Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

No país da hipocrisia o nosso maior clássico nunca fica de fora das bobagens ao vento

URSULA

Ótimo artigo da Úrsula Nogueira, diretora de esportes da Rádio Itatiaia:

* “O clássico do ‘mimimi’”

Semana de clássico é sempre “mais do mesmo”. Toda vez é a mesma coisa. Infelizmente! Na contramão da civilidade, alguns dirigentes de Cruzeiro e Atlético fomentam, mais uma vez, uma série de polêmicas desnecessárias.

A “bagunça” começou no último domingo (26) quando o repórter Thiago Reis informou que o clássico teria 90% de cruzeirenses e apenas 10% de atleticanos no Mineirão. A famosa polêmica da divisão dos ingressos.

Na última terça-feira (28) a diretoria do Atlético encaminhou um ofício à Federação Mineira de Futebol pedindo o afastamento do árbitro Ricardo Marques Ribeiro. Em entrevista à Rádio Itatiaia, o diretor jurídico do Atlético, Dr. Lásaro Cândido, alegou que o pedido foi feito pelo histórico de jogos do Cruzeiro mediados pelo árbitro. “O que ocorreu ontem, no jogo contra o Uberlândia, praticamente reafirmou essa incapacidade (de Ricardo Marques) de gerir um espetáculo respeitando as regras, pelo menos em jogos envolvendo o Cruzeiro”, disse Cândido.

Se o Atlético tivesse sido prejudicado pela pontuação alcançada pelo Cruzeiro, o pedido de afastamento do árbitro teria um embasamento mais lógico. Mas não foi isso que aconteceu! O clube alvinegro, que já tinha a classificação e a liderança do Campeonato Mineiro assegurada, resolveu colocar lenha na fogueira.  Digo isso porque, se tem um clube prejudicado, esse time foi o Uberlândia, que não pediu nenhum afastamento do árbitro.

O curioso é o fato de o clube alvinegro não ter tomado a mesma providência, quando se sentiu prejudicado na partida entre Atlético e URT, entendendo ter um gol mal anulado pelo árbitro Ronei Cândido Alves.

Não bastando, o Cruzeiro vetou a presença do mascote do Atlético. Além disso, estão proibidos também bandeiras e instrumentos musicais dos atleticanos. O engraçado é que estavam presentes na reunião da FMF, representantes dos clubes e órgãos competentes para o evento. Era difícil resolver tudo nessa reunião? Aliás, esse era o objetivo deste encontro, resolver toda logística do jogo. E não deixar que “confusões” sejam alimentadas após a ata publicada.

O Cruzeiro ainda queria proibir as crianças atleticanas de entrarem no gramado, mas o regulamento da competição não permite. Gente, fala sério! Talvez estas crianças conseguiriam contribuir para um clássico mais harmonioso. Lembrem-se: elas são a nova geração dos times de futebol. Precisam ser tratadas a pão de ló. Precisam ser cativadas e convencidas que vale a pena pagar ingresso e ir ao estádio torcer pelo time do coração.

Ao invés de estarmos discutindo sobre prováveis escalações, esquema tático, quem volta do DM ou quem fica no banco, estamos perdendo tempo falando sobre essas “picuinhas”. Tem tanta gente competente, inteligente e com anos de experiência nas diretorias dos clubes que quero acreditar que estão procurando fazer sempre o melhor.  Muita coisa faz parte de um evento tão importante. Mas história do superclássico é muito grande pra ficar marcada por brigas de vaidades. Não podem perder o foco que é dentro das 4 linhas. A torcida dividida não foi bem sucedida na Primeira Liga? Foi um espetáculo à parte. Torcedores encheram as arquibancadas e trouxeram, de novo, o brilho que o clássico havia perdido.

Sem contar na hipocrisia de depois lançar a campanha do #ClassicoDaPaz. O exemplo precisa vir na preparação do evento por todos os envolvidos na organização.  Menos mimimi e mais futebol.

http://www.itatiaia.com.br/blog/ursula-nogueira/o-classico-do-mimimi


» Comentar

Comentários:
52
  • Audisio disse:

    A realidade é que o Atletico apesar de invicto nem tem jogado bem. Roger não esta entregando o bom futebol.

  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    Kkkkkkkkkkkkkkkk

    Chorem mais que tá pouco… kkkkkkkkkkkkkkk

    Como eu sempre falo por aqui, a culpa mais uma vez foi da arbitragem, da Globo, da Itatiaia, da umidade relativa do ar, do Temer, da bola muito redonda, da grama muito verde… kkkkkkkkkkkkkkk

    Chupaaaa FMF !!!!
    Chupaaaa Castelar !!!!!!

