Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Imagens do novo estádio I

Início das obras com grande movimentação de terra

Início das obras com grande movimentação de terra

Local das futuras obras
Local das futuras obras

Novo estádio em Minas

O Mamoré, de Patos de Minas é o mais novo proprietário de um belo estádio para o futebol mineiro. Inaugurado em junho, ainda sem um jogo oficial, com capacidade inicial para 10 mil pessoas, confortavelmente acomodadas.

Por enquanto apenas autoridades e torcedores vibraram com a obra, que fica a cinco quilômetros do Centro da cidade. Breve a bola vai rolar oficialmente pela primeira vez num grande jogo comemorativo.

O novo estádio é fruto de uma feliz parceria do Grupo Bretas de Supermercados com o “Sapo”, como é conhecida a tradicional equipe patense.

Construido pela Horizonte Administração e Construções, dos engenheiros Wellington Pierazoli e Edésio Abreu, a mesma construtora que ergueu em tempo recorde a Arena do Jacaré, do Democrata de Sete Lagoas, que será a casa do Atlético, Cruzeiro e América enquanto o Mineirão e o Independência estiverem em reformas com vistas à Copa de 2014.


Interpretação

Às vezes o que escrevemos ou falamos é mal interpretado, ou então falhamos na formulação da mensagem que queremos transmitir. O leitor da minha coluna no jornal O Tempo, Reinaldo Café de Aguiar, de Belo Horizonte, enviou-me o seguinte e-mail hoje:

Caro Chico Maia,

Sou leitor assíduo de sua coluna e, considero você um dos principais jornalistas esportivos do pais. Não entendi o porquê do nome do MAIOR Presidente de todos os tempos que o America já teve Dr. Magnus Lívio Lucas de Carvalho não ter sido citado em sua coluna, e somente os nomes de Dr. Caio e Marcus Sallun como responsáveis pela recuperação do nosso Glorioso America. 

Sei que Dr. Caio e Marcus Sallun assim como o Dr. José Flavio também são grandes americanos e merecem todo respeito e reconhecimento da torcida, mas o Dr. Magnus Lívio Lucas de Carvalho ele sim foi responsável pelo ressurgimento do Glorioso America Futebol Clube e qie parece não contar com a boa vontade da imprensa.
Gostaria aqui desta forma deixar o meu (PROTESTO).
 Um grande abraço,
Reinaldo Café de Aguiar”
 
Respondi ao Reinaldo:
“Caro Reinaldo,
também sou admirador e reconhecedor do excelente trabalho do Magnus Lívio, um dos dirigentes mais sérios e brilhantes que conheci. Coincidentemente, falei dele de forma elogiosa, em meu site/blog, ontem e você pode conferir agora, me dando o prazer do seu acesso ao www.chicomaia.com.br
Quanto à coluna de ontem, me referi ao pesadelo recente do América, durante a gestão do Baltazar e não me referi ao grande América montado pelo Magnus no início dos anos 1990, que levou o clube à Série A do brasileiro. Mas, certamente assim como você, outros americanos podem ter interpretado mal a coluna e falarei sobre isso na coluna de quinta feira.
Grande abraço, obrigado e escreva sempre.”
 

Piquet corrige Galvão Bueno

Esta saiu no site www.comunique-se.com.br:

“Nelsinho Piquet piloto da equipe Renault na Fórmula 1, desmentiu pelo Twitter o que o apresentador e narrador Galvão Bueno disse no programa Bem, Amigos da SporTV, que o brasileiro havia sido demitido pela Renault, na segunda-feira (13/07).

“Aí Galvão, você está errado, meu bom! Te vejo na Hungria! E vamos torcer para q o carro esteja melhor lá! Valeu pelo apoio de todo mundo! Abcs!”, afirmou Nelsinho.

O piloto usou seu Twitter para informar que segue na escuderia francesa e que a equipe prometeu para próxima corrida carros iguais para ele e Fernando Alonso.

Além de desmentir Galvão, Nelsinho continua oferecendo brindes a seus fãs. Após chegar a 30 mil seguidores, twittou “Para ganhar o boné você tem q adivinhar quantos quilômetros eu fiz de testes entre novembro de 2008 e marco de 2009 (carro velho e carro novo)”.”


Romário na cadeia

Era o que faltava! Acabei de ouvir o Wllington Campos informar pela Itatiaia que o ex-atacante Romário está preso na 16a DP do Rio de Janeiro por não pagar pensão alimentícia. A ação foi movida pela ex-mulher do baixinho, Mônica Santoro.

Claro que já já ele estará solto, porém, um sujeito milionário como ele precisa passar por este constrangimento?


