Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Rafael Sóbis é quem faz a diferença, dentro de campo, a favor do Cruzeiro

CRU

O Cruzeiro jogou pro gasto e voltou para Belo Horizonte com três pontos sem sobressaltos. Mesmo com o calorão do Vale do Mucuri o time dominou a partida e correu até mais que os donos da casa no segundo tempo. A exemplo de Otero no Galo, Rafael Sóbis é o cérebro estrelado. Jogando muito e brincando com  a situação de ser um dos veteranos do elenco:

– O velhinho está bem. Já são três anos sem lesão. Aprendi a conhecer o meu corpo. Agora é esperar o corpo esfriar e torcer para não doer tudo.

Sóbis é muito bom também na fala e toda entrevista dele é interessante. Nunca fica nas obviedades. Muitos companheiros da imprensa adoram quicar a bola para jogadores, treinadores e dirigentes fazerem média. Com Sóbis não tem disso. Foi instado a reclamar do gramado, mas não entrou nessa e respondeu:

– Acho que poderia ser em um campo melhor. Mas o time deles não tem culpa porque trabalham com um orçamento menor. Cabe a nós irmos lá e fazermos um bom jogo.


» Comentar

Comentários:
33
  • Alex Souza disse:

    COPA DO BRASIL 2017 – 3ª FASE – Murici (AL) 0 x 2 Cruzeiro
    0821:45mar2017 – Quarta – Estádio José Gomes da Costa – Murici/AL

    RESUMO DA PARTIDA: Prevaleceram a qualidade individual e o preparo físico do Cruzeiro sobre o Murici. O time alagoano “pregou” no tempo final, depois de 30’. O Cruzeiro, independentemente de qualidade de gramado, fez 2 a 0 e controlou a partida sem maiores dificuldades, embora tenha feito uma etapa inicial fraca.

    TAMBÉM NO MINEIRÃO: Nesta fase da Copa do Brasil, diferentemente das anteriores, quando o Cruzeiro eliminou em jogo único o Volta Redonda (RJ) e o São Francisco (PA), a vaga para a próxima etapa será disputada em dois jogos; haverá Cruzeiro x Murici no Mineirão dia 15 próximo.

    DESNECESSÁRIO: Foi boa a postura do Cruzeiro de minimizar questões relacionadas a qualidade de gramado que jornalistas tentaram levantar e polemizar nas entrevistas. A Comissão Técnica do América/MG precisava de uma justificativa para a eliminação e sobrou para o gramado do Estádio José Gomes da Costa. Em relação ao Cruzeiro a verdade é que o time, qualquer gramado, precisa fazer bem feito o seu papel diante de qualquer adversário. Polêmicas levantadas em diversos espaços de resenha esportiva não melhoram a situação e o jogo vai ser disputado para onde foi marcado. Já era, contudo, como neste ano, no próximo as asneiras de praxe serão “requentadas” no início da temporada: qualidade de gramado, melhor time no papel, percentual de condicionamento físico, jogo na altitude, candidato ao título…

    BIZARRO: O jogo começou com muita marcação de ambos os lados e só a 6’ o Cruzeiro foi adiante com perigo. Thiago Neves foi acionado pela direita, em jogada de contra-ataque e lançamento de Alisson, e quando tudo dava a entender que ia fazer um belo cruzamento para Rafael Sóbis furou na jogada de forma espetacular; ainda tentou consertar a jogada mas fez o passe errado e perdeu boa chance.

    NO ATAQUE: O time alagoano não ficou na defesa e começou a partida tentando avanços, contudo, se expondo de forma perigosa. A 12’ o time azul avançou em velocidade pela esquerda, com Alisson, que cruzou para o meio da área. Thiago Neves, de frente para o gol, sem marcação, chutou mal e o goleiro Dias fez a defesa, salvando o gol. O Murici continuou insistindo nos avanços e se aproveitando da liberdade que o Cruzeiro dava no setor de meio-campo, tolerando de forma passiva o toque de bola adversário.