    E olha que eu avisei aqui que já estavam preparando as desculpas bem antes do clássico…

    Kkkkkkkkkkkkkkk

    • Paulo F disse:

      Ganhem o título em cima da gente que eu lhe darei meus parabéns e aceitarei qualquer zoação, mas só vale quando tá valendo…
      Chega na final do mineiro pelo menos, já estamos com saudade de clássico na final, parece que traumatizaram depois de 2014…

    • Alisson Sol disse:

      Clayton: nas últimas 7 vezes não estava valendo… Só vale quando vencem!
      Não aprendeu até hoje!

      • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

        Caro Alisson Sol,

        Aprender, eu já aprendi sim… O que eu faço, é ficar me divertindo com as pérolas… rsrs

        Observe bem… Geralmente, logo após qualquer derrota do Atlético Mineiro para o Cruzeiro, antes mesmo de analisarem o jogo, a primeira coisa que a maioria dos Atleticanos fazem, é procurar algum meme ou piadinha de cunho pejorativo na ânsia de achar que tá zoando… rs São raros ( Mas existem, inclusive aqui mesmo no Blog ) os Atleticanos que têm a coragem para analisar o jogo de fato, ou muito menos reconhecer a supremacia no jogo pelo adversário. A maioria vem com piadinhas ou as culpas mirabolantes, que nunca são do próprio time deles… rs

        Abraços

    • Helio Antonio Corrêa disse:

      Claytinho, onde está a novidade?: isto é filme velho, batido.
      Eu conheço esta historia desde os anos 70, Me diga um grande jogo, uma final ou semi final que os HIGIENICOS, tenham perdido e não tenham colocado a culpa no juiz,bola,vento,varal com as camisas,, tudo serve de desculpa esfarrapadas para eles.
      Agora inventaram que o jogo não valia nada. para nós valia, mantermos os fregueses com a ilusão que tem time bom, só isto ja basta ne?

    • Leandro Fábricio disse:

      Fala claytinho…. uai tô te estranhando, não está se contendo kkkk

      calma… quando tá valendo tá valendo… um craque que jogou no galo já disse isso

      abraços

      • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

        Grande Leandro Fabrício,

        C tá bão né ?? rs

        É meu nobre… Também tenho meu direito a extrapolar na zoação vez ou outra né ?? rs E vc sabe como é… O jogo pode não valer absolutamente nada pra classificação, mas só de vencer o rival o gostinho da vitória é melhor…. Ainda mais, depois de ler e ouvir vários comentários de Atleticanos, falando antes da hora que agora o time de vcs estava completo e que a vitória era certa… rsrs

        Abraços e boa semana !

      • José Eduardo barata disse:

        Só que não existe mais Ronaldinho , caro Leandro .
        O time do GALO é a baba das babas no tocante à
        garra e vontade de jogar .

  • Ely goncalves borges disse:

    E mesmo assim o galo foi prejudicado no classico, erro do bandeira. Agora no jogo do u berlandia ja tem historico de davorecer o cruzeiro, me perdoe chico mas todo mundo dessas montanhas de minas gerais, sabe disso, ou vc nao se lembra daquela final conta o ipatinga. Alem disso no jogo de ontem, quando o atletico mandava no jogo, foram varias faltas dos cruzeirenses sem nenhum cartao. A expulsao foi justa, mas o segundo gol foi impedido.

  • Marcão de Varginha disse:

    Como ainda não há matéria sobre o clássico de ontem, por mais desculpas que o Fred possa arranjar, ele teria que ser expulso mesmo, apesar que Manoel é um atleta desleal e sempre abre sua farta caixa de ferramentas… o time celeste venceu, mas após a expulsão de Fred portou-se na retranca jogando no contra-ataque, ignorando sua vantagem em ter mais um atleta em campo. Coincidentemente, o time celeste vendeu de novo com falha de atleta alvinegro, que apesar da desvantagem numérica, foi pra cima e não acovardou-se… o resultado pró celeste foi cirúrgico, e o Galo não demonstrou “medo” de jogar mesmo na desvantagem numérica de atleta e no placar. Se alguém teve medo de encarar o adversário, esse alguém veste azul… e novamente essa vitória foi conseguida na base da sorte e à retranca celeste… vejamos até quando a sorte vai ajudá-los! Sim, literalmente borraram de medo… haja papel higiênico!
    – #benecyeternomito

    • José Eduardo barata disse:

      Que jogo vocês viram , pelamordedeus !
      O time do GALO não teve NADA para oferecer no
      jogo de sábado . NADA !
      A garra , a vontade , ficou tudo no discurso .
      O time azul jogou no contra ataque ?
      Que novidade para time que está vencendo e
      tem mais um em campo ….

