Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/blog/www/wordpress/wp-includes/pomo/plural-forms.php on line 210
Treinador faz diferença sim. O Botafogo que o diga, com o Enderson Moreira. Luxemburgo tem o mesmo desafio | Blog do Chico Maia

Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Treinador faz diferença sim. O Botafogo que o diga, com o Enderson Moreira. Luxemburgo tem o mesmo desafio

Foto: @Cruzeiro

O comentarista do blog, Carlos Henrique, lembrou bem: “E Enderson Moreira conseguiu 3 vitorias consecutiva no Botafogo e ganhou o clássico com o Vasco. Está há 4 pontos do g 4, bom treinador. Não serviu para o Cabuloso, mas está vivo com o Botafogo. Torço para o Botafogo subir…”

Foto: @Botafogo

***

Pois é! É o caso do Vanderlei Luxemburgo, que terá a oportunidade de mostrar, também, a partir de hoje, que faz diferença, para melhor. Assume o Cruzeiro em situação muito ruim e estreia fora de casa contra o Brusque, que subiu ano passado da Série C e que faz boa campanha na B. Está em 7o lugar, com 24 pontos. O Cruzeiro tem 13 pontos, e ocupa a 18a posição, à frente do Brasil de Pelotas, 12 e Confiança, 10. Atrás do Londrina, Ponte Preta e Vitória, todos com 13 pontos também.

Sobre o Enderson Moreira, entendo que foi o grande erro da  atual diretoria cruzeirense, demiti-lo naquela época. De cara, zerou os seis pontos negativos, impostos pela punição da FIFA e fazia campanha satisfatória, para brigar pelo acesso. Na precipitação de quem não é do ramo, foi mandado embora. Na sequência seus substitutos não conseguiram nem chegar perto dos quatro primeiros colocados.


» Comentar

Comentários:
7
  • Alisson Sol disse:

    No Cruzeiro, o “efeito técnico novo” deu certo. Tudo bem que o Professor Luxa realmente fez algumas boas substituições. Mas, em termos de jogo e oportunidades, o time foi pior do que na última partida. Como futebol é um esporte de resultados e não de performance, o que fica para a História é a vitória.

    Achei interessante a entrevista do Luxemburgo após a partida. Realmente continua sendo um dos poucos técnicos que “vê a mesma partida que o torcedor”. E parece estar mais respeitoso com a imprensa, mesmo quando não concorda com as observações. Se isto continuar, está no bom caminho. Resta saber se, como ele mesmo citou, a melhor contratação do clube vai continuar: o salário em dia!

    Gostaria apenas de fazer um “jabuti” sobre a cobertura das Olimpíadas no Brasil. Desculpem se é uma análise errônea de alguém que só vê a cobertura depois dos eventos (já que a Globo e outras emissoras não podem transmitir qualquer sinal ao vivo para o exterior). A transmissão brasileira está tentando copiar a transmissão americana e “personificar” a transmissão, mesmo quando fala de esportes em grupo. Só que, como em muitos outros casos, levam a transmissão para um lado que mostra que “não entenderam” bem. Por exemplo: a transmissão do futebol nos EUA foca na Megan Rapinoe não porque ela é lésbica mas sim porque ela tem personalidade forte e dá entrevistas que vão além do “repeteco”. Antes, por exemplo, focavam na ex-goleira, a Hope Solo, também pela personalidade e opiniões além do futebol, mesmo ela não sendo lésbica. No Brasil, fica parecendo que ao invés de “vai lá e entrevistem quem der as declarações mais relevantes, ainda que o atleta seja homosexual” pegaram só a parte “vai lá e entrevistem quem… seja homosexual“. Até eu, que sou extremamente liberal, acho que estão exagerando na dose! E nem vou entrar na questão racial, pois aí exageram o exagerado! Alguém precisa explicar aos jornalistas brasileiros que ninguém foca na Simone Biles pela cor. É devido aos resultados como atleta mesmo! O mesmo para a Allyson Felix, que é uma “Diplomata do Esporte” e escreveu um famoso editorial no NY Times sobre a discriminação das mulheres no esporte ao ficarem grávidas.

