Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

River Plate fez oito gols no time que não tomou nenhum do Atlético

RIVER

O Thiago Nogueira, do Super FC, resumiu tudo em uma twittada: “Galo contra o Wilstermann deu 20 chutes a gols, 15 errados, 5 certos, 0 gol. River 19 chutes: 11 certos, 8 errados, 8 gols.”

Reportagem do portal O Gol:

* “Scocco faz cinco e River elimina Wilstermann com goleada monumental”

Quem acompanhou a partida no Monumental de Nuñez viu um atropelo histórico. Sem piedade, o devastador River Plate enfiou 8 a 0 no Jorge Wilstermann para chegar na semifinal da Copa Libertadores. Cinco dos sete gols foram de Ignacio Scocco, ex-Internacional.

Não precisava nem de tanto: 4 a 0 dava a vaga aos Millionarios. Mas o time de Marcelo Gallardo foi para cima, intenso a todo momento, e deixou o rival atordoado.

O primeiro gol saiu aos oito minutos, com ótimo passe de Ponzio e conclusão de Scocco, que deixou zagueiro e goleiro pelo caminho antes de fazer um golaço.

Ainda antes dos 20 minutos, Scocco já havia feito mais dois, colocando a vantagem em 3 a 0. Em menos de 20 minutos, a vantagem boliviana já tinha acabado!

No primeiro tempo ainda houve o quarto, de Enzo Pérez. O placar já dava a vaga aos argentinos, mas o time não diminuiu a intensidade na segunda metade.

Com quarenta segundos, Scocco já apareceu para fazer seu quarto, o quinto da equipe argentina! Impossível foi não perder a conta, mas vamos tentar!

O sexto foi de Ignacio Fernández,  o sétimo de Scocco e o oitavo de Enzo Pérez! Foi um vareio, para colocar o River na semifinal com favoritismo. Na semifinal, um rival argentino: ou Lanús, ou San Lorenzo.

http://www.ogol.com.br/news.php?id=205755


» Comentar

Comentários:
27
  • Gabriel Júnior disse:

    Quando vi o maior das galáxias levar de 5 do Potosi, achei um vexame o time mais arrogante do mundo levar um chocolate desses de um país pobre de futebol. Vocês estão surpresos pelo JW ter empatado com o Galo aqui jogando o tempo inteiro na defesa. Se surpreendam com seus vexames!

  • Horacio V Duarte disse:

    Se o técnico deste River fosse o técnico do Galo não teria vencido de 8×0, teria sido mandado embora pelos nossos trumps quando levou de 3×0. E olha que o Galo perdeu de 1×0 na altitude 3 dias depois de um jogo desgastante contra o pessoal do voley. Agora esta comparação por não ter conseguido fazer um único gol contra o Jorge W., como se o time boliviano não jogasse bola. Joga e muito. Tem muito tempo que futebol deixou de ser decidido pelo nome do time ou dos jogadores, tem que ter preparo, treinamento e tática. Com isto nem precisa de ter estádio.

  • Julio Avila (Mariana) disse:

    A turma tenta esquecer os 6×1 mas não tem como! essa historia de 9×2 é o maior recibo mundial! 9×2 igual mula sem cabeça e lobisomem todo mundo fala mas ninguém nunca viu!

  • mauricio souza - serrano disse:

    Só uma pergunta: Teve exame anti doping neste jogo?

    • Paulo Cesar disse:

      Maurício, estive em São Paulo hoje, a trabalho. Indo para lá e para cá, fui “obrigado” a ouvir a rádio Bandeirantes. Num programa (sensacionalista, é verdade…), um comentarista jura que o jogo foi “entregue”. Alegou as vistas grossas da CONMEBOL em relação ao dopping de jogadores do próprio River. Odeio lenda urbana e teorias da conspiração. Mas estamos falando de… Conmebol, e Argentina (aquela mesma de 1978 contra o Peru). Complicado, né? Por pior que o Wilsterman fosse, 8 é demais.