  • juca da Floresta disse:

    Bom dia,

    O Diretor Jurídico do Atlético, Lásaro Candido, acaba de enviar ofício à FMF solicitando que o Fred não seja mais escalado em jogos contra o Cruzeiro…

  • Tarcísio Coimbra disse:

    Eu fiquei morrendo de dó do Manoel, saiu todo ensanguentado direto para o CTI. A pancada foi no pé do ouvido e ele caiu com a mão no rosto, puro “migué”. Era início de jogo e lance pra amarelo. Engraçado que no naquele lance do Dracena e Alex Alves a diretoria Cru cru disse que futebol era para homem. “Tiadim” do Manoel.
    O homem do apito ainda fez um grande favor ao Cru cru, amarelou os pendurados que cumprirão na última rodada.
    Fred meu amigo, estava cotado pra seleção, batendo um bolão nesta temporada, atleta experiente e me faz um papelão deste.
    Marcos Rocha precisa jogar mais e falar menos. Ajudou a entregar o primeiro gol e entregou outra bola próximo da área do Galo. Declarações como as suas só tumultua o ambiente.
    Giovani falhou no primeiro gol, é um goleiro bom mas é azarado demais.
    No mais é juntar os cacos, esperar as finais do Mineiro e marcar o Arrascaeta que dá sorte em clássicos.

  • Juca da Floresta disse:

    Boa dia Chico,
    Quero ver a atitude do Tribunal de Justiça desportiva da FMF, o Fred tem que levar um gancho. Aliás, ontem o Fred estava sendo ele mesmo, fez isso a carreira inteira.

  • Humberto Costa disse:

    Quando vi o mi mi mi do Gilvan, pensei, jogo de cena, o serviço já está feito nos bastidores. O Cruzeiro sempre chora pra mascarar uma situação já garantida. Quando vi a imprensa dizer que o Benevenuto era rigoroso, esqueceram de dizer: mas é para um lado só. E Benevenuto fez questão de dar o amarelo para os pendurados do time azul, que entram na fase final zerado. Alem disso me impressiona a diretoria cruzeirense de fazer acusações graves contra a fmf e fica por isso mesmo. Se fosse o contrário… Acorda Nepomuceno!

    • José Eduardo barata disse:

      Não se esqueça de cobrar seriedade do Rocha .
      Não se esqueça de cobrar atenção do Santos .
      Não se esqueça de cobrar futebol do Robinho .
      Não se esqueça de cobrar atitude do Cazares .

  • thiago disse:

    Quanta arrogância desses jogadores do atlético hein!? Toda vez que perdem gostam de pilhar mais. Marcos Rocha ja e um bobao e provocador, agora esse Elias também mostrou quanto é mal perdedor. Não vou nem entrar no mérito da agressão descabida do cine que é acostumado a fazer gol em time do interior, quando tem zagueiro mais graduado e isso ai que todo mundo viu. Ja não é a primeira vez que ele apronta dessa.
    Agora perderam com o time titular e a culpa como sempre e só do juiz, da CBF, da Globo, …menos do rei do enganche, da pressão na primeira bola, do atacante que erra o gol.
    Também não vi as inúmeras chances de gol perdidas nem do dominio do jogo que o robinho viu. Alias, alguem viu o robinho em jogo?
    Mas o Thiago Neves não era o jogador decadente, o elenco do Cruzeiro nao era muito fraco, ???

    • José Eduardo barata disse:

      O time azul é fraco sim . Horroroso .
      Mas o Robinho ‘tá na mesmo nível .
      Não apareceu para jogar .
      O GALO não chegou lá , até a entrada de
      quem realmente queria jogar , o Moura .
      O resto é conversa mole , é enganche e
      amplitude demais pro meu gosto .

  • Juca da Floresta disse:

    Fred vexame nacional…..

  • Pablo de Oliveira disse:

    Chico, o que dizer de uma derrota que começou com um frango com 1 minuto de jogo e a expulsão do nosso artilheiro com 25 do primeiro tempo.
    Acho que perdemos para nós mesmos e vamos ver como o time vai assimilar está derrota, dolorosa e decepcionante.
    No futebol o emocional influência muito e uma derrota como essa pode ser muito desastrosa para sequência dos jogos.
    Se serve de consolo as duas derrotas foi quando podia perder e não influência em nada nos campeonatos.
    Espero que a cota de derrotas principalmente com o rival tenha acabado e o time dê a volta por cima conquistando os títulos.
    Ficou muito mais difícil pois a pressão aumentou, galera e na boa o Roger não teve culpa nenhuma, não vamos ficar pegando no pé dele pois deu azar mas faz um bom trabalho.
    É juntar os cacos e bola pra frente, que essa derrota nos faça mais forte, e que agente dê o troco na final, como diz o Ronaldinho quando tá valendo tá valendo!
    Dói mas podemos dar a volta por cima, Eu acredito!!!

