Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Cruzeiro desconcertou até o pessoal da transmissão pela TV

Thiago Neves estava devendo uma resposta em campo e ela veio nessa vitória sobre o Flamengo no Maracanã. Iniciou a jogada do primeiro gol e fez o segundo, quando o momento exigia uma ducha fria como essa no clube carioca que ainda contava com os gritos confiantes da sua torcida.

Mas todo o time jogou muito bem e é difícil apontar quem foi o melhor ou mais importante.

Interessante é que o gol do Arrascaesta, aos 9 minutos, bagunçou a cabeça dos jogadores do Flamengo e também do locutor, comentaristas e repórter da Globo que transmitiam a partida. Só perderam a esperança do empate após o segundo gol.

Uma vitória maiúscula, que põe o Cruzeiro com um pé na próxima fase da Libertadores.


Deixe uma resposta para jorgemoreira Cancelar resposta

Comentários:
25
  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    Ôôô meu pai, eu sou Cruzeiro meu pai !!!

  • jorgemoreira disse:

    Voce que sumiu tem que voltar, não basta participar voce tem que voltar,

  • Clóvis Mineiro disse:

    Como eles são fraquinhos.. Belo momento, bela vitória azulina e só esse pouquinho de posts. Agora, se fosse uma derrota do Galo no Maracanã… Muita esquisitice!

    • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

      Kkkkkkkkkkkkk

      Aí é que tá…
      Uma Vitória como essa do seu time é que é difícil… rs
      Vc por exemplo, conseguiria citar uma única vitória como esta, do seu time ???
      Por essas e outras que nem zoamos tanto mais seu time… Piada pronta… kkkkk
      Volta lá agora a comemorar números de comentários… rs
      E deixa nós aqui ostentando nossas 2 Libertadores, 4 Brasileiros e 5 Copas do Brasil… rs
      Cada um comemora o que pode !!!!! rs

      • Clóvis Mineiro disse:

        Amigo cê tem memória curta: ganhamos do Fla lá em 2008 3×0; 2015 2×0 e teve um 3 x 0 na época do Lôla, já ganhamos de 6×1 do Fla no Ipatingão com show de Márcio Mexerica(kkk) e nosso brasileirão foi dentro do Maraca contra o Botafogo quando a imprensa e torcida já comemoravam o título.

        • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

          Caro Clóvis Mineiro,

          Vitórias assim como essas citadas por vc, seu time tem várias outras, assim como o Cruzeiro tem… Eu me referi a alguma vitória contra um grande time, um queridinho da mídia, na casa deles e num mata-mata de Libertadores por exemplo… Consegue lembrar de alguma vitória dessa envergadura ??

          Abraços

  • Raul Otávio da Silva Pereira disse:

    Falou, Claytinho do Nova Vista !
    Vamos em frente. Jogo é jogado e lambari é pescado….
    De cada cinco jogos em quatro temos que passar colírio porquê “os óio dói”, mas estamos rompendo.
    Segue o jogo.

    • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

      Caro Raul Otávio da Silva Pereira,

      É tipo isso mesmo… rs
      Mas se ao final formos coroados com mais algum grande Título, terá valido a pena.
      O problema para o Mano, é que com a escolha dele e da Diretoria de priorizarem a Libertadores e a Copa do Brasil, mesmo não explicitando isso, ele só aumenta a responsabilidade dele próprio e do Cruzeiro. Porque se der certo e alcançarmos mais um grande Título ainda esse ano, a Torcida pode até entender a filosofia dele de vez e aceitá-lo mais. Porém, se não vier mais nenhum Título esse ano, acho que ele não terá mais clima para continuar.
      Vamos em frente…

      Abraços

  • Raul Otávio da Silva Pereira disse:

    Faltou um comentário….kkkkk

    Ficou muito claro, pela escalação e pelo empenho dos jogadores, que o Cruzeiro optou pela Copa do Brasil e pela Libertadores, deixando o Brasileirão em segundo plano. Aliás, o Mano já tinha dado pistas de que opções tinham sido feitas pela Diretoria, embora ele não as tenha explicitado.

