Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Obras do Independência vão custar R$ 50 mi

Na mesma palestra no Minascentro hoje, o vice-governador Antônio Augusto Anastasia informou que as obras do estádio Independência vão começar em novembro próximo e terminarão em novembro de 2010. A capacidade será ampliada para 30 mil torcedores e a primeira etapa das obras vai custar R$ 50 milhões, sendo R$ 30 milhões do governo federal e R$ 20 do governo do Estado.

A segunda etapa prevê a construção de Shopping, hotel e outras obras, mas ainda sem definição de quem arcará com os custos.


Não vai ter jeito: Metrô não vem nem com a Copa do Mundo

Assisti, agora há pouco, palestra do vice-governador Antônio Augusto Anastasia e depois tive a oportunidade de manifestar minha opinião sobre tudo que estou vendo até agora dos nossos preparativos para a Copa do Mundo de 2014.

A minha grande esperança se frustrou com o que vi da fala do vice-governador: dificilmente teremos o tão esperado metrô, que melhoraria a vida de todo mundo que transita em Belo Horizonte.

Eduardo Costa, um dos maiores críticos dessa situação na imprensa mineira cobrou mais uma vez, e teve o apoio de Anastasia, que também manifestou a sua indignação, dizendo “Isso é uma chaga, uma ferida para Belo Horizonte”. Lembrou que 70% dos recursos tributários do país ficam nas mãos do governo federal, e reiterou que é impossível a qualquer prefeitura ou governador, assumir uma obra e o custeio de um metrô.

O que o governo de Minas e a PBH ainda estão tentando junto ao governo federal é o seguinte: conclusão da linha 1: Eldorado – Vilarinho. Conclusão da linha 2: Eldorado –Barreiro, e construção da linha 3: Savassi  – Lagoinha.

Foi no Minascentro, em evento promovido pelo Uni-BH. Na mesma mesa, grandes profissionais da imprensa mineira como o Eduardo Costa (Rádio Itatiaia), Cláudio Arreguy (Estado de Minas) e Leopoldo Siqueira (TV Alterosa).

O governo de Minas e a prefeitura de Belo Horizonte estão indo muito bem até agora nos preparativos para 2014, mas o metrô vai continuar sendo sonho. A não ser que o Aécio Neves seja eleito presidente da república.


Toda arrogância será castigada!

Alguém só é banido de algum esporte quando comete algo grave demais da conta e tem inimigos demais envolvidos com a corte que vai julgá-lo. Só um desses fatores não gera banimento.

Este Flávio Briatore sempre teve fama de arrogante e mala! Foi banido da Fórmula 1 por isso. Se não fosse tão mala, certamente pegaria uma suspensão ou multa por armar a farsa do acidente do Nelsinho Piquet.

O cavalo dele passou arreado e os seus inimigos não tiveram dó de montar e sentar as esporas!

E o tal Jayme Neto?

Técnico de atletismo que dopou atletas da delegação brasileira que disputaria o Mundial em Berlim, foi o responsável pela suspensão de cinco. E os sacaneados nem sabiam que estavam dopados

Até agora não tomou nenhuma punição à altura do que fez. Deve ter amigos demais no meio.


Mais dois perdidos

Mais uma verdade “verdadeira”, do Duke, hoje, no Super Notícia!


Se levar mais a sério, dá pra chegar!

Antigamente perdia-se gols “bobos”. Agora tem essa de perder pontos “bobos”! Se ainda estivesse entre nós, com os seus geniais comentários no rádio e na TV, o mestre Kafunga diria: “não sei se tem gol bobo ou ponto bobo, mas tenho certeza que não tem gol ativo nem ponto ativo”.

A verdade é que não é só o Atlético que tem dado moleza como deixar de somar pontos aparentemente fáceis como os de sábado, contra o Náutico. Viram o São Paulo? Jogou em Ribeirão Preto, onde as dificuldades são menores que em Santo André, contou com a ajuda da arbitragem e ainda permitiu o empate do time do Marcelinho Carioca, que está na zona do rebaixamento.

E o Atlético foi lá no campo deles e venceu de virada! Ou seja: tudo é possível neste campeonato. É só caprichar mais e levar com mais seriedade qualquer jogo, que dá para chegar.

E o Goiás? Tacou quatro no Corinthians, em pleno Pacaembu, com Ronaldo e tudo, mas teve a maior dificuldade para passar pelo cascudo do Atlético, lá em Goiânia, pela Copa Sul-americana.

E viva o futebol e suas surpresas!