    • José Eduardo barata disse:

      Meu Deus , ainda há quem defenda o Roger !
      Essa de perder quando pode perder é lorota , é
      conversa de perdedor .
      O GALO NÃO PODE PERDER como perdeu .
      Sem raça , sem garra , sem futebol .
      E você não citou o erro do Rocha ( mais um )
      e do Santos por quê ?
      Não viu o jogo ?

  • Julio Cesar disse:

    O narrador e o Bob maria dizendo que tanta coisa aconteceu….Primeiro tempos aconteceu falha do Giovani e expulsão do Fred. Só ! Novo arbitro tambem: Sobis !
    Diretoria e jogadores tem que cobrar e muito essa atitude ridicula do Fred.

  • Leandro Fábricio disse:

    Essa Ursula nogueira é a mesma que não conseguiu esconder o clubismo e soltou no seu twuitter ” sabado o mineirão estará todo azul, só 10% de atleticanos”….. hipocrita ela também hein…

    Pedir veto de juiz é pratica antiga dos dois clubes, não sejamos hipocritas…. agora pedir veto de crianças entrarem em campo é vergonha das mais grotescas…

    a partida será realizada com essas polemicas extras campo e depois do jogo tudo isso será esquecido, ficaremos todos focados nas polemicas que acontecerão dentro do campo, o penalti não anotado, o impedimento assinalado incorretamente, as falhas de ambas as equipes e etc etc… e todas essas polemicas extra campo se repetirão para o proximo clássico… essa é que é a verdade…

    nessa era digital, o futebol está perdendo a graça se é que já não perdeu… é limitação de bandeiras no estádio, é estádio tendo a capacidade absurdamente reduzida por causa de “medidas de segurança”, é proibição de torcida dividida, jogadores proibidos de comemorar gols do jeito que bem entenderem, é jogador com a sensibilidade aflorada com a era do “racismo”, é mimimi de homofobia pra lá e pra cá etc etc… e agora se não bastasse dirigentes de clube querendo proibição de crianças em campo… haaa que chatura pra não dizer outra coisa…

  • Tonho ( Mineiro ) disse:

    Concordo nao Chico, um diretor do time do Grande Riascos confessou que o time dele tem o costume de ganhar jogos fora do campo, então o Galo tem que ficar de olho aberto com este pilantras SIM !!! So faltou tentar proibir o time do Galo de entrar em campo !!! Que a diretoria Atleticana fica de olhos bem abertos com esta gente !!! o passado desta gente com troca de títulos por favores esta ai ! e indiscutível !!!

  • thiago disse:

    Mas afinal o atlético não vetou a entrada de bandeiras e mascote nos últimos jogos no independência? O atlético vetou ou não a entrada de crianças com os jogadores do Cruzeiro? Afinal a questão dos ingressos começou ou não com o Kalil?
    Com a resposta, os atleticanos!

  • Luciano Eduardo disse:

    Já passou da hora de termos um imprensa imparcial, que deixa de ficar em cima do muro.
    Poxa, se qnd o Cruzeiro joga no Horto tem essa proibições, pq qond a partida é no Mineirão tem q ser diferente ?
    Bobeira as proibições, ok, mas se não pode lá, não pode aqui, agora nesse jogo querer dizer que os dois estão errados, é ficar em cima do muro, é não ser verdadeiro com a realidade.

  • João Cavalieri disse:

    VARZEANOOOOOOSSSSS, todos estes cartolas.
    O Futebol morreu a tempos.

  • André Corrêa disse:

    Olhem bem a nota de repúdio que o Cruzeiro divulgou há pouco:

    O Cruzeiro Esporte Clube recebeu nesta sexta-feira, com indignação, a decisão da Federação Mineira de Futebol de liberar a entrada de instrumentos musicais, bandeiras e faixas na torcida adversária no clássico deste sábado. Tal decisão é arbitrária e contraria as medidas tomadas durante a reunião realizada na sede da FMF, na última terça-feira, e que consta em ata.