    ERROU DE NOVO: A 26’ o Cruzeiro, pela esquerda, com Alisson e De Arrascaeta, chegou em bom lance. A bola foi aos pés de Thiago Neves que, uma vez mais, errou a jogada e desperdiçou a oportunidade e facilitou o corte da defesa do Murici.

    QUASE GOL: A 28’ o time do Murici quase abriu o placar em chute de Daysinho, que ia no canto esquerdo, sendo cortado por excelente defesa de Rafael, salvando para escanteio. Impressionante com o atacante foi acionado com facilidade no setor de Manoel, que deveria ter cortado o lance.

    CORREU DEMAIS: A 35’ o Cruzeiro finalmente acertou boa troca de passes no meio-campo e a bola foi lançada para Rafael Sobis, na frente dos zagueiros. O goleiro saiu desesperado e o atacante tentou limpar a jogada de cabeça, contudo, apesar de limpar o goleiro, a jogada saiu pela linha de fundo.

    DOMÍNIO ALAGOANO: O time do Murici esteve a maior parte do tempo no controle da posse de bola e o Cruzeiro ia jogando de forma displicente, às vezes saindo de forma equivocada, errando passes e abusando de lançamentos longos, sobretudo para o lado direito de seu ataque. Embora não tenha produzido jogadas de grande com frequência o Murici tocou bem a bola e o Cruzeiro apenas olhou e correu atrás.

    RESUMO DO 1º TEMPO: Postura errada do Cruzeiro no 1º tempo, com muita liberdade para o Murici tocar a bola e quase abrir o placar, em lance defendido por Rafael. Boa desenvoltura do Murici no tique de bola e em algumas jogadas individuais. É o preço que se paga por uma marcação frouxa, bem diferente da postura que vinha acontecendo nos primeiros jogos da temporada azul. Quando as chances apareceram para o time azul no ataque Thiago Neves destoou e errou a maioria das jogadas que tentou. Sem a bola para jogar o Cruzeiro não pode contar com o apoio dos laterais e se valeu de raras investidas de Alisson, De Arrascaeta e Rafael Sóbis.

    CHUTE CRUZADO: No retorno da etapa final o Cruzeiro voltou forçando o jogo pela esquerda, onde conseguiu as principais investida no 1º tempo. A 4’ Alisson se entendeu bem com Rafael Sobis e o atacante tentou finalizar cruzado. A bola passou rente aos pés de um zagueiro e De Arrascaeta não conseguiu chegar a tempo.

    BOM APOIO: A 9’ o Cruzeiro conseguiu jogar. Alisson deu uma acelerada no jogo, passando a Henrique. O meia dominou e esperou a passagem em velocidade do lateral Ezequiel que recebeu e cruzou, contudo, a defesa fez o corte da bola que ia chegando aos atacantes. A 12’ a bola voltou ao ataque azul e Rafael Sóbis, isolado entre zagueiros, finalizou para defesa de Dias.

    BOM JOGADOR: O zagueiro Cláudio, do Murici, mostrou boa desenvoltura na partida e certa tranquilidade diante de jogadores experientes do Cruzeiro. É um jogador a ser observado em partidas em que o adversário fizer pressão sobre o Murici, já que o Cruzeiro apenas tocou a bola, sem aquela aplicação que vinha ocorrendo, e esperou o gol sair com naturalidade.

    LEMBROU ARISTIZABAL: A 27’, depois de falta cometida sobre Elber na direita, Thiago Neves cobrou uma falta para a área do Murici. A bola veio a meia altura e quase no contrapé de Manoel, que ajeitou o corpo no ar e cabeceou violentamente, vencendo o goleiro Dias e fazendo 1 a 0, em cabeçada parecida com o lance de Aristizabal contra o Flamengo, na final da Copa do Brasil de 2003.

    CANSOU: Depois de 30’ o time do Murici “abriu o bico” e as jogadas do Cruzeiro começaram a ficar mais fáceis. Alguns jogadores caíram ao chão sentindo câimbras, beneficiando o Cruzeiro, que visivelmente se poupou em campo e até permitiu a posse de bola ao adversário.