Kléber cutuca Raposa com vara curta e dá motivo para novas ondas

Saiu hoje no www.lancenet.com.br :

Perto de enfrentar o Palmeiras, Kléber vai a evento da Mancha

Atacante esteve em um campeonato da torcida palmeirense 

LANCEPRESS!

A ligação do atacante Kléber com o Palmeiras continua forte. Neste sábado, o atleta cruzeirense esteve em São Paulo para participar da abertura de um campeonato de futebol soçaite organizado pela Mancha Alviverde, principal facção uniformizada do clube paulista. O curioso é que, na próxima quarta-feira, Cruzeiro e Palmeiras se enfrentam no Mineirão, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A presença de Kléber no evento foi confirmada pelo seu procurador, Giuseppe Dioguardi. Em contato com a reportagem do LANCENET!, o empresário disse não ver problema algum no episódio. Segundo ele, o atacante ainda mantém uma boa amizade com o presidente da Mancha, André Guerra.

– Kléber esteve lá, sim. Não vejo problema algum nisso. Ele vê os amigos quase todo fim de semana. O André (Guerra) é muito amigo dele, é meu também. Eles se falam toda hora. Kléber, inclusive, foi no Carnaval da Mancha neste ano. Não vejo problema nessa ligação dele com os amigos da torcida – afirmou Dioguardi.

De acordo com mensagens de torcedores na comunidade da Mancha Alviverde no Orkut, o atacante, inclusive, chegou a jogar. As informações são de que Kléber atuou pelo time da Mancha Zona Leste, contra a Mancha Vila Matilde, em partida que teve início às 19h. Outro fato curioso é que o jogador vem se recuperando de uma pubalgia e não atua pelo Cruzeiro há cinco rodadas em razão da contusão.

– Ele foi bater uma bola com o pessoal da Mancha, brincou um pouco – confirmou André Guerra, presidente da torcida.

– Mas esse jogo não teve nada a ver com o Palmeiras. Ele estava lá pela amizade que formou com algumas pessoas, só isso. Ele ainda é jogador do Cruzeiro – completou Guerra.

O empresário Giuseppe Dioguardi, por sua vez, disse que Kléber lhe contou que não chegou a jogar.

– Ele falou para mim que não jogou. Ele disse que ficou só um pouco para prestigiar o evento – afirmou o procurador.

Segundo os torcedores, Kléber “fez a diferença” para sua equipe vencer por 8 a 1. O atacante, porém, não marcou gol.

No Cruzeiro, apesar de já recuperado da pubalgia, Kléber ainda é considerado dúvida para o jogo contra o Palmeiras, na quarta-feira, pelo fato de ainda sentir algumas dores na região. Após treinar na manhã de sábado, o jogador viajou a São Paulo, já que o grupo cruzeirense ganhou folga no domingo.


Título, festa, gols perdidos e garfada

Teve de tudo no fim de semana esportivo: festa inesquecível no Independência pela conquista da Série C pelo América, oportunidades perdidas pelo Atlético no empate sem gols com o Náutico e falha grave do árbitro paulista Flávio Rodrigues Guerra, que deixou de apitar pênalti para o Santo André contra o São Paulo, no início do jogo em Ribeirão Preto.

Com perspectiva de mais festa no meio de semana no clássico entre Cruzeiro e Palmeiras, quarta, no Mineirão.

No jogo do Atlético, valeu a estréia do goleiro Carini, que poderá devolver a tranquilidade ao time nessa posição.

Esta e outras notas estarão em minha coluna de amanhã, no jornal Super Notícia, nas bancas!


Segunda feira de bons eventos

2014

O vice-governador Antônio Augusto Anastasia fará palestra, nesta segunda feira, 21, sobre o Projeto Copa do Mundo 2014, às 19 horasm

no Teatro Topázio, do Minascentro. Logo em seguida será realizada mesa de debates sobre o assunto, onde terei o prazer de participar, ao lado dos companheiros Eduardo Costa (Rádio Itatiaia) e Leopoldo Siqueira (TV Alterosa). A promoção é do Uni-BH.

Lançamento

O Coronel Klinger Sobreira de Almeida lança, também nesta segunda feira, o livro “Um certo delegado de capturas – O romance de um Mito-Herói”, que narra a vida do Cel. Pedro Ferreira dos Santos, uma verdadeira lenda da história de Minas e da nossa Polícia Militar. Na verdade, é um mito falando de outro, já que o Cel. Klinger é outro nome da maior importância na construção do respeito e eficiência da nossa gloriosa PM.