    OK, acredito que a torcida entende e concorda com isso. É só não descuidar do Brasileirão para não corrermos o risco de um vexame de rebaixamento como já aconteceu com alguns times aqui de Minas Gerais.

    Títulos, ou até mesmo boas colocações nessas duas competições supostamente priorizadas rendem muito dinheiro, além do prestígio óbvio e, no caso da conquista da Libertadores, a possibilidade de enfrentar o Real Madrid no mundial no final do ano.

    Ás vezes fico me questionando sobre a essência de existir de um time de futebol. É para ganhar títulos ou para ganhar dinheiro ? Ganhar dinheiro para montar bons times e ganhar mais títulos, seria essa a lógica ? Ganhar títulos para ganhar dinheiro e depois ganhar mais títulos ? Acredito que sim.

    Isso me faz lembrar daquele timaço do Flamengo na década de 80, quando eu morava por lá. O time de Zico, Adílio, Andrade, Júnior, Raul, Carpegiani, Leandro, Rondinelli, Tita, Nunes e outros ganhava tudo. Chegou um momento em que visivelmente os jogadores e a torcida já estavam enfarados (essa expressão é bem antiga…) e parecia que não havia mais motivação para continuar. Foi aí que o time começou a se desmanchar. Mas já tinha feito história.

  • Magela Pereira disse:

    Temos que enaltecer o Mano, fez as alterações pontuais. Parabéns!

  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    Por mais que vez ou outra passemos alguma raiva vendo um jogo feio do Cruzeiro, o Mano Menezes já provou que sabe o que faz. Vamos deixar o “home” trabalhar !!
    Praticamente todos os demais jogadores tiveram um grande rendimento ontem. Desta vez não há um que tenha destoado tanto.
    O negócio é manter os pés no chão, a seriedade e o comprometimento total.
    E nós, Torcida, façamos a nossa parte de estar presente em massa nos jogos do Mineirão, tanto da Libertadores quanto da Copa do Brasil.
    Que jogo !!!
    Galvão Bueno, Flamenguista de carteirinha, deve falar pra ele mesmo: “Pqp nesse Cruzeiro viu… Não dou sorte com esse time…” rs E mais uma vez não só ele, mas muitos comentaristas do eixo Rio-Sampa, tiveram que se curvar ao Cruzeiro e ficaram até sem saber o que falar na medida que o jogo ia passando, o Cruzeiro dominando e no pós jogo.
    Segundo ano consecutivo que a Torcida Cruzeirense dá um espetáculo em pleno Maracanã !!!

    • Helio Antonio Corrêa disse:

      CLAYTINHO
      Belo pitaco, pra variar né?
      Andou sumido meu caro, o que houve? fizestes falta, que bom que esteja de volta.
      Só nao concordei com o “praticamente todos jogadores” este praticamente todos, nao serve para o ARIEL CABRAL, aliás, pra que mesmo ele serve? No mais , que bom que esteja aqui de volta.
      Um abraço
      Helio
      EM TEMPO
      Ver a alteração de voz do GB, não tem preço, nem Mastercard paga viu?

      • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

        Grande Hélio Antônio Corrêa,

        Estamos na área meu nobre !
        Andei um tempo sumido do Blog devido ao período da Copa do Mundo, que, como eu realmente não torço mais pela nossa Seleção e obviamente por nenhuma outra, preferi até me abster dos comentários e nem acessava o Blog. E também devido ao meu período de férias, onde eu estava mais concentrado mesmo nas viagens em família. Passado isto, estou de volta !
        Vc tem razão, aquele meu “praticamente todos os jogadores” não cabe muito mesmo para o Ariel Cabral não… Mas eu nem o considerei tanto, porque ele entrou quase já na reta final. O pior, é que o São Paulo o queria e o Cruzeiro não quis liberá-lo… Aí infelizmente temos que continuar passando nossas raivas com ele.

        Abraços

  • Luiz ibirite disse:

    Grande partida do Cruzeiro, concordo, todo o time jogou muito, vamos vamos Cruzeiro…

  • Raul Otávio da disse:

    Excelente vitória.
    Não é pouco abrir uma vantagem de dois gols sobre o Flamengo, calar aquela arrogante – embora seja aliada – torcida e de cara ainda ver a decepção dos locutores.