    TRIANGULAÇÃO PERFEITA: A 43’ Ramon Abila, depois de jogada de Ariel Cabral e Rafinha, marcou 2 a 0. Uma triangulação perfeita, bola trabalhada, e um passe espetacular de Rafinha para o argentino ampliar a vantagem e deixar o time numa boa para a partida de volta no Mineirão.

    RESUMO DO 2º TEMPO: Sem forçar o jogo o Cruzeiro aproveitou uma bola parada e uma triangulação perfeita de bola de seus jogadores para fazer 2 a 0. O time jogou a partida esperando o adversário e dosando a força, tanto é que não houve aquele pressão para encurralar o Murici em busca de gols.

    FICHA TÉCNICA
    MURICI: Dias; Paulo Sérgio (João Paulo), Cláudio, Edson Veneno e Patrick; Edvaldo Rambo, Guêba, Junior Mirici e Deizinho; Alexandre (Alecsandro), e Kattê (Tarcísio) – Técnico: Roberval Davino
    CRUZEIRO: Rafael; Ezequiel, Léo, Manoel e Fabricio; Henrique, Ariel Cabral; Arrascaeta (Elber), Thiago Neves e Alisson (Rafinha); Rafael Sobis (Ramon Ábila) – Técnico: Mano Menezes
    Arbitragem: (Todos do RS) Jean Pierre Goncalves Lima com auxílio de Jose Eduardo Calza e Lucio Beiersdorf Flor
    CARTÕES AMARELOS: Cláudio, a 23’2ºt; Ezequiel, a 33’ 2ºt.
    CARTÕES VERMELHOS: Não houve.
    GOLS: Manoel, a 27’ 2ºt e Abila, a 43’ 2ºt.
    PÚBLICO/RENDA: Não divulgados.

  • Marcus Vinícius disse:

    Legal essas brincadeiras de “estou na libertadores e vocês não”. Mais fiz uma rápida pesquisa, em participações em Libertadores o número do Cruzeiro é infinitamente maior do que do Atlético Mineiro, número de Títulos o Cruzeiro tem 2 e o Atlético só um. Então como diz o outro: menas!

  • Julio Cesar disse:

    Começaram as dores de cotovelo…Liga não, 19:30hs estará toda Minas Gerais ligadissima na Libertadores. É um tal achar tudo uma baba que sei não ! A verdade é alem de “…sei que voce treme…” agora tem tambem “…baba baby baba…” é a unica baba dessa Libertadores.

  • João Victor de Oliveira disse:

    O Galo tem mais oportunidades de Bonificação no contrato com a CEF em torno de 3,5 mi do que o Cru cru, isso porque nos últimos 5 anos foi o time brasileiro que mais ganhou títulos. Se fosse do outro lado da lagoa isso se chamaria: “ERA DA CAIXA”.

  • Márcio Luiz disse:

    Afinal, que horas será o jogo contra o “Deportivo Murici” pela libertadores do sertão?

  • Tarcísio Coimbra disse:

    O diretor azul Klauss Câmara desmentiu o João Vitor Xavier que teceu severas críticas ao Murici e seu estádio e dizendo ainda que o Cru Cru pleitearia junto a cbf a mudança do local da partida para a capital alagoana. Puxa saco demais dá é nisso.

  • Julio Avila (Mariana) disse:

    Agora eu vi mesmo rs.Godoy cruz virou gigante Argentino?rsrsrs jesuisssss.
    Quem fala que a liberta de hoje é mais forte tecnicamente ou é sem noção ou alienado ao extremo! o grupo do atletico e do Grêmio são 2 babas mas muito baba mesmo,tirando o Libertar o resto se vir jogar o futebol amador daqui da região vai sofrer na nossa mão!