Depois da festa

Uma nova luta! É o América, que depois da conquista da Série C, precisa agora entrar na briga pelo título da Taça MG e garantir vaga na Copa do Brasil 2010. O time misto vem representando o Coelho na competição e está na quinta posição, na chave A, com dois empates e uma derrota. O líder é o Villa, que tem oito pontos e dois jogos a mais que o América. Não é uma competição fácil. O Uberlândia lidera a chave B, com nove pontos, em três jogos. Com as atenções voltadas só para essa disputa, o América deve melhorar muito o seu rendimento.

A conquista de sábado era esperada, porém, há tempos não se via ambiente tão festivo e fraterno no Independência. Os torcedores do ASA foram muito bem recebidos e a torcida do América mostrou como deveria ser o futebol, com muita festa e respeito.

Em Recife o Atlético perdeu outra chance de chegar mais perto da liderança com várias oportunidades de gol desperdiçadas. Valeu a estréia do goleiro Carini, esperança de tranquilidade nessa posição que tanto tem incomodado à torcida.

Quarta feira tem Cruzeiro x Palmeiras, que vai concentrar todas as atenções do país. Vamos ver se esses dias sem jogos foram bons ou ruins para o time do Adilson Batista, que estava em ascensão. Para o Atlético a descontinuidade foi ruim.

Esta e outras notas estarão em minha coluna no jornal O Tempo de amanhã, nas bancas!


Desabafo americano

O leitor Marcus Vinícius Montenegro sempre envia bons comentários pelo e-mail. Americano fervoroso, conta passagens interessantes na final de ontem no Independência e faz um desabafo contra o pouco espaço dedicado pela mídia ao América:

“Prezado Chico Maia,

graças a Deus e um trabalho hercúleo do conselho do América, do técnico Givanildo e sua equipe, nós americanos estamos de alma lavada com o título conquistado.

Queria entender, Chico, como certos veículos conseguem colocar uma estatística tão furada como as que andamos vendo em alguns sites que estão na internet. Temos um tal de futebol do interior, que sistematicamente, colocava o América com possibilidades mínimas de conseguir o título.

Qual critério é adotado por esses pseudo jornalistas????

Dar uma possibilidade de 5% para o América ser campeão, é desconhecer totalmente a campanha invicta que o time fez dentro de casa.

Cara, uma coisa que me deixou impressionado e feliz. Quando o América marcou o gol, todos da torcida do Asa estavam com as bandeiras agitadas e no final, na volta olímpica, os jogadores foram aplaudidos pela torcida adversária.
Recebemos diversas manifestações pela nossa comunidade, de torcedores do Asa que estiveram em ótimo número para acompanhar seu time nessa final e que ficaram impressionados com a recepção que nós americanos demos a eles. O América mais uma vez mostrando para a duplinha fuleira de Belo Horizonte e para a imprensa, o diferencial que nossos torcedores tem. Isso se chama BERÇO. A torcida do América é composta na sua quase totalidade por pessoas que respeitam as pessoas e que querem usar o esporte como um meio de fazer novas amizades.

Que beleza seria se pudéssemos ter esse clima de confraternização nos estádios.

Estamos voltando caro Chico Maia!

Ainda temos um grande caminho pela frente. A situação financeira do time ainda é apertadíssima, mas agora temos uma diretoria calejada que pode trazer muitas alegrias para o nosso amado time.

Será que agora, teremos um pouco mais de respeito por parte da mídia????

Será que conseguiremos pelo menos mais uns 25 s nos programas esportivos?

O que teremos mais que fazer para que nós torcedores, possamos ser informados do que está acontecendo no nosso clube?

Essas e outras perguntas devem ser respondidas pela grande mídia de Minas Gerais.

Nós, continuaremos a dar nossa colaboração, indo a campo e fazendo com que os torcedores de pijama, entendam que um time de futebol precisa deles é no campo e não com o ouvido colado no radinho.

A diretoria tem que acordar e continuar com o trabalho. Temos uma taça MG pela frente e o time do América tem que ir com fome total de bola para conseguirmos nossa vaga para a copa do Brasil.

Não podemos nos dar ao luxo de continuar deixando os meninos da base disputar esse taça.

Vamos com força total e conseguir nosso lugar ao sol.

tenho muito assunto que poderia tocar, mas estou explodindo de tanta felicidade, que nem estou conseguindo colocar os pensamentos em ordem.

Só posso dizer uma coisa:

TORCER PARA O AMÉRICA, ULTRAPASSA QUALQUER RACIOCÍNIO LÓGICO. É ALGO INEXPLICÁVEL E MARAVILHOSO

“O AMÉRICA NADA TEME”

By Ramon”