    A arbitrariedade é ainda mais grave por ver a entidade máxima do futebol mineiro, mais uma vez, se comportar de forma tão parcial, já que a mesma nunca defendeu igualmente os interesses do Cruzeiro Esporte Clube e da nossa torcida quando os clássicos são disputados no Estádio Independência.

    Lamentamos profundamente, ainda, a postura do presidente da Federação Mineira de Futebol, Castellar Neto, que nos últimos dias não atendeu a nenhuma das ligações feitas pelos gestores da área do futebol cruzeirense.

    Esperamos que um dia a Federação Mineira de Futebol volte a ser independente e imparcial, sem que seus dirigentes vistam a camisa de seu clube de coração, e que todos os seus filiados recebam o mesmo tratamento.

    Qualquer incidente que ocorra no estádio, em função dos desmandos da Federação Mineira de Futebol, será atribuído exclusivamente ao Senhor Castellar Neto e à FMF.

    Numa boa: que dia que essa choradeira vai acabar? A Itatiaia é atleticana, a mídia inteira é GaloPress, a federação é atleticana… Não são eles o time do povo? Que povo é esse, já que todo mundo torce pro Galo?

    Eu, hein…

  • Rodrigo Couto de Castro disse:

    Atleticano é engraçado quando proibiu mascote do Cruzeiro de entrar no campo e de levar bandeiras no Indepedencia não vi esta pallhaçada na imprensa, agora quando é no Mineirão fazem este escarcéu, como diz o velho ditado mineiro, pimenta nos olhos dos outros é refresco!!!

  • Alisson Sol disse:

    Mas o argumento podia ter terminado depois de “No país da hipocrisia…

    Os dirigentes de clube são como os políticos do país: emanam do povo. E povo hipócrita gera isto daí. Olha só o que está ocorrendo no Rio de Janeiro, onde dois ex-governadores estão presos, membros do “Tribunal de Contas” a caminho, e o prefeito preocupado com o que? Em demitir reporter que criticou a falta de vacinas na cidade? (vide link).

    Em um país onde prefeitos se orgulham de não pagar IPTU, governador contrata serviços da empresa da esposa, e potencial candidato à presidência diz que se tentarem cumprir ação judicial contra ele vai receber os policiais “na bala” (link), a culpa de tudo certamente é das crianças que entram em campo…

  • Jorge moreira disse:

    Sou Atléticano, o Atletico viveu os seus piores momentos quando queria copiar tudo deste outro time que tem aqui em BH, os Brandi e Furlets faziam, lá ia os presidentes do Galo querer fazer igual, os caras contratava, lá ia os do galo contratar, tudo que o outro lado fazia os nossos pobres de criatividade copiavam, e o clube só afundando(resultado destas dividas assumidas e não cumpridas) até que Deus colocou o Kalilzão no lugar dele, deixou o time de voley do Galo e ele foi pro futebol a vida do clube mudou(nem tanto olha o nepomusono pra querer fuder o clube novamente) ninguem nasce Kalil, assim como niguem nasce furlete, felicio, estas copias vicintin quem é esta figura, nem a vovo mafalda ninguem conhecia, agora o talzinho que chegou agora querer encher o saco com uma rivalidade rasteira, que o vivintin se recolha a sua insignificancia, que coloque um nariz de palhaço e va procurar um outro circo, repito copia mal feita de dirigentes antigos faça me o favor fora seu aparicio imitador de palhaço mortos

  • Sérgio Ricardo de Azevedo Cassiano disse:

    Parabéns pelo belo texto Úrsula Nogueira !!!!

  • Fábio Velame disse:

    É a FMF mais uma vez a serviço do Atlético, liberou bandeiras e instrumentos para a torcida. Pq isso não ocorre no Independência? Dois pesos e duas medidas como sempre…

  • Pedro Ernesto disse:

    Esta rádio culpa o Atlético por tudo de ruim que aqui acontece. Tudo é favorável ao Zerim. O Galo aceitou o Ricardo retornar a Minas, mas a qualquer sintoma de suas atitudes anteriores ele seria vetado novamente. Como diz o sabe tudo da Itatiaia, “então tá bom”, temos que aceitar o árbitro que só erra em favor do Cru Cru, para evitar novas imposições do time azulino. Outra coisa, o veto ao Ricardo não tem nada a ver com o clássico, ou o Ricardo estava no “sorteio”pra apitar o clássico. No último clássico teve duas torcidas, essas imposições de agora é pura arrogância de quem quer mandar no futebol mineiro.