    • Alex disse:

      ….kkk….eu disse que as piadas dele estavam sem graça ,ele ficou nervoso e se superou nessa aí…kkk…Parabéns Mariana, o lugar de animador do blog voltou para vc…..merece demais….kkkkkkkkkkkkk…o que uma pessoa perde por não ficar calado e não dar pitaco em campeonatos dos outros….kkkk

    • Alex disse:

      Essa semana tem Libertadores!!!…
      -Chape na terça
      -Galão na quarta
      -Cuzero na quinta….QUINTA Libertadores consecutiva secando o Galaço….kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Marcão de Varginha disse:

      Em 2009 o Estudiantes teve a mesma visão sua… Verón que o diga!
      – #benecyeternomito

    • Cesar de Freitas disse:

      O Mariana,
      É claro que é mais forte, o Cruzeiro não está conseguindo mais classificar para libertadores. Se fosse mais fraca tecnicamente o Cruzeiro disputava todo ano.

    • Tarcísio Coimbra disse:

      O Godoi Cruz é mil vezes melhor do que o Sporting Cristal do peru.

    • Nelson Henrique disse:

      O Mariana, se “vir” jogar eles verão um bom jogo. Agora se eles vierem jogar jogarão igual ao Sporting Cristal e outras babas que sempre disputaram a Liberta.

      • Márcio Luiz disse:

        Pois é Nelson. Além de tantos “predicados” esse menino ainda maltrata a língua pátria desse jeito, kkk

        • Renato César disse:

          O assunto que importa é mesmo a Libertadores. É o mais comentado por aqui.

          Quanto ao grande Godoy Cruz, é um time argentino que disputa a terceira Libertadores desde 2011. Mesmo número de participações neste período da equipe celeste mineira. E se classificar na Argentina é tão complicado quando se classificar no Brasil.

          Se o Godoy Cruz não é um time competitivo NESTA década, então os times com este mesmo número de participações (e nenhum título) também não são.

    • Guilherme Leôncio disse:

      Compare os dois times em relação aos seus países. Inveja Pura.

  • Luis Cláudio disse:

    Enquanto o Cru cru viaja para o Sertão alagoano para enfrentar o Murici; o Galo vai a Argentina enfrentar o Godoy Cruz (ano passado esteve entre os 1ºs da Argentina) pela Libertadores 2017. Kkkk! Ô distância! Iludidos!

  • Julio Cesar disse:

    Nada a ver com o post mas da uma olhada na cara do Gilmar Mendes no UOL: é ou não a cara do João Plenario !!! Tudo a ver !!

  • Raul Otávio da Silva Pereira disse:

    Excelente contratação. Vai nos dar muitas alegrias esse ano.

  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    Grande Leandro Fabrício,

    Mas esta é a realidade de momento. Ou não é ??
    No momento, a meta do Cruzeiro tem que ser esta mesmo, se ele espera ser Campeão do Campeonato Mineiro. E como ele conseguiria isso sem se sobrepor ao atual líder ??
    Então, é melhor mesmo que os jogadores do Cruzeiro tenham a humildade de reconhecer que vacilaram e que agora precisam correr atrás do líder, do que ficarem achando que isso já seria favas contadas e acabarem é perdendo outro fraco Campeonato Mineiro.
    Agora, falando um pouco do seu time… Só o entrosamento que eles buscam pode não ser necessário pra encarar uma Libertadores e com o futebol que até então o Atlético Mineiro está apresentando, passar da primeira fase, mesmo num grupo fraco, pode se tornar um calvário…

    Abraços

    • Leandro Fábricio disse:

      Grande claytinho…

      Na verdade tenho é que concordar com vc, é como sempre digo, campeonato regional não serve de parametro para falarmos que atlético e cruzeiro estão preparados para as competições mais importantes que tem a disputar no ano, agora é que vamos ver se esse elenco do atlético está preparado para uma competição importante, seu time fora o clássico ainda não enfrentou ninguém de expressão também… então só mais a frente é ue vamos ver quem está com um elenco a altura de grandes competições..