  • Carlos Henrique disse:

    EH Tales faltou um para 9 é dificil fazer nove gols nhe
    Mario de Castro FEZ PARTE DO TRIO MALDITO DO GALO
    CONVOCADO PARA SELEÇAO NAO FOI
    E DISSE QUE SO VESTIA A CAMISA DO GALO
    A MAIOR goleada da historia, 9×2

  • Pablo de Oliveira disse:

    Bom dia Chico e amiGalos!!!
    Ontem o River Plate mostrou como deve se jogar uma Libertadores, atropelou o Jorge e meteu 8×0.
    Interessante que os destaques da partida foram justamente as 4 contratações dos medalhões “velhinhos” feitas no começo de Julho.
    Contratações que só foram possíveis depois da manobra da Conmenbol aumentando o numero de mudanças, beneficiando o River que teve um monte de jogador suspenso por doping um escândalo.
    E os “velhinhos” hen!!! todos com mais de 30 anos: German Lux, Javier Pinola, Enzo Pérez e Ignacio Scocco arrebentaram com o jogo ontem, o Scocco fez 5 gols.
    Enquanto por aqui nossos velhinhos precisam até de bengala, nos deixando a impressão de ser corpo mole ou a preparação física não foi adequada responsabilidade do Carlinhos Neves.
    Mais um belíssimo trabalho do técnico Marcelo Gallardo esse é o técnico que deveria vir para o Galo, mas sem pressão deixar ele trabalhar mesmo que os resultados não venham no inicio, fazer um trabalho á médio, longo prazo, tenho certeza que esse é o técnico certo para o Galo.
    Seu contrato com o River Plate termina no final desse ano, por tanto oferecendo o salário que os técnicos daqui já ganham e um bom projeto com certeza ele vai querer vir para o maior de Minas.
    Caminhando para conquistar mais uma libertadores vejam a lista de títulos que ele conquistou com o River Plate em três anos de contrato:
    *Copa Sul-Americana 2014
    *Recopa Sul-Americana 2015-2016
    *Super Copa Euroamericana 2015
    *Copa Libertadores da América 2015
    *Copa Suruga Japão 2015
    *Copa da Argentina 2016
    *Copa Libertadores da América 2017 (a caminho)
    Se quer um técnico bom e competente esse é o cara, Marcelo Gallardo no Galo!!!

    • Renato César disse:

      Marcelo Gallardo tem perfil para ser técnico do Galo. Problema é que treinador estrangeiro no Brasil não tem dado certo. Mas é um nome que eu já recomendei em outras oportunidades.

      • Paulo Cesar disse:

        E digo mais, Renato: Galo traz o Galhardo, mas precisa dar autonomia total. E a torcida precisa comprar a bronca. Ter paciência. Porque haverá choque de cultura. Que o digam Bausa, Osório, Passarela e Garega, de triste passagem pelos times de São Paulo. Vamos ver a paciência com Rueda (nem cito Aguirre porque ele, realmente, não empolgou).

  • Thales Rosa disse:

    Normal…
    Quando fez 6 logo pensei poxa vai imitar o cruzeiro… ai veio 7 pensei, poxa vai imitar a alemanha.. e entao veio 8… O Scocco meteu 5 este cara mata a pau desde os tempos de News Old Boys..

    • Carlos Henrique disse:

      Eh THALES faltou um para nove
      como falei Mario de Castro jogou aquela partida e tem um filho medico ai em b.h.
      FEZ aparte do trio maldito do Galo
      convocado para a seleçao brasileira
      disse que so vestia a camisa do Atletico
      faltou apenas um gol para 9
      dizem que jogava demais e faleceu em 1998

    • Vinicius Campos disse:

      Quando veio o 8 ai você pensou poxa falta só um para imitar o Galão da Massa.

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

      Fala a verdade. Foi né.

  • Renato César disse:

    Chico, não vejo favoritismo absoluto do River contra o Lanús não. Acho que será um duelo equilibrado. Além de achar que os granates podem passar pelos milionários e chegar à final, ainda torço por isto.

    Eles vêm fazendo boas campanhas nos últimos anos. Ganharam a Copa Sul-Americana de 2013. Ano passado ganharam Campeonato Argentino, Copa Bicentenario e Supercopa Argentina.

    Na fase de grupos, foram beneficiados por uma escalação irregular da Chapecoense, mas teriam se classificado mesmo assim.

    O time é operário de muita entrega, como tradição dos argentinos. Coisa que tem nos faltado ultimamente.

  • Rodrigo Assis disse:

    Um time com Micale no banco não põe medo nem no Wilsterman, simples.