  • José Florentino de Castro disse:

    Muito complicado !Aqui em Ouro Preto ,o presidente do Cruzeiro local sempre fala que nós somos amadores, mais temos que agir como profissionais !já os diretores de Cruzeiro e Atlético,agem como amadores !Muito tenso, eu hein!

  • Márcio Henrique O. Lopes disse:

    Chico maia, saindo um pouco do clássico. Faça um post sobre a radio do grupo sempre editora. Vai ter transmissões esportivas?

  • carlos henrique disse:

    SE o Galo proibiu os torcedores do Palestra de entrarem com mascote e instrumentos no Horto, o Cruzeiro esta certo em fazer o mesmo.
    mas o Vicitinproibir a criançada entrar com os jogadores é ridiculo.
    perderam socios torcedores, e estao fazendo, ate propaganda enganosa na tv
    enganosa, sim, por que essa torcida que so vai na boa.
    nao vai quando o time esta mal,perde socios torcedores, sao hiper- soberbos
    cheia de vaidade, vai sofrer pela prepotencia dos dirigentes como Bruno Vincintin.
    podem crer o GALO vai ser campeao mineiro em cima deste clube chamado
    cruzeiro,e vai este time azul ser desclassificado pelo Sao PAULO EM EVOLUÇAO NA copa doBrasil. este time ja ganhou muitos titulos.
    mas é acostumado a tremer, os numeros estao ai, libertadores eliminado varias vezes, 2 anos eliminado do mineiro, 2015, 2016.
    e a final vai ser esse ano de novo.
    Clube a Atletico Mineiro x America. podem apostar, nao sou vidente
    mas algo me diz que seremos campeoes mineiros em cima do mequinha.
    O CLASSICO AMANHA, VALE A RIVALIDADE, SE HOUVER UM REVÉS
    ESTAMOS JUNTOS,. na libertadores e confiantes , mas se eles perderem
    ai vao lembrar do empate da U.R.T, DO AMERICA SE NAO ENGANO tOMBENSE,.AI SOMEM DO ESTADIO, por um tempo.

  • Julio Cesar disse:

    Chico, sempre comento sobre atuação dos arbitros mesmo com o time vencendo, porque erros grotescos pra mim em 100% das vezes não é erro. É intenção mesmo! Em 2012 o Atletico foi prejudicado em varios jogos com os arbitros “errando” a torto e a direito a favor do Fluminense em seus jogos. Não precisa dele “errar” somente nos jogos entre os dois times. Ah, o Atletico não pediu afastamento a CBF! Por isso tem que ficar impassivel pra sempre diante do que acontece ?
    No caso desse “arbitro”, o que aconteceu diante do Ipatinga foi imoral. O cara depois diz ao time que contou com sua colaboração: “fiz a minha parte”! O gol com o penalti arranjado contra o Uberlandia deu animo ao Pirangi. O Uberlandia encontrou forças, Pirangi errou na estrategia e sei la o que, e conseguiu empatar o jogo fazendo com que acabassem as chances de conseguir ainda a primeira colocação.
    E se Pirangi enfrenta dificuldades nos jogos das semis (o que parece o Atletico vai encontrar tambem), e esse arbitro comete mais um “erro”. Vamos ficar repetindo que erros acontecem ? Aqui onde trabalho e onde sempre trabalhei se errar e não perceber a tempo pra corrigir estou encrencado.
    Arbitros e seus assistentes estão la somente pra isso. Estar bem colocado e muito focado nos lances pra não errar ! Então o todos no estadio viram se foi ou não foi e somente ele viu o contrario ? Então comentaristas dizem: ah, ele não tinha visão do lance…O quê ? Mas se alguem esta la pra ter ampla visão do lance é justamente ele! Se estava “mal colocado” não serve pro oficio! Dizer tambem “o lance foi muito rapido” pra mim não cola mesmo. A muito tempo vi um jogo em que o arbitro era francês. E ele ficava tão proximo das jogadas que chegava a atrapalhar a jogada, não precisava tanto exagero, mas o arbitro tem que correr, buscar melhores angulos durante o desenvolvimento da jogada.
    Fico me perguntando quais os criterios pra ser arbitro FIFA ?
    Vamos ao exemplo que carrego em varios em que o Atletico foi intencionalmente prejudicado: alguem no mundo acredita mesmo que o Simon errou naquele penalti no Tchô contra o Botafogo pela copa do Brasil? Li aqui na sua coluna um comentario sobre o caso do Serra Dourada que foi publicado na Inglaterra ! Todos tem certeza ! Inclusive jogadores e torcedores do Flamengo.
    Tem que ser afastado mesmo. Marcio Rezende foi pra Federação do Parana depois de um monte de lambança feita por aqui. Que este va pra outro lugar tambem.