Técnico campeão ganhará carro zero km

A Toyota completa, em 2009, 12 anos de patrocínio ao futebol sul-americano. E é com o espírito de paixão que a montadora está presente mais uma vez dentro dos gramados da maior competição de futebol interclubes do continente, a Copa Santander Libertadores.

Pela segunda vez consecutiva, a Toyota irá premiar o técnico vencedor da decisão da competição sul-americana com um veículo zero-quilômetro. De 1999 a 2007 a premiação foi oferecida ao melhor jogador das duas partidas finais. O treinador é um dos responsáveis pelo sucesso da equipe, administração do elenco e foco na competição, combinando conceitos complexos de metas e estratégias de atuação do primeiro ao último apito do árbitro. “Aos técnicos, estes grandes ‘gerentes’, o nosso reconhecimento”, afirma Luiz Carlos Andrade Junior, vice-presidente sênior da Toyota Mercosul.

O prêmio ofertado ao técnico campeão do certame será o Novo Corolla SE-G. Lançado em março de 2008, é o sedã médio mais desejado do mercado. Além de bonito, moderno e elegante, o veículo é líder em tecnologia e reúne a lista de equipamentos mais sofisticada do segmento, incluindo faróis de xenon, sensores de estacionamento e de chuva, acabamento interno no padrão madeira, direção eletro assistida, ar-condicionado digital, entre outros.

A equipe vencedora do torneio continental tem garantida a sua participação no Mundial de Clubes da Fifa, que tem como patrocinador a Toyota. A competição mundial será disputada no mês de dezembro reunindo, além do campeão pela Confederação Sul-Americana de Futebol, os vencedores dos torneios da América do Norte e Central, Oceania, Europa, Oriente Médio, Ásia e África.

Na primeira partida da decisão da Copa Santander Libertadores entre o Estudiantes, da Argentina, e Cruzeiro houve empate por 0 a 0, em La Plata. E agora? Será que Adilson Batista, do Cruzeiro, vai se tornar o primeiro brasileiro a ganhar a Libertadores como técnico e jogador (foi campeão pelo Grêmio, em 1996) e conquistar o Corolla SE-G? Ou será que o argentino Alejandro Sabella, treinador do Estudiantes, levará para casa o veículo da Toyota? A única certeza é que teremos uma final emocionante.

Jogadores premiados em anos anteriores:

Ano Jogador Clube Veículo Toyota
1999 Marcos Palmeiras (BRA) Corolla
2000 Oscar Córdoba Boca Juniors (ARG) Corolla
2001 Juan Roman Riquelme Boca Juniors (ARG) Hilux
2002 Sergio Ortemann Olímpia (PAR) Corolla
2003 Carlos Tevez Boca Juniors (ARG) Corolla
2004 Viafara Once Caldas (COL) Corolla
2005 Amoroso São Paulo (BRA) Corolla Fielder
2006 Fernandão Internacional (BRA) Corolla
2007 Juan Roman Riquelme Boca Juniors (ARG) Corolla

Técnico Premiado:

Ano Jogador Clube Veículo Toyota
2008 Edgardo Bauza LDU (EQU) Corolla

Fonte: assessoria de imprensa da Toyota


Ingressos especiais

O jornalista Cleyton das Graças Ferreira sempre envia observações interessantes, como essas, por exemplo:

“Alguém duvidava que a venda de ingressos seria essa confusão? Acho que a diretoria errou ao anunciar 64.800 ingressos colocados a venda. Na verdade, foram apenas 31.800 ingressos para o torcedor comum. O resto foi para convidados, sócio torcedor, papa filas, etc.

Outra coisa, será que não é hora de se produzir um ingresso diferenciado para idoso, assim como acontece para estudante? Todo mundo sabe que a maioria dos idosos vão lá, utilizam de um direito que acho legítimo de passar na frente, mas compram ingressos para os netos, filhos, menos para eles. Já é hora de mudar isso.

Pra terminar: a diretoria vendo tudo que o torcedor passou, deveria fazer um preço especial para o jogo contra o Corinthians. Se Deus quiser, o jogo da entrega das faixas…”

Concordo com quase tudo que o Cleyton escreveu, mas tenho uma opinião firmada sobre essa confusão de sempre por ingressos neste tipo de jogo: é assim mesmo, e nunca vai mudar. Os estádios cabem pouca gente em relação ao tamanho das torcidas e o interesse da partida. É assim em jogo do Cruzeiro, da seleção brasileira, do Atlético, do Minas Tênis Clube e de todo time envolvido numa grande decisão. Existe uma única saída para quem não consegue adquirir o seu ingresso: resignação! E assistir pela televisão!