  • Julio Cesar disse:

    Isso mesmo Marcio Luiz ! Quando vi pela primeira vez esse cara jogar pensei: porque não trazer pro Galo? No Inter não rendeu não sei porque ! E esta na reserva do River ! Talvez seja jogador que jogue as vezes bem outras não. Quando tambem pela primeira vez vi Diego Tardelli bem jovem jogando pelo São Paulo fiquei impressionado. So que esse veio pro Galo ! Esta com 32 anos e espero que a diretoria invista em seu retorno ja pro proximo ano.

  • Raws disse:

    Correção, HIBERNEI.

  • Raws disse:

    Constatações: Esse time do Galo não é o pior da história, mas com certeza é o mais “frouxo” e mais sem comprometimento que percebi, disputando pau a pau com a “selegalo”.
    O JW, é o pior time que lembro de ter visto jogar a libertadores e eu havia falado isso na primeira partida contra o Galo.
    Temos raiva dos argentinos por termos inveja deles, os caras possuem uma raça e um profissionalismo, que se formos procurar aqui no futebol brasileiro, talvez encontraremos em 5% de nossos endeusados atletas.
    Por essas e outras ibernei anos com minha paixão pelo futebol, aí os times de 2012 a 2014 me despertaram, adormeci novamente e tenho receio de não mais acordar.

  • Silvio T disse:

    Eu estava no mineirão contra o seu jorge. Com poucos minutos comentei com um amigo: é um jogo de campeonato mineiro que a pilha do time do galo transforma numa batalha. Típico do despreparo dessa diretoria amadora e sem pulso que fecha com chave de ouro sua medíocre passagem entregando o diamond mall a preço de banana.

    • Thiago disse:

      Sílvio não sou atleticano mais seu clube esta trocando um patrimônio de 250 milhões pra ter um de 500 daqui 4 anos. Acho eu que todo atleticano deve ter orgulho dessa nova arena. Foi um excelente negócio!

  • Paulo F disse:

    Que saudade do Levir e do Pratto! Imagina como nosso Galo estaria com esses dois… seria outro futebol. Ainda bem que Nepomusono não fica, parece que o mandato dele era so pra fazer o estádio mesmo, tchau e bença. fez o que tinha que fazer. Mas não precisava acabar com o futebol.
    É impressionante a diferença de postura dos jogadores que o Kalil trouxe e os que o Nepo trouxe.

    • Renato César disse:

      Levir tem um problema sério de continuidade nos clubes. Digo continuidade de resultados. Lá no Japão ele chegou a ficar uns 6 anos no Cerezo Osaka, sendo que quatro ou cinco foram disputando segunda divisão.

      Mas certamente é um cara correto, educado e que conhece futebol. O que me ocorreu agora é que, de repente, poderia ser um nome para trabalhar os bastidores do futebol. Talvez poderia ser um superintendente no Galo.

      Quem sabe a nova diretoria não pense em fazer algo assim?

  • Márcio Luiz disse:

    Não é pelos 5 tentos marcados, mas desde a Libertadores 2013 jogando pelo Newell’s quando foi realmente notado que esse Scocco jogaria, a partir de 2014, com uma perna só no time do Galo fazendo dupla com o Tardelli (o terror dos marianos), por exemplo.

    Só que o Nepomusono (em tese, como o Kalil) prefere “grife”, tipo, Robinho… Fred (esse pelo menos humilha as maritacas, kkk) e por aí vai.

  • Audisio disse:

    Mais uma vez os argentinos dão uma lição de garra de futebol ofensivo e decisivo.
    Enquanto isso, os defensores de Levir Culpi ficam calados diante de mais um fracasso do técnico indeciso e fraquejador.
    A reclamação em Santos é muito parecida com os demais lugares onde o técnico paranaense trabalhou. Que o técnico travou o time nas ultimas partidas. Inseguro nas decisões. Fechando o meio de campo para segurar o empate. Resultado foi o de sempre do treinador, eliminado nas semi finais, com uma boa campanha. Tipico do Levir Culpi. Corajoso nos jogos pequenos, bom papo, inseguro nas decisões. Pouquissimos títulos na carreira.
    Enquanto isso o Tecnico que sugeri aqui para o Atlético lá atrás continua a brilhar no América.

  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    Na derrota do River no jogo de ida, eu assisti algumas reportagens e li alguma coisa, que dizia que naquele dia o River edtava irreconhecível, mas que em casa poderia reverter. Na hora eu pensei: “Será ??” Mas tá aí… Humilhou o Seu Jorge… rs

  • Thiago disse:

    Vapo, oito a zero kkk olha ai pintou o campeão.