Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Polícia Militar mostrou, mais uma vez, que para ter as duas torcidas nos clássicos, basta querer!

CAMCRU

O comentarista do blog, Leandro Fabrício, pediu que eu comentasse sobre o sossego garantido a quem quis comparecer ao Independência, ontem.

Tive o privilégio de comparecer ao Mineirão com públicos na faixa de 100 pagantes, muitas vezes com poucas ocorrências policiais graves, e até nenhuma. O tempo passou as leis foram afrouxadas, o necessário rigor das autoridades policiais foi intimidado e tolhido, e os marginais, que sempre existiram, passaram a ter a certeza da impunidade. Isso, mais a omissão de governantes e a preguiça geral em trabalhar com a devida intensidade, fizeram com que caíssemos nessa absurda zona de conforto de “torcida única”, ou pequenos percentuais nos clássicos.

O comando da PM na capital declarou dias atrás que, operacionalmente, controlar a multidão com o percentual de 10% de adversários é muito mais difícil que 50% de cada lado. Pois neste Atlético 2 x 1 Cruzeiro ela deu show, como nos velhos tempos, como ela sempre dá, quando é determinada para isso. Fica então, decretado pelo bom senso, que os próximos clássicos poderão ser assistidos, meio a meio, no Independência ou Mineirão, que segundo próprios oficiais da PM, é onde tudo mais fácil de se controlar.

Alguém pode argumentar que para que a tranquilidade prevalecesse ontem, foram mobilizados mais de 2000 policiais. E daí? A PM existe é para isso. A guerra de gangues ocorrida mais cedo no Barreiro tinha hora e local marcados. Se houve alguma falha foi da inteligência das polícias, que monitoram essa cambada através das redes sociais. E mais uma vez a certeza da impunidade entrou em campo porque poucas horas depois de presos, os marginais estavam soltos.

Se há tantas brechas nas leis para beneficiar a vagabundos, há também para dificultar a vida deles. Os delegados responsáveis por recebê-los deveriam enviá-los para as celas mais lotadas, juntos com a pior espécie de bandido possível e deixa-los lá até o limite que a lei permite. No futuro, todos eles pensariam dez vezes antes de voltar a delinquir.


» Comentar

Comentários:
22
  • Julio Avila (Mariana) disse:

    Problema sempre foi fora do estádio,mas nesses jogos pode contar no dedo os que vão e não são da pesada e adora uma “confusãozinha”!
    Ouvi dizer que vão mudar o nome da torcida. Se chamará galoucustica. E o Nerso vai bancar o DJ pra tocar durante o jogo, o MC Lêncio! cada uma que esse time me arruma viu rsrs,colocar caixa de som em estádio é mais uma,proibido cantar?
    Parabéns ao galin pelo merecido caneco,mais um pra extensa coleção de rural!
    que comece o choro!

    • Alex disse:

      …ele voltou…..para a nossa alegria…..kkk…e aí, o banho de sal foi ‘dilurido”?…..e aí, vcs não iriam detonar o Galo?…..amiguinho, não se desespere, chegaram na final dessa vez…..mas estou aliviado de ver que vc sobreviveu…..e não é proibido cantar não….inclusive no primeiro jogo também não era…..esqueceram de avisar pra china paraguaia……kkkkkk…kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • José Eduardo Barata disse:

      A sua semana deve estar uma …..
      Você foi até criativo , mas no fundo , no fundo ,
      eu sei que você treeeeeeme .

  • Leonardo Braz disse:

    Pessoal alguém sabe se é verdade isso?!!!!
    Tão dizendo que o Lula irá depor em Curitiba com a camisa do Corinthians para ver se o juiz ajuda ele.
    Aconselharam ele a ir com a do Fluminense que seria mais fácil ainda.
    O problema é o Moro ajudar o Lula e o Mano Menezes começar a reclamar!!!!

  • luiz ibirite disse:

    è bom de lembrar q dentro dos estadios a violencia diminuiu consideralvelmente, o problema é da sociedade de uma forma geral, pois do lado de fora e em locais da regiao metropolitana é que os idiotas aprontam e tem tb os camarotes do mineirão onde sempre tem casos de briga em classicos, onde poucos órgãos de imprensa tem a coragem de noticiar, a policia sempre da conta do recado, o negocio é que fora dele o negocio fica dificil.

  • Julio Cesar disse:

    E a tal “concentração” na esplanada do mineirão? Não divulgaram fotos, nada. Teve concentração nehuma né ?
    Quiseram imitar o Galo quando pos um telão no Indepa !!