      abraços

      • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

        Grande Leandro Fabrício,

        É exatamente isso !! Tirando o clássico, nossos times não foram ainda testados de verdade. Por isso que não me empolgo mesmo com vitórias no Campeonato Mineiro e nessa tal Primeira Liga. Mesmo o Cruzeiro ainda invicto, tenho visto algumas falhas que em grandes jogos não são perdoadas mesmo. Do seu time, ainda não acompanhei nenhum jogo completo, mas dos tais “melhores momentos” que a gente vê depois, percebo que apesar do seu time estar 100% no Mineiro, ele vem passando algumas dificuldades, fazendo com que uma simples vitória sobre o Democrata-GV ou Villa Nova por exemplo, ( que seria obrigação tanto de Atlético Mineiro quanto de Cruzeiro ) se torne um grande feito. E isso é preocupante…
        Mas, como dizia aquela velho e sábio filósofo, vamos aguardar… rsrs

        Abraços

  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    Da até preguiça comentar jogo de Campeonato Mineiro… Assisti somente o primeiro tempo do jogo do Cruzeiro, pq tinha tomado umas a mais e precisava dormir… rs Então fui me deitar pensando: “Bom, quando acordar eu procuro saber o resultado e imagino que o Cruzeiro vá fazer pelo menos mais um ou dois gols”… Ledo engano… rs Ficou no magro 1 x 0 mesmo…
    Tudo bem que os próprios jogadores não devem ter muita motivação pra jogos assim, mas em jogos dessa natureza o time tem que se impor melhor e sacramentar a vitória sem correr riscos.

    • thiago disse:

      Criar oportunidade até pra ganhar de goleada tem criado mas as finalizações são de péssima a pior. O Alisson não consegue acertar o gol ontem fez um mas perdeu 5.
      O Mano tem que treinar mais finalizações pq ta muito mal nesse quesito.

      • Frederico Dantas disse:

        Impressionante como o aproveitamento do Alisson é baixo.

      • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

        Tem razão Thiago…

        O Alisson é até um bom jogador, mas péssimo em finalização. E realmente o time tem criado bastante, mas não tem sido tão efetivo nas conclusões. Tomara que nos Campeonatos mais importantes isso mude.

        Abraços

  • Pedro Vítor disse:

    Isso porque venceu se o resultado fosse o empate ou se não consegue fazê gol seja porque a equipe adversária marcou muito ou o time não tenha feito uma boa partida a desculpa do gramado é a primeira …

    E o Cruzeiro já foi beneficiado na rodada em que o Villa Nova inverteu mando de Campo e foi jogar no Mineirão.

    Acho que foi a primeira partida que a defesa azul.passou sem levar gol mesmo assim deu oportunidade para o Mequinha de Téo fazer mas o Somália se contundiu e faltou qualidade

  • Julio Avila (Mariana) disse:

    E segue a pre temporada azul,sem esforço mais uma vitoria!
    qualidade nesse time é mato!
    enquanto isso do do lado rosa o desespero mesmo sendo lider esta demais!
    o atletico vai brigar pra não cair!

    • Alex disse:

      …se seu objetivo é nos fazer rir, vai ter que melhorar…..vc precisa melhorar seu estoque de piadas, perderam a graça….o J.B me faz rir mais, sinto muito…kkk…..siga o líder mas sem rebolar…kkk

  • Renato César disse:

    Engraçado que não vejo ninguém perguntando ao Mano se ele acha normal vencer todo dia com lances duvidosos. Para variar, ontem, houve um pênalti ridículo cometido pelo Manoel. O comentarista de arbitragem da transmissão disse: contato normal de jogo!

    Também o lance do gol, na câmera da linha de impedimento, percebia-se claramente o Alysson adiantado. Aí a TV mostrou o lance por uma outra câmera, de trás, inclinada, mostrando que o jogador estava em posição legal.

    Não estou preocupado com Rural, não. Mas quem passou os últimos dois anos fora da final, parece que está.

  • Leandro Fábricio disse:

    Depois do jogo nas entrevistas do atletas felpudos eles diziam que a principal meta no momento era ultrapassar o atlético na tabela kkkkkkkk

    que coisa hein, enquanto que depois do jogo do atlético contra o vila nova no sabado os jogadores do galo falavam que a vitoria foi importante pois a meta era entrosar mais a equipe para a estreia da libertadores… eis a diferença rsrsrsrs