A FIFA descobriu uma solução interessante que agradou em cheio: as “fãs-fest”, na Copa da Alemanha, em 2006. Telões gigantes com imagem de alta definição são colocados em locais de grande concentração pública e a festa começa na hora do almoço e termina  madrugada afora, com barracas de comidas e bebidas típicas dos países envolvidos e muita música, com bandas de vários estilos se sucedendo no palco. Muito melhor que dentro do estádio, onde o jogo dura apenas 90 minutos.


Cruzeiro se manifesta sobre ingressos

Pela nota oficial que divulgou agora a pouco o Cruzeiro está satisfeito com o seu objetivo que é fortalecer o projeto “sócio-torcedor”, que foi batizado no mundo azul como “Sócio do Futebol”.

Confira a nota:

Cruzeiro agradece e parabeniza os Sócios do Futebol  

A procura por ingressos para a decisão da Copa Santander Libertadores, entre Cruzeiro e Estudiantes, nesta quarta-feira, no Mineirão, é muito alta.  No entanto, os torcedores que aderiram ao projeto Sócio do Futebol não têm motivos para se preocupar.

Todos aqueles que fazem parte deste projeto inovador garantiram presença na grande final, muito tempo antes da abertura das bilheterias. A eles, bastou realizar a adesão ao programa e quitar a boleta referente ao mês de julho.  Com isto, não há a necessidade de se enfrentar filas ou passar por incertezas quanto à aquisição de bilhetes.

Outro torcedor beneficiado nesta final é aquele que se filiou ao Cartão Papafilas. Através deste sistema, o cruzeirense pôde comprar sua entrada, via internet, já no domingo, 24h antes da abertura da bilheteria convencional.

Além de não precisar sair de casa, o torcedor que teve antecedência conseguiu adquirir tranquilamente seus bilhetes para o jogo.

A intenção do projeto Sócio do Futebol é facilitar a vida do torcedor cruzeirense, oferecendo mais comodidade e conforto. Por isso, o Clube gostaria de agradecer a todos os torcedores que acreditaram no programa e caminham juntos com o Cruzeiro nessa nova proposta.

Eles abraçaram a idéia defendida pelo Cruzeiro e em pouco mais de um mês já colhem os frutos da parceria.  Poderão participar do jogo mais importante da década. E também, ajudam o Cruzeiro, garantindo a fidelização da torcida e evitando eventuais percalços na procura por ingressos. Afinal, no sistema Sócio do Futebol, todas as ações acontecem de maneira facilitada.

 Por isso, o Cruzeiro deseja que esta união não seja apenas ocasional, pelo importante jogo de quarta-feira, mas sim duradoura, pois um time com a grandeza do Cruzeiro tem grandes partidas e decisões como rotina.

No entanto, o Clube adverte estes fanáticos para que procedam corretamente como Sócios do Futebol. Todo uso indevido do cartão e tentativa de fraude ao sistema serão detectados pelo programa, causando punição imediata ao infrator, como o cancelamento do Cartão, sem direito a reembolso ou volta ao programa, conforme previsto no regulamento.

O Cruzeiro agradece a todos os Sócios do Futebol pela parceria e confiança, e pede para que eles se antecipem na ida para o Mineirão, torçam, vibrem e nos ajudem nesta verdadeira batalha em capo, que será a final da 50ª Copa Santander Libertadores.

Juntos somos mais fortes!

Cruzeiro Esporte Clube”


Novela dos ingressos

Essa é uma novela que sempre se repete em todo jogo de grande importância, como este entre Cruzeiro e Estudiantes. Flávio Anselmo escreveu em sua coluna que será publicada amanhã em vários jornais do estado:

“Vou atender hoje apenas aos ditames da minha consciência: nada de falar do estranho sumiço de cerca de 30 mil ingressos da decisão no mesmo dia em que foram colocados à venda. Nem das justificativas da diretoria celeste, bem degustadas pela maioria da crônica esportiva, mas que não me passaram pela garganta: 20 mil ingressos sócio/torcedor; 8 mil do Papa Filas; 3 mil pra torcida do Estudiantes; 2 mil pra os parceiros comerciais e 250 pra os familiares dos atletas. Total, 33.250 ingressos. A carga foi de 64.800; não vou especular que isso cheira esquema de cambistas afins que venderão ingressos pelo triplo do preço, salvarão seu percentual e ajudarão a cobrir o rombo dos ingressos distribuídos. Mera especulação, gente!”


Uma vergonha

A principal manchete do Jornal O Tempo de hoje dá um desânimo danado em todos nós que acreditamos na Copa de 2014 como única chance de Belo Horizonte finalmente ter um metrô decente: “BH TEM MENOR VERBA PARA O METRÕ NO PAÍS”, e em seguida vem as tentativas de explicações de sempre dos políticos.

Lamentável!


Página 1.002 de 1.016« Primeira...102030...1.0001.0011.0021.0031.004...1.010...Última »