  • Pedro Vítor disse:

    Penso eu que vetar Bandeiras e Instrumentos é querer silenciar a torcida do Galo que mesmo em menor número faz mais barulho que a torcida do Cruzeiro que é muito passiva e gosta de cantar o resultado já conquistado dentro de Campo.

    Eu sou músico e falo, já existia música antes dos instrumentos. Eles ditam o ritmo e organização da música mas pra não haver barulho é preciso vetar a ocupação atleticana no estádio coisa que não irá acontecer.

    Os quase 6 mil ingressos que serão vendidos aos atleticanos não atenderá a demanda, haja visto o Atlético é invicto com 100% dos pontos conquistados e a torcida respira o Atlético 30 horas por dia, pode ter certeza que a torcida irá invadir o setor da Minas arena

    A intenção da diretoria do Cruzeiro no discurso midiático é um, nos bastidores a gente sabe que é colocar um “mute ” nos atleticanos . Resta saber se mesmo tentando de todas as artimanhas irão conseguir abafar o som da torcida do Galo.

    E o Vincentinho gosta de aparecer, ele é a figura que o Doutor Gilvan colocou lá pra não ficar gaguejando em frente às câmeras.

    Vicentinho nunca tem razão é igual macaco gosta de fazer festa jogar pra torcida. Não manda em nada lá na Toca, é só uma figurinha que o Gilvan colocou pra não virar piada de Internet

  • José Eduardo barata disse:

    Essa diretora de esportes diz bem sobre a qualidade
    de nossa imprensa , salvo raríssimas exceções .
    Essa mesmice a que ela se refere tem na divulgação
    das matérias o combustível para arder .
    Por que então a imprensa não trata dos treinos , das
    escalações , das expectativas de jogo ?
    Abre-se qualquer veículo e o que menos se lê são as
    notícias da bola .
    Tudo gira em torno de dirigentes , de estatísticas , de
    empresários , de fulano que vai e fulano que chega ,
    de estádios quebrados , de falcatruas , e por aí vai .
    Os próprios repórteres gostam de tumultuar .
    Pueril a argumentação da citada jornalista .
    Ah! , o Atlético não pode reclamar porque o resultado
    não lhe trouxe prejuízo direto …
    O que é isso , minha senhora ?
    Em que mundo a senhora vive ?
    A argumentação usada foi , ela sim , mais do mesmo.

  • Helio Antonio Corrêa disse:

    chico
    Isto é antigo, nao é coisa nova, só que agora esta picuinha está muito rasteira.
    Depois como disse a reporter, pregam a paz nos estádios, vejam;
    Pq. um estrupicio feito o Vicintim tem que querer barrar entrada de criança? aí o bobão vai dizer, ah, a propria CBF ja tinha caminhado por este caminho, mas ao invés dele lutar pelos futuros torcedores do amanha, ele por ser como é ou seja incapacitado para a função faz o mais do mesmo.
    Antigamente, esta briguinha de bastidor, tinha intuito de melhorar a presença de público.
    Criavam rivalidades, quem é dos anos 70, lembra muito bem como era.
    Eu me lembro de um clássico, em que os alvos da “briguinha” era Oldair (grande jogador) , contra Roberto Batata, Natal contra Cincunegue, Evaldo contra Wander, isto mexia com o torcedor.
    Mas o que se esperar de um dirigente que consegue ser hostilizado não pelo torcedor adversário mas sim pela sua propria torcida?
    Este estrupicio, ainda não percebeu, que o que ganha jogos e titulos ´´e um grande time,, nao um arremedo como estes que ele tem nos dado nos ultimos 2 anos.
    Nao gostaria de ter novamente o Perrela na presidencia, mas veja, ele nem precisa fazer campanha, tendo um adversário como este, para que gastar discurso de convencimento?
    Alguem da panela do Vicintim deveria avisar para ele, que bandeira,mascote,criança em campo, nao ganha nem perde jogo, o que ganha é um belo time.
    Obs:
    Vincitim, não se candidate nao, volte pra casa, para suas empresas. vc. nao faz falta não, vc. só nos faz vergonha, vc. ja percebeu que só é criticado por nós, ? nossos adversários até gostaria que vc .ficasse, faz isso não vai embora.

    • thiago disse:

      Até aqui só vc hostiliza o Vicentin, responda por vc e não pela torcida. Vc não foi eleito pra representar ninguem.

