maracanã. Tem sim pressão dos times pra aproveitarem a opinião pública contra as construções destes estádios pra tirarem suas cordas do pescoço ao tenterem obter tantos privilégios.

  • Martens disse:

    silvio disse:
    1 de abril de 2013 às 17:08
    (Eike/Lula)…estâo levando vantagem..sou engenheiro civil…tenho vergonha do que tenho visto.

    Tipico eleitor do psdb, acusar o pt e o Lula ate pelas maracutaias do psdb em minas,o pt tem culpa pela reforma e depois entrega como presente para a minas arena ??

  • cabrito disse:

    Chico,

    Lembra, Chico?

    “Engenhão interditado, CBF adia Flamengo e Atlético-MG

    Clube carioca agradece a decisão. Novo confronto ainda não tem data definida.”

    Hoje, o Flamengo prova do mesmos veneno e o Eike tem mais poder que o time do aterro.]

    Força, Kalil!

    O futebol do Brasil é apenas um tubo de ensaio para o pior que possa acontecer através da política.

    Depois de José Roberto Wright, o Brasil nunca mais foi menos pior, Chico!

    @cabrito2606

  • Carlos da Mata disse:

    Interditar o Independência por qual motivo? Claro que esta historia do Engenhão ficou esquisita, mas não podemos negar que o problema na estrutura do estádio existe. Não tenho competência para dizer se este problema é ou não suficiente para um interdição.

    Mas o pelo fato ter ocorrido logo após um acordo de Fluminense e Flamengo para jogarem no Engenhão, soa num mínimo estranho.

    A verdade que essa copa do mundo está fazendo muito mais mal do que bem ao Brasil. Esse papo de “legado” já ficou mais que comprovado que é pura balela. Nós iremos ficar com a “conta” e a FIFA com os louros (Algo em torno de U$5 Bilhões).

    Só temos que lamentar, pois enquanto o Brasil for Governado por pessoas com estas que estão no poder, e aqui não me refido só ao PT mas todo e qualquer partido politico hoje no Brasil, nada mudará.

  • renato fabio disse:

    Não consigo entender o governo de minas fazer tanta propaganda do estado. Melhor policia militar,melhor educação.
    Será que ele é tão cara de pau pra dizer tudo isto.???em minha cidade, não existe policia na rua, as unidades de saúde funcionam de forma precária, ESTRADAS NEM SE FALA. PARECE QUE O TRIANGULO SÓ SERVE PARA CONTRIBUIR COM IMPOSTOS…NADA DE BENEFÍCIOS POR AQUI….

    – uberaba mg

  • HUMBERTO LUIS disse:

    chico a maior merda que poderia ser feita no Brasil ultimamente foi de nós sediarmos essa maldita copa. A roubalheira está demais, falcatruas, subornos, corrupção, pressão em clubes para jogarem nos estádios novos, enfim aquilo que nossos políticos e empresários desonestos mais gostam de fazer, que é lesar o nosso país. Enquanto a farra anda boa demais, o povo morre nas filas de hospitais, não temos segurança, a educação está falida, as estradas continuam matando e vai por aí afora, tudo em nome desta maldita copa, do grande legado que ela vai deixar.

  • Silvio Torres disse:

    Pois é, como tenho dito aqui neste espaço há meses. Se o Mineirão é tão sustentável só com o Cruzeiro, porquê a pressão? Guenta firme Kalil… E Chico, não tem outra palavra: como são burros os que dirigem nosso esporte maior. Já pensou o jogo Atlético x Boa no sábado? A lógica leva a crer numa vitória do galo. Com isso, o clássico de domingo assumiria proporções muito maiores e dramáticas, valendo a liderança e as últimas chances do América de se classificar. Até os atleticanos ficariam cem por cento ligados no jogo! Até a Globo dá tiro no pé?!

  • Andrey M Lage disse:

    clauber

    O “Naming rights” da Fonte nova, sera dividida entra a empresa que administra o Estadio e o Governo !

    Não vai ser dividido com os Clubes que jogam lá . então pq vc esta questionando se aqui em minas vai ser dividido?

    Só o Kalil e vcs atleticanos acham que uma empresa que adiministra um estadio tem que dividir parte do que ganha na exploração do estadio, com todos os Clubes que utlizam o estadio

    E o mais ironico disso , e que o Atletico Mg exige algo, que ele e a BWA não oferecem no Independência !

