Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Zagueiro evita injustiça contra atacante Jô e recebe críticas até da própria torcida

rodrigo-caio-foi-quem-acertou-a-perna-de-renan_9m

O saudoso comentarista Olavo Leite Kafunga Bastos dizia que, “no Brasil, o errado é que está certo”. Realmente, e quem faz o certo costuma tomar porrada, como no caso do zagueiro Rodrigo Caio, do São Paulo, xingado por muitos torcedores, inclusive são-paulinos e até jornalistas, por ter sido honesto e evitado uma injustiça contra um colega de profissão. O caso é relatado pelo Fernando Rocha, na coluna dele que sairá amanhã no Diário do Aço, de Ipatinga:

“No país onde ministro do STF voa em avião de empresário, ou então no da presidência da Republica, e segue o jogo normalmente, o futebol não poderia ficar atrás. Mas, anteontem, foi diferente. Jogavam São Paulo x Corínthians, no Morumbi-SP, e aos 39 minutos do primeiro tempo, o zagueiro são-paulino Rodrigo Caio, assumiu junto ao árbitro ter sido o responsável pelo toque na coxa do goleiro Renan Ribeiro, livrando o rival Jô de um cartão amarelo,  que o tiraria do jogo de volta da semi-final paulista. Esta atitude do zagueiro, incomum para os padrões do comportamento nacional, onde impera a Lei do Gérson, repercute ainda em toda a imprensa e nas redes sociais, recebendo muitos e merecidos elogios”.


» Comentar

Comentários:
7
  • Marcão de Varginha disse:

    O que se esperar de um povo que culturalmente é adepto do “levar vantagem, jeitinho brasileiro”… ? Após a confissão daquele dirigente celeste que afirmou espontaneamente ter comprado arbitragens, não me lembro de ter lido qualquer comentário de algum torcedor celeste discordando de tal atitude… das duas,uma: concordaram com seu dirigente, e/ou concordaram com seu dirigente!
    – Isso que é mancha… isso fede! aliás, mancha maior não há, definitivamente!
    – #benecyeternomito

  • Marcão de Varginha disse:

    Mais desprezível que esse comportamento da torcida, somente aqueles que se declaram “torcedores” de clube de futebol que comprou arbitragens!
    – #benecyeternomito

  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    Realmente… Parece que tá tudo errado mesmo no nosso Brasil e os valores continuam se invertendo. Lamentável…

  • Renato César disse:

    Estamos vivendo um momento político conturbado. TODOS os grandes líderes estão envolvidos em um esquema sofisticadíssimo de corrupção. Não existe oposição, debate de ideias. Com o perdão da expressão, estão mostrando que são todos bostas da mesma fossa.

    No meio deste temporal, um cara tem uma oportunidade de demonstrar honestidade. E justamente em um clássico, que é um jogo de futebol ainda mais especial. Aí as pessoas criticam a sua atitude?

    Com tudo de errado que está sendo exposto da nossa política, esta atitude deveria ser utilizada para mostrar o outro lado, aquilo que é certo. Isto ajudaria até a mudar, senão o caráter, pelo menos o comportamento padrão de muitas pessoas.

    Quem, assim como o imbecil do Maicon fez, defender a Lei de Gérson, deveria ser banido do país.

  • Valmar Azevêdo disse:

    Não é a toa que Rui Barbosa disse: ” Chegará um dia em que o homem terá vergonha de ser honesto”. Maradona e Thierry Henry estão morrendo de rir do atleta são paulino. Muita gente não gostou da atitude do Rodrigo Caio.

  • Raws disse:

    Esse episódio mostra contradições, enquanto um vira herói por agir da forma correta, o que deveria ser atitude corriqueira, o colega rumina frase de bandidos, “prefiro ver a mãe do outro chorar do que a minha “. O primeiro, para agir como agiu, parecia estar de cabeça fria na entrevista pós jogo, o segundo, para falar o que falou parecia estar no calor da disputa e com nervos à flor da pele.

  • Raws disse:

    Muito bacana a atitude do zagueiro, porém o Brasil está culturalmente tão avacalhado que o quê deveria ser uma normalidade, uma obrigação, se torna tema de grande audiência nas mídias. O ouro só é valioso pela dificuldade de acha-lo.