Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Americanos não podem se abater com resultado ruim em casa

MESSIAS

Lamentável mesmo foi o ato racista sofrido pelo Messias (em foto do Superesportes), cuja consequência imediata foi informada pelo Thiago Reis  @thiagoreisbh : “Goleiro do Oeste, Rodolfo, acusado de racismo contra Messias do @americamg foi preso em flagrante . Fiança estipulada em 2.000 reais #Snsb

O crédito do time, comissão técnica e diretoria é grande, pelo que tem sido feito. Derrota para o Inter, fora, e para o Oeste em casa não são motivos para desespero ou onda, nem marola. O presidente Alencar da Silveira‏ foi bem no twitter depois da virada sofrida no Independência: “O América acredita firmemente no trabalho do técnico Enderson Moreira. Já fizemos o convite para renovação, que esperamos aconteça em breve”.


» Comentar

Comentários:
4
  • Julio Cesar disse:

    Aquela queda de produção que todos tem inclusive Corintians na serie A que viu a concorrencia mais proxima tambem tropeçar. Mas pode ter numeros de pontos ganhos igualados com alguns os concorrentes na proxima rodada. Olha, se o America vacilar vai perder uma das chances de acesso mais provaveis dada praticamente como certa. Não em função dos numeros mas do desempenho nos ultimos jogos.

  • jorgemoreira disse:

    humildade é a maior arma dos VENCEDORES

  • J.B.CRUZ disse:

    Na Vida Tudo é Possível…
    Por Mais que Você se Considere Melhor do que o Outro, Deve Sempre Lembrar que Todos São Iguais Em DEVERES E DIREITOS…
    Perder, Ganhar, Faz Parte da Luta Pela Sobrevivência em Sociedade:; Ontem Foi Dia do ”Velho-Oeste”..
    A VIDA É BOA; MAS, ÀS VEZES NÃO É JUSTA !!..

  • Thales Maciel disse:

    Enderson é teimoso e isso pode atrapalhar a campanha na série B. As vezes é necessário humildade. Reconhecer que algumas pedidas de contratações não foram boas para um time que era líder do campeonato (esse david não é jogador pro América, por exemplo). Vejo o América como um dos candidatos ao acesso, não um time com a vaga garantida. Tá na hora de reconhecer a fragilidade do momento e a Diretoria colocar as coisas em ordem.