    Se o Cruzeiro não tivesse assinado o contrato com a Minas Arena ,e continuasse a utilizar o estadio Independência

    Ele teria direito a uma porcertagem da exploração do Estacionamento?

    teria direito a uma porcertagem da exploração dos Bares?

    teria direito a uma porcertagem da exploração dos Camarotes ?

    teria direito a uma porcertagem da exploração das placas comerciais?

    teria direito a uma porcertagem de um fututo “Naming rights” ?

    Ou seja que administra o Independência não oferece nada a quem utiliza o estadio e todo mundo acha normal, ja a minas arena mesmo oferecendo alguns beneficios e criticada.

    E pra finalizar, esse valor de Naming rights que a Arena Fonte nova assinou, nem e grande coisa, Cerca de R$ 10 Milhoes por ano !

    Se a BWA conseguir o mesmo para o Independência , o que eu acho dificil, o Atletico por ano ficaria apenas com R$ 4,5 Milhoes

    Valor que o Cruzeiro tirar tranquilamente com o socio e a renda no mineirão !

  • Andrey M Lage disse:

    Kalil sofreu todo tipo de pressão para trocar o Independência pelo Mineirão ??????

    Ate onde eu sei a pressão da midia, advogados , deputados e do proprio Kalil, foi em cima da Minas Arena para facilitar o Atletico Mg jogar lá !

    O turco fez pressão falando que ia aumentar o Independência , que vai construir estadio proprio , so para a Minas Arena voltar atras , eh facilitar ele jogar lá !

  • ely disse:

    Chico… Falar Nisso, pararam de divulgar o aumento da capacidade do Estádio do Horto. Vc sabe de está acontecendo alguma coisa nesse sentido?

    abraço – Ely

  • Vinicius Campos disse:

    Dr. Stefano como sempre traz muitas informações importantes. Não é de se estranhar. É só tomar como base as pressões que o Kalil vem sofrendo para ir para o Mineirão com o Galo. Primeiro tentaram reviver a história de enriquecimento ilícito e agora vem com este papo de interditar o Horto. Tudo mutreta da braba pra fazer pressão no Kalil. O mesmo está contecendo no Rio. Como os grandes estão correndo do Maracanã, nada que uma leve pressão não resolva. Esta é a tão sonhada herança da copa que vai ficar como legado. Corrupção, robalheira, sacanagem e por aí vai e tudo com o nosso querido dinheiro público. Eu não voto em menhum político já tem umas 10 eleições, para nenhum tipo. Enquanto o meu voto não for levado a sério, eu não perderei tempo. E se o povo fizesse o mesmo, daríamos um belo recado de “basta” a esta patota, ou melhor, a esta enorme rede podre que governa o paíz. Muda Brasileiro, temos que mudar nossa mentalidade.

  • clauber disse:

    Olha, realmente faz muito sentido tudo descrito acima. Infelizmente como ninguém será responsabilizado por construir errado o Engenhão, fica mais fácil forçar a barra política e simplesmente fechar o estádio, talvez com intuito de privilegiar alguma entidade.

    O correto nesse caso era investigar, processar e punir todos os envolvidos desde o inicio do processo de licitação até os engenheiros responsáveis por cálculos e tudo mais que fosse permitido.

    Mas talvez isso seria pedir muito para um pais onde a justiça vale para os pobres e é omissa para os ricos.

    Foi anunciado o fechamento de um contrato comercial entre a Itaipava e a arena fonte Nova, o famoso “Naming rights” em valores na casa de R$100.000.000,00 em 10 anos. A porteira agora será aberta para esse tipo de negocio no Brasil.

    http://br.noticias.yahoo.com/soccer–arena-fonte-nova-agora-%C3%A9-itaipava-arena-fonte-nova-162859515.html

    Ps: Caso a Minas Arena feche um contrato nesse modelo, o time da enseada das garças possui participação por força contratual?

  • silvio disse:

    Quando envolve politicos..podemos esperar tdo…mas quando envolve este tal de Eike..pode saber..o roubo é maior….e o pessoal do Pt..leia(Eike/Lula)…estâo levando vantagem..sou engenheiro civil…tenho vergonha do que tenho visto.

  • Cassiano disse:

    Tem “cabidura” isso…… Politicos, são todos rabo preso…… Que força teria o Maracanã apenas com jogos aleatorios? Se todos os times grandes não jogarem lá, não se fala no estadio, não se vende publicidade, não se arrecada. Mas será que lá no RJ se o estadio tiver dando prejuízo, o Estado vai bancar a conta?