    Outra coisa: a transmissão dos “esportes olímpicos” nos EUA não some depois das Olimpíadas e reaparece 4 anos depois. É algo contínuo, com a ESPN transmitindo campeonatos juvenis, nacionais, panamericano, mundiais, seletivas olímpicas, etc. Não há uma bajulação do atleta que conseguiu medalha durante dois meses, e depois que se vire para conseguir patrocínio, palestras e promoções, enquanto a TV passa os próximos 3 anos e meio entrevistando “famosos de reality shows“.

  • Juliano Salvador disse:

    O campeão voltou! Agora vai!

  • Marcão de Varginha disse:

    Uai.. venceram o Brusque, e ainda não li comentários carregados da tradicional verborragia arrogante celeste enaltecendo o “profexô” Luxa e o grupo de atletas. Será porquê? Estranho, muito estranho!
    – Assim que Luxa começar colecionar derrotas e empates, tudo voltará a ser como antes!
    – #benecyeternomito

  • J.B.CRUZ disse:

    * * * * * A FÊNIX AZUL Ressurge das cinzas,,,,,, O Retrato na Parede, já mereceu uma boa escovada,,,,,

    CRUZEIRO SEMPRE !!!….

  • Raws disse:

    Eu sou radicalmente contra certas novas regras no futebol.
    Duas delas me incomodam demais.
    Bola na mão dentro da área, antigamente teve intenção, levou vantagem, pênalti! Hoje, tocou no braço independente da situação, pênalti! Só quem não jogou bola sabe como é difícil se jogar com o braços colado ao tronco.
    Outra que piorou demais foi a que ao subir para cabecear, se o braço aberto encostar do pescoço pra cima, falta e amarelo. Quem inventou essa nova regra nunca subiu para cabecear uma bola. Concordo com a falta, mas o amarelo só se houvesse a interpretação da cotovelada.
    Arana hoje não foi expulso por fraqueza do árbitro. Ele cometeu a mesma falta duas vezes quase idênticas, mas com o cartão só na primeira.
    Essa ridícula nova regra poderia ter tirado o título do Brasil e punido um dos melhores jogadores do torneio.
    Penso que os próprios jogadores deveriam se unir e questionar essa mudança de regra.
    Fui zagueiro, fiz muitos gols de cabeça nas peladas e não me imagino subindo para cabecear igual a um boneco.

  • Raws disse:

    Meudeuso, como joga bola esse Arana.
    Se não foi o melhor em campo, foi um dos dois melhores.

  • Eduardo Silva disse:

    Chico, bom dia,

    É OUROOOO….É OUROOOOO… É DO BRASIIIILLLL É BI….É BIIII CAMPEÃ OLÍMPICAAAA…

    Parabéns a seleção Canarinho, jogou muito contra a Espanha. parabéns ao Daniel Silva, cara multicampeão na vida, no esporte! Parabéns Guilherme Arana do Alt Mineiro, jogou muito esse jogo. Parabéns a CBF…kkkk Parabéns, Galvão Bueno, ops, esses não pode elogiar… só criticar…kkk

    SE perdesse ia ser um mimimi danado, um chororô sem fim por aqueles que atiram pedra até em avião caindo, pegando fogo. Tem gente que tem um prazer funesto de quanto pior, melhor! É só ver a alegria de muitos aqui com a situação financeira do Crucru, só digo uma coisa: vai ter volta!

    E pra descontrair: A Seleção Espanhola tem um jogador chamado… chamado… PAU…kkkk Tá ai a explicação da derrota… e teve um jogador brasileiro que chutou a cabeça dele….kkkk Matou a pau! kkk Piada pronta! Igual o grego chamado de Emmanouil Karalis do salto com vara…kkk O Mussum que ia gostar dessa… Karalis, a vara dele quebrou….kkk

    E a Argentina ganhou do Brasil no volei masculino a medalha de bronze e o técnico deles é quem mesmo? quem? Marcelo Mendez do Cruzerão Cabuloso… É DNA de campeão, amigooooo…

    zeroooooooooooo