      • Helio Antonio Corrêa disse:

        Thiago
        vc, deve ser cupincha do VICINTIM, se está gostando do time que ele nos deu, com certeza vc. não é cruzeirense. ou está levando algum por fora ou por dentro dele. só pode.
        Alem do mais, bobão, eu falo o que quero, e não tenho que lhe dá satisfação, vá cuidar da sua vida juntamente com o seu amigo PORTEIRO DE BOATE, também conhecido como BRUNO VINCINTIM.
        Este estrupicio, agora quer ser presidente, veja se tem gabarito para tal, não consegue nem ser vice, quanto mais primeiro mandatário de um gigante como o Cruzeiro.
        Quanto a vc. vá prá quele lugar. tá?

    • José Eduardo Barata disse:

      Vamos lembrar de uma grande chamada para o clássico ?
      “Vem , Campos , Perfumo te espera”
      Faixas espalhadas por toda a cidade .
      Motivação nas alturas .
      Campos foi e meteu dois ….
      E hoje ? Só conversa fiada de diretores.
      Eu não torço pra diretor , nem pra técnico ,
      nem pra balanço contábil .
      Eu quero é ver a camisa preta e branca em campo.

      • Helio Antonio Corrêa disse:

        JOSE EDUARDO BARATA.
        É , isso era um tempo bom.
        Vc, se lembra dos duelos Perfumo x Dario? não tinha dirigente falando mais que jogador,
        Quando terminava a partida , aqueles duelos prometidos ao longo de toda semana, terminava com um forte abraço entre os envolvidos, lembra-se disto?
        Hoje só se noticia papo de dirigente, é uma chatice sem fim.
        E ainda tem bobão, apoiando dirigente, veja só.

  • Danilo A Abdala disse:

    Chico, sobre o texto postado. Há um erro de avaliação sobre a solicitação de veto. Uma coisa e o árbitro errar, como foi no caso do jogo do Galo. outra coisa e ver um arbitro agir de forma suspeita. O aue parcebter sido o caso do jogo do Uberlandia.
    Agora com relação ao mimimi esta coberta de razao

    • César disse:

      Relembrando aquele jogo do Ipatinga e Cruzeiro semifinal do Mineiro, depois o Ipatinga decidiu o Campeonato com o Atlético na despedida do Marques marcando um gol no jogo final. E não foram poucos erros, foi uma sucessão de erros no primeiro tempo vergonhosos, muito claros sem deixar qualquer dúvida, foi para mim uma das piores arbitragens no Futebol de todos os tempos, erros gravíssimos todos contra o Ipatinga. Segurou o Ipatinga que deveria estar ao final do primeiro tempo já goleando o Cruzeiro. No vestiário alguém deve ter alertado o arbitro do desastre que ia ser se ele continuasse cometendo aqueles erros, que ele voltou para o segundo tempo fez uma arbitragem normal , e o jogo terminou com o placar que mostrava o que foi o jogo, vitória do Ipatinga se em não me agano 3X1. A partir dessa arbitragem desastrosa e com as suspeitas levantadas esse arbitro já deveria estar vetado em todos os jogos do Cruzeiro e Atlético para os resto de sua carreira, apesar do prejudicado ter sido o Ipatinga.

  • Frederico disse:

    CLUBISMO em diretoria só dá nisso.
    Deixa o cubismo para nós torcedores.
    Atlético e Cruzeiro por mais antagônicos precisam um do outro no nível institucional da coisa. Enquanto nos torcedores ficamos na zoeira as diretorias devem ser parceiras principalmente nos clássicos. Promover o evento para ter mais bilheteria e ganhar dinheiro. Clubes dessa grandeza necessitam avançar nos bastidores somente pela questão dinheiro – e convenhamos ter os rivais fortes levou a decidirmos de forma caseira a Copa do Brasil – BH foi a capital do futebol nacional.
    Nisso perderam força para ter o Mineirão e ninguém pensar em construir estádio- em Milão é assim.
    Temos que nos destacar pela rivalidade não pelo mimimi.

    • Alexandre Daniel Gomes disse:

      Perfeito comentário.

    • luiz ibirite disse:

      Alguns aqui vao dizer que ela faz parte da imprensa azul, nada haver, outra coisa é que estão querenso transformar um dos maiores clássicos do país em um jogo qq, querendo uma quantidade menor de pessoas nos estadios, CRUxATL ou ATLxCRU tem de ser no mineirão e com torcida meio a meio.
      Agora quanto ao clássico, vamos cruzeiro, temos time pra jogar de igual pra igual e podemos ganhar, sem esta conversa fiado de que o jogo não vale nada, pode ser cruzeirense ou atleticano, ninguem quer perder.