  • Bernardo Montalvão. disse:

    Uai, cadê Gilvan e Vicintin??? Vicintin deve estar estudando o estatuto do Cru Cru, que deve mudar todo dia. Cuidado Perrelão enjoou de Brasília… ReclaMano Menezes criticou Róger por jogar com 3 volantes… Se perder para o Nacional vai reclamar de que? Cara de pau, cuida de sua Aldeia! O técnico da Dancinha subiu no Telhado!!

  • Thiago Schubert disse:

    E o galo também venceu o jogo de empurra empurra que a PM fazia ao declarar que não poderia haver jogos grandes no independência, obrigando o galo a jogar no estadio da minas arena, agora abriu precedente para o resto do brasileirão.

  • Alex disse:

    …meu Deus, O RECLAmano Meneses agora tá chorando por que tão dando muita moral para os treinadores mais jovens…kkkkk….Money, simples assim, enquanto os mais jovens trabalham, vc vive chorando , por isso já tem 8 anos que vc não ganha nem Finco na Areia….kkkkkkkkkkkk……Deus nos livre de um treinador desses…..prefiro o Papai Joel do que essa lavadeira…..

  • Raws disse:

    Só existem níveis acima do tolerável em termos de vandalismo, violência, roubo, tráfico e etecetera, por culpa do poder público. A PM no caso não pode estar presente em todos os cantos de BH, mas já foi um exemplo de como ela presente inibe os marginais. Em todos os graves problemas que citei e em várias esferas, se não tivesse, conivência e até participação nos lucros, não haveria tanta droga, tanto roubo de carro, tanto assalto. Se tivesse um efetivo maior, não haveria tanta violência, tantos arrombamentos e assassinatos. Se o judiciário e as leis fossem menos falhos, nós e as polícias não estaríamos tão desesperançosos. Para encerrar, se os políticos e governantes, fizessem o mínimo que esperamos deles, estaríamos reclamando somente “roubos de galinha”.

  • José Eduardo Barata disse:

    Ô ALEX , você que é um arquivo vivo , recupere
    a fala do lateral azul depois do empate em zero .
    Se não me engano , disse algo parecido com a
    quarta-feira do Goulart .
    Pesquisa aí .

    • Alex disse:

      …Barata, seu pedido é uma ordem…ele disse que no domingo nós veríamos quem era quem::
      ��…é na quarta do Goulart ou no domingo do Diogo Barbosa, se a decisão é contra o Galo, o crüzeiro perde o jogo!������������….kkkkkkkkkkkkk…mata-mata eles tremem mesmo…kkkkk…agora Barata, além da quarta vamos ter que esperar o domingo também…..kkkkkkkk…coitado del, tomou um vareio de bola….kkkk

      • José Eduardo Barata disse:

        Obrigado , meu caro .
        Então fica assim :
        pro GALO , quando ‘tá valendo, ‘tá valendo .
        Pros azuis , quarta-feira tem mais e no domingo
        vamos ver quem é quem .
        Essa turma do Chico é boa demais da conta .

  • Alex disse:

    …o problema nunca foi dentro dos estádios e sim fora deles…..como vc mesmo bem disse Chico, a PM precisa intensificar ainda mais o trabalho da inteligência…..e não é difícil isso não….os bandidos ficam “se jurando” nas redes sociais…..eles mesmo “se” denunciam…..o caso da bandeira mesmo aí, tá rolando um monte de zap aí mostrando a queima das mesmas…não sei se são verdadeiros , mas vale a pena conferir….fácil de identificar quem fez isso….

  • Igor Mendes disse:

    Falar nisso, deu no G1: Moro quer “Torcida Única” no depoimento de Lula na 4ª.

  • Walter Kbeça - Montes Claros - MG disse:

    Mas também! A torcida do Zerim, ficou lá até a meia noite, esperando o terceiro set. Kkkkkkkkk

  • Renato César disse:

    Mas eu acho que um fato pouco comentado contribuiu muito para a relativa paz neste clássico: torcida celeste concentrada o dia todo no Mineirão.

    Sim, o fato do time deles ter jogado no Mineirinho, com concentração pós-jogo no Mineirão para comemorar o título, fez com que os animais que usam jogos de futebol para combinar brigas perdessem força.

    As agendas dos baderneiros não bateram neste final de semana, aí, ficou tudo mais tranquilo.

  • Geraldo Magalhães disse:

    É isso ai Chico, o Brasil tem boas leis, pena que não são cumpridas e incentivam o crime.
    O juiz Sérgio Moro e a PM, cancelou o jogo Paraná X Galo, por causa do depoimento do Lula em Curitiba. Bom pro Galo, mas não entendo o porquê de tanto aparato para um ato vergonhoso de corrupção.

