Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Globo detectou que público se cansou da atual fórmula dos estaduais. Parece que agora, finalmente, teremos mudanças

Recém chegado de giro pela Ásia e Oriente Médio, ainda meio tonto pelo fuso horário, mas com a criatividade intacta, o Mario Alaska, da 98FM, twittou bem cedo:‏ @marioalaska “Dia de clássico, acordei cedo, fiz aquele café pra acompanhar o Globo Rural… Só depois fui ver que era sábado. Bom dia!”.

A frase funcionou como sugestão de pauta pra esta postagem:

A Globo paga caro para deter o monopólio da co-organização e transmissão do futebol brasileiro, envolvendo os campeonatos estaduais e nacional, além da seleção. Por isso, todos temos que engolir calados um Atlético x Cruzeiro, decisivo, num sábado. Ou um Grêmio x Internacional numa quarta-feira à noite.

Mas a Globo também tem quem manda nos rumos que ela toma: os números da audiência, verificados e projetados por incontáveis pesquisas de todos os perfis possíveis. E essas mostraram que o público se cansou. A atual fórmula dos estaduais se esgotou.

E para continuar pagando o dinheirão que ela paga às federações e aos maiores clubes, ela exige mudanças. Se é assim, continua valendo a velha frase, parafraseada pelo marqueteiro belorizontino Roberto Gosende: “manda quem pode; obedece quem tem conta pra pagar”.

Este assunto é discutido por nós aqui no blog há muitos anos e a memória eletrônica, infalível, confirma e nos remete a opiniões e sugestões interessantes de torcedores/leitores sobre o tema. Confira nestes posts, de 2011 e outro bem recente, 7 de abril, onde apresento uma sugestão, baseada em idéia de comentaristas aqui do blog.

Também sugiro a leitura do blog do sempre bem informado jornalista paulista Marcel Rizzo, que tem boas fontes nos bastidores do mundo da bola. E agradeço ao também jornalista e amigo montesclarense, Christiano Jilvan, que, via twitter, nos alertou para a coluna do Marcel no Uol sobre o assunto:

2011:

http://blog.chicomaia.com.br/2011/01/31/com-a-palavra-o-torcedor-formula-do-campeonato-mineiro/

2019:

http://blog.chicomaia.com.br/2019/04/07/pelo-fim-da-idiotice-e-do-atraso-e-preciso-um-basta-nesta-formula-e-calendario-de-campeonatos-regionais/

* “Federações planejam mudanças nos Estaduais para manter acordos com a Globo”

Os principais campeonatos estaduais terminam neste final de semana e alguns não têm garantia de transmissão em 2020. Os contratos do Grupo Globo para o Campeonato Gaúcho e para o Campeonato Mineiro, por exemplo, valem até 2021, mas possuem uma cláusula de saída com o qual a emissora pode encerrar antecipadamente o acordo. A mudança no calendário anunciada pela CBF, que em 2020 diminuirá os Estaduais de 18 para 16 datas pode fazer com que competições com fórmulas mais atraentes sejam elaboradas e a transmissão interesse a emissoras e patrocinadores

Em Minas Gerais o Estadual também não usou 18 datas, mas 16, e Atlético e Cruzeiro decidem a competição neste sábado (20). O valor do contrato é próximo dos R$ 35 milhões, como o Gaúcho, e será necessário um formato mais atraente para agradar a Globo. Mesmo o Paulista, que tem um contrato mais gordo, total de mais de R$ 100 milhões e sem cláusula de saída, vai precisar alterar o regulamento para se adequar às 16 datas. Uma solução é manter o formato atual da primeira fase, com 12 rodadas…

https://marcelrizzo.blogosfera.uol.com.br/2019/04/20/federacoes-planejam-mudancas-nos-estaduais-para-manter-acordos-com-a-globo/?utm_source=twitter&utm_medium=social-media&utm_content=geral&utm_campaign=esporte&cmpid=copiaecola


» Comentar

Comentários:
7
  • Marcão de Varginha disse:

    Que coloquem todos campeonatos em turno/returno por pontos corridos, com VAR em todas partidas e que cada clube tenha um representante na sala do VAR para inibir proteção aos queridinhos da CBF e federações estaduais… E segue o jogo!
    – #benecyeternomito

  • Antônio disse:

    Infelizmente a globo acabou com o futebol brasileiro no começo da década de 90 e isso não tem volta.

  • André de Oliveira Rosa disse:

    A Globo saindo abre espaço pra emissoras como a Record, que no último contrato assinado pela FMF bateu de frente com a Globo e quase comprou o Mineiro. Diferente de muitos, eu gosto de campeonato estadual.

  • Guilherme Leôncio disse:

    O povo está cansado é do futebol de resultados e a manipulação no futebol brasileiro. O povo quer bola pra frente, toques rápidos e bola na casinha, sem interferência das arbitragens.

  • Flávio Azevedo disse:

    Consertando erros digitacao: 12 equipes 1° turno entre os times da chave, 2 melhores se classificam para semifinais disputadas com os 2 melhores da outra chave..no 2° turno chave contra chave, 2 melhores classificam para semifinais..se tiver 2 campeoes diferentes de turnos, final entre os 2 em jogo unico no mineirao e torcida dividida…

  • Horacio Duarte disse:

    Caro Chico, solução de televisão, já está mais do que provado, destruiu nosso futebol. Campeonatos onde sempre os mesmos ganham não têm o menor interesse, o carioca e o mineiro provam isto.

    Daqui a pouco, só com o time carioca da globo, e 2 ou 3 de são paulo ganhando tudo, porque recebem as maiores cotas, a fórmula do brasileiro também vai deixar de dar audiência. E não vai adiantar tentar um quadrangular com 40 rodadas.

    Competição para ser interessante todo mundo tem que poder ganhar, não apenas os eleitos. Audiência tem que ser é resultado de um bom campeonato, não existe audiência prévia dada pela torcida de ibope, ibope é pra novela.

    Porque o interesse pela libertadores? Todos os times são bons, apesar da imprensa não conseguir entender isto(grupo mais fácil…etc), e sempre vão brigar muito para não sair cedo da competição, idem. Os amigos da cbf e a torcida ibope da glopo não tem influência, e todos, literalmente todos, podem sonhar em vencer. Elenco milionário é outra criação televisiva para dar ibope, raramente joga bola e só enche os bolsos de empresário e quebram os clubes.

  • Flávio Azevedo disse:

    A formula antiga do carioca é a melhor e foi estragada pela globo…inventaram coisas porque queriam preencher datas que ficaram ociosas qdo o mesmo time ganhava 2 turnos eliminavam a decisao final…nao tem conversa…12 clubes, e chaves..1 turno jogis entre as chaves, 2 melhores de cada chave classificam pra semifinais e finais em partida unica e em caso emoate na final, penalidades..no segundo chaves jogam contra chaves e 2 melhores de cada vao pra semifinais e finais..campeão de cada turno faz a final…se o mesmo time ganhar os 2 turnos, zefini, campeão estadual..aqui 1 fase chamar taça MG, segunda libertadores de MG…teríamos 7 jogos no primeiro turno e 8 no segundo..15 datas…se tiver final, 16 datas…e vários clássicos…