    Ontem foi possível e suportável ver todo o jogo, diferentemente de domingo passado e de outras tantas partidas nesse ano, mas….tem sempre o “mas”:

    – Falta de qualidade na saída de bola. O sufoco que o Flamengo deu principalmente no primeiro tempo aconteceu mais pelo fato do time rifar a bola de qualquer jeito na saída da defesa do que por méritos do Flamengo. Salvo engano, essa é a função do Lucas Silva (e não do Henrique, que é mais brucutu) e fica nítido que ele não a exerceu a contento.

    – que gols são esses que o Thiago Neves – cabeçada da no primeiro tempo – e o Rafinha – final do segundo tempo – perderam ? “Inacreditável Futebol Clube” ! Espero que não façam falta no jogo de volta e o Cruzeirão avance às quartas de final com tranquilidade.

    • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

      Grande Raul Otávio,

      Disse bem. Não é fácil mesmo fazer um resultado como o de ontem, jogando contra o Flamengo e em pleno Maracanã. Mais um grande jogo que ficará na nossa memória. Acho que nem o mais otimista Cruzeirense esperava uma apresentação e um resultado como este.
      Também concordo contigo que o time perdeu gols absurdos. Tomara não venham a fazer falta.
      Evidentemente que o time carece de alguns ajustes. Alguns jogadores ainda continuam devendo. Mas vamos ver se esse time é cascudo mesmo mais pra frente…
      O bacana também, é que no confronto ressaltado pela crônica esportiva Nacional como o mais difícil, o Cruzeiro saiu-se muito bem no primeiro jogo.

      Abraços

  • Júlio Ávila disse:

    Não é obrigado a gostar mas tem respeitar Mano Menezes! O home sabe das coisas! Oque teve de secador ligado hein?

  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    Ahhhhhh…
    Já ia me esquecendo…
    Pelo segundo ano consecutivo a Torcida Cruzeirense calou o Maracanã !!!
    Fábio, monstro !!!
    Nós temos goleiro !!!
    Ranzizisse é só pra outras bandas… kkkkkkkkkk

  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    Realmente, uma vitória maiúscula !!
    Imposição de time grande, que sabe o que fazer.
    O Mano sabe o que faz. Já provou isso e nos deu o penta da Copa do Brasil.
    Óbvio que gostaríamos de ver sempre um futebol vistoso, mas nem sempre é possível.
    Hoje o Cruzeiro apresentou um futebol eficaz e suficiente para suas pretensões.
    Com as derrapadas que o time deu no Brasileirão, eu falei que o Mano só aumentou as suas responsabilidades na Libertadores e Copa do Brasil. E pelo menos até agora ele tá demonstrando que tá certo nas suas escolhas.
    Contra o Santos na Copa do Brasil, não tem nada definido.
    Contra o Flamengo na Libertadores, não tem nada definido.

  • Alisson Sol disse:

    Minhas observações:
    – Estando no Brasil, pude assistir a um jogo de Libertadores com narração do Galvão Bueno. Muito estranho: gostava do fato de que ele era dos últimos narradores de TV que ainda narravam os lances. Mas agora só fica comentando ou conversando com os comentaristas.
    – O Cruzeiro venceu bem. Parabéns à defesa, exceto pela penalidade feita em um puxão de camisa que ficou claro na TV. O ataque fez 2 gols, mas perdeu uns 3 na cara do goleiro. Em Libertadores, isto sempre pode fazer falta.
    – A TV brasileira me parece ter centralizado muito. Depois do jogo, até canal de cabo que transmitiu a partida corta para falar da derrota do Corinthians. Tudo bem que o mercado de SP é importante, mas isto mostra uma parcialidade absurda de quem controla a grade de programação.

  • Thales rosa disse:

    Galvão ate gaguejou… O time sem vergonha do joga sob pressão…
    Vamos ter q engolir O mano… Fazer oque…
    Rumo ao Tri!! Que venha o BOCA.
    Rumo ao Penta Hexa e TRI…