  • Valmar Azevêdo disse:

    Só não entendi o Sóbis na Seleção do Mineiro, o cara não faz nada só conversa que nem uma MARIAtaca digo Maritaca. Rafael Moura merecia muito mais, fez um bom campeonato quando entrou no time e fez gols também.
    O prêmio que o Ralf ganhou, cairia bem para o Gabriel por sua atuação nos dois clássicos decisivos.
    Gostei também da atuação do Adilson. Estava meio cético quanto este atleta, mas até agora está indo bem.
    Fred também se adaptou muito bem ao Galo, hora como goleador e as vezes como garçom. Está de bem com a vida e com a Massa, um passaporte para a seleção.
    Muita competição e o Róger pode revezar este monte de opções para o meio campo. Este ano realmente o Mineiro foi uma oficina pára o Galo.
    No mais é manter os pés no chão, atuar com humildade, Arrogância é do outro lado. O título é muito importante, porque foi em cima do rival e eles odeiam perder para o Galo.

  • Leandro Fábricio disse:

    Parabens chico falou tudo…. é um prazer enorme em saber que estou cooperando com o blog isso é que é mais importante…. o blog é um sucesso por causa de muitas questões e uma delas é essa oportunidade que vc quando necessário nos dá de as vezes passar algumas informações e conhecimentos sobre determinados assuntos e fazer destaque em post… parabens…

    é isso mesmo chico, na minha opinião tanto no mineirão quanto no horto se pode ter jogos de grande vulto com torcida dividida sim e domingo foi comprovado isso… basta um bom planejamento de todos os orgãos de segurança publica diga-se de passagem e não só da pmmg, dos moradores do entorno do estádio que até são muito cooperativos, e alguns outros fatores para que se evite transtornos visando a segurança e tranquilidade do torcedor… é claro que vai ocorrer algumas falhas, sim mas nada ao ponto de dizer que o estádio do independencia é um risco para se realizar jogos de grande vulto, foi comentado nos bastidores da corporação que até contra times argentinos alguns comandantes queriam tentar vetar o indepa… aí eu não aguentei mas bom deixa eu calar minha boca…quase me estrepei por causa disso…

    o que coloca em risco os torcedores de bem frente a esses marginais travestidos de torcedores seja em qualquer lugar é a tal da impunidade, os caras aprontam e sabem que nada de grave vai acontecer a eles mais a frente, mas hj a população mais precisamente o torcedor de bem está começando a ter conciencia e jogando junto com os orgãos de segurança publica….isso é uma coisa boa… seja delatando os baderneiros com informações e é claro sem que coloque sua integridade fisica em risco etc etc…

    a verdade chico é que as vezes quem dita essas “ordens” são autoridades, chefias, e comandantes que as vezes nunca foi a um estádio de futebol e estão em um patamar de dar a ultima palavra, se sim ou se não…. sempre ficaram na teoria, nas estátisticas e nunca foram para a pratica, e essas pessoas as vezes não trabalha em conjunto de informações com quem já viveu a pratica de frequentar um estádio de futebol, de conhecer as torcidas organizadas, com quais são unidas e quais não são unidas com as outras etc etc
    tudo isso e mais outras coisas são importante saber para que se possa fazer um planejamento correto para certas partidas de futebol afim de evitar transtornos e confusões dentro e fora do estádio…

    Alguns dizem que a pmmg não deveria atuar dentro dos estádio e só nos arredores dele pois se trata de um evento privado e isso deveria ser feito por seguranças como acontece na europa e na verdade quem pensa assim não está de todo errado, mas estamos em uma cultura diferente onde o que infelizmente ainda prevalece é a irracionalidade de muitos e imagina um jogo de grande publico em que apenas seguranças estivesse dentro dos estádios aqui na america do sul… aí é tragédia na certa, viram penãrol x palmeiras no uruguai??? Lá no uruguai o ministério publico proibiu a policia de trabalhar dentro dos estádios, se naquele jogo entre penãrol x palmeiras a torcida do peñarol rompesse aquele alambrado ia ser uma tragédia, os seguranças não conseguiram conter os torcedores ou marginais… questão cultural, por enquanto a pmmg ainda tem que trabalhar dentro dos estádios de futebol para o bem dos que são do bem na minha opinião, é claro que muitos não irão concordar comigo pois acha que a pmmg é truculenta e que só faz merda no estádio, alguns policiais sim, não podemos é generalizar a coisa… agora se tem gente que acha que a pmmg não é necessaria nos estádios paciencia…

    abraços chico e amigos do blog